RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

RECORDAR TOZÉ CAMPEÃO DO MUNDO(1989) DE RIADE


Tozé o primeiro em baixo do lado direito

António José Azevedo Pereira, mais conhecido no futebol como "Tozé", foi Campeão Mundial de sub 20 em 1989, capitaneando inclusivamente a nossa Selecção, nesse Mundial em Riade. Formado nas escolas do Leixões SC, O ex-médio, que abandonou os relvados aos 32 anos, depois de vestir 37 vezes a camisola das "quinas" nas selecções jovens, começou e terminou a carreira no Leixões, com passagens por Tirsense, Leça, Alverca e Maia.

Tozé ainda enveredou pela carreira de treinador, treinando o FC Pedras Rubras na época de 2006/2007, que eu tenha conhecimento. Decidiu abandonar a carreira de treinador para se dedicar aos estudos, Tozé, finalista da licenciatura em Educação Física e Desporto do Instituto Superior da Maia, mata o “bichinho” do futebol na equipa de veteranos do Custóias FC. Mantendo o coração leixonense.

Carreira de Tozé descrita por épocas: Leixões (1981/86 formação). Seniores (1986/92); Tirsense (1992/96); Leça (1996/98), Alverca (1998/99) Maia (1999/00) e Leixões (2000/2002.

FUTEBOL DE MATOSINHOS TEM UM CAMPEÃO DO MUNDO

Tozé, capitão da Selecção Nacional, levanta o troféu na presença do treinador Nacional Carlos Queiroz
O LEIXONENSE ERA O MAIS EXPERIENTE
Tozé, o "capitão" da seleção portuguesa, ainda hoje se emociona com o momento em que recebeu a taça, em Riade. Tozé era o médio-central, capitão e o mais experiente da equipa, por já actuar, aos 18 anos, na equipa principal do Leixões
"Na altura nem imaginava que era possível chegar a levantar o troféu. Ainda hoje é inacreditável, porque todos continuam a associar-me à imagem do campeão do Mundo que levantou a taça. É algo que não consigo descrever e estou a falar-lhe com emoção", afirmou Tozé.
A 03 de março de 1989, depois da vitória na final com a Nigéria por 2-0, com golos de Abel e Jorge Couto, o médio natural de Matosinhos recebeu a Taça Coca-Cola das mãos do Rei Fahd, da Arábia Saudita, perante uma multidão praticamente indiferente.
"Não tínhamos o calor dos portugueses, eram só alguns simpatizantes e a nossa comitiva, incluindo o tradutor, que também festejou. A sensação da chegada a Lisboa foi tão boa como a da entrega da taça, mas, para mim, foi diferente", garantiu Tozé.

CURIOSIDADES - ESTORIL vs LEIXÕES

A propósito do Estoril-LEIXÕES de domingo…

Nos três últimos jogos que o Leixões fez no recinto do Estoril, para a Liga de Honra, venceu dois e perdeu um. Curiosamente, a derrota foi na época (2006/07) em que o Leixões subiu à Liga. E quem é que orientava o Estoril? Um tal de Litos, já deve ter ouvido falar…
Na turma canarinha jogou Marco Silva, agora técnico do próximo adversário do Leixões.
Na época anterior (2005/06), o Leixões venceu no Estádio António Coimbra da Mota, por 3-0. Há um ano venceu também, mas por 1-0.
Concluindo: o Leixões quando venceu no Estoril, não subiu. Quando perdeu… subiu!

Por JOÃO PEDRO FARIA

PENTEADO UM DOS GRANDES GOLEADORES DA HISTÓRIA DO LEIXÕES

Manuel Alves Penteado, Data de nascimento: 04/06/1958. Cidadão de Matosinhos.

Quando entrar no Museu de Serralves, até pode apreciar a arquitectura de Siza Vieira e os quadros de arte contemporânea espalhados nas salas, mas não enjeite a oportunidade para trocar uma palavra com Penteado, um senhor alto, atlético, dos seus 53 anos (mais específico é impossível). Trabalha no Museu e já foi avançado de futebol profissional, de clubes como Leixões e FC Porto

PENTEADO foi um avançado de grande mobilidade, veloz, com remate forte e um grande jogo de cabeça. Natural de Vila Nova de Seles – Angola, viajou para Portugal ainda muito novinho, e aos 17 anos já jogava futebol no Monção
(1º hattrick), Monção-Tirsense. em 1976/77... “Só tinha 17 anos, fui convocado e entrei na segunda parte. Estávamos a perder 3-0 e marquei três golos para chegarmos ao empate.”.
Com 20 anos apenas seguiu para Viseu, para representar o Académico local. Os seus golos, logo despertaram interesse de outros clubes, e o Leixões conseguiu recrutar os seus serviços. Ligação que durou apenas uma época, para no ano seguinte ingressar no FC Porto… “Cheguei lá em 1981, numa época conturbada, na ressaca do Verão quente, quando muitos jogadores saíram pela cisão entre a direcção de Américo de Sá e a dupla Pedroto- Pinto da Costa. O treinador era o Hermann Stessl, um austríaco”. Ainda assim, Penteado estreia-se com dois golos, com o Lourosa, num jogo de Taça!... “Sim, é verdade mas estava tapado por figuras do nosso futebol como Gomes, Jacques, Walsh, Júlio, Costa...”

PENTEADO viveria os seus grandes momentos de glória no regresso do Leixões à I Divisão e na temporada que o Leixões aí fez sob o comando de António Morais/António Jesus.
PENTEADO, um do grandes goleadores da história do Leixões, Durante 5 épocas (quatro consecutivas) foi goleador-mor da turma leixonense
Toda a sua carreira foi feita nos seguintes clubes: Académico de Viseu (79/80) Leixões (80/81) FC Porto (81/83), Salgueiros (83/85), Leixões (85/89), Beira-mar (89/91), Ovarense (91/92), Leça (92/93), Lourosa (93/94), Vianense (94/95) e Esposende (95/96).
PENTEADO reside actualmente na Av. Afonso Henriques (junto à Caixa Geral de Depósitos) em Matosinhos

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC