RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 10 de outubro de 2010

O LAVRENSE ASSIM...É MESMO CANDIDATO À SUBIDA?

Local: Vila de Lavra em Matosinhos. Complexo Desportivo de Lavra.7ª jornada do campeonato da 1ª divisão da AF Porto. Frente a frente um candidato que está muito longe de o ter demonstrado e uma equipa que acaba de subir a esta divisão. As equipas começam o jogo algo receadas uma e da outra( o que num candidato , é estranho pois o Lavrense deve assumir as despesas do jogo desde o início), ao contrário da última jornada o futebol do Lavrense foi algo desgarrado e sem "chama" e com os sectores muito desligados a equipa do meio campo prá frente, não funciona (é urgente mudar) o Lavrense têm no seu plantel jogadores que oferecem todas as garantias de êxito e é necessário mudar alguma coisa. A equipa da casa chega ao golo aos 24m por Nuno Ribeiro na sequência de um pontapé de canto( só podia ser assim, da maneira que a equipa estava a jogar) e desta forma se chega ao fim da I parte com um futebol pobre e desgarrado. II parte, o canto do cisne, a jogar em superioridade númerica a equipa do Lavrense, não consegue comandar e controlar o jogo e cada minuto que passa decai cada vez mais nas suas prestações, o que aproveita muito bem a equipa do Foz para fazer o empate. Os últimos 15 minutos foi de um assalto à baliza do Foz muito desorganizado e inconsequente, o que facilitou muito as coisa para o lado dos da foz do Douro. Nada está ainda perdido, os objectivos estão intactos e a equipa do Lavrense pode muito bem dar a volta por cima, continua a seis pontos do líder Canidelo que hoje resolveu também empatar
.
UD LAVRENSE: Beleza, Marco, Renato( Postiga 81), Nuno Ribeiro, Filipe, Artur, Ruca, Machado( Sissé 65m), Tiago( Pisco 55m), Vitor Carneiro e Álvaro. Treinador Miguel Martinho. Golo Lavrense marcado por Nuno Ribeiro aos 24 m.


A FIGURA DO JOGO
Nuno Ribeiro, central de grande qualidade
há muito merecia este feito, pois devido
à sua regularidade, é dos melhores atletas
da equipa. Um jogador de eleição.

LEIXÕES SAIU NA FRENTE, MAS PERMITIU A IGUALDADE

Leixões e Paços de Ferreira empataram, este domingo, a um golo, no Estádio do Mar, em partida referente à segunda fase da Taça da Liga.A equipa que agora milita na II Liga marcou primeiro, à beira do intervalo, numa grande penalidade convertida por Oliveira, após derrube do guarda-redes Cássio dentro da grande área.O primodivisionário Paços de Ferreira entrou então para a segunda parte com o objectivo de anular a desvantagem. Rui Vitória fez duas alterações e, pouco depois, Mário Rondon restabeleceu a igualdade.As duas equipas vão agora defrontar-se na capital do móvel no jogo da segunda «mão», sendo que só a vitória interessa às duas equipas para seguir em frente.
- golos, 45m 1-0, por Oliveira, na marcação da grande penalidade. O médio do Leixões rematou para o lado direito de Cássio, que, apesar de ter escolhido o lado certo, não conseguiu evitar o golo. 62m 1-1, por Mário Rondon. A defesa leixonense falhou coletivamente e o avançado pacense, com apenas o guarda-redes Ricardo pela frente, igualou o marcador no Estádio do Mar.
LEIXÕES: Ricardo; Sony, Nuno Silva, Danilo e Ruben; Cauê, Tales, Oliveira e Tiago Cintra; Rui Pedro e Éder
Suplentes: Paulo Ribeiro, Sretenovic, Dener, Feliciano, Paulo Tavares, Laranjeiro e Félix. Treinador: Augusto Inácio

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC