RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

terça-feira, 31 de março de 2020

PRÉMIOS: CONHEÇA A HISTÓRIA DOS NOMEADOS PARA OS PRÉMIOS DO FUTEBOL DE MATOSINHOS 2019/2020

Esta quarta-feira 01 de abril não é mentira, começa a votação para escolher quem são os vencedores das categorias: Melhor jogador, melhor guarda-redes, melhor revelação e melhor matosinhense fora do concelho para os prémios do futebol de Matosinhos 2019/2020.

Só pode fazer com que o seu voto conte nesta página/grupo do Futebol de Matosinhos (https://www.facebook.com/groups/futeboldematosinhos/)

Mas antes de fazer a sua votação conheça a história de cada um dos nomeados:


Melhor jogador em Matosinhos:






























Melhor guarda-redes:









Melhor revelação:









Melhor Matosinhense fora do concelho: 














Diogo Bernardino

PRÉMIOS: DETERMINAÇÃO DE TELES DÁ NOMEAÇÃO PARA MELHOR JOGADOR EM MATOSINHOS

A determinação do médio defensivo do Leça Samuel Teles que continua a impressionar todos aqueles que fazem parte do mundo do futebol está nomeado para melhor jogador em Matosinhos.

As virtudes de Samuel Teles passam pelo desarme, antecipação, marcação cerrada, técnica, agressividade, bravura, concentração, determinação, posicionamento, resistência, Velocidade, agilidade e força.

Esta época ao serviço do Leça realizou 25 jogos e apontou um golo.

Samuel Teles começou a sua formação no Anta, depois na Sanjoanense, terminando-a no Braga, na primeira divisão nacional.

Samuel Teles começou a sua carreira sénior na Sanjoanense, tendo uma passagem pelo meio no Lusitânia de Lourosa e depois de uma época muito boa em 2017/18, chegou ao Leça na época passada e impressionou tudo e todos.

Pela formação leceira tem 54 jogos e apontou três golos marcados.

Além disso esta temporada Samuel Teles esteve a fazer treinos para reforçar uma equipa na Croácia, além de rumores do Paços de Ferreira na sua possível contratação.

Entre 23 a 31 de março, o Mitchfoot vai descrever cada um dos nomeados das quarto categorias que vão a eleição no mês de abril com a sua biografia e características.



Fonte da Foto: DR

Diogo Bernardino

PRÉMIOS: POSICIONAMENTO CEREBRAL DE SERRÃO NOMEADO A MELHOR FORA DO CONCELHO

O posicionamento cerebral do defesa central João Serrão do Vitória de Setúbal dá lhe uma nomeação entre os 10 nomeados a melhor jogador matosinhense fora do concelho.

As virtudes de João Serrão passam pela força física e posicionamento em campo.

João Serrão esta temporada realizou 22 jogos e apontou um golo.

Filho de José Serrão atual treinador de guarda-redes do Santa Clara, Serrão começou a sua formação no Leixões, sendo contratado pelo FC Porto na época 2011/12.

Depois de empréstimo ao Padroense em 2015/16, chegou o convite da Juventus de Itália onde esteve durante três temporadas.

João Serrão na época passada era um dos jogadores chave da 'velha senhora' com vários jogos na UEFA Youth League.

Esta temporada em Portugal chegou ao Setúbal e começou a demonstrar em campo a sua qualidade e isso leva a um lugar entre os 10 melhores matosinhenses esta época a jogar fora do concelho.

Entre 23 a 31 de março, o Mitchfoot vai descrever cada um dos nomeados das quarto categorias que vão a eleição no mês de abril com a sua biografia e características.


Fonte da Foto: DR

Diogo Bernardino

PRÉMIOS: FOCO NO ATAQUE DO PADROENSE JUCA NOMEADO PARA MELHOR REVELAÇÃO

Um dos pontos de foco no sistema ofensivo do Padroense Juca que realiza a sua segunda temporada como sénior está entre os cinco nomeados para melhor revelação em Matosinhos.

As virtudes do jovem médio ofensivo Juca passam pelo drible, a posse de bola, o passe curto, a aceleração e a velocidade.

Juca esta temporada realizou 18 jogos pela equipa principal do Padroense tendo ajudado a equipa de Padrão da Légua a conquistar 27 pontos no campeonato.

Juca fez a sua formação no Lavrense, começando na Escola Paulo Faria e chegou ao Padroense em 2012/13.

Depois de ser destaque nos sub-19 do Padroense na segunda divisão nacional chegou à equipa principal na época passada e esta temporada começou a mostrar em campo todas as qualidades que o distinguem como médio ofensivo.

A sua carreira ainda vai nos primórdios, mas esta nomeação ao lado de nomes como Zé Carlos, Jinho, João Paulo e Gonçalo Franco ninguém a vai tirar.

Entre 23 a 31 de março, o Mitchfoot vai descrever cada um dos nomeados das quarto categorias que vão a eleição no mês de abril com a sua biografia e características.



Fonte da Foto: DR

Diogo Bernardino

PRÉMIOS: OLHO DE FALCÃO DE JOÃO PADRÃO DÁ NOMEAÇÃO A MELHOR GUARDIÃO EM MATOSINHOS

O olho de falcão de João Padrão guarda-redes do Lavrense dá um lugar entre os cinco nomeados para melhor guardião em Matosinhos.

As virtudes de João Padrão passam pelo balanceamento, cabeceamento, contato físico, atenção defensiva, os reflexos, a capacidade de alcance aéreo.

João Padrão esta época ao serviço do Lavrense está a ser o guarda-redes titular da formação de Lavra, ajudando o clube em muitas partidas, somando 43 pontos.

João Padrão fez toda a sua formação no Leça, antes de realizar quarto temporadas seguidas na formação leceira, antes de chegar ao Lavrense na época passada, onde realizou cinco jogos.

A carreira de Padrão ainda vai no início, mas já demonstrou esta temporada todas as qualidades que possui para estar entre os cinco nomeados para melhor guarda-redes em Matosinhos esta época.

Entre 23 a 31 de março, o Mitchfoot vai descrever cada um dos nomeados das quarto categorias que vão a eleição no mês de abril com a sua biografia e características.


Fonte da Foto: DR

Diogo Bernardino

PRÉMIOS: REFLEXOS DE LUÍS MATA DÃO NOMEAÇÃO A MELHOR MATOSINHENSE FORA DO CONCELHO

Os reflexos de Luís Mata guarda-redes do Pedrouços dão lhe uma nomeação a um lugar entre os 10 nomeados a melhor matosinhense fora do concelho.

As virtudes de Luís Mata passam pela impulsão, atenção defensiva, reflexos, alcance aéreo.

Luís Mata venceu o prémio de melhor guarda-redes na época 2017/18.

Atualmente ao serviço do Pedrouços Luís Mata realizou 25 jogos, tendo aos 37 anos ainda muitas ganas para defender bolas que parecem impossíveis de alcançar. As suas defesas ajudaram o clube a chegar ao segundo lugar do campeonato a um ponto do título. Na Divisão de Honra em 22 jogos sofreu 15 golos, ajudando a equipa a alcançar 48 pontos.

Luís Mata começou a sua carreira no Coimbrões onde esteve seis épocas, depois duas no Rio Tinto, uma no São Pedro da Cova e em 2010/11 chega a Matosinhos para representar durante três temporadas seguidas o Perafita.

Devido à sua qualidade em campo, em 2013/14 chega ao São Martinho onde em duas épocas na divisão de elite realiza 46 jogos. Em 2015/16 regressa ao Perafita onde realiza 38 encontros. Em 2016/17 reforça o Candal, em 2017/18 chega ao Lavrense onde faz 28 jogos.

Na época passada fez parte do Oliveira do Douro. No total ao longo da sua carreira, realizou mais de 200 jogos.

Entre 23 a 31 de março, o Mitchfoot vai descrever cada um dos nomeados das quarto categorias que vão a eleição no mês de abril com a sua biografia e características.


Fonte da Foto: DR

Diogo Bernardino

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC