RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

LAVRENSE SEGURA NULO ESTOICAMENTE



2ª jornada Da Divisão d´Elite Serie 1 AF Porto
Complexo Desportivo de Lavra
Árbitro: Gustavo Correia
Cartão Vermelho a André Rocha e Organista Ambos do Lavrense (52`)
U DLAVRENSE 0 FC AVINTES 0
LAVRENSE: Mata, João Magalhães, Organista, André Rocha e Abilio; Ramos, Ruizinho, Trivelas (Rui Silva 85) e Nunes (Carlitos 53), Baiano (Grenha 53) e Tiago Carvalho. Treinador António Gaiteiro
FC AVINTES: Rui Martins, Dani (silva 60) Gomes, Renato, Bruno Duarte, oliveira (Luís 60) Freixo, Tiago (Eiras 69), Bruno Sousa, Mamadou (Pedro Sá 68) Ruben. Treinador José Manuel Ribeiro.
O Lavrense foi esta tarde uma equipa corajosa que jogando praticamente todo o segundo tempo com menos 2 jogadores aguentou a pressão dos Gaienses não permitindo que a sua baliza fosse violada.
Primeiro tempo com algum equilíbrio, com ligeiro ascendente da turma de Gaiteiro.
No segundo tempo a equipa de arbitragem, estragou por completo o desafio, ao minuto 52, marca penalti (muito duvidoso) e dá ordem de expulsão aos dois centrais Lavrenses (André Rocha e Organista).  O Lavrense a jogar com menos dois homens que o adversário, reajusta a sua equipa fazendo entrar Carlitos e Grenha, e solidifica mais o sector defensivo, explorando o contra ataque, dando por inteiro o domínio de jogo ao adversário. Numa jogada de contra resposta o guarda redes do Avintes saí da sua área jogando a bola com as mãos (fica por marcar livre à entrada da área e a consequente expulsão do redes) mas Gustavo correia manda jogar… Luís Mata não teve grande preocupação para segurar o nulo, dando instruções aos seu sector defensivo mais não fez do que segurar alguns cruzamento para a sua área.
Em sum um resultado que premeia a turma Lavrense que estoicamente jogou em inferioridade numérica quase 40 minutos de jogo se juntarmos o período de descontos dados pelo ´´arbitro do encontro

PERAFITA SOFRE GOLEADA À MODA ANTIGA


2ª jornada da Serie 1 Divisão de Honra AF Porto
Estádio Municipal  de Leça da Palmeira (Bataria)
Árbitro António Montenegro
PERAFITA 2 ARCOZELO 7
Ao intervalo, 0-2, golos, Moreira (35, 63 gp, 90+1) Rodrigo (45), Rafa (48) Fradinho (55) Nogueira (74) Mauro (76, 90)

PERAFITA: David, Rafa  (Costinha 46), Bambu (Paulo Santos 75),  Fradinho, Poças,  Cruz (Matos 46), JP, Barbosa, Negão (Jota 75),  Nogueira e Luís (Maravalhas 46). Treinador Tiago Ramos
ARCOZELO: Miguel Rodrigo (Fábio 70), Tiago Dias, Kaká, Pedrinha, Edu (Bruno 70), Henrique (Nico 46/ Rui Sousa 63), Lato, Moreira (Pedro Oliveira 83), Rafa e Mauro. Treinador Nuno Rangel

Jogo disputado fora do hatitat natural da equipa do FC Perafita (Obras no seu Estádio)
Pelo que podemos observar durante os primeiros 30 minutos, nada fazia prever o desfecho final do jogo que terminou com uma goleada à moda antiga. 30 minutos com algum equilíbrio , de parada e resposta mas nos 5 minutos finais o Arcozelo, dispôs de duas oportunidades e faturou ambas, indo para o intervalo com uma vantagem algo imerecida para o conjunto perafitense.
Os gaienses abriram o segundo tempo dando a machada final nas pretensões da turma de Tiago Ramos, Rafa faz o 0-3 e a partir daí tudo se complicou para turma da “casa”. Com a vitória praticamente sentenciada o Arcozelo viu ainda o Perafita reduzir e acalentar algum folgo para reentrar na discussão, só que Moreira que fez Hattrick faz o 4º da sua equipa aos 63`e “mata” definitivamente o jogo. Nogueira volta a reduzir para os perafitenses, mas Mauro tinha guardado um BIS e colocou o resultado final de 2-7, goleada à moda antiga.
Acontece! Nada saiu bem à equipa orientada pelo jovem treinador Tiago Ramos, do outro lado o Arcozelo que é uma boa equipa não tem um conjunto que justifique um resultado tão desnivelado frente ao Perafita.

 

EM LEÇA FATOR SORTE FOI DETERMINANTE



Estádio do Leça FC- em Leça da Palmeira
2ª jornada da Divisão d´elite AF Porto
Árbitro Armando Mendes
LEÇA 2 SC RIO TINTO 2
Ao intervalo, 0-0, golos Bruno Teixeira (65), Ramalho (77 e 83) e Boni (90+1)

LEÇA: Taha, Joel, Alex, Ramalho, Paulo Lopes, Jair, Miguel (Sérgio Pedras), Pedro Areias (Coutinho 88), João Castro (Pedro Pinto 69), Diogo Pedras, Jardel (Chico 89). Treinador Domingos Barros.

SC RITO TINTO: Matos , Simão, Jorge Pereira, Joel, Macieira, Andrezinho, Carlos Sousa (Diogo 58), Careca, Vitinha (Paulo 84), Bruno Teixeira (Boni 84), Maga (Ricardinho 58). Treinador Manuel Pinheiro.

Um jogo bem disputado com algum equilíbrio em que o fator sorte foi determinante para o desfecho do jogo.
O 1º lance de Perigo pertenceu a turma orientada por Manuel Pinheiro, Mas Vitinha não conseguiu bater o guardião Taha, Praticamente logo a seguir Diogo Pedras sofre falta para grande penalidade que Armando Mendes árbitro da Partida concedeu, Diogo Pedras na marca de 11 metros não aproveita e atira ao lado.
Os golos vieram no segundo tempo, primeiro Bruno Teixeira um jogador que já vestiu as cores leceiras dá vantagem aos visitantes…mas Ramalho em duas subidas ao ataque de igual modo bisa no encontro consumando a reviravolta no resultado…e quando tudo fazia prever que a turma leceira tinha na algibeira 3 pontos, eis que o recém entrado na partida Boni, marca superiormente um livre que culmina com o golo do empate.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC