RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 11 de maio de 2015

MENSAGEM DO MITCH AOS LEITORES DO BLOG MITCHFOOT

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES! 
É nessa premissa que pretendo agradecer a todos os meus amigos pelo apoio incondicional que tem demonstrado ao longo destes 5 anos, agradecer também as centenas de mensagens de felicitações em privado as quais me encheram de alegria e entusiasmo, factores que me motivam mais e me tornam mais forte para enfrentar outros tantos anos 

QUE VENHAM MAIS CINCO! 
Nessa perspectiva, pretendo dizer que acresce de responsabilidade o levar a informação a todos os vós que sois fans incondicionais do Mitchfoot e do futebol de Matosinhos 

OBRIGADO 
 Mário Barbosa “mitch”

MURILLO FOI O FOGUETEIRO DE SERVIÇO EM SÃO MARTINHO

 
AF Porto Divisão de Elite - Pro-nacional 2014/15 - Jornada 34 
Complexo Desportivo do São Martinho 
Árbitro Carlos Silva 
SÃO MARTINHO 1 PADROENSE 3 
Ao intervalo, 1-1 golos Murillo (7 e 50`) Cascavel (9`) e Hélder (89`) 

SÃO MARTINHO: Marafona, Rufino, Bruno Santos, Costa e Macieira; Moreno Cascavel e Ratinho (Dani 74), Paulo gomes (Rui Gonçalves 56), Ricardinho e Rui Luís (Carlitos 46). Treinador Jorge Regadas 

PADROENSE: Humberto, Simão Porto, Bruno Cunha e Bruno Gomes; Paulinho, Miranda e China (Hélder 77); Rui Carvalho, Tiago Carvalho, Tiago (Cuco 77)e Murillo (Taipa 68). Treinador Augusto Mata 

O São Marinho engalou-se para receber o Padroense, o motivo não era para menos, pois os campenses só precisavam de um ponto para se sagrarem campeões da Divisão d´Elite, mas esqueceram-se de que o adversário está ávido de pontos, que precisa deles como do pão para a boca.

Murillo decidiu estragar a festa e vestiu a pele de fogueteiro, estoirando com dois foguetes, adiando a festa dos campenses. Mas mais importante do que estragar o que quer que seja, é necessidade de pontos que os matosinhenses precisam e que lutaram por eles neste jogo bastante emotivo. 

O São Martinho, diante dos seus adeptos ( um estádio cheio), entrou algo nervoso na partida e a equipa de Matosinhos, aproveitando-se disso mesmo abriu o marcador à passagem do minuto 7`. Os campenses rapidamente deram a resposta com o golo do empate dois minutos depois, marcado por Cascavel. Refeitos do susto a equipa da casa (futuros campeões da prova), carregam sobre a defensiva de Matosinhos, mas Humberto e seus pares chegavam para as encomendas, mantendo o empate até ao intervalo.
   
No segundo tempo o São Martinho entrou mais pressionante no ataque com o intuito de resolver o jogo e seguir para a festa, mas outra vez Murillo a estragar os planos campenses com o segundo golo pondo o Padroense em vantagem de novo. Golo que de uma vez por todas intranquilizou a equipa da casa, que não teve arte e engenho para dar a volta aos acontecimentos. Os visitantes ainda fizeram o terceiro por Hélder bem perto do fim acabando com as duvidas em relação ao vencedor desta partida. 

A equipa da AR São Martinho adia por uma semana a festa de campeão que muito justamente lhe assenta como uma luva. O Padroense FC, com estes três pontos conquistados ganha motivação extra que os faz acreditar na manutenção nesta divisão, pois pode encarar os 4 jogos (autenticas finais) que ainda faltam disputar com mais optimismo.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC