RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

sábado, 15 de fevereiro de 2020

VÍTOR SILVA FAZ LEIXÕES REGRESSAR AOS DESAIRES

Estádio Marcolino de Costa, em Santa Maria da Feira
II Liga Jornada 21
Árbitro: Tiago Martins (AF Lisboa)
Feirense 1-0 Leixões

Ao intervalo: 0-0
Marcador: Vítor Silva (73)
Cartões: Amarelo para Luís Silva (12), Edson (13), Feliz (44), Pedro Pinto (56), Vítor Silva (85) e Camará (90+4)


Feirense: Caio Secco, Ruca, Ícaro, Gui, Mesquita, Feliz, Christian, Amorim, Edson Farias, Fábio Espinho (Vítor Silva, 72) e Pedro Henrique (Abel Camará, 72)


Treinador: Filipe Rocha


Leixões: Igor Stefanovic, Zé Carlos, Bura, Pedro Pinto, Derick Poloni, Amine (Pedro Monteiro, 83), Luís Silva (Vítor Bruno, 80), Avto, Romário Baldé, André Claro e Harramiz (Bruno Monteiro, 54)


Treinador: Manuel Cajuda


Num jogo bonito e emotivo, o Leixões regressou aos desaires, mas foi só 'à bomba' que a formação matosinhense sofreu o golo, depois de apresentar bons processos enraizados no laboratório de Cajuda.

O resultado em questão não vislumbra na realidade aquilo que aconteceu, sendo que o empate seria o resultado a ter mais em conta. O golo de Vítor Silva aos 73 minutos ditou o desfecho final do encontro.

A formação leixonense estava elevada de moral, devido ao excelente resultado protagonizado na semana passada com o Varzim e respira-se mais confiança e melhor assertividade ofensiva e defensiva.

O encontro começou de forma equilibrada e bem durinho, sendo que a batalha a meio-campo ia ser um ponto fulcral no desfecho final do encontro. Com uma boa capacidade de adaptação e posicionamento e com mais posse de bola, o Leixões entrou melhor em campo.

Com um bom jogo posicional devido ao excelente bloco defensivo dos 'Billas', as duas equipas andavam ainda em fase de estudo, sendo que o primeiro vislumbre de remate ocorreu aos 11 minutos por Avto que saiu muito por cima.

De forma inteligente, o Leixões conseguiu controlar o jogo até onde pude, não deixando o Feirense utilizar os seus processos normais de profundidade no jogo, com um futebol mais objetivo, na procura da profundidade controlada, sempre à procura do último terço da área.

Os jogadores interpretam e estão a interpretar muito melhor as modificações que Manuel Cajuda implementou no processo de jogo da formação matosinhense.

Harramiz e Luís Silva foram dos mais interventivos em campo e até foram a jogo algo condicionados, sendo que Cajuda especificou que Harramiz tinha sofrido uma contractura e só antes do encontro é que foi a jogo.

Aos 25 minutos Edson Farias criou a primeira grande oportunidade de perigo à entrada da área, que proporcionou a Stefanovic à uma grande defesa.

Aos 30 Fábio Espinho não obrigou muito a Stefanovic que defendeu para canto.

O Leixões pressionava a partir do meio-campo, bem o espaço, muito forte a nível ofensivo, com Manuel Cajuda a realizar várias mudanças no eixo atacante com Romário Baldé a ponta de lança, Avto do lado direito e Harramiz do lado esquerdo.

Na segunda parte, o Leixões entrou muito forte e aos 51 Avto com uma arrancada a fletir da direita para o centro e tinha dois jogadores em boa posição mas rematou a meia distância com Caio Secco a intervir de forma apertada.

Pedro Henrique (ex-Leixões) aos 53 ainda colocou a bola dentro da baliza mas o árbitro anulou o golo por falta do avançado.

Aos 54, grande contrariedade para Manuel Cajuda após Harramiz lesionar-se e ter sido substituído por Bruno Monteiro, mudando para 4x3x3, com Luís Silva a jogar em terrenos adiantados, sendo que Amine e Bruno Monteiro estiveram a duplo pivô.

O Leixões aproveitava as falhas do Feirense e aos 59 teve uma oportunidade de ouro, quando Luís Silva passou de calcanhar para Bruno Monteiro que não conseguiu desfeitear por pouco. Os matosinhenses soltavam-se das amarras e a impor o ritmo que pretendia.

Aos 65 Stefanovic quase que entornava o caldo, quando num cruzamento quase largava a bola para Pedro Henrique.

O Feirense acabou por chegar à vantagem por Vítor Silva, que com um cruzamento de longa distância, na sequência de um livre, traiu o guarda-redes Stefanovic, aos 73 minutos.

Aos 80 minutos Vítor Bruno entrou em campo para o 4x2x4 sendo que Romário Baldé juntou-se a André Claro.

Aos 90+2 Bura que na reta final foi com tudo pelo clube e com um remate de meia distância e aos 90+4 Romário ainda estiveram perto do empate.

O Leixões é 11.º classificado com 28 pontos e na próxima jornada recebe o SC Covilhã, a 11 de fevereiro, ás 11:00.


Fonte das Fotos: Duarte Rodrigues


Diogo Bernardino

EXCLUSIVO: PEDRO MESQUITA LESIONADO

O defesa Pedro Mesquita do Lavrense está lesionado e já não foi opção no último encontro frente ao Desportivo de Portugal e só em Março é que regressa aos relvados.

Esta temporada Mesquita fez 19 jogos e apontou quatro golos.

Pedro Mesquita filho de Mesquita que foi jogador no Leça, Leixões, Rio Ave, Gil Vicente e Naval e treinador adjunto no Almería B, Leixões, Famalicão, Aves, Leça, Lousada e Chaves.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino



EXCLUSIVO: GATÕES APRESENTA-SE COM QUATRO LESIONADOS

O Gatões apresenta-se com quatro jogadores lesionados, sendo que dois provavelmente já não jogam esta época, soube hoje em exclusivo o Mitchfoot.

Os dois jogadores que estão por tempo ilimitado fora dos relvados provavelmente já não jogam esta época são Carlos e Miguel Dias. 

Os outros dois ficarão talvez mais dois meses fora sendo eles Magalhães e Salazar.

Hoje não poderiam contar com Tiago Maia e João Nuno por castigo.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

EXCLUSIVO: TIAGO MAIA E JOÃO NUNO INDISPONÍVEIS PARA ENCONTRO COM GERVIDE

Os médios Tiago Maia e João Nuno estão indisponíveis para o encontro com o Gervide de hoje, soube o Mitchfoot de fonte exclusiva.

Ambos foram expulsos no encontro com o Leões Seroa, esta quarta feira que terminou com a derrota da equipa matosinhense por 2-0.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

EXCLUSIVO: ZÉ MIGUEL, HÉLDER E BRUNO MACHADO ESTÃO LESIONADOS

Os médios Hélder e Bruno Machado e o avançado Zé Miguel estão lesionados, sendo que só Bruno está na fase final, soube hoje o Mitchfoot.

Zé Miguel se encontra lesionado e em processo de recuperação por tempo indefinido.

Hélder tem uma fratura do Metatarso com período de tempo de recuperação indefinido.

Bruno Machado está na fase final de uma mialgia de esforço.

O Perafita defronta o São Félix da Marinha nesta jornada, domingo, às 15:00.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

BRANDÃO É REFORÇO DO PERAFITA

O avançado Manuel Brandão que fez a sua formação no Boavista e depois optou por outra modalidade, volta ao futebol este ano.

Manuel Brandão já está inscrito e pode vir a ser opção a partir de hoje.

Brandão é o quarto reforço do Perafita desde que Paulo Gentil tomou conta do clube depois de David Costa Ex Gondomar, Sérgio Resende, ex Celoricense e André Mourão ex Lusitanos Santa Cruz.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

FREITAS, FACTORE E ARTHUR DEIXAM DE PERTENCER AO ALDEIA NOVA

O defesa e avançado brasileiros Arthur e Factore e o médio Freitas deixam de pertencer ao Aldeia Nova, depois de não serem opções com frequência na formação comandada por Leão.

O médio de 24 anos Freitas, saiu por opção pessoal depois de nesta temporada ter participado em apenas duas partidas e apontado um golo.

O avançado Factore e o defesa Arthur ambos de 20 anos por decisão do clube por não terem os documentos necessários para serem opção para jogar.

Com estas mudanças, o Aldeia Nova tem 24 jogadores à sua disposição, depois de ter contratado três jogadores: David Pinto ao Infesta, Mazola ao Lusitanos e Marcelo ao Gens SC e de ter deixado de contar com seis jogadores: Guilherme, Arthur, Filipe, Freitas, Pedro Silva e Factore que ainda procuram colocação.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino 

EXCLUSIVO: CERCA DE 300 A 350 LEIXONENSES VÃO ESTAR PRESENTES EM SANTA MARIA DA FEIRA

O Leixões pode contar com muito apoio em Santa Maria da Feira pois vão estar presentes cerca de 300 a 350 adeptos leixonenses no estádio do Feirense, segundo hoje soube o Mitchfoot.

Esta vai ser uma das deslocações que vai trazer mais adeptos de Matosinhos e de outros pontos do país para Santa Maria da Feira, sendo que além do preço convidativo, o resultado na última semana e a prestação da equipa tem motivado cada vez mais a levar adeptos e sócios do clube aos encontros fora de casa.

O jogo é este sábado, às 17:15, no Estádio do Feirense.


Fonte da Foto: Leixões SAD


Diogo Bernardino 

BRUNO MONTEIRO É A NOVIDADE NA CONVOCATÓRIA

Bruno Monteiro é a novidade na convocatória de Manuel Cajuda para o jogo com o Feirense, substituindo Perdigão que na semana passada até esteve para entrar em campo.

Assim o Leixões vai a jogo com: Igor Stefanovic, Miguel Oliveira, Zé Carlos, Bura, Pedro Pinto, Pedrinho, Pedro Monteiro, Derick Poloni, Vítor Bruno, Franco, Amine, Luís Silva, Bruno Monteiro, Braga, Paná, João Graça, Avto, Romário Baldé, André Claro e Harramiz.

Assim de fora por lesão estão: João Pedro, Joca e Edu Machado e devido aos problemas burocráticos ainda não pode ir a jogo Rui Pedro. 

Quem fica mais de fora são: Fábio Matos, André Clóvis e Perdigão.

O jogo com o Feirense é este sábado, às 17.15, em Santa Maria da Feira para a 22.ª jornada da II Liga.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

LEIXÕES PERDE FRENTE AO LÍDER MAIA FUTSAL

O Leixões perdeu por 2-0, na receção ao Maia, em mais uma jornada do Campeonato Distrital.

Num bom jogo da Armada do Mar, uma vez mais, a sorte não esteve do seu lado, face às situações soberanas de golo criadas.

Mas foi a formação do Maia que aproveitou as oportunidades a seu favor e cimenta cada vez mais a liderança do campeonato.

José Oliveira disse o seguinte no final: "Fazer um grande jogo, mandares quatro bolas nos postes, criares diversas situações de golo, estares por cima do jogo e acabas por não ganhar. Se houve justiça ou injustiça? Na minha modéstia opinião uma tremenda injustiça" 

"Os nossos jogadores não mereciam este desfecho, mas só ganha quem marca e nesse capítulo o Maia foi mais competente. Vitórias morais, têm o valor que têm, não dá pontos. A sorte foi madrasta connosco. Parabéns ao Maia pela vitória e parabéns aos meus jogadores pela disponibilidade e entrega que impuseram durante o jogo. Vamos continuar com o nosso trabalho, acreditando e mantendo o nosso foco naquilo que pretendemos"


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

BUROCRACIA IMPEDE ESTREIA DE RUI PEDRO COM A CAMISOLA DO LEIXÕES

O avançado Rui Pedro (emprestado pelo FC Porto) ainda não pode jogar com a camisola do Leixões, pois o imbróglio burocrático ainda continua a persistir, soube hoje o Mitchfoot.

Esta situação envolve também o Granada, emblema espanhol que o atacante representou na primeira metade da época.

De acordo com informações divulgadas na conferência após o jogo com o Varzim, Manuel Cajuda referiu que "faltou qualquer coisa com o passe internacional" do jogador.

Além disso, Rui Pedro para ir a jogo tem de ser inscrito na Liga Portugal com número de camisola, o que até esta sexta-feira ainda não tinha acontecido.

Rui Pedro faz parte de um quarteto atacante, juntamente com André Claro, o são tomense Harramiz e o brasileiro André Clóvis.


Fonte da Foto: Leixões SAD


Diogo Bernardino

"NÃO HÁ MOTIVO PARA DUVIDARMOS DE NÓS PRÓPRIOS"

O treinador do Leixões, Manuel Cajuda, salientou que "não há motivo para duvidarmos de nós próprios" e que para vencer o Feirense é preciso ser "uma equipa astuta, inteligente e estar bastante alerta", em declarações ao facebook da SAD.

"É um fator importante termos ganho o último jogo, após 10 jogos sem vencer. Vem trazer alguma recuperação daquilo que pretendemos nesta altura, que passa por normalizar os índices da equipa, estando conscientes de que temos valor e capacidade para ganhar. Agora, não estando ainda 100%, temos mais confiança no que estamos a fazer. Não há motivos para duvidarmos de nós próprios", referiu.

O treinador do Leixões reforçou que o Feirense está há "sete jogos sem perder".

“O Feirense também assumiu a candidatura à subida de divisão e julgo ter feito um investimento que o justifique. As coisas não lhes terão corrido bem numa determinada altura, mas estão há sete jogos sem perder, nos quais fizeram uma média de dois pontos por jogo, o que é verdadeiramente bom. Temos de ser uma equipa astuta, inteligente e estar bastante alerta em todos os momentos do jogo", mencionou.

"É importante que os adeptos entendam que sozinhos não conseguimos ganhar nada. Eles foram parte integrante da última vitória, pelo apoio e manifestação de simpatia que tiveram com a equipa. Estamos num clube com adeptos fantásticos e, com humildade, peço-lhes que compareçam em grande número no próximo jogo. Gosto que estejam do nosso lado. Com eles fica mais fácil”, concluiu.

O jogo com o CD Feirense, da 21.ª jornada da LigaPro tem o pontapé de saída marcado para hoje às 17:15, no Estádio Marcolino Castro, em Santa Maria da Feira.


Fonte da Foto: Leixões SAD


Diogo Bernardino

TIAGO MARTINS É O ÁRBITRO DO FEIRENSE-LEIXÕES

O árbitro de 39 anos Tiago Martins da AF Lisboa foi o escolhido pela Federação Portuguesa de Futebol, anunciou hoje a Liga Portugal no site oficial. 

Ao serviço do Leixões já apitou nesta temporada, no encontro frente ao Nacional (1-1) e durante a sua carreira seis encontros, com três vitórias, um empate e duas derrotas. 

Em relação ao Feirense, vai ser também o sétimo jogo com a suma de três vitórias, um empate e três derrotas.

O quatro árbitro é Gonçalo Nunes e os assistentes são Pedro Mota e Hugo Ribeiro.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

PAULO CUNHA JUNTA-SE À EQUIPA TÉCNICA DO LEIXÕES

Paulo Cunha (ex-Académica) é o novo treinador de guarda-redes da equipa principal do Leixões SC, depois de uma passagem na 'Briosa' ao serviço de César Peixoto. 

O técnico, de 33 anos, já se encontra a trabalhar com o plantel liderado por Manuel Cajuda, já foi na época passada treinador do Varzim.

Enquanto jogador como sénior representou Mirandela, Valenciano, Marinhas, Vianense, Ribeirão, Tirsense, Salgueiros e Varzim.


Fonte da Foto: Leixões SAD


Diogo Bernardino

"TEMOS A PLENA NOÇÃO DE QUE VAMOS TER UM JOGO DIFÍCIL"

O avançado georgiano do Leixões Avto salientou em declarações de que todos tem "a plena noção de que vamos ter um jogo difícil" com o Feirense, frisando que todos vão "dar tudo para ganhar", aos meios de comunicação leixonenses.

“As vitórias dão-nos mais confiança e a alegria que desejamos. A equipa tem trabalhado bem e está motivada em somar o máximo número de pontos possíveis. Queremos dar sequência à vitória do último jogo, com o Varzim, e vencer o Feirense. Temos a plena noção de que vamos ter um jogo difícil, frente a uma equipa com ambições de lutar pela subida. No entanto, sabemos o que queremos e vamos dar tudo para ganhar ao Feirense", mencionou.

"O Leixões está a ser uma magnífica experiência. Fui muito bem-recebido e estou a adaptar-me bem. Tem muita ambição e adeptos fantásticos, que nos acompanham em todas as circunstâncias. Espero um grande apoio deles em Santa Maria. Com eles do nosso lado, estamos sempre mais perto de vencer jogos”, referiu.

O encontro com o CD Feirense, da 21.ª jornada da LigaPro tem o pontapé de saída marcado para as 17:15 de sábado, no Estádio Marcolino Castro, em Santa Maria da Feira.


Fonte da Foto: Leixões SAD


Diogo Bernardino

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC