RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 4 de janeiro de 2015

LEIXÕES PERDE EM CASA PELA 2ª VEZ

21ª JORNADA DA SEGUNDA LIGA 
Estádio do Mar em Matosinhos 
Árbitro: Marco Ferreira (Madeira). Ação disciplinar: Cartão amarelo para Seidi (22), Amorim (37), Mauro (45+2), João Pedro [Oriental] (51), Daniel Almeida (54), João Viana (58), Orlando (62). LEIXÕES 1 ORIENTAL 2 
Ao intervalo: 1-0.Marcadores: 1-0, Yuanyi Li, 15 minutos. 1-1, Tom, 56. 1-2, Roncatto, 81. 

LEIXÕES: Chastre, Gonçalo Graça (Moedas, 77), Pedro Pinto, Alabi, João Pedro, Novais, Cadinha, Orlando, Mendes (João Viana, int), Alemão e Yuanyi Li (Pedras, 64). Treinador: Horácio Gonçalves. 

ORIENTAL: Mota, Amorim, Hugo Grilo, Daniel Almeida, João Pedro, Tom (Miguel Paixão, 90+3), Seidi, Valdo, Leonel (Ballack, 64), Mauro e Roncatto (Pedro Alves, 87). Treinador: João Barbosa.

Não começou da melhor forma o ano de 2015 para a equipa de futebol sénior. Esta tarde, perante cerca de um milhar de adeptos nas bancadas, e com Jaime Conceição no Camarote Presidencial, o conjunto orientado por Horácio Gonçalves perdeu por 1-2 depois de ter entrado no jogo a vencer. No entanto, a primeira ocasião de perigo pertenceu à equipa de Lisboa que, através de Mauro rematou ao lado da baliza leixonense. Já depois desta iniciativa da equipa visitante, os leixonenses conseguiram criar o primeiro perigo por intermédio de uma jogada de ataque com Li a servir Alemão e este Cadinha com o lance a ser intercetado por um defesa do Oriental. Aos 15’ o golo leixonense. Li, só com o guarda redes Mota pela frente marcou o primeiro golo de 2015 no Estádio do Mar. Um lance que começa com uma jogada de Novais a assistir o jogador chinês para o seu primeiro golo com a camisola leixonense vestida. Aos 23’ nova oportunidade. Numa jogada de grande perigo, Alemão, isolado, permitiu que o guardião dos visitantes conseguisse adivinhar a intenção do nosso jogador ao cortar a bola. Já em tempo de compensação, e ainda antes do intervalo, a melhor ocasião de perigo para o Oriental. Primeiro Leonel e depois Roncatto tiveram a oportunidade de levar um outro resultado para intervalo.
 
Na segunda parte o contra-ataque viria a ser a arma utilizada pelos lisboetas para chegarem à igualdade. Através de contra-ataque, o Oriental, através de Roncatto, assiste dentro da área Tom para o golo que daria o empate. Já com Pedras em campo (entrou aos 64’) o Leixões teve a oportunidade para levar a bola ao fundo das redes. Através de um pormenor de João Viana a deixar para trás três adversários, centra para Pedras que, ao segundo poste, remata cruzado para a bola sair bem perto do poste esquerdo da baliza guardada por Mota. João Viana que aos 74’, envia a bola por cima da barra mas bem perto da mesma e com Pedras, aos 77’, a rematar perigoso. Aos 81’ a reviravolta no marcador. À entrada da área leixonense Roncatto ganha a bola e remata para o segundo golo da equipa do Clube Oriental de Lisboa que, assim, sairia do Mar com os três pontos. Na próxima jornada o Leixões vai a Aveiro defrontar o Beira-Mar num jogo marcado para domingo, 11 de novembro, às 15h00. 
 BLOG LEIXÕES

PADROENSE ESTREIA REFORÇOS COM EMPATE CASEIRO

 
Divisão d´elite AF Porto 17ª jornada 
Estádio do Padroense 
Árbitro Sérgio Ferreira 
PADROENSE 0 REBORDOSA 0 
Cartão Vermelho a Brandão (85) 

PADROENSE: Humberto, Simão, Porto, Bruno Gomes e Nélson (Jorge 63), Rosas (Cuco 46), Paulinho I (cap) (Bruno Cunha 63), China, Tiago Carvalho, Nogueira (Rui Carvalho 83)e Diogo Sousa. Treinador Ricardo Silva. 

REBORDOSA: Vasco Viana, Paulo Monteiro, Batista, Danny, Rui Alves, Filipe Carvalho, Rui Miguel (Tiago 70), Edu (Sérginho 70), Oliveira, Bock (Licinio 90+1) e Brandão. Treinador Monteiro.

   

Tarde amena, apesar do frio que se fazia sentir…as equipas subiram ao palco à hora marcada. As espectativas para os padroensistas eram bastantes grandes, apesar de três reforços no boletim de jogo (CHINA começa no onze), a necessidade de vencer era imperativa. Os forasteiros entram melhor na partida e deram continuidade durante os primeiros 45 minutos, criando três excelentes oportunidades para marcar mas em todas elas encontraram pela frente um guarda redes inspirado e bastante seguro, senso ele o garante do nulo verificado ao intervalo.

   

No segundo tempo e já com CUCO em campo (estreia absoluta) a equipa da casa apareceu bem melhor e assumiu por inteiro as despesas do jogo, indo em busca do golo sendo mais incisivo no ataque (recorde-se que o Padroense não atirou à baliza do Rebordosa uma única vez), com entrada de BRUNO CUNHA para o eixo da defesa, o Padroense subiu com mais consistência ao ataque e bem que poderia ter marcado quando Tiago Carvalho pelo corredor direito remata cruzado com bastante perigo, a bola passa em frente à baliza sem alguém lhe toque para o fundo das redes, CUCO também de livre direto faz Vasco Viana guarda redes forasteiro segurar o empate verificado no final do jogo

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC