RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 16 de dezembro de 2012

LÁ DIZ O DITADO...QUEM NÃO MARCA SOFRE!


Infesta somou a nona derrota no campeonato.

Quem assistiu ao encontro desta tarde entre o Infesta e o Famalicão, fica a ideia que a vitoria poderia cair para qualquer um dos lados, tal o equilíbrio patenteado durante a partida. Infelizmente, sorriu ao Famalicão. A primeira parte, foi com mais ascendente do Famalicão que teve soberanas oportunidades para marcar. Primeiro foi por Ricardo Martins que aos 27 minutos, de livre, coloca o guardião Ricardo à prova, fazendo uma excelente defesa. O Infesta apenas deu sinal de perigo aos 35 minutos por Vitinha II que aparece isolado pela esquerda, coloca-se em posição frontal para rematar, mas permitiu que Palheiras corta-se a bola para canto. Na jogada seguinte, o Famalicão esteve perto de inaugurar o marcador por Chico, que recebe um cruzamento da direita de André Ka, Rui Jorge falha a intercepção e o avançado do Famalicão, atira com perigo, mas ao lado da baliza de Ricardo. No minuto seguinte, jogada rápida pela direita de André Carvalho que passa por um defesa, cruza rasteiro já dentro da área, para a entrada da mesma, onde está Bruno Teixeira que atira rasteiro, muito perto do poste da baliza do Infesta. Aos 40 minutos, a maior oportunidade do Infesta na primeira parte, cruzamento da direita de Jorginho para a área, onde aparece Digas que se antecipa ao defesa mas não consegue dar o melhor desvio à bola. O intervalo chegava com o empate a zero que se ajustava ao que se tinha passado nos primeiros 45 minutos.
 
Na segunda metade, o Infesta entrou melhor, criando vários lances de perigo. O primeiro logo aos 47 minutos quando numa jogada rápida pela esquerda de Vitinha II, este cruza para a área onde está Digas, liberto de marcação, este, perante a pressão de Palheiras, dá um ligeiro toque na bola para se desviar do defensor, mas na hora "H", Fina corta o lance. O Infesta era a equipa mais pressionante e mostrava que queria sair do jogo com os três pontos. Aos 56 minutos, Pedro Pereira atira em jeito com a bola a passar rente ao poste da baliza de Paiva. Aos 61 minutos, novamente uma jogada rápida pela esquerda de Vitinha II, este cruza para a grande área onde aparece Bruninho que deu mal o toque na bola, acabando por sair ao lado da baliza. Quem não marca, acaba por sofrer e o Infesta acaba por sofrer o golo a 15 minutos do fim, quando num cruzamento da direita, Chico cabeceia à barra da baliza e a bola sobra para Bruno Teixeira que com o guarda-redes do Infesta sentado, acaba por de cabeça inaugurar o marcador. No único lance de perigo que o Famalicão criou na segunda parte, a equipa forasteira passou para a frente do marcador. O Infesta aos 80 minutos esteve perto de empatar a partida por duas vezes. Primeiro foi Bruninho que isolado pela esquerda e já dentro da área, permite que Pedro Silva corta-se a bola para canto e na marcação do pontapé de canto de Vitinha I, Correia cabeceia na zona de penalti para a baliza, mas o guardião Paiva fez a defesa da tarde.
 
O Infesta, após a vitoria em Joane, regressa às derrotas. Uma derrota algo injusta por tudo o que o Infesta fez, principalmente na segunda parte. O empate era o resultado mais ajustado. O árbitro da partida, Carlos Dias da A.F.Porto, teve uma actuação de bom nível, estando bem durante toda a partida. O próximo jogo do Infesta é no próximo sábado, em Vila Verde, Braga, frente ao Vilaverdense.
 
SITE DO FC INFESTA

LEIXÕES PERDE INVENCIBILIDADE CASEIRA

18ª Jornada da II Liga.
Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.
Árbitro: Cosme Machado (Braga).
LEIXÕES 0 V. GUIMARÃES B 2
Marcadores: 0-1, Índio, 13 minutos. 0-2, Tomané, 61

 

LEIXÕES: Rui Sacramento, Steven, Nuno Silva (Moedas, 65), Fábio Santos, Sequeira, Patrão, Gonçalo Graça (Calé, 46), Tiago Borges, Luís Silva (Zé Pedro, 86), Kizito e Pedras. Treinador: Pedro Correia.
 
VITÓRIA GUIMARÃES B: Assis, Pedro Lemos, Paulo Oliveira, Vítor Bastos, Káká, Josué (João Pedro, 74), Bruno (Tiago Rodrigues, 88), Kanu, Diogo Lamelas, Índio (T. Almeida, 83) e Tomané. Treinador: Luís Felipe.
 
 
 
À 18ª jornada a equipa leixonense, perde a invencibilidade no mar e logo a frente a um adversário que ainda não tinha conseguido vencer fora do seu reduto. Há dias assim, há dias que não se pode sair de casa, nada saiu bem à turma leixonense, Num terreno pesado e encharcado que não ajudava à realização de um jogo bonito. A aposta dos vimarenenses foi claramente de contra-ataque, que resultou em pleno, os golos foram marcados por Índio (13) e Tomané (61), este numa altura em que o Leixões estava já em inferioridade numérica, por expulsão de Calé (53), que ao intervalo substituiu Gonçalo Graça. Leixonenses adiam a prenda natalícia, pois ainda vão jogar em Rio Maior frente ao Sporting B antes do Natal. (sábado dia 22 de Dezembro)

SAD DO LEIXÕES DESCONTENTE COM ACTUAÇÃO DA POLICÍA


SAD lamenta actuação da PSP

  A Administração da Leixões Sport Club, Futebol – SAD manifestou hoje junto da Polícia de Segurança Pública (PSP) um profundo desagrado pela decisão de impedir a saída dos adeptos Leixonenses do Estádio do Mar, após o jogo com o Vitória SC "B", enquanto os adeptos do clube visitante não abandonassem o recinto. Ao contrário do que é norma (ser a claque visitante a aguardar dentro do estádio), a PSP em serviço no Estádio do Mar decidiu que seriam os adeptos do Vitória a sair primeiro do recinto, mostrando um enorme desrespeito pelos adeptos da casa, que foram obrigados a aguardar por ordem policial para abandonarem o estádio. Tanto a Administração da Leixões SAD como a Direcção do Leixões Sport Club tinham absoluto desconhecimento da estratégia policial, que, no final do jogo, foi contestada de forma veemente pelo presidente da SAD, sr. Carlos Oliveira, junto do comandante da força em serviço no Estádio do Mar. A atitude peremptória dos dirigentes Leixonenses já não foi, no entanto, suficiente para reverter a situação, uma vez que o facto já estava consumado. Apesar de alheias a toda esta situação, a Administração da Leixões SAD e a Direcção do Leixões apresentam desculpas aos seus sócios e adeptos pelos transtornos causados.
 
SITE leixoessc.pt

SENHORENSES TRAIDOS PELA ANSIEDADE


Complexo Desportivo do SCS Hora
Árbitro Sílvia Pereira
SCS HORA 0 FC FOZ 0



SCS HORA: Tiago Oliveira, Joel, Bruno Silva, Ramalho e Bruno Pereira; Ribeiro, Kennedy, Jordan; Rafael, Alex e Ivo. Treinador Jorge Marinho (Joca).Jogaram ainda; Gandarela, Cruz e Jeremias.

A equipa do SCS Hora, volta a não vencer em casa. Depois de duas vitórias consecutivas fora de portas, os senhorenses ainda não venceram esta época em casa.
Os senhorenses apresentaram-se para este jogo, condicionados pela falta de três jogadores que habitualmente integram o onze apresentado por Joca, Tiago Costa, castigado, Marcos, lesionado e Serrão por motivos profissionais. Por outro lado já estrearam Gandarela ex Leça FC, avançado contratado esta semana que agora termina.


O jogo tem inicio com uma toada de equilibriu, com lances de perigo, numa e outra baliza. A partir dos 20`minutos jogados, a equipa senhorense, chama a si o comando do jogo. Pressionado o portador da bola e recuperando a mesma, a equipa do Senhora Hora, é mais acutilante no ataque e por diversas vezes esteve a beira de marcar, respondendo com algum perigo a equipa visitante que diga-se é uma excelente equipa.


Na segunda parte, mais do mesmo, a equipa da casa mais subida no terreno, a equipa do Foz jogando com o bloco mais baixo, explorando o contra-ataque. A necessidade de vencer na sua própria casa, foi determinante no desfecho do resultado, a equipa senhorense revelou-se demasiado ansiosa na procura da baliza contrária, não conseguindo que o seu futebol fosse mais fluido em termos ofensivos, insistindo nos lançamentos largos para Gandarela e seus pares, de que mais não faziam de que dividir os lances com a defesa contrária. Resultado justo com excelente arbitragem comandada por Sílvia Pereira.

RESULTADOS DE 16 DE DEZEMBRO 2012



RESULTADOS DOS CLUBES DE MATOSINHOS

LEIXÕES 0 V. GUIMARÃES B 2

LIMIANOS 2 PADROENSE 0
INFESTA 0 FAMALICÃO 1

LEÇA 0 PAREDES 4

PERAFITA 1 S. PEDRO. DA COVA 1

CUSTÓIAS 1 GULPINHARES 2
S. FÉLIX 3 LAVRENSE 3
SCS HORA 0 FC FOZ 0
BALASAR 1 LEÇA DO BALIO 1

AT. VILAR vs OS LUSITANOS, adiado devido ao estado do terreno
ALDEIA NOVA 4 SC CAMPO 0

PARA TODOS OS MATOSINHENSES UM SANTO E FELIZ NATAL

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC