RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

BALIO EMPATA…ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA DESTA VEZ NÃO FURA


1ª Divisão Associação de Futebol do Porto Jornada 10. 
Complexo Desportivo de S. Pedro de Fins, na Maia. 
Arbitra: Ana Afonso.
Vermelhos: Ferraz (38), Peixoto (38) e Cafú (70). 

MOCIDADE SANGEMIL 0 D LEÇA DO BALIO 0

MOCIDADE SANGEMIL: Ricardo; João Carvalho, Ferraz, Cafú e Renato; Ricardo Dias, Bruno Silva e Latas (Pires, 46); César (Tiago Melo, 46), Peixoto e Márcio Ferreira (Hélder Freitas, 63). Treinador: Hugo Pancho. 

LEÇA DO BALIO: Miguel Mota; João Pinto, João Cardoso, (Shev, 70), Hugo Soares e Cardigos; Álvaro (João Machado, 70), Ivo e Quaresma; Hugo, Rafa e Diogo (Edu, 56). Treinador: Mário Heitor. 

O Leça Do Balio deslocou-se à Maia para defrontar o Mocidade Sangemil e conquistou um empate que soube a pouco na jornada 10 da 1º divisão de associação de futebol do Porto. Entrou bem no jogo a equipa comandada por Mário Heitor e com um bom futebol, rapidamente tomou conta do jogo, sendo a equipa mais esclarecida. Teve várias oportunidades de golo, mas faltou eficácia para bater o guarda redes do Mocidade de Sangemil. A equipa da casa tentou soltar-se da pressão exercida pela equipa de Matosinhos, mas raramente conseguiu chegar com perigo à baliza Baliense defendida por Miguel Mota. Aos 38 minutos de jogo Ferraz e Peixoto são expulsos pela juíza da partida deixando a equipa da casa reduzida a nove elementos. 

 No segundo tempo a equipa Baliense com mais dois elementos continuou a carregar no acelerador em busca do golo. O Mocidade Sangemil abdicou de atacar e defendia com os nove homens dentro da área o que dificultou a tarefa Baliense que parecia bem mais fácil. A equipa de Mário Heitor abusou dos cruzamentos para área e o avançado Hugo, o goleador desta equipa, sempre muito marcado tinha dificuldades para finalizar com êxito, falhando algumas oportunidades de golo. Ivo e Rafa tentavam pelas linhas desatar o nó mas estiveram furos abaixo do que poderiam fazer. A equipa Baliense tentava de todas as formas chegar ao golo, Carlos Diogo num remate excelente fora da área proporcionou uma grande defesa ao guarda redes da casa. O técnico Mário Heitor mexeu na equipa entrando os veteranos Edú e João Machado para tentar dar experiência ao conjunto, para travar a ansiedade da busca do golo, inimiga da eficácia, mas sem êxito porque nos últimos vinte minutos de jogo não houve jogo! A equipa da casa fez anti jogo simulando sucessivas lesões e paragens no jogo o que não dignificou o futebol. 

Empate que soube a pouco para a equipa de Mário Heitor que a haver um vencedor merecia claramente o triunfo na partida. Ao fim desta jornada a equipa do Leça do Balio encontra-se no quarto posto da tabela classificativa com 18 pontos.

LEÇA PERDE FULGOR INICIAL …E EMPATA EM CASA.


Divisão de Elite Pro-Nacional A F Porto jornada 14 
Estádio do Leça FC em Leça da Palmeira/Matosinhos 
Árbitro Bruno Costa 
LEÇA FC 0 ALIADOS DE LORDELO 0 

LEÇA FC: Sérgio, Hugo Fernandes, Meneses, Hugo Pinto (Marco Fafiães 60), Pedras (Guilherme 60), Marcos silva (Lico 80), Touré e Bruno Vaz (Cerqueira 80) Pablo, Miguel Nogueira e Marcelo. Treinador Pedro Soares 

ALIADOS: César, Preto, Joel, Gustavo (Tó Jó 80), Jonas (Hugo Silva 80), Hugo Costa, Teixeira, Ricardo (Rui Jorge 80), Chico (Santos 60) Poeira e Eduardo. Treinador Juvenal Brandão. 

Jogo muito disputado, com boas oportunidades criadas para ambos os lados mas o nulo verificado ao longo dos 90 minutos deve-se à ineficácia na hora de rematar protagonizada por ambos os conjuntos. No segundo tempo os leceiros apoderam-se do último reduto visitante mas sem resultados práticos, ou seja não desataram o nó, muito bem conseguido pelos forasteiros que com muita intenção seguraram este preciosos ponto.

PERAFITA CEDE PARA LÁ DA HORA…PAULINHO ex INFESTA DESEQUILIBROU


Divisão de Elite Pro-Nacional A F Porto Jornada 14 
Complexo Desportivo Valadares, Gaia 
Árbitro: Manuel Silva 
VALADARES 2 PERAFITA 1 
Ao intervalo, 0-0, marcadores, Paulo Campos (55) Ricardinho (86) Paulinho (93) 

VALADARES: Hélder Costa, Rui Jorge, Hélder Duarte, Bruninho, Johny, Vitinha, Lobo, Paulo Campos (Paulinho 70), Bruno Teixeira, Carlos Sousa e Valente. Treinador Paulo Alexandre. 

PERAFITA: Artur, João Pedro, Armando, Ricardo, Magalhães; Castro (Ricardinho 60), Toninho, Tinaia, Paulinho (Bruninho 88) Lutchindo e Sérgio. Treinador Manuel Matias

 

A solução estava no banco, Paulinho para lá do minuto 90 desequilibrou a favor dos gaienses. Jogo muito disputado, com muito pulmão e coração dos intervenientes, a equipa da casa teve predominância ofensiva, criou algumas oportunidades de se adiantar no marcador e fazendo jus ao seu favoritismo, mas encontrou pela frente uma turma muito bem posicionada e organizada defensivamente, que de quando em vez ia ameaçando o ultimo reduto caseiro. Quando a divisão de pontos parecia mais que certa nas contas finais da partida, Paulinho dá um pontapé no que parecia mais lógico e de livre direto superiormente marcado dá os três pontos em disputa a turma gaiense, que com este resultado conrinua à espreita dos lugares cimeiros.

De referir que os matosinhenses, forma penalizados esta semana pelo conselho de disciplina da A F Porto com a perda de 7 pontos, pelo processo em que foram envolvidos que diz respeito a irregularidade de jogadores no banco dos suplentes. 

 FOTOS Domingos Lobo

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC