RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 11 de novembro de 2012

TANTA SUPERIORIDADE MERECIA OUTRO RESULTADO


SEGUNDA LIGA 13ª JORNADA
Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.
Árbitro: João Capela (Lisboa).
LEIXÕES 0 TONDELA 0
 
LEIXÕES: Rui Sacramento, Fábio Santos, Nuno Silva (Steven, 46'), Zé Pedro, Sequeira, Patrão, Tiago Borges (Gonçalo Graça, 78') Moedas, Luís Silva (Novais, 86'), Kizito e Mailo. Treinador: Pedro Correia.
 
TONDELA: Cláudio, Pedrosa, Pica, Carlos André, Pedro Araújo, Ericson, Luís Aurélio, Fábio Pacheco, Márcio Sousa (Tiago Barros (74'), Piojo e Dyego Sousa (Fonseca, 84'). Treinador: Vítor Paneira. Leixões e Tondela empataram domingo sem golos, em Matosinhos, num encontro da 13.ª jornada da 2.ª Liga, permanecendo as duas equipas separadas por 1 ponto. Os matosinhenses continuam a ser uma das equipas ainda invictas em casa, com três vitórias e quatro empates.
 
 
A equipa de Matosinhos, dominou todo o encontro, com mais acutilância ofensiva do que o seu adversário, mas não foi capaz de encontrar o caminho correto da baliza à guarda de Cláudio, desperdiçando inclusive várias situações de golo feito. A equipa do Tondela, com um futebol apoiado e muita posse não conseguiu em qualquer situação por à prova o guarda-redes Rui Sacramento. O primeiro sinal de perigo surgiu ao minuto 30` grande ocasião de golo, quando Mailo, sem oposição, cabeceou para fora, após bom cruzamento de Patrão. Este lance despertou a equipa leixonense, pois nos minutos seguintes manteve o Tondela sob forte pressão e fechado junto à sua baliza. Mailo outra vez, Luís Silva e Kizito criaram perigo, numa jogada de insistência, mas foi Patrão quem esteve a beira do golo, com um remate forte, que só não entrou porque Cláudio, em voo, desviou para canto.
 
Na segunda parte e a partir dos 70`minutos a equipa do Tondela, sofreu um forte assédio leixonense, que, todavia, deu em nada. Aos 79 minutos, Gonçalo Graça recebeu um passe comprido em plena área visitante e rematou, mas fraco e à figura de Cláudio e, dois minutos depois, Luís Silva tirou partido de um jogada de insistência, isolou-se e rematou cruzado, fazendo a bola sair a centímetros da baliza.
De referir que este jogo marcou a estreia de Pedro Correia (coadjuvado por João Costa) à frente da Equipa do Mar.
O embate com o Portimonense, antecipado da 15.ª jornada, está marcado para o próximo domingo e realiza-se novamente no Estádio do Mar

FOTOS DUARTE RODRIGUES

DE PENALTI INFESTA PERDE PELA DIFERENÇA MINIMA

O Infesta apresentou-se no imponente Estádio do Bessa, sem qualquer receio do adversário. Jogou taco a taco com o Boavista, tendo também as suas oportunidades para marcar, mas uma grande penalidade na segunda parte a favor do Boavista, acabou por decidir o encontro.
 
 
 
Foi o Infesta quem criou perigo pela primeira vez, quando Vitinha I de livre, atirou ao lado da baliza de Ricardo. O Boavista respondeu pouco depois por André Pereira que pela esquerda, atirou ao poste de Isac e na recarga, o central Caio em frente à baliza atirou por cima. O Boavista tomou conta do jogo e foi criando alguns lances de relativo perigo, mas o Infesta ia fechando bem os espaços, defendo muito bem, apostando mais no contra-ataque, tendo nos alas Bruninho e Vitinha II as suas referencias. Aos 23 minutos, a melhor oportunidade do Infesta, André Pereira escorrega, perde a bola para Vitinha I, este joga na esquerda para Bruninho onde descobre Vitinha II que consegue um cruzamento para a entrada da pequena área, o guarda-redes Ricardo aparentemente tem o lance controlado mas falha e Pedro Nuno, que estava à boca da baliza, não acreditou que o guardião axadrezado falhasse e deixou a bola escapar. O Boavista pouco depois, tem um lance também perigoso por Rúben Alves que aparece isolado na direita e tenta o chapéu a Isac mas a bola saiu ao lado. Aos 40 minutos, Fary de costas para a baliza, recebe a bola de Carraça, deixa curto para Rúben Alves e este remata com perigo, mas a bola embate em Correia e sai para canto. Ainda antes do intervalo, Wellington Cris segue isolado para a baliza, e já dentro da área cai. O árbitro, admoesta com um amarelo o avançado boavisteiro, por simular uma grande penalidade.
 
 
Na segunda parte, aos 51 minutos, bola cruzada para a área do Infesta, a defesa corta mas sobra para Zé Manel que remata de primeira mas por cima da baliza. O Boavista volta a estar por cima no jogo, pressionado pelos cerca de um milhar de adeptos presentes, mas o Infesta a bater-se bem, ia criando alguns lances de perigo. Aos 70 minutos, João Reis perde a bola no meio campo, Rúben Alves desmarca Fary que consegue-se isolar perante Isac, flecte para a direita e o guardião do Infesta, acaba por rasteirar o avançado senegalês. O árbitro não teve duvidas e assinalou grande penalidade. No castigo máximo, Fary não perdoou e inaugurou o marcador. Com o golo sofrido, o Infesta vai para o ataque e consegue criar várias oportunidades de golo. Contudo, as mais perigosas acabaram por acontecer nos ultimos minutos da partida. Aos 87', Bruninho pela esquerda cruza ao primeiro poste para Ely que chegou atrasado ao lance e aos 90', Pedro Nuno pela esquerda, tenta o cruzamento ao segundo poste mas a bola sai junto ao ângulo da baliza valendo ao Boavista, o guarda-redes Ricardo estar atento, defendendo para canto. Com o Infesta balanceado para o ataque, o Boavista teve uma soberana oportunidade para aumentar a vantagem aos 92 minutos, Rúben Alves em contra-ataque deixou na direita para Wellington que não conseguiu desfeitear o guarda-redes Isac. O jogo terminava pouco depois, com uma derrota pela margem mínima do Infesta, que podia ter bem conseguido um empate no Estádio do Bessa, pois este Boavista, não tem nada a haver com outros "Boavistas" que já conhecemos. Quanto ao árbitro da partida, esteve bem, ficando na duvida se teve razão ou não no lance pouco antes do intervalo em que Wellington caiu na área do Infesta. Na próxima jornada, que só se joga a 25 de Novembro, o Infesta recebe o Gondomar.
 
sitio do FC INFESTA

RESULTADOS DE 11 DE NOVEMBRO 2012



RESULTADOS DOS CLUBES DE MATOSINHOS

LEIXÕES 0 TONDELA 0
VIZELA 3 PADROENSE 1
BOAVISTA 1 INFESTA 0

PEDRAS RUBRAS 2 LEÇA 2

PERAFITA 2 ERMESINDE 1

S HORA 1 S. FÉLIX MARINHA 2
LEÇA DO BALIO 2 BOUGADENSE 0
FC FOZ 4 CUSTÓIAS 1
LAVRENSE 6 CRESTUMA 1

OS LUSITANOS 0 SP CAMPO 0
RAMALDENSE 2 ALDEIA NOVA 1

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC