RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 28 de setembro de 2014

LEIXÕES FORA DA TAÇA LOGO À PRIMEIRA

2ª ELIMINATÓRIA DA TAÇA DE PORTUGAL 
Estádio do estádio do Santa Eulália, em Vizela.
Árbitro: Rui Costa (Porto). 
Santa Eulália - Leixões, 2-1. Ao intervalo: 1-1. Marcadores: 1-0, André Cunha, 21 minutos. 1-1, Alemão, 40'. 2-1, Carlitos, 77'. 

Santa Eulália: Espinha, Tiago Monteiro, Basílio, Elvis, Armando, Élio, Rúben Moreira (Fujaco, 80'), André Cunha, Nélson, Hélder (Carlitos, 72') e Marquinho (João Leite, 85'). Treinador: João Pedro. 

Leixões: Ricardo Moura, Gonçalo Graça (Miguel Ângelo, 88'), Orlando, Pedro Pinto, João Viana, Chiquinho (Cadinha, 71'), Moedas, Novais, Preciado (Mendes, 62'), Pedras e Alemão.Treinador: Horácio Gonçalves. 

Ação Disciplinar: cartão Amarelo para Gonçalo Graça (18'), Rúben Moreira (36'), Basílio (58'), Tiago Monteiro (68' e 81'), Cadinha (79'), João Viana (90'+1), André Cunha (90'+4). Cartão Vermelho por acumulação de amarelos para Tiago Monteiro (81').

 Não é fácil jogar num campo de relva sintética quando os jogadores estão habituados ao relvado natural mesmo que tenha havido 3 treinos de adaptação ao tipo de relvado durante a preparação do encontro para a 2.ª eliminatória da Taça de Portugal. A jogar em casa, o Santa Eulália (que ainda não venceu no Campeonato Nacional de Seniores) bateu-se bem contra o Leixões que já tem história nesta prova (foi finalista vencido em 2001/02 e vencedor em 1960/61). E a equipada casa, beneficiando de conhecer e saber jogar no sintético, adiantou-se no marcador à passagem dos 21’ através de um remate de André Cunha após um alívio da defensiva leixonense. 
Leixões que já tinha visto o estreante Ricardo Moura com uma grande intervenção aos 14’ de forma a evitar o golo dos da casa. A perder, o Leixões SC foi atrás do golo e Pedras, de cabeça, e Chiquinho tiveram a oportunidade de empatar. 
Não conseguiram mas, ainda antes do intervalo, Alemão colocou o resultado empatado a 1-1. 
 Se os primeiros minutos da partida pertenceram à equipa da casa, os minutos iniciais da segunda metade foram da formação orientada por Horácio Gonçalves que teve a oportunidade de se colocar em vantagem. Isso não aconteceu e o Leixões viu-se novamente em desvantagem depois de, aos 77, Carlitos, recém-entrado, ter aproveitado um contra-ataque para colocar a equipa de Vizela em vantagem.

BALIENSES ENTRAM A VENCER

 
1º Divisão Associação Futebol do Porto, jornada 1. 
Jogo Realizado no Complexo Desportivo de Leça do Balio, em Matosinhos. 
Arbitro: Ana Afonso. 

LEÇA DO BALIO: Miguel Mota, Carlitos (Cap.), Hélder, Pedro Cardigos e Soares; Carlos Diogo, João Machado, Filipe Barata, Álvaro, Shev e Hugo. Jogaram ainda: Ivo, Edú e Cardoso. Treinador: Mário Heitor. 
Marcador: Ivo (69´) 

O Desportivo Leça do Balio realizou a sua estreia no campeonato da 1º Divisão da Associação de Futebol do Porto frente ao Pedroso, perante os seus adeptos e simpatizantes, com uma vitória muito suada por um zero. A equipa comandada por Mário Heitor entrou no jogo com muita vontade de vencer e praticar o seu bom futebol, mas durante a primeira parte nem sempre conseguir impor os seus processos de jogo bem definidos por culpa do Pedroso. A formação que viajou de Gaia, com uma grande disponibilidade física e com uma pressão alta sobre a equipa Baliense, com o objectivo de não deixar jogar, conseguiu impor grandes dificuldades à equipa aurinegra. A equipa de Matosinhos mesmo perante as naturais dificuldades impostas pelo adversário, muito unida, solidária e com jogadores de muita qualidade, conseguiu criar várias situações evidentes para abrir o activo, valendo o guarda redes adversário e a falta de inspiração dos homens mais avançados. A melhor oportunidade de golo do Pedroso no primeiro tempo ocorreu através de um livre directo, mas Miguel Mota estava atento e fez a defesa da tarde. Chegou o intervalo com o nulo no marcador numa primeira parte muita intensa de ambos os conjuntos. 

No segundo tempo, o técnico Mário Heitor descontente com o nulo verificado, mexeu no onze inicial fazendo entrar Ivo para o lugar de Shev que esteve em bom plano e mudou a estratégia da equipa, o que viria a dar frutos no desempenho da equipa Baliense. O Leça do Balio tomou conta do jogo completamente, encostando o Pedroso no seu último reduto conseguindo criar várias oportunidades de golo. Foi o que aconteceu aos 69 minutos quando dois homens lançados por Mário Heitor no segundo tempo fabricaram o golo Baliense. Edú que entrou a substituir o veterano João Machado que esteve em bom nível, assistiu Ivo que com uma finalização soberba fez o golo que permitiu aos Balienses somar os três pontos. O Pedroso lutou sempre muito mesmo estando a perder, mostrando ter bons argumentos para fazer um bom campeonato, encontrando no contra ataque a única forma de chegar ao último reduto Baliense mas sempre sem êxito. O Leça do Balio alcançou assim os primeiros três pontos da temporada justamente num jogo muito complicado, com grande mérito para o técnico Mário Heitor que com as alterações táticas efectuadas ao intervalo descobriu o caminho para o êxito. Na próxima jornada o Desportivo Leça do Balio, desloca-se ao Olival para defrontar a formação do Crestuma.

DEDO DA ARBITRAGEM NA DERROTA SENHORENSE


1ª Divisão AF Porto 1ª jornada
 Estádio do Canela - Gaia

 SC Senhora da Hora: Pinto, Fabinho, Manu, Ramalho e Bruno Pereira. Rochinha, Joel, Serrão, Marcos, Cesário e Joca. Treinador Nuno Gonçalves 

Uma derrota difícil de digerir, os senhorenses entraram um pouco receosos e sofreram um golo relativamente cedo, mas pouco a pouco foram equilibrando o jogo e mesmo antes do intervalo já mereciam o empate, que só não aconteceu com a defesa da tarde a ser feita pelo guarda redes do Canelas a remate de Joca, 

 Na segunda parte o Canelas foi encostado literalmente pelo Senhora da Hora ao seu meio campo e o empate surgiu naturalmente e pela forma que estavam a jogar era de esperar mais o 1 x 2 Até chegar o minuto 80`, aí se alterou tudo, penalty mais 2 expulsões e livre mal assinalado que resultou no desfecho final Boa postura dos senhorenses com excelente 2ª parte

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC