RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

NUNO GONÇALVES ACREDITA NA SUA EQUIPA



 Nuno Gonçalves técnico do Senhora da Hora, sobre a derrota sofrida no terreno do Perosinho, que para quem assistiu foi muito injusta. 

“A cada dia que passa, a cada semana de trabalho, sinto cada vez mais vontade e forca para ajudar esta grande equipa. (…) Não há derrotas morais, mas há muitas coisas que ninguém tira aos meus meninos, humildade, dignidade, amizade e muita competência. (…) Só que um jogo de futebol tem outros intervenientes e, esses às vezes querem ser as estrelas do jogo (…) Parabéns! É com esta força, que domingo vamos, todos juntos tentar fazer o mesmo de esta semana e se a sim o for vamos vencer! “

À MODA ANTIGA A GOLEADA IMPOSTA PELO CUSTÓIAS


1ª Divisão serie 1 AF Porto jornada 9 
Centro de Estágio do Olival em Crestuma – Gaia 
Árbitro – Gustavo Correia 
CRESTUMA 3 CUSTÓIAS 10 
Ao intervalo 1-5, golos Mazola (14) Alan (23 gp e 50) Santa Cruz (39 e 58 ) Pedro (41 gp) Oliveira (43 e 44)  Macedo (75 e 80) Heldinho (88 e 92) Flávio (93) 

 CRESTUMA: Rui Leite, Ivanildo, Jorge e Pedrinho (Flávio 46) e TC; Daniel (Bruninho 46), Sérgio e Gustavo (Macedo 56), (Barros 58), Márcio e Pedro. T. Vítor Moreira 

 CUSTÓIAS: Tiago Moniz, Dani, Manu, Flávio e Rochinha, Tozé (Estrela 55), Ricardo e Mazola; Oliveira (Heldinho 65) Santa Cruz (Ferre 65) e Alan. T Mário Rui 

 A equipa do Crestuma, que beneficiou de um empate na jornada anterior em casa do SC Senhora da Hora, provou do seu próprio veneno. Pois os gaienses foram beneficiados pela arbitragem nesse jogo.

 Sem o guarda-redes titular (a cumprir castigo federativo) para proteger as redes do clube gaiense, foi chamado o suplente Rui Leite, que viria a ser expulso logo ao minuto 14, e como não existia mais ninguém que vestisse a camisola de guarda-redes por formação, foi chamado para a baliza o médio Ivanildo. 75 minutos a jogar sem guarda-redes e com menos uma unidade, a história do jogo ficou traçada…. E resumiu-se a uma goleada imposta pelo Custóias à moda antiga

PADROENSE VOLTA A CEDER NO SEU REDUTO

 

 AF Porto Divisão de Elite - Pro-nacional – Jornada 11 
Estádio do Padroense FC – Padrão da Légua 
Árbitro - Ivan Vigário 
PADROENSE 2 LOUSADA 2
Ao intervalo, 0-1, golos Barriga (14) Oliveira (60) e Pedrinho (66) 

 PADROENSE: Stephen, Paulinho, Rui Jorge, Armando (Galeão 66) e Vítor Lobo (Ricardo 46); Preto (Quim 66), Pedrinho e Tiago, Gazela (Ibrahima 46), Paulo Campos (Joel 46) e Pedro. T. José Ferreirinha 

LOUSADA: Lopes, Digas, Barriga (Paulo 88) Ima (Rafa 64) Jury, Nélson (Dani 64), Artur e João Ribeiro, Oliveira (Zé Miguel 88) Rafael e Diogo. T Pedro Moreira. 

 

Pela segunda vez esta época o Padroense é surpreendido no seu reduto. Os forasteiros entraram bem organizados, e exploraram o erro do adversário, e com alguma felicidade chegam à vantagem à passagem do minuto 14. O Padroense, em desvantagem, tudo fez para mudar o rumo aos acontecimentos, mas esbarram sempre na boa organização defensiva do Lousada. 

 No segundo tempo, mais Padroense, mais oportunidades de igualar a partida e desperdiçadas pelo conjunto matosinhense. Contra a corrente de jogo, os forasteiros aumentam a vantagem trazida do primeiro tempo. Aos 66 minutos Pedrinho, reduziu e alma Padroensista veio de novo ao de cima, acreditando que ainda era possível alcançar um resultado positivo, que nao aconteceu…Já em período de descontos dados por Ivan Vigário, uma vigarice não deu pelo menos um empate ao Padroense, pois foi claramente perdoada uma grande penalidade contra o Lousada

NULO EM LEÇA DEVE-SE A “SÃO HUMBERTO”

 
 AF Porto Divisão de Elite - Pro-nacional – Jornada 11 
Estádio do Leça Futebol Clube Árbitro – João Pereira 
LEÇA 0 PEDRAS RUBRAS 0 

 LEÇA FC: Diogo, João Miguel, Meneses, César, Cláudio, Hélder Borges (Huguinho 70), Domingos ( Rafa 46), Bruno Freitas, Mimba (Ruca 90), Wendel e Kazzem (Miguel Pinto 70). T Paulo Alberto 

 FC PEDRAS RUBRAS: Humberto, China (Luís 65) Nuno Costa, Oliveira (Marcos 80), Alex, Samuel, Tó, Mesquita (Daniel 80), Abilio e Leandro (Diogo 19). T António Pedro 

 
Jogo entre vizinhos, em que quase os extremos se tocam, Leça é 17º, Pedras Rubras é líder da competição. A equipa leceira deu uma resposta positiva, à goleada sofrida na jornada anterior, de facto os leceiros foram superiores neste encontro, valendo aos forasteiros uma soberba exibição do guarda redes Humberto. Os Maiatos, entram melhor na parida, fazem jus à condição de líderes, mas pertenceu à equipa da casa a melhor e mais soberana oportunidade de abrir o marcador, Humberto defendeu com mestria uma grande penalidade apontada pelo capitão Domingos, eles que já foram companheiros de equipa a quando da passagem de Domingos pelo Pedras Rubras 

   

No segundo tempo, mais se acentuou o domínio leceiro e valeu mesmo “São Humberto” que de uma forma inspirada fazia sucessivas paradas com grande classe evitando continuadamente que o Leça se adiantasse no placard. Com as entradas de Daniel e Marcos, o Pedras Rubras sacudiu a pressão leceira e equilibrou o encontro, mas o resultado não sofreu alteração. Em suma foi uma boa resposta a aqueles que de alguma forma deixaram de acreditar na jovem formação leceira.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC