RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 11 de abril de 2016

ESTRELINHA DE CAMPEÃO CHEGOU NO FIM…


Estádio do Perosinho (Quinta da Pena) Gaia 
Árbitro: David Silva
Cartão Vermelho a Miguel cunha (86) 
PEROSINHO 0 LEÇA DO BALIO 1 
Ao intervalo, 0-0, Golo Nélson (90+3) 

PEROSINHO: Zé Tó, Guedes, Ruben, Cláudio, Mário, Dominguez, Emanuel, Diogo (Vasco 80), Gasosa (Tiago Costa 46), Pedro (Resende 80), Gomes (Amaral 31). Treinador António Lobo. 

LEÇA DO BALIO: Miguel Mota, João Pinto, Nélson, Miguel cunha, Félix (Grade 82), Guil, Pedro Gomes (Malta 58) Carlos Diogo, Braga, Rafa (Carlitos 58), Hugo. Treinador Mário Heitor 

Leça do Balio soma e segue, rumo à liderança, rumo à Divisão de Honra. 
No entanto encontraram um adversário pela frente que muito complicou e tiveram mesmo de se aplicarem com alma para levar de vencida a turma de Gaiense. Em cima do apito final e reduzidos a dez elementos por expulsão de Miguel Cunha, com o golo apontado por Nelson na seqência de um livre os balienses alcançaram a felicidade da conquista dos três pontos que lhe permite já na próxima jornada (Frente ao Avintes em Rio Tinto) festejar a subida ou mesmo o titulo de campeão da Serie 1

BRUNO MONTEIRO SALVA LAVRENSE DE DERROTA CASEIRA


26ª Jornada da Divisão de Honra 
Complexo Desportivo de Lavra 
Árbitro: Ricardo Ferreira 
Cartão vermelho a Rato (67) 
LAVRENSE 1 GULPILHARES 1 
Ao intervalo, 1-1, golos Zé Campos (14 gp) e Rato (29 

LAVRENSE: Bruno Monteiro, Dany, Fradinho (Amilcar 68) Nuno Costa, Abilio, Zé Campos, Wendel, Miguel Ângelo, Tiago Carvalho, káká (Crespo 42) e Postiga (Gonçalo 66), Treinador Leandro Cunha. 

GULPILHARES: Faria, China, Valente, Pacheco (Serginho 89), Leandro, Cambiasso, Velha, Gerson, Joel (Hugo 89), Vidal (Alverenga 62), Rato. Treinador Alfredo Mendes

 O Lavrense postado no 2º posto da Tabela classificativa, entrou na partida com a corda toda e muito naturalmente, adiantou-se no marcador por intermédio de Zé Campos através de uma grande penalidade. Minutos depois o mesmo jogador, este ano nomeado para revelação do futebol de Matosinhos, atirou ao poste da baliza à guarda de Faria, mas seria o Gulpilhares em joga de contra ataque a fazer a igualdade iam decorridos 29`minutos de jogo. 

No segundo tempo, os Lavrenses que realizaram talvez uma das piores exibições em sua casa, viram o Matosinhense Joel, ele que também já vestiu as cores Lavrense, desperdiçar soberana oportunidade de se adiantar no marcador, grande penalidade que Bruno Monteiro. Na parte final do encontro e em superioridade numérica, os homens comandados por Leandro Cunha, carregaram no acelerador, mas o melhor que conseguiram foi uma bola na trava enviada por Crespo.

4`MINUTOS APENAS SALVAM HOMENS DO MAR DO NAUFRÁGIO


40ª Jornada da Ledman Liga Pro 
Estádio do Mar, em Matosinhos. 
Árbitro: Luís Ferreira (Braga). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Cássio (02), Gil Barros (19), Tiago Ronaldo (20), Rúben Saldanha (50), Hugo Santos (90) e Gonçalo Graça (90+3). 
LEIXÕES 2 SANTA CLARA 2 
Ao intervalo: 0-1. Golos Hamdou, (32 e 52) Cássio (74 e 78) 

LEIXÕES: Ricardo Moura, Rateira (Gonçalo Graça, 75), Wellington, Pedro Pinto, João Pedro, Bruno China, Caio (Slim, 54), Bruno Lamas, Alemão (Rui Cardoso, 70), Pedras e Cássio. Treinador: Pedro Miguel. 

SANTA CLARA: Pedro Freitas, Rui Silva, João Dias, Accioly, Gil Barros, Carraça, Tiago Ronaldo, Rúben Saldanha (Hugo Santos, 75), Pacheco (Jimmy, 63), Hamdou e Rúben Batatinha (Clemente, 79).Treinador: Carlos Pinto. 

 Hamdou, na primeira parte, abriu o marcador para os açorianos e repetiu a finalização no início da segunda metade, após o que Cássio imitou o avançado do Santa Clara e bisou em quatro minutos. Num duelo entre aflitos, na primeira parte foram os locais quem mais fez pela vida mas quis a sorte que os açorianos marcassem na sequência de um erro do jogador mais experiente do Leixões. Ao minuto 32, Bruno China fez um atraso defeituoso e que Rúben Batatinha intercetou, aproveitando para, após entrar na área e atrair a si guarda-redes e defesas contrários, assistir para a finalização de Hamdou. 

O Leixões não se deixou abater e continuou no mesmo ritmo, ficando perto do empate num remate de João Pedro (40') em que o golpe de vista de Pedro Freitas quase o traiu, com a bola a embater na base do poste da baliza antes de ser afastada para longe. Sensivelmente do mesmo local, e depois de arrancar da esquerda, Hamdou bisou na partida no início da segunda parte, atirando rasteiro e fazendo a bola entrar junto ao poste mais afastado.

Os locais reduziram num desvio de cabeça de Cássio (74'), após canto da direita cobrado por Rateira, acabando o avançado brasileiro por fixar o resultado da partida quatro minutos depois, novamente após um pontapé de canto, agora cobrado por Slim.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC