RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

ALCINO (JOGADOR DE MATOSINHOS) NO BOLA DE OURO

ALCINO (CINO)
GUILHABREU
DEFESA CENTRAL
MUITO ROBUSTO


MITCHFOOT – A ORIGEM E O TEU PERCURSO COMO ATLETA

ALCINO MAGALHÃES (CINO)- A minha origem como atleta começou no UD Lavrense, depois fui para o Leça FC, onde fiz 2 épocas de juvenis e duas épocas de juniores (com uma subida de divisão nos juvenis logo no primeiro ano). Nos Seniores passei pelo UD Lavrense, Labruge (subida de divisão 09/10), Vilar de Pinheiro, GD Louro (subida de divisão 08/09), e agora encontro-me a jogar no Guilhabreu.

MITCHFOOT – O MOMENTO QUE ATRAVESSA

CINO - É muito bom, 2 subidas de divisão seguidas, e agora somos um dos candidatos à subida, pelo Guilhabreu no campeonato da 2º divisão da AF Porto, em termos individuais, estou a jogar regularmente, o que é óptimo para as minhas ambições.

MITCHFOOT - PERSPECTIVAS PARA O FUTURO


CINO – É ter saúde física e mental para continuar a jogar futebol, e trabalhar arduamente para ajudar o Guilhabreu a conseguir a tão almejada subida de divisão, em termos gerais, gostava que a AF Porto, acrescenta-se mais uma competição ao seu calendário desportivo, porque não ? uma taça da Associação, como faz a sua congénere de Braga, assim penso que melhoraria a competitividade das equipas.

MITCHFOOT – MENSAGEM AOS ADEPTOS

CINO - Que continuem a aparecer nos jogos com afluência e não deixem os clubes ao abandono, e a todos os desportistas em geral, UM SANTO E FELIZ NATAL.

RAMALHO PADROENSE REGRESSA AO MIRANDELA

Segundo o jornal A Bola
Ramalho, defesa central do Padroense F.C., é reforço do Mirandela, já em Janeiro próximo. Um regresso ao clube de Trás os Montes
Hugo Miguel Soares Ramalho, nascido em Leça da Palmeira no dia 4 de Setembro de 1982, formado nos escalões de formação do Leixões S.C., representou o Padroense nas épocas de 2003/2004 e 2004/2005 para depois ingressar no Mirandela, clube que acaba de o contratar novamente, onde esteve durante 4 épocas, para regressar a época passada de novo ao Padroense, e agora regressa a Trás os Montes, para o mesmo Mirandela
Começa assim o emagrecimento do plantel do Padroense, anunciado dias antes pelo presidente Germano Pinho.

FELIZ NATAL A TODA COMUNIDADE MATOSINHENSE
















A todos os clubes de futebol de Matosinhos

A todos os atletas

A todos os dirigentes

A todos os adeptos

e demais agentes desportivos

UM SANTO E FELIZ NATAL

OS LUSITANOS GOLEADOS EM GAIA PELO VILA

Os Lusitanos deslocaram-se a Vila Nova de Gaia e saíram derrotados pela Vila F.C. por seis bolas a uma. Um resultado muito expressivo mas justo já que o Vila F.C. foi sempre superior ao os Lusitanos e quase de certeza a melhor equipa a praticar futebol nesta divisão. Como se previa um jogo complicado frente a uma equipas que não perde há muitos jogos. Numa tarde azarada do Os Lusitanos que assim saiu com maior derrota sofrida esta época. Na 1ª parte o jogo ainda foi equilibrado mas o Vila foi a equipa que criou mais perigo. O 1º golo do Vila chega aos 18 minutos apontado pela avançado Gomes que esteve em destaque a marcar 5 golos nesta partida. Até ao intervalo nada se alterou, 1-0 ao intervalo. Na 2ª Parte o Vila não deixou Os Lusitanos e logo no começo faz o 2-0 outra vez pelo avançado Gomes. O resultado foi-se avolumando depois da expulsão do nosso guarda-redes ainda antes dos 20 minutos, expulsão exagerada. O Vila em superioridade numérica e em vantagem no marcador foi cada vez mais controlador e em 6 minutos marca cinco golos. Já nos cinco minutos da partida o Vila faz o 6-0 e no minuto seguinte Os Lusitanos consegue o golo de honra.
Vitória justa para Vila.

LUSITANOS: Tiago, Cordeiro, Guerra, Kiko ( Ricardo Lopes ), Rui, Carlos Manuel, Ricardo Silva e Sandro, Meneses ( Joel ), Paulo, Ricardinho.TREINADOR Marco Aleixo.Golo dos Lusitanos marcado por Sandro aos 87m. Arbitro deste encontro, Sr Paulo gomes Nunes (AF Porto)
http://oslusitanosfcsc.blogspot.com/

LECEIROS DOMINAM MAS CEDEM EMPATE EM CASA

A equipa do Leça F.C., não foi além do empate a zero, na recepção ao Rebordosa. Jogo que se realizou no estádio do Leça em leça da Palmeira.
Arbitro do encontro, Sr Sérgio Soares(Porto)

Mesmo jogando sem grande fulgor, a equipa leceira merecia e deveria vencer este jogo, mas não foi além de um empate, desta feita com a equipa do Rebordosa que apostou claramente no contra-ataque, com tudo sem criar perigo junto do último reduto leceiro. A equipa de Matosinhos, mesmo assim teve chances de golo para ganhar o desafio com relativa facilidade, e pode mesmo queixar-se da equipa de arbitragem, por uma grande penalidade não marcada a favor. Resultado final LEÇA 0 REBORDOSA 0.

LEÇA F.C.: Festas, José Augusto, Madalena, Zé Soares e João Pedro; Paiva ( Sequeira), Rui Ramos, Bessa ( Ricardinho), Moura, Tiago andré (Sencadas), Ricardo Teixeira. TREINADOR Filipe Ribeiro.

INFESTA E CUSTÓIAS, PROTAGONIZARAM UM EXCELENTE JOGO DE FUTEBOL


Infesta e Custóias proporcionaram um jogo interessante e de muita luta, onde o equilíbrio foi a nota dominante durante toda a partida. Com varias ausências forçadas por lesão, José Manuel Ribeiro teve de apostar em Tiago Carvalho a defesa direito no lugar de António e com a ausência de Pedro Nuno, foi obrigado a colocar Rui Franco no meio campo, fazendo subir no terreno Vitinha a apoiar Paulinho no ataque.
O Infesta entrou melhor, com mais posse de bola, e aos 6 minutos, na sequência de um pontapé de canto de Paulinho que sofreu um desvio ao primeiro poste, Tiago Dias na zona da marca de penalti, atirou de cabeça ao lado. Na resposta, o Custóias esteve perto de marcar por Ramalho que apareceu pela esquerda mas Miguel respondeu com uma defesa de grande nível para canto. Aos 14 minutos numa má reposição de bola do guardião Rui Santos, Vitinha II recupera á entrada da área e após dois toques, atira para defesa a dois tempos do guarda-redes forasteiro. O Infesta dominava a seu belo prazer e aos 22 minutos, um grande passe de Paulinho que de costas para a baliza conseguiu desmarcar Vitinha II pela direita que conseguiu ganhar ao seu adversário, flectiu para o meio mas atirou por cima da baliza. Aos 24 minutos, grande jogada do Infesta, cruzamento de Cláudio da direita, Paulinho domina de peito, ajeita a bola à mercê de Serge que remata para uma boa defesa de Rui Santos. Só dava Infesta e aos 39 minutos, um remate de Paulinho levava selo de golo, valeu a estirada do guardião do Custóias que cedeu canto. A terminar uma primeira parte bastante emotiva, Carvalho cruza da direita para Paulinho que remata depois ao lado da baliza. Na resposta o Custóias quase marcava onde num lance de contra-ataque, surge um cruzamento da esquerda onde o avançado do Custóias, atira de cabeça rente ao poste da baliza de Miguel.
Chegava o intervalo com um empate a zero mas onde foi notória a falta de eficácia dos jogadores mais ofensivos do Infesta que não conseguiram traduzir em golos as oportunidades criadas.


A segunda parte foi menos emotiva e a primeira grande ocasião de golo surgiu apenas aos 62 minutos com um grande remate de Paulinho à barra da baliza do Custóias. O Custóias espreitava o contra-ataque mas eram inconsequentes as suas investidas e aos 70 minutos, o Infesta chegava à vantagem por Armando, que entrou para o lugar de Serge minutos antes, onde se conseguiu isolar após passe de Vitinha para o meio da área, Armando teve a cabeça fria para não falhar a oportunidade de colocar o Infesta na frente do marcador. As coisas ficaram piores para o Custóias quando aos 74 minutos, Bruno Cruz foi expulso por acumulação de amarelos, após bocas dirigidas ao arbitro da partida.
Até ao final do encontro, o Infesta soube controlar a partida, o Custóias conseguiu recuperar no terreno e teve mais posse de bola, mas raras foram as vezes que conseguia chegar à baliza do Infesta com perigo. Já depois dos 90 minutos, um momento insólito no encontro, Tiago Carvalho num pontapé para a frente, ainda antes do meio campo, numa forma de aliviar a bola da sua zona, quase fazia o segundo golo pois a mesma foi bater na barra da baliza de Rui Santos, fazendo com que o guarda-redes se tivesse de aplicar pois a bola ficou quase à mercê de Armando que já se preparava para facturar.
O Infesta venceu bem, pecando talvez pela finalização. O Custóias soube-se bater em campo, mas os seus atletas foram por vezes algo agressivos nas disputas de bola, principalmente após o golo do Infesta. O arbitro da partida foi condescendente com a dureza dos jogadores do Custóias o que só prejudicou o futebol praticado.

INFESTA: Miguel Matos, Tiago Carvalho, Tiago Dias, Rui Jorge, Coutinho, Cláudio (Almeida, 73'), Rui Franco, Vitinha I, Serge (Armando, 61'), Vitinha II (Corina, 89') e Paulinho.
TR: José Manuel Ribeiro

CUSTÓIAS: Rui Santos, Jorginho, Bruno Cruz, Angelo, Carlos (Bruno Pacheco, 25'), Tino, Pacheco, Ramalho, Penantes, Bruno Mendes (Cerejo, 68') e Marcio (Segio, 61').
TR: Manuel Pinheiro

Ao intervalo: 0-0
Marcadores:
1-0 por Armando aos 70'.
Disciplina: Cartão vermelho para Bruno Cruz aos 75'.
Publicada por Filipe Dias em 00:08
http://fc-infesta.blogspot.com/

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC