RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

FUTEBOL FEMININO (SCS HORA EM GRANDE)


Campeonato de Promoção Feminino; 
4ª jornada e o Custóias FC continua sem vencer, apesar de ter uma formação com bons elementos individuais a verdade é que colectivamente não tem funcionado, derrota em Sandim-Guimarães por 3 bolas a zero. Leixões SC e SC Srª da Hora, um dérbi, em que as Princesas do Mar não deixaram duvidas da sua superioridade ao derrotas as suas vizinhas por 4 bolas a 0. 

Campeonato Feminino Fut.9 Juniores; Primeiro jogo do campeonato para as jovens do Custóias FC que recebeu e bateu as meninas do Rio Ave por 4 bolas a 1, dando mostras que apesar de notavas no seu campeonato, é uma equipa a ter em conta que seguramente irá proporcionar momentos de alegria para os apoiantes. 

 Srª da Hora em Grande, a equipa feminina “sub 19” do SC Srª da Hora, recebeu e bateu o SC Canidelo por 8 bolas a 0, resultado que espelha a determinação e boa exibição do Srª da Hora em contraste, o SC Canidelo após o segundo golo desanimou e nunca mais se encontrou tanto colectivamente como individualmente, facilitando a tarefa á motivada equipa da casa que inspirada construiu um resultado volumoso mas justo. 
Destaque vai para a Marta que contribui com um poker (4 golos). 

Srª Hora; Sofia – Ana Luísa – Ana Moreira – Ana Cardoso – Vera – Margarida – Mafalda – Luana – Catarina pinto – Rita – Matilde – Marta – Ferrão. Diretor – Hélder Castro. Treinador – João Luís Martins 

SC Canidelo; Cassandra – Caçador – Mafalda – Marta – Mariana – Catarina – Xana – Ivana – Ana Beatriz 

Manuel Sà

LUSITANOS CONFIRMA CONSISTÊNCIA DE BONS RESULTADOS

 
A F Porto 1ª Divisão serie 1-Jornada 6 
Parque de Jogos Domingos Soares Lopes 
Árbitro: Bruno Ferreira 
Cartão Vermelho Heldinhas (90) 
Lusitanos 2 Perosinho 2 
Ao intervalo, 1-1, marcadores Carlos (43) Meneses (45) David (55 gp) e Dominguez (79 gp) 

Lusitanos: Zé Filipe, Filipe, Batista (Barreira 75), Sérgio Teixeira e Tarrelo, Gouveia, Renato (Zé Bina 61), Meneses, Jota (Santa Cruz 38), Paulo (Suiço 61) e David . Treinador Paulo Silva 

Perosinho: Zé Tó, Guedes, Ruben, Cláudio, Heldinhas, Emanuel (Pedro Santos 85) Gasoza e Mário (Dominguez 60) Tiago (Vasco 46), Vitinha e Carlos. Treinador António Lobo. 

Num jogo em que se perspectivava muita dificuldade a equipa de Santa Cruz do Bispo foi surpreendida por um golaço marcado por Carlos na transformação de um livre direto (falta que não nos pareceu existir) . O conjunto aurinegro, não se assustou e ainda antes do intervalo repôs a igualdade através de Meneses 

 No segundo tempo a turma de Paulo Silva confirma remontada aos 55 minutos por David através de uma grande penalidade (falta na área de rigor sobre Santa Cruz). Sem nada a perder a turma visitante arrisca em transições ofensivas dando a posse a equipa da casa. A dez minutos do fim do jogo os visitantes são premiados também com uma grande penalidade que foi convertida por Dominguez fazendo o resultado final. 
Com este resultado o conjunto matosinhense confirma o bom momento que atravessa posicionando-se no 5º posto da tabela

LAVRENSE PONTUA EM CANIDELO


AF Porto Divisão Honra - Jornada 6 
Complexo Desportivo de Canidelo 
Árbitro: Carlos Silva 
SC Canidelo 0 UD Lavrense 0 

Canidelo: Lima, Hélder, Joel Alves, Joel Reis, Rascão (Ivo 60), Medeiros (Gustavo 80), Nuno Sousa, Zé Ferreira, Dani, André Azevedo e Luís. Treinador Ricardo Jorge. 

Lavrense: Zé Santos , João Magalhães, Fradinho, Palheira, Amilcar, Wendel, João Luis, Tiago Carvalho (Crespo 87), Xaira, Nuno e Kaká (Gonçalo 81). Treinador Leandro Cunha 

Jogo bem disputado, contudo sem grande lances de perigo, muito por culpa da boa organização defensiva da equipa orientada por Leandro Cunha. 
O Perigo rondou mesmo apenas por uma vez e na sequencia de um pontapé de canto a finalizar o primeiro tempo. 
O segundo tempo a equipa de Matosinhos, equilibrou a contenda sempre suportada num excelente jogo defensivo montado pelo técnico matosinhense, anulando com relativa facilidade a ofensiva gaiense. 
Tendo os locais muita falta de imaginação para encontrar o caminho da baliza à guarda de Zé Santos. Os Lavrenses estiveram muito perto de conseguir os três pontos quando Kaká bem posicionado e à boca da baliza atira por cima. 
Resultado justo com excelente arbitragem liderada por Carlos Silva

NO SABER REAGIR É QUE ESTÁ O GANHO


AF Porto Divisão de Elite-Jornada 9 
Complexo Desportivo da cidade da Gandra – Paredes 
Árbitro: Carlos Silva 
Aliança da Gandra 2 Padroense 2 Ao intervalo, 1-0 golos, Manuel Luís (8) Jorginho (58) Kaká (65) e Reanto (71) 

Aliança da Gandra: Rica, Ricardo Barros (Bruno almeida 46), Celso e Zé Alberto (Fábio 27, Zé Tó 72), Fabu, Jorginho, Pedrosa, André, Manuel Luís, Sousa e Bruninho. Treinador Mário Rocha 

Padroense: Humberto, Simão, Pereira, Paulinho, Paiva, Toninho (Jonas 46), André, Miranda, Kaká, China (Rui Carvalho 46) e Renato (Luís Santos 76). Treinador Augusto Mata 

Grande jogo este em que as equipas se olharam olhos nos olhos focados na vitoria. Aos 8 minutos o Gandra chega a vantagem, através de Manuel Luís que finaliza com êxito uma boa jogada de envolvimento ofensivo. Este golo galvanizou os homens da casa, que dominaram o primeiro tempo. No segundo tempo e aos 58 minutos surge o 2-0, por Jorginho, goleador do conjunto paredense. 

 Sem nada a perder, e já com algumas alterações produzidas no inicio da etapa complementar, a turma de Matosinhos, arrisca tudo no ataque e num jogo de parada e resposta, os Bravos de Matosinhos chegam à igualdade com golos de Kaká e Renato. Com o jogo empatado ambos os conjuntos procuram a vitória, mas pertenceu a melhor ocasião ao conjunto do Padrão da Légua, contudo Rica evitou que o Padroense concretizasse a remontada.

LEIXÕES REGRESSA AOS PONTOS NO FONTELO

 
13.ª jornada da Segunda Liga 
Estádio Municipal do Fontelo, em Viseu. 
Árbitro: Hélder Lamas (Braga). Ação disciplinar: Cartão amarelo para Forbes (22), Gonçalo Graça (23), Alex Porto (37), Caio (40) e Yuanyi Li (85). 
Académico de Viseu - Leixões, 1-1 
Ao intervalo: 1-1 Marcadores: 0-1, Yuanyi Li 19’; 1-1, Tiago Borges, 38 

 AC. VISEU: Janota, Tomé, Mathaus, Bura, Kiko, João Ricardo, Alex Porto (Gradíssimo, 61), Clayton (Carlos Eduardo, 66), Bruno Carvalho, Tiago Borges (Fábio Martins, 78) e Forbes. Treinador: Ricardo Chéu. 

 LEIXÕES: Ricardo Moura, João Pedro, Diogo Nunes, Pedro Pinto, Gonçalo Graça, Caio (Miguel Ângelo, 90+3), Max (Rateira, 79), Bruno Lamas (Rui Cardoso, 67), Ricardo Barros, Yuanyi Li e Tandjigora. Treinador: Manuel Monteiro. 

No Estádio Municipal do Fontelo, em Viseu, Yuanyi Li (18 minutos) adiantou o Leixões, com Tiago Borges (38), a empatar para o Académico de Viseu, num jogo que ficou marcado por um lance, aos 85 minutos, quando o árbitro Hélder Lamas assinalou uma grande penalidade favorável aos viseenses, mas depois voltou atrás na decisão e decidiu-se por um livre direto fora da área
 Os comandados de Ricardo Chéu entraram melhor na partida e criaram alguns lances de perigo junto à baliza do Leixões, mas, na primeira vez que chegou com perigo à área do Académico, Yuanyi Li fez o golo para a equipa de Manuel Monteiro. 
 O Leixões à procura de pontos, para escapar aos lugares do fundo, em vantagem, recuou linhas e criou muitas dificuldades ao setor avançado do Académico. 
Com os viseenses à procura de uma vitória que mantivesse a equipa na luta pelos primeiros lugares, o golo do empate chegaria numa das melhores jogadas do encontro, com Tomé a cruzar para a emenda vitoriosa de Tiago Borges. 

 Na segunda parte, o encontro foi repartido, mas o Académico, por Tiago Borges, aos 50 minutos, esteve perto do golo, mas o avançado açoriano não conseguiu a emenda junto à baliza de Ricardo Moura. 
 O Leixões, por Tandjigora, aos 60 minutos, poderia também ter marcado, mas demorou muito tempo a rematar, quando tinha apenas Janota pela frente, e permitiu o corte de Mathaus. 
 Aos 85 minutos, o caso do jogo, por decisões muito mal ajuizadas. Uma falta sobre Kiko, do lado esquerdo do ataque do Académico de Viseu, e o árbitro Hélder Lamas, muito próximo do lance, apontou para a marca de grande penalidade (mal porque a falta não existiu, simulação do avançado visiense, depois a ser falta essa seria fora da área) perante os protestos dos homens de Matosinhos. Já com a bola na marca de penalidade, o árbitro voltaria atrás na decisão e marcou falta, mas fora da área.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC