RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 16 de outubro de 2011

LEIXÕES NA TAÇA, MISSÃO CUMPRIDA!

O Leixões bateu, no Estádio do Mar, o Sport Clube Mineiro Aljustrelense em jogo a contar para a 3.ª eliminatória da Taça de Portugal.

O golo solitário de cabeça de Diego Mourão aos 82' chegou para o Leixões seguir em frente na prova onde já tem pergaminhos. Uma prova em que pela segunda vez o próprio Diego Mourão marca e dá a vitória à equipa de Matosinhos
O Leixões comandou um encontro morno de início ao fim com grande parte da partida a ser disputada no meio campo do conjunto vindo do Alentejo e por várias ocasiões o Leixões poderia ter inaugurado o marcador mas isso só viria a verificar na recta final do encontro quando o Aljustrelense já só pensava no prolongamento. Um livre de Feliciano marcado na direita fez com que o brasileiro somasse o segundo tento pelo conjunto de Matosinhos.


Entretanto este jogo foi de estreia para João Beirão que, chamado pela primeira vez, conseguiu entrar no decorrer da segunda metade (75') e fazer a estreia na temporada ao serviço do clube de Matosinhos
Leixões: Degré, Paulinho, Zé Pedro (Wesllem), Luís Silva, Florent, Marcelo, Paulo Tavares (Rafinha), Moisés (Beirão), Feliciano, Diego Mourão e Jumisse


LITOS
Foi no final do encontro que deu a vitória e o carimbo da próxima fase ao Leixões que o técnico principal da equipa se deslocou à sala de imprensa do Estádio do Mar para fazer a abordagem ao jogo. O golo tardio foi o início da conversa “Há que dar mérito ao adversário pela forma como se bateu, como trabalhou. Nós fomos criando algumas situações, não muitas. Há que enaltecer a paciência dos jogadores. O campo ainda não esta em perfeitas condições para se poder jogar melhor. Há que dar os parabéns à equipa. Foi paciente, foi pressionando o adversário e felizmente que o golo aconteceu. Muitas das vezes as coisas não saem como nós queremos. Queria ter ganho por mais mas, por aquilo que o adversário fez, mereceu o resultado e de ter tido a possibilidade de empatar.”
Depois do Aljustrelense “vamos ter 2 semanas sem folgas e vamos preparar o jogo com o Atlético. Depois logo veremos…”

FONTE BLOG LEIXÕES

TAÇA FIM DA LINHA PARA O INFESTA


Desportivo das Aves foi sempre superior ao Infesta

O Infesta foi eliminado esta tarde da Taça de Portugal, ao perder com o Desportivo das Aves por 4-0, num jogo em que a equipa da casa dominou do principio ao fim, mas que o Infesta, por nunca ter virado a cara à luta, merecia o tento de honra.

O Desportivo das Aves foi sempre superior ao Infesta e desde cedo mostrou que queria resolver o encontro pois nos primeiros 10 minutos do encontro, tal foi a superioridade que a equipa da casa dispôs de cinco pontapés de canto a seu favor. Mas o Infesta foi a primeira equipa a criar perigo quando Maga chegou atrasado a um passe em profundidade de Oliveira, onde Rui Faria chegou primeiro à bola. Apesar de tudo, o Aves só criou o seu primeiro lance de real perigo aos 19 minutos quando a cruzamento de Fonseca para Quinaz, Carlos Pinto consegue cortar a bola para Victor Pádua defender posteriormente. Aos 22 minutos, Quinaz cruza da esquerda para Fonseca que de cabeça, atira ao lado. Mas aos 25 minutos, o Aves chega mesmo ao golo por intermédio de Fonseca que com um toque subtil, após excelente desmarcação de Grosso, inaugura o marcador. O Infesta não virou a cara à luta e aos 30 minutos, Oliveira ganha a bola no meio campo, deixa para Pedro Nuno e este, do grande circulo, tenta fazer o chapéu a Rui Faria que estava atento e não vacilou. Dois minutos depois, o Aves chega ao 2-0 por intermédio de Quinaz que aparece isolado perante Victor Pádua e não perdoa, aumentando o marcador. O Infesta perdia por 2-0, e até ao intervalo, houve duas oportunidades para cada lado. Primeiro foi o Aves por Fonseca que antecipa-se a Carlos Pinto e atira à baliza, mas Victor Pádua esteve bem a defender e depois foi o Infesta que num livre junto à quina da área do lado direito, Vitinha I atira com força junto ao poste direito mas Rui Faria defende.



Na segunda parte, o Infesta tentou inverter o rumo dos acontecimentos e aos 47 minutos, um livre a cerca de 30 metros da baliza a favorecer o Infesta, Vitinha I atira à figura de Rui Faria que soca a bola para a frente, mas não aparece ninguém para a recarga. Depois foi Fonseca que isolado perante Victor Pádua, atira ao lado. Mas aos 53 minutos, o Aves faz o 3-0 por Quinaz que flecte para o meio e atira colocado à baliza do Infesta. Dez minutos volvidos, chega o 4-0 para o Aves por Fonseca, que responde bem de cabeça a um cruzamento da direita de Leandro. Aos 67 minutos, o Aves quase fazia o quinto, quando o recém-entrado Dally, ganha a bola pela esquerda a Carlos Pinto, cruza para a marca de penalri onde Fonseca simula e deixa para Quinaz que isolado, atira por cima. Depois o Infesta controlou o jogo e tentou a todo o custo o tento de honra. Primeiro foi Almeida que aparecia isolado a passe em profundidade de Pedro Pereira, mas Rui Faria consegue-se antecipar e atira para lançamento lateral e depois, em cima do minuto 90, Pedro Pereira de livre atira com força junto ao poste, mas Rui Faria defende para canto.

O jogo chegava ao final, com o Infesta a ser eliminado da Taça de Portugal pelo Desportivo das Aves, que fez jus ao seu estatuto de favorito, não vacilando perante um Infesta que merecia um golo pois nunca virou a cara à luta com o avolumar do resultado. No próximo domingo, o Infesta desloca-se a Alpendurada para o jogo da 6ª jornada do campeonato.

Site oficial Do FC INFESTA

VIDEO (SCSª Hora 3 Arcozelo 0)

SCSª HORA VENCE POR 3-0 O ARCOZELO E É LIDER ISOLADO COM 14 PONTOS

SCS HORA VENCE E É LIDER



S.C. Senhora da Hora em " Grande"

O S.C.Senhora da Hora venceu o Arcozelo por 3-0
A equipa apresentou-se com Dourado, Bruno, Leandro, Ramalho, Diogo, Portilho, Ricardo, Dani, Alvaro, Serrão e Ferrer.

Inicio de jogo muito disputado a meio campo, sem grandes oportunidades de parte a parte, volvidos 12 minutos Ricardo, remata a cerca de 30 metros da baliza, proporcionando a defesa da tarde ao guardião visitante, este lance empolgou a equipa que aos 20 minutos, Dani, através de bola parada, quase abria o marcador, mais uma boa defesa do guarda-redes do Arcozelo, aos 23` lançamento no corredor direito, Ferrer cruza e Dani, atira de cabeça ao poste. O S.C.Senhora da Hora acredita que está a chegar o golo e aos 31 minutos, Leandro faz um passe, que sobrevoa a entrada na área, Ricardo, fazendo uma diagonal tem um domínio perfeito, sendo derrubado na área, Álvaro é chamado a cobrar e permite a defesa do inspirado guarda-redes, mas na recarga finaliza, abrindo o marcador. Decorria 38`minuto,livre no corredor esquerdo, que cria perigo ao S.C. Senhora da Hora, com a bola ser devolvida pela barra. Perto do final da 1ª parte, o Arcozelo assusta mais uma vez, Dourado que vê a bola ser devolvida do poste com um cruzamento remate, em que nada podia fazer.

Aos 55 minutos entrada de Sérgio, para o lugar de Dani. O Senhora do Hora controla o jogo, permite ao adversário mais posse de bola, para lançar fortes contra ataques, quando num lançamento lateral, Diogo, lança Ferrer que velocidade, passa pelo lateral, ganhando a linha de fundo, e quando todos esperavam que endossa-se a bola para trás, finaliza aos 58 minutos, estava feito o 2-0. Aos 65 minutos num lance de jogo aéreo, Bruno caí ao solo, lesionando-se, Joca volta a mexer colocando Bruno Alves. Faltando 15 minutos para o final, Dourado, bate para a entrada da área, existindo falta de dialogo entre central e guarda-redes, que Sérgio, aproveita da melhor forma dilatando o resultado para 3-0. O Arcozelo apesar de estar a perder por 3-0, não baixou os braços e sempre que o SC Senhora da Hora permitia, tentava através do jogo aéreo reduzir, entrada de KAKA, para o lugar de Ferrer,para refrescar o ataque, em suma mais um grande jogo da equipa da casa, que com um espírito de grupo muito forte, conseguiu mais uma vez, atingir os objetivos que se propôs neste jogo.

CUSTÓIAS PERDE PELA 1ª VEZ.



DIVISÃO DE HONRA DA AF PORTO
Parque Jogos Manuel Marques Gomes – Canidelo - Gaia
Árbitro: Paulo Gomes Nunes
SC Canidelo 2 Custóias FC 1
Ao intervalo, 1-0 Golos Vinagre (41) Fifas (72) Edu (84)

CANIDELO: Danny , Fifas, Sérgio, André Martins, André, Ricardo Melo, Ruben, Oliveira (Jordy), Vinagre (Andrade), Ricardo Oliveira, Sousa.



CUSTÓIAS: Meneses, Luisão, Nuno Ribeiro e César (Caramalho), Edu, Mário Rui (Paulo Lopes)e Joel, Gandarela, Danny e Nuno Santos (Magalhães). Treinador, Paulo Silva.

CANIDELO POR CIMA DURANTE A I PARTE



Bom Jogo de futebol, jogado com muita intensidade.
A equipa da casa começa o jogo com superioridade atacante, insistindo o jogo pelos flancos, com predominância pelo lado esquerdo, tirando partido de um jogo menos conseguido pelo lateral direito, Pessoa que tem estado muito bem na equipa do Custóias. Aos 5m a equipa do Canidelo quase chega ao golo, negado com segurança pelo guardião Meneses. Praticamente na resposta, a equipa do Custóias cria perigo numa jogada de insistência atacante. Aos 12 minutos, Ruben ao segundo poste cabeceia para fora. Mais insistente no ataque, a equipa do Canidelo vai criando alguns calafrios na defensiva custóiense, que responde com acerto. Mário Rui, médio do Custóias, ensaia o remate de fora da área, criando algum frisson. Aos 41 minutos o golo da equipa da casa, que diga-se já merecia, por Vinagre que dentro da área, sem marcação, rodopia sobre si e remata para o fundo da baliza de Meneses que nada podia fazer. O 1-0 com que se atingiu o intervalo era justo e premiava a equipa que mais o fez por merecer.


EXCELENTE REAÇÃO DA EQUIPA DO CUSTÓIAS



No regresso das cabines, as equipas sobem ao relvado sem alterações nos onzes. Ao contrário da primeira parte, a equipa do Custóias, equilibra a contenda e aos poucos vai-se se acercando da área dos da casa, com relativo perigo. A equipa do Canidelo, aposta numa toada de contra-ataque, mas só vai criando perigo através de lances de bola parada. Com as mexidas no onze custóiense, Magalhães no lugar de Nuno Santos (55) e Paulo Lopes no lugar de Mário Rui (59), a equipa começa a ser mais insistente no ataque, mas aos 72 minutos sofre duro golpe nas suas pretensões, O Canidelo em lance de contra-ataque faz o segundo, contra a corrente de jogo. A jogar apenas com três defesas a equipa do Custóias, já com Caramalho no lugar de César, aposta tudo na recuperação do resultado. Gandarela, um diabo à solta, na área do Canidelo, com Paulo Lopes a jogar ao mais alto nível, Joel o magico, desconcertante, mais o apoio do capitão Luisão que terminou quase a ponta de lança, a equipa custóiense quase chegou ao empate, tão grande foi o futebol atacante produzido nos últimos 18 minutos. Primeiro, Gandarela, isolado pelo lado direito, já com o ângulo reduzido faz um chapéu ao guarda-redes Danny, mas bola não sai com a direcção pretendida, saindo muito perto do poste mais longe. Aos 84 minutos, golo do Custóias, livre direto apontado superiormente por Paulo Lopes, a bola beija o travessão e na recarga, Edu reduz. Em cima do minuto 90, num lance de muita pressão sobre a defensiva do Canidelo, Luisão atira à barra. O Sr Paulo Gomes Nunes, arbitro do encontro que esteve em muito bom nível durante os 90 minutos, borrou a pintura toda ao não assinalar uma mão dentro da área defensiva do Canidelo (penalti) e também não permitiu que a equipa do Custóias marcasse um pontapé de canto, acabando com o jogo.

RESULTADOS DESPORTIVOS DAS EQUIPAS DE MATOSINHOS


Resultados desportivos

Para a Taça de Portugal
LEIXÕES 1 ALJUSTRELENSE 0
D. AVES 4 FC INFESTA 0

Divisão de honra AF Porto
CANIDELO 2 CUSTÓIAS 1

I divisão AF Porto serie 1
LAVRENSE 1 PERAFITA 2

I divisão AF Porto serie 2
SCS HORA 3 ARCOZELO 0
S.FÉLIX 3 DL BALIO 2

II divisão AF Porto Serie 1
VILA CHÃ 1 OS LUSITANOS 0
ALDEIA NOVA 0 M. SANGEMIL 1

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC