RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 16 de setembro de 2012

LEIXÕES VENCE DERBI E SEGUE EM FRENTE NA TAÇA


2ª Eliminatória da Taça de Portugal
Estádio do Mar, Matosinhos
Árbitro: Vasco Santos (Porto).
LEIXÕES 4 LEÇA FC 1
Marcadores, Pedras (5 gp) Kizito (49), Pedras (57) Diogo Pedras (73) e Zé Pedro (80)

Leixões: Matos, Gonçalo Graça, Júnior Pereira, Zé Pedro, Tsoumagkas, Moedas, Tiago Borges, Luís Silva (Fábio Santos, 61), Kizito, Patrão (Sequeira, 63) e Pedras (Mailo, 58).
Treinador: Horácio Gonçalves.

Leça: Castro, César, João Miguel, Zé Soares (cap) e Coutinho (Gandarela, 71); João Dias, Renato e Domingos; Junior (Bruno João, 62) , Hugo Almeida e Pisco (Diogo Pedras, 45)
Treinador Sdrjan slagalo

O Leixões segue para a 3.ª eliminatória da Taça de Portugal. A equipa de Horácio Gonçalves venceu o derby matosinhense entre Leixões( II Liga) e Leça FC (III Divisão)



A equipa leixonense entra praticamente em vantagem nesta partida, pois aos 5`minutos, PEDRAS de grande penalidade faz o primeiro da tarde e da sua conta pessoal (penalti muito duvidoso, bola na mão, mão na bola, eis a questão). Estava aberto o marcador para a equipa da casa, o mais difícil estava feito, e o mais esperado aconteceu bastante cedo, golo para a equipa da casa que disponha também de outras armas (superiores) que o adversário não tinha. E quando todos esperavam que os leixonenses, fosse em busca do segundo golo, eis que surge na partida a jovem equipa do Leça, que encarou este jogo de peito aberto e é justo dizer-se que na primeira parte as diferenças existentes entre as duas equipas não se notaram. Aos 23`minutos, pediu-se penalti a favor do Leça, João Dias de livre direto, remata forte contra a barreira leixonense com a bola a embater na mão de um defensor da turma do Mar (bola na mão, mão na bola, eis a questão) desta vez o Sr. Vasco Santos, nada assinala. Oito minutos depois, bola metida entre os centrais leixonenses, sem que estes a interessem, a bola dirigia-se para Pisco, mas Gonçalo Graça, corta o lance com a mão impedindo que o avançado leceiro se isole. Cartão vermelho direto sem margem para dúvidas, a equipa da casa fica reduzido a dez elementos. Em cima do minuto 43 a equipa leixonense volta a beneficiar de outra grande penalidade, João Dias derruba por trás, Pedras quando este se esgueirava pela direita, (falta que nos pareceu cometida fora da área), o médio leceiro ex sub-19 leixonense, recebe ordem de expulsão por acumulação. Zé Pedro chamado a cobrar o castigo máximo permite a defesa a Castro para canto, na sequencia do mesmo há desvio para o poste esquerdo do guarda-redes leceiro. Ao intervalo o resultado era o espelho fiel de tudo o que se tinha passado, muito fraco, lento e sem oportunidades de golo.



Segundo tempo, foi de facto diferente para melhor, o Leixões cedo chega ao segundo golo por KISITO (estreia absoluta com a camisa do Leixões), finalizando uma bonita jogada de envolvimento pela direita do ataque leixonense, destaque para a assistência de Pedras de calcanhar. Aos 57`m PEDRAS bisa no encontro ao encostar de cabeça para o terceiro golo sentenciando a partida, acabando com a eliminatória. A equipa leceira, é justo dizer-se, nunca baixou os braços sempre em busca de um resultado melhor, foram uns dignos vencidos. Com dez elementos para cada lado, os espaços nas manobras ofensivas iam crescendo, a turma do Mar esteve a beira de dilatar a vantagem, primeiro, ao minuto 60, enviou a bola à trave da baliza de Castro, um minuto depois, Luis Silva falha escandalosamente o golo. Do outro lado DIOGO PEDRAS quase marca, desperdiçando em boa posição, mas aos minuto 73, não vacilou e reduz a vantagem dos homens da casa, praticamente no minuto seguinte, o miúdo que é sobrinho do Pedras do Leixões, de cabeça envia a bola à trave da baliza de Matos, quase fazendo o 3-2. Em cima do minuto 80, ZÉ PEDRO, de livre direto, envia uma bomba prá baliza de Castro, que tarde se lançou, vendo o esférico anichar-se nas suas redes pela quarta vez, redimindo-se o penalti falhado na primeira parte.



Triunfo justo da melhor equipa com boa réplica do adversário.
Arbitragem, fraca, quase assumia o protagonismo do jogo, na primeira parte, dois penaltis bastante duvidosos assinalados a favor dos da casa, é nota mais marcante deste árbitro que viajou do Porto, no capitulo disciplinar esteve bem.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC