RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 26 de agosto de 2012

UD LAVRENSE CONQUISTA TORNEIO DO LEÇA DO BALIO


Final do torneio de futebol Leça do Balio
Árbitro Jorge Costa (AF Porto)
D LEÇA DO BALIO 1 UD LAVRENSE 2

D.LEÇA DO BALIO: Hugo, Marco, Pedro, Stam e Grilo; kaka, Cris, Vitor Barros, Bruno Teixeira, Bessa e Ismael jogaram ainda; Dinis, Ricardo Meireles, Virgilio, Tiago Vasconcelos, Bruno João e Vitor Carneiro. Treinador Paulão, Treinador Adj. Arménio

UD LAVRENSE: Telmo, Wilson, Filipe Sousa, Leandro e Tiago Pinto; Ricardo, André Grilo e Amaral; Leandro Teixeira, Cardos e Jota. Jogaram ainda Miguel, Diego, Ribeiro e Tiago Carvalho. Treinador Paixão

O Lavrense entra forte na partida, com as linhas bastante subidas e a fazer um enorme pressão sobre o homem do Leça do Balio que conduzia a bola. Respondia os homens da casa, com posse e qualidade de passe. O equilibriu foi nota dominante durante os noventa minutos, embora pertencesse aos forasteiros o maior número de oportunidades de golo. Golos; Pelo Desportivo Leça do Balio marcou, Pedro, pela União Desportiva Lavrense marcaram, Cardoso e Stefan. Para sermos justos, fica a nota de que a decisão pelas grandes penalidades seria mais consentânea com o que se passou durante o encontro

No encontro que antecedeu a final (jogo de atribuição de 3º e 4º lugar)
Os Lusitanos de santa Cruz do Bispo, venceram por grandes penalidades a equipa do Custóias FC por 5-4, 1-1 foi o resultado no tempo regulamentar

CLASSIFICAÇÃO FINAL
1º UD LAVRENSE
2º D LEÇA DO BALIO
3º OS LUSITANOS
4º CUSTÓIAS FC

INFESTA VENDEU CARA A ELIMINAÇÃO DA TAÇA

O Parque de Jogos Manuel Ramos, engalanou-se para assistir a um bom espectáculo de futebol. Apesar de ambas as equipas disputarem a 2ª Divisão B, o Chaves vinha rotulado de favorito mas o Infesta fez-lhe a vida negra, não permitindo aos flavienses, sair de São Mamede de Infesta, com o passaporte para a 2ª eliminatória da Taça de Portugal, de mão beijada.

FC INFESTA 2 GD CHAVES 2 (3-5 nos penaltis)
Marcadores, Ricardo Chaves (85`), Vitinha I (90+2 g-p) Digas (100`) e Rainho (112`)
Grandes penalidades, Infesta, Pedro Nuno, Jorginho e Oliveira a marcar, falhando Rui Jorge, enquanto no Chaves Rui Rainho, Mário Mendonça, João Fernandes, Sagna e Kuca marcaram.


FC INFESTA: Isac, Jorginho, Rui Jorge, Correia e Pereira (Digas); Dani, Vitinha I (cap), Oliveira, Gonçalo (Ely), Pedro Nuno e Bruninho (Maga). Treinador José Manuel Ribeiro.


G D CHAVES: Paulo Ribeiro (Nuno Dias), Sagna, Ricardo Chaves, João Fernandes, Kuca, Rainho, Nuninho (Mário), Ramalho, Gustavo, Ricardo Teixeira (Vitor Pereira). Treinador Hélder Fontes



A primeira parte foi muito combativa, com o jogo disputado muito a meio campo, apesar de o Chaves ter tido mais posse de bola, ambas as equipas tiveram oportunidades para marcar. Primeiro foi o Chaves que num livre da direita, batido por Rui Rainho a meia altura, Isac estava atento, defendendo a bola que ainda embateu no poste. O Infesta na jogada seguinte, tem um livre à entrada da área por Vitinha I, que atira à figura de Paulo Ribeiro. Oliveira teve a mais flagrante oportunidade para o Infesta à passagem da meia hora de jogo quando em jogada individual e importunado por Rui Rainho, atirou muito por cima e pouco antes do intervalo, num cruzamento da direita de Sagna, Rui Jorge com um pequeno toque ao primeiro poste, desvia a bola de Ricardo Teixeira, cedendo pontapé de canto ao Desportivo de Chaves.



A segunda parte foi mais pródiga em ocasiões e aos 50 minutos, Rainho cruza e Ricardo Teixeira atira de cabeça ao lado. Pouco depois, Pedro Nuno num lance idêntico, a cruzamento de Bruninho, atira também de cabeça ao lado. O Chaves, atacava mais e Isac ia tendo muito trabalho. Isac que fez três grandes defesas em todo o encontro, dignas de defesas da tarde, tendo a primeira sido aos 68’ a remate de João Fernandes de fora da área. O Chaves por intermédio de Rainho, ia provocando muito perigo e aos 72’, cruza da esquerda e nem Kuca nem Ricardo Teixeira, chegaram à bola. Aos 79’, Maga entra na área, ganha posição mas remata fraco à baliza do Chaves. E aos 85 minutos, chega finalmente o primeiro golo por Ricardo Chaves que num pontapé acrobático dentro da área, faz a bola passar por cima de Isac, sem qualquer hipótese de defesa. O Infesta, em desvantagem, pressionou e no minuto seguinte, Ely com um remate sensacional à entrada da área, quase faz o golo do empate. Aos 87 minutos, o Chaves fica reduzido a 10 unidades por cotovelada de Ricardo Chaves sobre Pedro Nuno o que originou a que o árbitro Daniel Cardoso, admoesta-se o defesa com um cartão vermelho directo. O golo do empate chegou já em período de compensação, de grande penalidade que castigou a mão na bola de João Fernandes após remate de cabeça de Pedro Nuno. O capitão do Infesta, Vitinha I não desperdiçou e empatou o encontro.



O jogo seguia para prolongamento e foi o Infesta que criou o primeiro lance de perigo que até deu em golo. Magalhães cruza da esquerda e Digas, de cabeça, fez o segundo do Infesta. Com o golo, o Chaves voltou a pressionar e mesmo em cima do intervalo do prolongamento, Isac faz mais uma grande defesa a remate de Kuca, já dentro da área. Na segunda metade e com o Infesta também reduzido a 10 elementos por acumulação de amarelos de Vitinha I, o Chaves chega ao empate aos 112’ por Rui Rainho, o melhor jogador em campo, que de livre, atira para a baliza sem hipóteses de defesa para Isac. Isac ainda salvou o Infesta do terceiro aos 119’ quando defende para a barra um remate de Bruno Magalhães.

O Infesta sai da Taça de cabeça erguida e não foi por falta de empenho dos seus atletas, que o resultado final não foi mais feliz.
O árbitro da partida, Sr. Daniel Cardoso de Aveiro, esteve mal, ao acumular erros que prejudicaram ambas as equipas.

LEIXÕES VENCE NA TROFA E SOMA 9 PONTOS NA II LIGA

Segunda Liga - 4.ª Jornada
Estádio do CD Trofense.
Árbitro: Vasco Santos (Porto)
CD TREFENSE 0 LEIXÕES SC 1
Ao intervalo, 0-1, marcador Pedras (13`g-p)

TROFENSE: Marco Gonçalves, Tiago Lopes, Luiz Alberto, Herbert Santos, Matheus (Moreira, 89), Tiago, Josi, Gomis, André Rateira, Semedo (Vitinha, 63), Paulinho.
Treinador Porf. Neca

LEIXÕES: Rui Sacramento, Steven, Nuno Silva, José Pedro, Nuno Sequeira, Hugo Moedas, Patrão, Luís Silva, Tiago Borges (Malafaia, 65), Pedras (Nélson, 87), Gonçalo Graça (Tsoumagkas, 76).
Treinador Horácio Gonçalves

A equipa de Horácio Gonçalves soma e segue nesta Segunda Liga 2012/13.
Um golo solitário de Pedras através de uma grande penalidade aos 13`minutos, selou a vitória na Trofa, na quarta jornada da II Liga, o olhar atento de cerca de 300 leixonenses que se deslocaram ao estádio para acompanhar a equipa. A equipa de Matosinhos em 12 pontos possíveis, já somou 9 pontos.
A vantagem deu grande confiança à equipa liderada por Horácio Gonçalves, que, até ao intervalo, assumiu por completo o domínio do jogo e esteve muito perto de aumentar a vantagem. No segundo tempo, a partida adquiriu maior ritmo de ambos os lados, com o Trofense reagir e a lutar de igual para igual pelos três pontos.

O que eles disseram!
Horácio Gonçalves
"Conseguimos os nossos objetivos. Num jogo com muita luta, os jogadores foram bravos. Com uma massa associativa como esta, que até arrepia, temos de lutar sempre como hoje. Esta vitória é para eles. Foram incansáveis e empurraram estes jovens para esta vitória. É esta união que faz de nós muito fortes. Hoje viemos com dois juniores que tinham jogado ontem e esta situação é uma situação que não pode acontecer. Vamos ver se esta semana ultimamos algumas situações para equilibrar o plantel."

Prof. Neca
"Tivemos oportunidades mais que suficientes para fazer um golo. O Leixões acabou por conseguir um resultado que temos de aceitar mas que não me parece justo. Parabéns ao adversário e aos meus jogadores."

TORNEIO LEÇA DO BALIO (anfitriões estão na final)


Realizou-se hoje a primeira jornada do torneio de futebol do Desportivo Leça do Balio, torneiro que asinala o 48º aniversário do clube baliense.

Jogo das 17:00 – D. Leça do Balio 1 Os Lusitanos FSCS 0

D LEÇA DO BALIO, Dinis , Marco, Virgilio, Stam, Vitor Barros, Cardoso,Tiago, kaka, Cris, Ismael, Vitor carneiro jogaram ainda; Hugo, Bessa, Bruno, Ricardo Meireles, Semião, Ricardo Silva e Pedro, Treinador Paulão

OS LUSITANOS FCSC alinhou com o seguinte onze; Rui Sérgio, Paulo Coelho, Edu, Rui Carneiro e Xuxa; Rui Dias, Ricardo silva e Meneses; Filipe Nuno Esteves e Suisso, jogaram ainda; Carveli, Ricardinho, Paulo, Hugo, Teixeira e Carlos Miguel. Treinador Albino Guerra



Os Balienses levaram a melhor sobre os Lusitanos
Num jogo bem disputado, em que a equipa dos Lusitanos (2ª divisão) em nada ficou a dever ao seu adversário, e era merecedora da decisão de grandes penalidades.
Mas o “velhinho” VITOR CARNEIRO está ainda para as curvas, e desequilibrou a contenda a favor dos da casa, quando aos 70`m executou um excelente lance que culminou num grande golo. A equipa de Santa Cruz do Bispo, que quanto a nós se apresentou melhor neste encontro, ainda tentou chegar à igualdade, mas todas as investidas esbarravam no guardião da turma da casa DINIS, que esteve ao seu melhor nível.
O D Leça do Balio vai defrontar a UD Lavrense na final

TORNEIO LEÇA DO BALIO (UD Lavrense 2 Custóias FC 2 (6-5) nos penaltis)


Realizou-se hoje a primeira jornada do torneio de futebol do Desportivo Leça do Balio, torneiro que asinala o 48º aniversário do clube baliense.

Jogo das 15:00 – UD Lavrense 2 Custóias FC 2 ( 6-5 para os lavrenses em grandes penalidades)

Árbitro, Sr. Jorge Costa (AF Porto)

UD LAVRENSE alinhou com o seguinte onze: Telmo, Dany, Filipe Sousa, Leandro e Tiago Pinto; Ricardo, Gonçalo e Amaral, Stefan, Tiago Carvalho e Cardoso, jogaram ainda; Wilson, Diego, Jota e rui Seabra. Treinador Paixão

CUSTÓIAS FC alinhou: Luís, Pessoa, Flávio, Cláudio e Graça; Ivo, Vasco e Santa Cruz; Filipe, Estrela e João Luís, jogaram ainda; Márcio, Danny, Volodymyr, Medeiros, Bruninho, Caramalho e Pedrinho. Treinador Pedro Fonseca.



Jogo bem disputado, e já com o frenesim dos grandes dérbis disputados entre ambos. Ao intervalo os custóienses já venciam por uma bola a zero, golo marcado por Santa Cruz, que marcou de novo ao serviço dos custóienses, o jovem médio ex FC Pedras Rubras, parece pegar de estaca como se diz na gíria, justificando a aposta do técnico Pedro Fonseca. No segundo tempo, o equilibriu foi nota dominante, mas Medeiros ex Ermesinde aumenta a vantagem para o Custóias FC, quase como sentenciando a partida, QUASE! Não fosse estar em campo um jovem de 36 anos, um autentico líder dentro do campo, Filipe Sousa, que personalizou a vontade lavrense de dar a volta ao rumo dos acontecimentos, claro! Contando com alguma displicência da turma custóiense, Filipe Sousa não se fez rogado e bisou na partida, levando a decisão do encontro para a marca das grandes penalidades.



Em suma um bom jogo, já com um ritmo muito aceitável para esta altura da época.
A UD Lavrense vai disputar a final frente à turma da casa que venceu os Lusitanos por uma bola a zero

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC