RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

DOIS MESES DEPOIS LEIXÕES REGRESSA ÀS VITÓRIAS


18ª jornada da 2.ª Liga Estádio do Mar, em Matosinhos. 
Árbitro: André Moreira (Leiria). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Hildeberto Pereira (03), João Pedro (52), Rúben Dias (56), Pedro Rodrigues (75), Francisco Vera (77) e Ricardo Barros (82). 
LEIXÕES 2 BENFICA (B) 0 
Ao intervalo: 0-0. Marcadores: 1-0, Pedras, 58 minutos; 2-0, Jorginho 87. 

 Leixões: Ricardo Moura, Yuanyi Li, Pedro Pinto, Banjai (Diogo Nunes, 32), João Pedro, Tandjigora, Malafaia, Bruno Lamas, Pedras (Jorginho, 62), Alemão (Rateira, 81) e Ricardo Barros. Treinador: Pedro Miguel. 

 Benfica B: Miguel Santos, Hildeberto Pereira, Ruben Dias, Alexandre Alfaiate, Yuri Ribeiro (Filipe Ferreira, 75), Gilson Costa (Francisco Vera, 59), Pedro Rodrigues (João Lima, 83), João Carvalho, Diogo Gonçalves, Pedro Rebocho e Oliver Sarkic. Treinador: Hélder Cristóvão. 

 A um dia de completar dois meses sem vencer, a última vez foi por 2-1, ao Gil Vicente, na 10ª jornada, a equipa de Matosinhos aplicou aos ‘encarnados’ o mesmo resultado conseguido com o FC Porto B, na quarta ronda, na estreia a vencer na prova. 

 Depois de uma primeira parte em que a bola andou sempre muito longe da baliza, as duas equipas protagonizaram uma segunda metade de grande nível, com dois golos e três bolas nos ferros. 
 A segunda parte começou animada, com a bola a rondar as duas balizas, adiantando-se o Leixões no marcador num cabeceamento de Pedras (58), assistido na área por Ricardo Barros, um minuto depois de um remate de Bruno Lamas que embateu na trave. 

 Antes, o Benfica criara duas boas ocasiões, primeiro num livre direto de Miguel Rebocho (52), à barra, e depois numa emenda na pequena área de Oliver Sarkic, que saiu sobre o travessão. 
 Os locais duplicaram a vantagem na fase derradeira da partida, quando Jorginho (87), de calcanhar, deu o melhor seguimento a uma insistência de Ricardo Barross pela direita, já depois de outro jogador saído do banco do Leixões, Diogo Nunes (68), ter enviado a bola à barra, na sequência de um canto.

D. LEÇA DO BALIO COM UM ATAQUE DEMOLIDOR


 Em 10 jogos efectuados na 1ª divisão da associação de futebol do Porto, série 1, a formação Baliense já conta com 32 golos marcados, o melhor registo em todos os campeonatos em Portugal. 

Para este sucesso da equipa orientado por Mário Heitor, que tem desenvolvido bons espectáculos de futebol nos estádios onde têm jogado, muito tem contribuído o avançado Hugo que já conta com 9 golos, um verdadeiro pânico para as defesas adversárias, este jovem contratado à duas épocas atrás à formação do Pedrouços. 
Braga e Rafa com 5 golos cada também têm estado em grande destaque. 
O avançado Braga chegou esta época a Leça do Balio, proveniente do Serzedo da divisão da Elite e já conquistou o seu espaço na equipa aurinegra, sendo claramente uma aposta ganha do timoneiro Mário Heitor. 
Rafa pela segunda época consecutiva na equipa de Matosinhos está a fazer uma temporada de sucesso, estando já a ser observado por clubes de outras divisões, também com 5 golos marcados. 

O Desportivo Leça do Balio é líder isolado com 24 pontos fruto de oito vitórias e duas derrotas, apresentando um futebol de qualidade que está a deixar os adeptos Balienses de cada vez em maior número, a sonhar legitimamente com uma subida de divisão, a caminhos nunca antes navegados

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC