RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

ÁGUAS SANTAS VENCE TORNEIO AMÉRICO GONÇALVES



O Lusitanos Futebol Clube de Santa Cruz organizou durante o fim de semana passado o Torneio Américo Gonçalves.
A equipa da casa convidou para o torneio as equipas do Leça Futebol Clube, Grupo Desportivo Águas Santas e União Sport Club de Baltar.
Os jogos decorreram no Parque de Jogos Domingos Soares Lopes e teve como vencedor o Grupo Desportivo Águas Santas
Perante a presença da Administradora da Matosinhos Sport, Engª Helena Vaz, para alem da apresentação da equipa sénior 2018/2019 foi também homenageado o presidente Américo Gonçalves  como forma de reconhecimento da dedicação ao clube aurinegro
__________________

Resultados e classificação do torneio.
Leça 2 - 2 Baltar (Baltar venceu em penaltis)
Lusitanos 2 - 2 Aguas Santas (Aguas Santas venceu em penaltis)
Classificação:
1º G.D.Aguas Santas
2º Os Lusitanos F.C.S.C.
3º U.S.C.Batar
4º Leça F.C. U19

Fonte e fotos CMM 

À 3ª FOI DE VEZ…JÁ ESTÁ! OS PRIMEIROS PONTOS PARA TURMA DE MATOSINHOS


Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril.
3ª JORNADA DA Ledman Liga pro
Árbitro: Nuno Almeida (AF Algarve).
Ação disciplinar: cartão amarelo para João Góis (14), Kukula (35) e Furlan (45).
Estoril-Leixões, 1-2.
Ao intervalo: 1-1.
Marcadores: Luís Silva, (17) Roberto,( 27) Pedro Henrique, (90+2)

ESTORIL: Thierry Graça, João Góis, Oumar Diakhité, João Gomes, Furlan (João Vigário, 64), Filipe Soares (Gustavo Costa, 76), João Patrão, Gonçalo Santos (Wallyson Mallmann, 64), Aylton, Sandro Lima e Roberto.  Treinador: Luís Freire.

LEIXÕES: Tony Batista, Jorge Silva, Bura, M. Costa, Bernardo, Luís Silva, (Stéphane Dasse, 77), Evandro Brandão (Pedro Henrique, 90), André Ceitil, Derick Poloni, Lawrence Ofori e Kukula (Erivaldo, 66). Treinador: Filipe Gouveia.

O Leixões conseguiu ao fim de 3 jornadas  somar os três primeiros pontos na 2.ª Liga, ao vencer o Estoril, por 2-1, em que o golo decisivo chegou já em tempo de compensação.
Os canarinhos partiam para a terceira ronda do campeonato sem qualquer golo consentido, tal como Mafra e Paços de Ferreira, mas o tento de Luís Silva, aos 17 minutos, mudou o paradigma. A resposta chegou volvidos 10 minutos, através do avançado Roberto. No entanto, foi do banco que saiu a chave do desafio, com o avançado Pedro Henrique a operar a reviravolta, aos 90+2.
A entrada apática e desatenta dos jogadores liderados por Luís Freire foi castigada pelo golo leixonense, por parte de Luís Silva, ao desenvencilhar-se dos centrais da casa e a cabecear com eficácia para o fundo da baliza de Thierry Graça.
Os leixonenses iam justificando a vantagem no desafio, ao imporem-se frequentemente no último terço do meio-campo adversário, mesmo sem criar muitas ocasiões, mas a saber explorar os espaços descompensados.  Contudo, o Estoril acabou por conseguir chegar à igualdade, aos 27 minutos, no único lance em que a defesa do Leixões fracassou, permitindo ao brasileiro Roberto apontar o seu terceiro golo no campeonato.
O segundo tempo trouxe maior equilíbrio e mais perigo para ambas as balizas, porém só em tempo de compensação chegou o tento que assegurou os três pontos para a equipa de Matosinhos, pelos pés de Pedro Henrique.

Lusa. 

RESPOSTA DADA COM CLASSE ( O LEÇA ESTÁ VIVO!)



3ª Jornada da serie B Campeonato de Portugal
Estádio Municipal de Pedras Rubras (Maia)
Árbitro João Pereira (AF Porto)
FC PEDRAS RUBRAS 0 LEÇA FC 1
Ao intervalo, 0-1 Golo Diogo Pedras 15 minutos

FC PEDRAS RUBRAS: Isac, Pimenta, Pepe, Igor, Miguel Vaz, Nuno Costa (Paulinho Santos 46) Taborda, Cardoso, Neto (Pedrinho 62) Garba (Wendel 62) Cintra. Treinador António Pedro .

LEÇA FC: Gaby, Joel, Ramalho, Vítor Fonseca, João Pedro, Teles, Miguel Ângelo, Jair ( Pinto 81) André, Pedro (Zé Carlos 81) Diogo Pedras (Areias 87). Treinador Domingos Barros.

Vindo de duas derrotas nas duas primeiras jornadas o conjunto de Domingos Barros deu a resposta que se imponha num confronto difícil dada a proximidade (distancia) entre os dois clubes de conselhos diferentes mas quase vizinhos.
Diogo Pedras de batuta na mão foi o maestro e não demorou muito já o capitão fazia balançar as redes, depois de ter estado pero de o fazer por duas vezes sem que Isac o permite-se.  
O golo cedo, deu alento ao Leça que protagonizou uma excelente exibição, e o resultado poderia até ter atingido outro nível, não fosse a boa exibição do experiente Isac  e alguma desconcentração por parte dos leceiros na hora de atingir o alvo.
A turma da casa só em lances de contra ataque é por vezes criava algum frisson ao último reduto leceiro, mas Gabi e seu pares do sector defensivo sempre conseguiram sair sem mossa. A turma da casa foi crescendo no encontro mas as melhores oportunidades essa pertenceram à turma de Leça da Palmeira .
Está dado a resposta  ao mau arranque da temporada por parte da turma Leceira, agora há que manter o foco numa boa prestação no CP prova que os leceiros já há alguns anos não a disputavam.

terça-feira, 21 de agosto de 2018

TURMA DO MAR SOMA SEGUNDO DESAIRE CONSECUTIVO


Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.
Árbitro: João Pinheiro (AF Braga).
Leixões - Varzim, 0-1.
Ao intervalo: 0-1.
Marcador: Stanley, 36 minutos.

Leixões: Tony, Jorge Silva, Matheus Costa, Bura, Derick, Amine (Lawrence, 60), Luís Silva, Breitner (Chico Banza, 46), Evandro Brandão, Erivaldo (Pedro Henrique, 60) e Kukula. Treinador: Filipe Gouveia.

Varzim: Paulo Vítor, Mário Sérgio, Nélson Agra, Jeferson, Rui Coentrão, Estrela, Nelsinho, Ruan Teles, Chérif (Ruster, 70), Haman (Baba, 84) e Stanley (Charalambous, 90+1).  Treinador: Nuno Capucho.

Tendo assente o desempenho na época 2017/18 pelo sucesso dos jogos em casa, o Leixões viu-se a perder no seu estádio na estreia e a verdade é que a resposta demorou muito a aparecer.
No duelo piscatório, entre equipas derrotadas na ronda inaugural, a formação visitante surgiu mais pragmática em campo, jogando no erro no adversário para tentar chegar ao golo, que conseguiu aos 36 minutos, quando Stanley, de cabeça, inaugurou o marcador, após cruzamento de Mário Sérgio.
Recém-entrado, Pedro Henrique (72) atirou de fora da área, fazendo a bola passar junto ao poste direito da baliza poveira, antes de o oportunismo de Stanley (79) levar a bola à trave.
No minuto seguinte Bura, de cabeça, ficou perto do empate, mas a bola saiu sobre o travessão, respondendo Ruan Teles (83), num remate que a agilidade de Tony desviou para canto.


Fotos Duarte Rodrigues


LEÇA PREDULÁRIO PERMITE NOVA DERROTA POR NUMEROS EXPRESIVOS


Estádio do Leça em Leça da Palmeira
2ª Jornada do Campeonato de Portugal serie B
Árbitro Fábio Nunes (Viana do Castelo)
LEÇA FC 0 CESARENSE 3
Ao intervalo, 0-1 Golos Fabian Cuero (36) Leça (64) Diogo Pereira (90+3)

LEÇA FC: Gabi, Joel, Ramalho João Pedro e Paulo Lopes; André Sousa, Jair (Pedro Prazeres 83), Zé Carlos (Miguel Angelo 58), Areias, Sérgio Pedras (Teles 76), Diogo Pedras. Treinador Domingos Barros

CESARENSE: Diogo, Sérgio, Edgar, Henrique, Cláudio (Tavares 66), Leça, Brenda, Diogo Pereira, Chapinha (Rui Sampaio 59) Joel e Fabian Cuero (Assumane 79). Treinador Bruno Conceição

O Jogo até foi bastante equilibrado durante os primeiros 45 minutos, bem jogado de parte a parte, foram os forasteiros mais felizes e abriram o ativo ao minuto 36 através de Fabian Cuero
No segundo tempo a turma do Leça foi à procura do prejuízo, criou excelentes chances para marcar, mas neste capítulo revelou-se bastante perdulário, desguarneceu o seu sector defensivo e disso tirou partido a turma do Cesarense que com sua experiencia ampliou o resultado de uma forma natural.

OBS: Os factos são bastante reias e nada favoráveis à turma de Leça da Palmeira, dois jogos duas derrotas, seis golos sofridos e zero marcados…mas estamos no inicio da competição, onde como é natural muito ainda existe para construir, alias o saldo final é conta, porque isto não é como começa mas sim como acaba e a turma do Leça tem já um jogo na próxima jornada a 3º que poder virar tudo isto, visita ao vizinho maiato,  FC Pedras Rubras


Fotos Leça FC

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

LEÇA ARRANCA COM DERROTADA PATROCINADA POR QUEM VIAJOU DE BRAGA


Estádio do Lusitânia (Lourosa)
Árbitro Albano Correia (Braga)
LUSITÂNIA LOUROSA 3 – LEÇA FC 0
Ao intervalo, 2-0, golos Diogo Cunha (7) Betinho (42) Pedro Silva (55)  
Cartão Vermelho Vítor Fonseca (37)

LOUROSA:  Leonardo, Carvalho, Pedro Silva (Léo 68), Betinho, Edu Marques (Camará 78), Guilherme, Paulo Grilo, Materazi, Dani Coelho, Serginho (Hélder Castro 46) e Diogo Cunha. Treinador Luís Miguel

LEÇA: Gabi, Joel, Vítor Fonseca, João Pedro, Paulo Lopes,  Jair (Marcos 75) , André Sousa, Sérgio Pedras (Miguel Ângelo 60) Diogo Pedras, Areias e Zé Carlos (Ramalho 46). Treinador Domingos Barros

Entrando melhor na partida, a equipa da casa cedo se adiantou no marcador, quando à passagem do minuto 7` Diogo Cunha abre o ativo. A equipa leceira despertou e foi para cima à procura do golo, Zé Carlos de livre aponta à trave da Baliza de Leonardo e quando já justificava a igualdade no marcador sofre uma contrariedade na partida quando perde Vítor Fonseca por expulsão. Antes do intervalo, novo golpe nas pretensões leceiras, Betinho faz o segundo à passagem do minuto 42.
No segundo tempo e a jogar em superioridade numérica o Lourosa acaba com o jogo com o terceiro golo à passagem do minuto 55` apontado por Pedro silva

Leça Perde mas caí de pé, mostrando credencias para fazer um campeonato bastante tranquilo.
Erros em demasia, patrocinam derrota leceira, se não vejamos:
1- Sérgio Pedras remata para golo,  defesa do Lourosa corta a bola com a mão, penalty por marcar e respetiva expulsão, árbitro marca pontapé de canto.
2 - Zé Carlos dribla o defesa contrário e é derrubado quando seguia isolado para a baliza, árbitro marca falta e transforma um vermelho direto em amarelo.
3 - Avançado do Lourosa e Vítor Fonseca disputam um lance, o nosso jogador corta a bola, a mesma sobra para Gabi, para espanto de todos árbitro expulsa o nosso jogador!!
 Muita fruta para a camioneta leceira

Próxima jornada LEÇA vs CESARENSE no estádio do Leça 

Foto Leça FC  



domingo, 12 de agosto de 2018

LEIXÕES ENTRA A PERDER NA 2ª LIGA (GOLO DE KUKULA NÃO CHEGOU!)


Caixa Futebol Campus, no Seixal.
2018/19 da 2.ª Liga 1ª jornada
Árbitro: Hugo Miguel (AF Lisboa).
Ação disciplinar: cartão amarelo para Keaton Parks (51), Fábio Matos (60), Saponjic (62), Tiago Moreira (85) e Alex Pinto (90+3).
SL BENFICA B 2 - LEIXÕES SC 1
Ao intervalo: 0-0.
Marcadores: Saponjic, 46 minutos (grande penalidade) Kukula, 67. João Filipe, 70.

Benfica B: Ivan Zlobin, Alex Pinto, Kalaica, Ferro, Pedro Amaral, Florentino Luís, Keaton Parks (Tiago Dantas, 72), Benny (Nuno Santos, 88), João Filipe, Chris Willock e Saponjic (Daniel dos Anjos (68). Treinador: Bruno Lage.

Leixões: Tony Batista, Tiago Moreira, Bura, Ricardo Alves, Derick Poloni, Amine Oudrhiri (Breitner, 57), Luís Silva, Erivaldo (Agim Zeka, 74), Evandro Brandão, Lawrence Ofori e Ricardo Barros (Kukula, 57). Treinador: Filipe Gouveia.

Um remate certeiro do avançado Kukula, aos 67 minutos, não foi suficiente para que a turma do mar regressa-se a Matosinhos com os três pontos na algibeira, João Filipe avançado campeão europeu sub 19 aproveitou bem uma iniciativa na direita protagonizada pelo britânico Chris Willock para carimbar o sucesso das águias, aos 79 minutos.
A equipa leixonense criou, aos 34 minutos, a primeira grande situação de golo na grande área benfiquista, mas o angolano Erivaldo fez tudo ao contrário, ou seja, em vez de tocar a bola para a sua direita, enviou o esférico para a esquerda e o lance perdeu-se pela linha de fundo.
O nulo acabou por perdurar até ao intervalo, apesar de o ponta de lança Ricardo Barros ainda ter introduzido a bola na baliza benfiquista, mas em situação de fora de jogo.
A segunda parte começou praticamente com o primeiro golo das do Benfica B, aos 46 minutos. Ao procurar aliviar uma bola dentro da área, o defesa central leixonense Ricardo Alves atingiu o avançado Saponjic e cometeu grande penalidade, que o próprio jogador sérvio converteu com êxito.
A equipa de Matosinhos empatou na sequência de um lance de bola parada, aos 67 minutos. Bura bateu um livre direto a cerca de 40 metros da baliza, a bola foi travada num defesa benfiquista e, na recarga, o avançado cabo-verdiano Kukula fez o 1-1.
Mas o empate foi desfeito passados três minutos, por João Filipe, que bateu o guarda-redes adversário com um remate 'imparável'.

Foto Fernando Ferreira 
Lusa 

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC