segunda-feira, 26 de setembro de 2016

FOI POR UMA NESGA...HUF! LEIXÕES SEGUE EM FRENTE NA TAÇA

 
2ª Eliminatória da Taça de Portugal 
Estádio Municipal de Pedras Rubras – Maia
Árbitro: Hélder Malheiro (Lisboa) 
FC PEDRAS RUBRAS 0 LEIXÕES SC 1 (ap) 
Golo Bruno Henrique (108) 

FC PEDRAS RUBRAS: Luís Monteiro, Louis Souffo, Pedro Cervantes, Ruizinho ,Dinis Lopes (Pedro Lisboa 91), Gomis, Messi (Miguel Pereia 77), Gonçalo Pimenta, Miguel Vaz João, Pedro (Vitor Andrade 70),Vítor Fonseca. Treinador Artur Alexandre. 

LEIXÕES: Ricardo Moura, André Teixeira, Rui Cardoso (André Ferreira 78), João Lucas, Kikas, Bernardo (Chiquinho 72), Silvério, João Freitas, Bruno Henrique, Fatai, Wei (Malele 56). Treinador Filipe Coelho. 

   
 O golo surgiu na sequência de um dos ataques pelo flanco direito, aos 108 minutos. Malele cruzou, Chiquinho desviou, o guarda-redes Luís Monteiro defendeu para o lado e o avançado brasileiro Bruno Henrique aproveitou e marcou. 

 A vitória fica bem aos leixonenses, da II Liga, que dominaram quase sempre o jogo e tiveram algumas oportunidades de golo, incluindo um remate de cabeça de Bruno Henrique que foi à barra. O problema do Leixões foi a deficiente finalização e a grande exibição de Luís Monteiro, que defendeu quase tudo e, desse modo, ajudou o Pedras Rubras, do Campeonato de Portugal - Série B, a levar o jogo até ao prolongamento. 
Como era de esperar, o Leixões teve mais bola e foi sempre mais perigoso, ao passo que o Pedras Rubras apenas na primeira parte, e a espaços, conseguiu aproximar-se da baliza de Ricardo Moura.

No segundo tempo e no prolongamento, o domínio leixonense acentuou-se com sucessivos cruzamentos e ataques pelos dois flancos, mas com grande desacerto na definição final das jogadas. Quando parecia que ao Pedras Rubras ia chegar incólume às grandes penalidades, o Leixões desbloqueou o jogo a seu favor com um golo de Bruno Henrique e após mais um raide pela direita raide pela direita, seguindo assim em frente na Taça de Portugal. Nos segundos finais, o Pedras Rubras ainda logrou assustar o Leixões com um remate perigoso, do central Louis Souffo, que saiu um pouco ao lado da baliza de Ricardo Moura, que por sinal praticamente não teve trabalho nesta partida. 

 Conferência de imprensa 

Filipe Coelho
"Qualquer jogo de Taça é sempre difícil e este não fugiu à regra, num piso difícil e com um adversário aguerrido e organizado, que lutou sempre pela surpresa. Mas creio que não haverá dúvidas sobre o facto de o Leixões ter sido a melhor equipa em campo. Mantivemos os nossos princípios de jogo, nunca perdemos a cabeça e tivemos a paciência necessária para não desistir de procurar o golo. Falhámos muitas oportunidades, tivemos uma bola no ferro da baliza do Pedras Rubras e queríamos ter evitado o prolongamento. Mas o que interessa é que seguimos em frente numa prova em que o Leixões tem tradição e em que queremos chegar longe. Problemas na finalização? É preciso baixar os níveis de ansiedade e ter mais critério nos últimos 30 metros. Espero que este golo e esta vitória ajudem a trazer mais confiança." 



 Artur Alexandre
"O Leixões foi superior, teve mais bola, mais jogo controlado e não seria correto se dissesse que o apuramento do Leixões não é justo. Tentámos levar a decisão para os penáltis e quase o conseguimos naquele último lance. Seria um prémio justo para a minha equipa

FOTOS GLOBAL IMAGENS
TEXTO LUSA

PRÓXIMOS CONFRONTOS NO FUTEBOL SÉNIOR DE MATOSINHOS

 
AGENDA:
Ledman Liga Pro (Segunda Liga) 
9ª Jornada -  Leixões vs Gll Vicente (Quarta Feira dia 28 set.) 

Domingo dia 2 de Outubro 2016 
Ledman Liga Pro (Segunda Liga) 
10ª jornada  - Desp. Aves vs Leixões 

Divisão d´Elite A F Porto serie 1 
Lavrense vs Gondim Maia 
Leça vs Oliveira do Douro 
AD Grijó vs Padroense 

A F Porto Divisão de Honra 1ª Jornada 
D Sandinenses vs FC Infesta 
Perafita vs Vila FC 
Leça do Balio vs Aparecida 

Taça A F Porto G 13 1ª Divisão  
Os Lusitanos vs Custóias FC 

Taça A F Porto G 19 2ª Divisão 
 Senhora da Hora vs S Félix da Marinha

LEÇA E LAVRENSE NÃO CONSEGUEM VENCER SEUS ADVERSÁRIOS

LEÇA ALCANÇA EMPATE FORA DE PORTAS
 
Diogo Pedras de volta aos golos

Parque de Jogos de Gondim Maia (sintético) 
Árbitro: Carlos Silva 
GONDIM 1 LEÇA FC 1 
Ao intervalo, 0-1 Golos Pedras (30) Bruno (63 gp) 

 A Equipa verde e branca alinhou da seguinte forma: 
LEÇA: Diogo, Crista, Noura (Bruno Freitas 80), André Rocha, Alex, Paulo Lopes (João Castro 80), Pedras, David (Tiago Borges 65), Marcos, Joel, Areias (Jota 65). Treinador Domingos. 

Jogo em que os leceiros foram manifestamente superiores, não traduzindo em golos a sua superioridade durante os 90 minutos. Os Leceiros recebem na próxima jornada a equipa do Oliveira do Douro. 

 LAVRENSE SAI DE CANELAS SEM PONTOS
 
Lavrense desta vez emperrou...

Estádio do Canelas – Gaia 
Árbitro: João Gonçalves 
CANELAS 2010 3 UD LAVRENSE 1 
Ao intervalo, 2-1 Golos Macaco (23) Hugo (36) Ângelo (38) e Márcio (74) 

O conjunto Lavrense apresentou a seguinte constituição: 
LAVRENSE: Zé Pedro, João Magalhães (Sousa 71), Palheira, Pedro Gomes, Abilio (Tuta 80), Amilcar, Wendel, Zé Campos, Hugo (Mesquita 46), Paulinho (Kaká 46), Tiago Carvalho (Tiago Ribeiro 46). Treinador Leandro Cunha. 

 Jogo em que teve um vencedor certo, fruto do seu maior poder ofensivo, sendo por isso mesmo mais dominador durante os 90 minutos. Próxima jornada a equipa de Lavra regressa a casa para defrontar o conjunto maiato do Gondim

RESULTADOS...


Resultados futebol sénior de Matosinhos 
2ª Eliminatória da Taça da Portugal 
FC PEDRAS RUBRAS 0 LEIXÕES SC 1 (ap) 

Divisão d´Elite Serie 1 A F Porto 2ª Jornada 
PADROENSE 2 CANDAL 0 
GONDIM MAIA 1 LEÇA FC 1 
CANELAS 2010 3 UD LAVRENSE 1 

Taça AF Porto G 8 Divisão de Honra 
FC INFESTA 2 PERAFITA 0 
VILA FC 2 DL BALIO 1 

Taça AF Porto G 13 1ª Divisão 
 CUSTÓIAS 3 AC RIO TINTO 1 
OS LUSITANOS 3 S. VÍTOR 2 

Taça AF Porto G 19 2ª Divisão 
 S CRUZ 0 SENHORA DA HORA 2

PADROENSE CONSEGUE PRIMEIRO TRIUNFO DA ÉPOCA

 
Divisão d´Elite Serie 1 A F Porto 2ª Jornada 
Estádio do Padroense FC – Padrão da Légua – Senhora da Hora. 
Árbitro: Rui Ferreira 
Ao intervalo, 1-0 Golos Hélder Duarte (17 pb) Paulinho (90 gp). 

PADROENSE: Beleza, Meneses, Miranda, Ricardo, Medeiros (Leo 81), João Pinto, André (Barbosa 81) Paulinho, Ivan (Hugo 62) Taipa e Pereira (Alex 62) Treinador Augusto Mata. 

CANDAL: Colaço, Samuel, Hélder Duarte, Cláudio Silva (Gil 27), Castro, Pereira, Vinicius (Hugo Organista 87), André Tinaia (Gilberto 46), Ben (Tiago Pereira 46), Madja Cambé e Daniel Lima (Pedro Cunha 80). Treinador Rui Conceição.

   

Jogo bem disputado com ambas as equipas focadas no alcance dos três pontos. Enfrentando-se olhos nos olhos e com sentido atacante, viria a equipa da casa a ser mais feliz, na abertura do marcador, quando Medeiros marca um livre que é desviado para a própria baliza por defensor candelense. Golo esse que abriria caminho para um triunfo justo da equipa do Padroense. Paulinho fechou a contagem na transformação de uma grande penalidade a castigar derrube de Ricardo na área da turma de gaia, à passagem do minuto 90. Próxima jornada a terceira da competição a equipa do Padroense, tem uma deslocação que se prevê difícil a Grijó.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

JOCA É JOGADOR/REFORÇO DO GDAN


Jorge Gonçalves, conhecido no futebol de Matosinhos por “JOCA” 
O avançado que fez formação no Leça FC, Nogueirense e Custóias FC, depois de ao nível sénior ter representado o emblema do Custóias e SC Senhora da Hora, é agora jogador do Grupo Desportivo Aldeia Nova, clube perafitense que depois de uma paragem de três épocas, regressa agora com a sua equipa sénior. 

Joca faz-se notar pela velocidade de execução, de corpo franzino, jamais dá um lance como perdido, é um jogador bastante evoluído ao nível técnico. Por certo será uma mais valia para a jovem equipa orientada por João Rosas, técnico que o conhece desde a época passada quando ao serviço do Senhorenses.

ASSIM VAI O FUTEBOL SÉNIOR DE MATOSINHOS


Resultados do futebol de Matosinhos

Liga Ledman-Pro 7ª Jornada
LEIXÕES 0 - VIZELA 0
AF Porto Divisão D´Elite 1ª Jornada
LEÇA 1 - CANELAS 2010 2
LAVRENSE 2 - SERZEDO 0
SC RIO TINTO 1 - PADROENSE FC 0
Taça A F Porto Grupo D Honra
LEÇA BALIO 2 – FC INFESTA 2
PEAFITA 2 - VILA FC 1
Taca A F Porto Grupo 1ª Divisão
 S. VITOR 0 – CUSTÓIAS 2
CA RITO TINTO 3 - OS LUSITANOS 3
Taça A F Porto Grupo da 2ª Divisão
SENHORA DA HORA 4 – ESCOLA 115 1

 Benvinda sejas época desportiva de 2016/2017
Iniciada as competições oficiais para os clubes de Matosinhos futebol sénior.
 Com sorte diferente está dado o ponto de partida para uma época que se deseja de sucesso para todos os clubes de Matosinhos Equipas já com algum andamento em competição, facto que dá para se conhecer sem rigor até onde podem ir nas diversas competições.

UD Lavrense com cinco jogos oficias (2 liguilha) (2 Taça) (1 campeonato), soma três vitorias um empate uma derrota
Padroense FC três jogos oficias (2 taça) (1 campeonato) soma duas derrotas e um empate
Leça FC três jogos oficiais (2 Taça) (1 Campeonato) três derrotas
FC Perafita cinco jogos oficiais (4 liguilha) (1 taça) duas vitórias um empate e uma derrota

As restantes equipas de Matosinhos, só agora iniciaram a época oficial, realizando o seu primeiro jogo.
Leça do Balio e Infesta empataram a duas bolas num confronto entre eles, Custóias venceu fora por margem que não deixou dúvidas a ninguém, os Lusitanos empataram for a três bolas e por último o SC Senhora da Hora despachou o seu adversário com uma goleada.
Longe de se fazer qualquer vaticínio ou previsão, do que será o comportamento das equipas durante esta época.
No próximo fim de semana, regressam os campeonatos da AF Porto, ou seja: Divisão de Honra, Primeira Divisão e Segunda Divisão
 Até lá mais uma semana de trabalho, na preparação das equipas com vista à melhor prestação possível.

ENTRADA DE PÉ DIREITO, ESTREIA EM GRANDE!


Divisão d´Elite A F Porto 1ª jornada 
Complexo Desportivo de Lavra
Árbitro: Vítor Costa 
LAVRENSE 2 SERZEDO 0 
Ao intervalo, 2-0 Golos Zé Campos (43 gp e 44) 

LAVRENSE: Zé Santos, Magalhães, Palheira, Pedro Gomes, Paulinho (Wendel 59), Couto, Zé Campos, Amilcar (Káká 59), Abilio, Tiago Carvalho (Mesquita 80) Hugo (Tiago Ribeiro. Treinador Leandro Cunha. 

SERZEDO: Clemente, Filipe, Luis ( Ricardo 70), André (Nando 46), Nunes, Márcio, Maia (João 46) , Arantes, Sousa, Bruno, Pedrinho (Manu 46) Edgar Ramos 

 Entrada de pé direito na estreia do clube matosinhense na divisão maior da AF Porto. Zé Campos jogador formado nos lavrenses, foi a grande figura do encontro, ao bisar na partida, dando vantagem à sua equipa traduzindo em golos a sua superioridade que mais evidente no decurso do primeiro tempo. 
A vencer muito justamente por duas bolas a zero, o conjunto comandado por Leandro cunha geriu o jogo a seu belo prazer, nunca permitindo que os gaienses conseguissem criar algum perigo para a baliza à guarda de Zé Santos

PADROENSE ENTRA A PERDER NO CAMPEONATO D´ELITE

 
Divisão d´Elite A F Porto 1ª jornada 
Estádio do SC Rio tinto- Gondomar 
Árbitro Edgar Batista 
SC RIO TINTO 1 PADROENSE 0 
Ao intervalo 0-0 Golo Bruno Teixeira (57) 

 SC RIO TINTO: Ivo, Simão, Jorge Pereira, Boni e Macieira (Carminé 46), Andrezinho, Careca, Calos Sousa (Cadinha 86), Bruno Teixeira, Maga (Ricardinho 68) e Paulo. Treinador Manuel Pinheiro 

 PADROENSE: Bruno Beleza, Meneses, Miranda, Medeiros, João Pinto (Renato 85) André (Ricardo 68), Paulinho, Rafael (Barbos 48), Ivan (Hugo 69), Taipa (Fábio 57) e Pereira. Treinador Augusto Mata 

   

Ainda na passada quarta - feira as duas equipas se encontraram para um jogo da Taça, no Padrão da Légua que terminou com uma igualdade a uma bola. 
Desta feita em casa dos gondomarenses, um golo solitário do inevitável Bruno Teixeira deu três pontos a turma local que é orientada por Manuel Pinheiro. De facto a turma do SC Rio Tinto foi quem mais fez por merecer os três pontos principalmente, no primeiro tempo, onde foi manifestamente superior ao Padroense, revelando-se muito perdulário no capitulo da finalização. No segundo tempo a equipa de Matosinhos, equilibrou a contenda e vendeu bem cara a derrota.

fotos DR 

domingo, 18 de setembro de 2016

G D ALDEIA NOVA EM PREPARAÇÃO DA SUA EQUIPA SÉNIOR 2016/17


Aldeia Nova vence Bougadense B (1-3) 
Jogo Particular 
Dando continuidade á preparação do seu plantel senior, o Aldeia Nova deslocou-se até Bougado-Trofa a fim de realizar um jogo treino com a equipa local. 
Entrando em jogo com determinação e velocidade acabou por surpreender a equipa da casa que raramente se encontrou e que viu-se encurralada praticamente toda a 1ª parte no seu meio campo. Aldeia Nova que chegou ao intervalo com o resultado em branco, pode-se queixar pela ineficácia dos seus jogadores, inclusivo, falha uma grande penalidade, ( Joca ex srª da Hora é derrubado na área, penalti sem margens de dúvida). 
2ª parte, um jogo mais equilibrado com bons lances de futebol com o revés da medalha, ineficácia dos jogadores do Bougadense e eficácia dos dianteiros do Aldeia Nova. Golos do Aldeia Nova; Simão, Dani e Vieira, tento de hora da equipa da casa, Fábio Moreira. 

 Ex srª da Hora, agora com as cores do Aldeia Nova Joca e Alex


Manuel Sá 

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

PADROENSE HIPOTECA ASPIRAÇÕES NA TAÇA

Estádio do Padroense FC no Padrão da Légua – Matosinhos
2ª Jornada do Grupo III Taça A F Porto
PADROENSE 1 S C RIO TINTO 1
Árbitro: David Silva
Ao intervalo 1-1 Golos Rafael (19`) Paulo (45`)
 
Padroense: Matos, Meneses, Medeiros, João Pinto, André (Cacheira), Paulinho (Ricardo Diogo) Rafael, Ivan, Taipa (Fábio), Pereira (Hugo Ferreira), Miranda (Barbosa) Treinador Augusto Mata.
 
SC Rio Tinto: Matos, Simão, Jorge Pereira, Andrézinho (Maga), Jean (Bruno), Carminé, Paulo, Rui (Carlos Sousa) Macieira, Bony, Careca. Treinador Manuel Pinheiro.
 
Jogo bem disputado com oportunidades repartidas em que o resultado final, espelha bem o que se passou dentro do retângulo de jogo.
A equipa do Padroense, com dois jogos já realizados, contabiliza apenas 1 ponto, praticamente hipotecou qualquer aspiração nesta competição, de igual modo encontra-se também a formação gondomarense.

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

SORTES DIFERENTES NO ARRANQUE DA TAÇA A F PORTO PARA OS CLUBES DE MATOSINHOS

TAÇA AF PORTO 1ª. JORNADA
   
GRUPO II 
Jogo no Estádio do Oliveira do Douro, em Gaia 
Árbitro Pedro Barbosa 

Oliveira do Douro: Miguel Paiva, Peçanha , Espincho, Daniel Pereira, Rui Carvalho (Cristiano 73) Edgar (Lutchindo 58), Kaká (Eiras 73) e Paulinho, Nando, nuno Pinto (China 58) e Fabinho. Treinador Rómulo Silva. 

UD Lavrense: Tiago Oliveira, João Magalhães, Palheira, Paulinho (Hugo 63) Couto (Tiago Ribeiro 73), Zé Campos, Wendel, Pedro Gomes, Amilcar (Letra 63). Treinador Lenadro Cunha. 

OLIVEIRA DO DOURO 1 UD LAVRENSE 3 
Ao intervalo: 0-0, Golos, Espincho (53 pb) Lutchindo 60, Zé Campos (89 gp) Tiago Carvalho 90+1) 

No aproveitar das oportunidades é que esteve a chave desta excelente vitoria da equipa de Matosinhos, que recebe na próxima quarta feira a equipa do Candal às 18:00. 
_______________________________________________________

Estádio do Rei Ramiro – Candal – Gaia 
Ábitro: Sérgio Ferreira 

Candal: Colaço, China, Álvaro, Hélder, Duarte e Dani Vaz, Candé, Serafim (Russo 71), Miguel Pinto (Pedro 85), Tinaia (Flávio 85), Vinicius (Ben 85) e Gilberto (Garcia 71). Treinador Rui Conceição. 

Leça FC: Padrão, Crista, Noura, Alex, Bruno Freitas (Miguel 85), Pedras, David (Álvaro 68), Marcos Silva, Jair (Joel 68), Jota (João Castro 85), Dani (Caldas 68) Treinador Domingos Barros. 

CANDAL 1 LEÇA FC 0 
Ao intervalo 0-0, Golo Duarte (55) 

A equipa do Leça não conseguiu um resultado positivo muito por culpa do golo solitário sofrido e um desacerto total na hora de rematar à baliza. A equipa do Leça recebe a equipa do Oliveira do Douro na próxima quarta feira às 18:00
______________________________________________________
  
   
GRUPO III 
Parque de Jogos de Gondim, na Maia 
Árbitro: Rui Fangueiro 

Gondim: Rui, Pedro, Lucas (Rafa 44), Bruno Duarte (Veiga 43), Hugo (Bruno 46), Leão, Ruben, Manel, Nuno, jordan (Zé d´Angola 46), André Oliveira (André Marques 60) Treinador Mário Heitor. 

Padroense: Bruno Beleza, Renato (João Pinto 46), Meneses, Miranda, Ricardo, André (Hugo 60) Paulinho (Léo 80) Rafael (Barbos 46), Ivan (Medeiros 60) Taipa e Pereira. Treinador Augusto Mata. 

GONDIM MAIA 1 PADROENSE 0 
Ao intervalo 0-0 Golo Leão (85). 

Resultado bastante lisonjeiro para os locais, pois a turma do Padroense criou lances de perigo suficientes para sair com outro resultado de Gondim. Padroense recebe no seu reduto a equipa do SC Rio Tinto na próxima quarta feira às 20:00

domingo, 11 de setembro de 2016

LEIXÕES (COM MENOS UM E PENALTI PERDOADO AOS FAFENSES) ALCANÇA NULO FORA


Estádio Dr. Machado de Matos, em Felgueiras. 
Fafe-Leixões, 0-0. 
Árbitro: Gonçalo Martins (Vila Real). 
Ação disciplinar: cartão amarelo para Fatai (55 e 67), Gonçalo Gregório (89), João Nogueira (90+4). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Fatai 

Fafe: Marçal, Vasco Cruz, Carvalho, Materazzi, Ferrinho (João Carneiro, 30), André, Landinho (João Nogueira, 85), Silvestre, Borges (Pedro Pereira, 63), Allan Júnior e Evandro. Treinador: Agostinho Bento. 

Leixões: Assis, Wellington, Bruno Lamas, André Teixeira Chiquinho, Miguel Ângelo (Manuel José, 73), Lucas, Kikas (André Salvador, 46), Silvério, Malele (Gonçalo Gregório, 84) e Fatai. Gregório.Treinador: Filipe Coelho. 

Fafe e Leixões empataram este domingo sem golos num encontro da sexta jornada da 2ª Liga, no qual os matosinhenses jogaram com menos um a partir do minuto 67. A partida iniciou-se bastante equilibrada com as duas equipas a tentarem desde cedo chegar ao golo, mas foi a formação da casa quem primeiro assustou o guarda-redes leixonense. Aos seis minutos, Landinho cruzou no lado esquerdo e Silvestre rematou forte, atirando ao poste direito da baliza do Leixões. A formação comandada por Filipe Coelho respondeu bem às investidas do Fafe, apresentando-se muito forte e coeso no setor defensivo. 

O segundo tempo iniciou-se com o mesmo ritmo dos primeiros 45 minutos e com as duas equipas a apresentarem um futebol bem disputado e com muita procura pela baliza. Mas, aos 67 minutos, o Leixões ficou reduzido a 10 jogadores, após a expulsão de Fatai por acumulação amarelos, num lance em que o árbitro do encontro entendeu simulação do leixonense quando de facto deveria ter marcado grande penalidade a favor dos matosinhenses, O Leixões passou subir menos no terreno, tentando diminuir o ritmo de jogo e passando a jogar de forma mais defensiva. Ainda assim, o Fafe não conseguiu aproveitar essa vantagem dentro de campo. O regresso da turma leixonense à competição está marcado para o próximo sábado (16h00), desta vez no Estádio do Mar, frente ao Vizela. 

 Foto Manuel Oliveira

terça-feira, 6 de setembro de 2016

EM AMBIENTE FESTIVO FOI APRESENTADO O PLANTEL DA UD LAVRENSE 2016/2017

 
No Passado Domingo dia 4 de Setembro, no Complexo Desportivo de Lavra, sob o signo da frase que se tornou um lema da família Lavrense JUNTOS SOMOS MAIS FORTES foi apresentado todos os escalões de formação da Academia UD Lavrense, e consagrados (com imposição de faixas) todos os técnicos e jogadores que compõem o plantel sénior Lavrense, pelo facto histórico jamais conseguido (Subida à Div. D´Elite Por Nacional) alcançado no play-off de manutenção/subida, a duas mãos entre o FC Perafita e UD Lavrense. 

Com uma bancada praticamente cheia a família Lavrense engalanou-se para receber os seus heróis, entre os presentes, caras bem conhecidas do desporto, da politica, da cultura e da musica matosinhense. 

Com a participação de Anabela Delgado que para além de interpretar musicas do seu repertório cantou também aquele que para muitos já é considerado o hino da UD Lavrense (Juntos Somos Mais Fortes) o evento contou também com a excelente prestação do jovem cantor matosinhense Miguel Morais (O menino da rádio) que encantou todos os presentes. 

 Este evento desportivo que teve como realizadores e criadores Flávio Silva e Fernando Ferreira (Nandinho) eles que lideram o novo projecto da Academia de formação UD Lavrense, teve como apresentador Mário Mitch e contou com a  cobertura em directo para o mundo online a cargo da Rádio Memória com os repórteres Feliciano Lima e Sofia Costa na fotografia. 

Para encerrar a excelente tarde desportiva com animação musical serviu-se como não podia deixar de ser, o prato forte da tarde, o encontro de futebol entre os homenageados (UDL) e a equipa maiata da Folgosa encontro esse que serviu para apresentar os novos jogadores da UDL e que terminou com uma vitoria caseira por uma bola a zero. 

domingo, 4 de setembro de 2016

DERROTA AO CAÍR DO PANO

 
Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães. 

Árbitro: João Mendes (AF Santarém). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Joel (34), Belly (48 e 58), Fatai (59), Silvério (84) e Castro (88). Cartão vermelho, por acumulação de cartões amarelos, para Belly (58). 

Vitória de Guimarães B - Leixões, 2-1. 
Ao intervalo: 0-1.Marcadores: Miguel Ângelo (13) Rui Gomes (78)Tyler Boyd (90). 

Vitória de Guimarães B: Georgemy, Joel (Rui Gomes, 72), Denis Duarte, Ricardo Carvalho, Konan, Castro, Kiko, André Almeida (João Correia, 65), Hélder Ferreira, Tyler Boyd e Xavier (Haashim Domingo, 65).Treinador: Vítor Campelos. 

Leixões: Assis, André Teixeira, Wellington, Silvério, Belly, Bruno China, Chiquinho, Bruno Lamas, Miguel Ângelo (Ludovic, 85), Fatai (João Lucas, 62) e Bruno Henrique (Gonçalo Gregório, 56).Treinador: Filipe Coelho. 

Expulsão de Belly complicou tudo para o Leixões 
Equipa de Matosinhos sofreu os dois golos quando jogava em inferioridade numérica 

Nos minutos iniciais, as duas equipas exibiram um futebol apoiado, apesar de jogado com um ritmo baixo, e a turma de Matosinhos acabou por chegar ao golo aos 13 minutos, num lance em que Miguel Ângelo se enquadrou com a baliza de muito longe e desferiu um remate que acabou no fundo das redes, deixando Georgemy sem reação. 
Os vimaranenses foram incapazes de encetar uma reação consistente, e, até ao intervalo, foi o conjunto de Filipe Coelho que esteve perto de dilatar a vantagem, em remates de Chiquinho, aos 33 minutos, de Bruno Henrique, aos 34', e de Miguel Ângelo, aos 38'. 
O Vitória B apareceu melhor no segundo tempo e ameaçou o empate por Xavier, num remate aos 48 minutos e num lance aos 51', em que falhou a emenda para a baliza após erro de Assis, mas os leixonenses responderam por Chiquinho, aos 57', antes de ficarem reduzidos a 10 jogadores no minuto seguinte, quando Belly viu o segundo cartão amarelo. 
A partir daí, os vitorianos instalaram-se no meio-campo contrário, e, apesar da boa organização defensiva leixonense, chegaram ao empate aos 78 minutos, num remate cruzado de primeira, indefensável para Assis, já após o remate de longe de Kiko ter embatido na trave, aos 74'. 
A equipa de Vítor Campelos lançou-se em busca do triunfo no último quarto de hora e acabou por consegui-lo mesmo no fim do tempo regulamentar, num lance de contra-ataque em que Rui Gomes enviou um 'chapéu' à trave, e, na recarga, Tyler Boyd atirou para o fundo das redes. 

In Lusa

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

LAVRENSE CARIMBA PASSAPORTE DA ELITE

 
Estádio do FC Perafita – Perafita Matosinhos 
Play-off de acesso à Divisão d Élite 2016/17 - 2ª Mão 
 Árbitro Manuel Silva 
Ao intervalo, 0-0, Marcador: Paulinho (82) 
3-4 nas grandes penalidades 

FC Perafita: Bruno Monteiro, Pelé, Zé Augusto, Morgado e Dany (Postiga 65`); Gui, Marco Fafiães, Barbosa (Queimado 59); Fábio loureiro (Manel 65), Chico e Williams. Treinador Paulo Gentil. UD 

Lavrense: Zé Pedro, João Magalhães, Palheira, Cuca e Abilio, Hugo (Tiago Ribeiro70), Zé Campos e Wendel; Tiago Carvalho, Kaká 34 e Amilcar (Paulinho 78). Treinador Leandro Cunha.

 
Os Perafitenses receberam no seu reduto o vizinho de Lavra com uma vantagem de um golo, trazido da primeira mão. Conscientes das dificuldades e daquilo que tinham de fazer, os homens comandados por Leandro Cunha, dominaram por inteiro o segundo tempo deste desafio, fazendo jus à vitoria final, que não foi mais gorda porque encontraram pela frente um Bruno Monteiro ao seu melhor nível evitando males maiores para a sua equipa. Paulinho foi o herói da tarde ele que cometeu a proeza de marcar o golo que levaria o encontro para as grande penalidades. Aí Wendel marcou o penalti decisivo e que apurou o Lavrense

   

Coube em sorte, o melhor final para os visitantes que venceram por 3-4 carimbando o passaporte (que lhe tinha fugido inextremis a época passada) da Divisão d´Elite. Depois foi…bem foi o festejar com entusiasmo até altas horas da madrugada…jamais a UD Lavrense esteve neste patamar, ou seja na principal divisão da AF Porto 
Ao Perafita resta a esperança de defrontar o Canidelo (Vencido também) na próxima eliminatória a duas mãos (1 e 7 de Setembro) para tentar não sair da Divisão D´Elite caindo para a Divisão de Honra. 

Fotos Sofia Costa (Radio Memória)

domingo, 28 de agosto de 2016

TRÊS PRIMEIROS PONTOS VALEM FUGA À ZONA DE DESPROMOÇÃO

 
5ª jornada da II Liga 
Estádio do Mar, em Matosinhos. 
Leixões - Varzim, 3-0. 
Árbitro: Fábio Veríssimo (Leiria). 
Ao intervalo: 1-0. Marcadores:Miguel Ângelo, (44) Jeferson, (51 pb) Bruno China, (54). 

Leixões: Assis, André Teixeira, Wellington, Silvério (Freitas, 68), Belly, Bruno China, Chiquinho (Kikas, 61), Bruno Lamas, Miguel Ângelo (Shiao Wei, 76), Fatai, Bruno Henrique Treinador: Filipe Coelho. 

 Varzim: Paulo Vitor, Nélson Agra, Sandro, Jeferson, Delmiro, Leonel Olímpio, Tiago Alves, Nelsinho (Diego Barcelos, 59), Organista Villagrán, 46), Rui Coentrão e Romário (Rui Costa, 69).Treinador: Armando Evangelista. 

Em busca da primeira vitória na prova, a equipa da casa enfrentou um adversário que usou o seu poder físico para tentar condicionar as ações dos locais, que só no minuto 11, num remate ao lado de Chiquinho, esteve perto de marcar. 
 Os poveiros apostaram em lances de bola parada e, num deles, aos 27 minutos, na sequência de um livre indireto, Romário antecipou-se à defesa do Leixões e desviou de cabeça, mas a bola acabou por falhar o alvo. 
 Do lado direito do ataque dos locais, Fatai começava a mostrar serviço e, depois de servir Bruno Henrique (37), que saiu para as mãos do guarda-redes, esteve no lance decisivo da primeira parte. Aos 44 minutos, o extremo surgiu na área a rematar para defesa para a frente de Paulo Vitor, a que Bruno Henrique não chegou, surgindo na sobra Miguel Ângelo a 'encher o pé' e a abrir o marcador. 
 E se o Leixões foi para o intervalo contente, a satisfação redobrou quando entre os 51 e 54 minutos, quando apontou mais dois golos e prenunciou a primeira vitória da época na II Liga. 
 O primeiro surgiu de um autogolo de Jeferson, aos 51 minutos, após livre de Bruno Lamas, e o segundo quando Bruno China se viu sem marcação à entrada da área a atirou forte para o fundo das redes, aos 54. 
 O Varzim procurou meter velocidade no seu jogo e Rui Costa (72), na área, obrigou Assis a defesa apertada para canto, resolvendo com facilidade, até final, as outras investidas poveiras.

IN LUSA

domingo, 21 de agosto de 2016

PEDRINHO ENCONTRA-SE DISPONÍVEL PARA RUMAR A OUTRO CLUBE

Pedrinho, 20 anos 1m75, 67kgs, formado nos escalões de formação de Salgueiros e Oliveira Douro. 
Fez o seu primeiro ano de sénior ao serviço do Leça FC, sendo várias vezes utilizado. 
O lateral direito, esta livre de compromisso depois de ver os seus serviços dispensados pelos responsáveis técnicos do Leça. 
 A caminho do seu 2º ano de sénior Pedrinho procura clube que lhe ofereça as melhores condições necessárias para desenvolver o seu trabalho, forte ofensivamente faz da sua grande humildade e vontade de trabalhar as suas grandes armas para vingar no mundo do futebol

LEIXÕES CONSENTE REVIRAVOLTA PORTISTA

 
Estádio do Mar, em Matosinhos. 
Terceira jornada da 2.ª Liga 
Leixões-FC Porto B, 1-2. 
Árbitro: Luís Godinho (Évora). 
Ao intervalo: 1-1.Marcadores:, Chiquinho (24) Rui Pedro(40; e 81) 

 Leixões: Assis, André Teixeira, Cadu (Wellington, 52), Silvério, Belly, Bruno China, Chiquinho (Bruno Henrique, 82) Bruno Lamas, Manuel José, Ludovic (Fatai, 60) e Gonçalo Gregório. Treinador: Filipe Coelho. 

 FC Porto B: João Costa, Rodrigo, Verdasca, Chidozie, Luís Mata, Tomás Podstawski, Fede Varela (Sérgio Ribeiro, 69), Graça (Rui Pires, 83), Galeno, Rúben Macedo (Cláudio, 65) e Rui Pedro. Treinador: Luís Castro. 

O jogo decorreu sem público devido ao castigo (dois jogos à porta fechada) aplicado pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol por comportamentos racistas por parte dos seus adeptos, pena confirmada depois pelo Conselho de Justiça. 

Depois de terem cumprido um deles na época passada, este foi o segundo jogo em que o Leixões teve de encerrar as portas. Chiquinho abriu o marcador aos 24 minutos, com um remate de fora da área, respondendo Rui Pedro, aos 40, numa finalização na área leixonense, a fixar o resultado ao intervalo. O mesmo jogador consumou a reviravolta para os portistas, aos 81 minutos. 
Ainda sem marcar golos na 2.ª Liga, o Leixões chegou à vantagem após uma boa combinação de Chiquinho com Bruno Lamas, que deixou o primeiro na cara do guarda-redes, para uma finalização para o poste mais afastado. 

Rui Pedro, que aos 14 minutos, de cabeça, perdera o golo inaugural, redimiu-se ao minuto 40, quando recebeu na área, rodou e atirou pelo meio de uma 'floresta de pernas' para lograr o empate. 
Numa primeira parte muito animada, destaque ainda para as tentativas de Tomás Podstwaski (29), Manuel José (42) e Rui Pedro (45), que levaram perigo às balizas contrárias. 

Na segunda, e sem que nenhuma das equipas conseguisse impor o seu jogo, valeu o golo de Rui Pedro (81), que, após receber de Cláudio, driblou na área um defesa antes de 'picar' a bola sobre Assis, acabando por fazer a diferença e definir o resultado.

LUSA

ACESSO À ELITE, PERAFITA LEVA VANTAGEM.

 
Complexo Desportivo de Lavra 
 Liguilha acesso à Divisão d Élite 2016/17 - 1ª Mão 
 Árbitro Rui Eiras
UD LAVRENSE1 FC PERAFITA 2
Ao intervalo, 1-1, Marcadores: Gui (10`) Hugo (46`) Fábio loureiro (79`) 

 UD Lavrense: Zé Pedro, Amilcar, Pedro Gomes, Cuca e Abilio (Mesquita 68`); Hugo (Letra 80`), Zé Campos e Couto; Tiago Carvalho, Tiago Ribeiro (Kaká 34) e Paulinho (Wenndel 68`) . Treinador Leandro Cunha. 

FC Perafita: Bruno Monteiro, Pelé, Zé Augusto, Morgado e Dany (Manel 78`); Gui, Marco Fafiães, Barbosa (Queimado 58); Fábio loureiro, Chico (Postiga 78`) e Williams. Treinador Paulo Gentil. 

Grande tarde desportiva em Lavra onde o publico aderiu com se esperava, dado a importância do derbi de Matosinhos. 
Bancada central completamente cheia com bastantes caras conhecidas do mundo do futebol e da politica também… 
Começa melhor os visitantes com mais pressão sobre o portador da bola, desferindo perigosos contra ataques…, aos dez minutos o FC Perafita fez o primeiro por intermédio de Gui. A equipa da casa reage ao golo sofrido,assumindo as despesas do jogo, mas só em cima do intervalo é que chegou à igualdade por Hugo que contou com a preciosa ajuda do guarda-redes Bruno Monteiro que ficou bastante mal na fotografia (remate à flor da relva, fraco que Bruno Monteiro deixou passar por de baixo do corpo, dando um frango monumental)

   

No segundo tempo, o equilíbrio, foi a nota dominante, com o Lavrense, com mais posse de bola sem com tudo criar perigo junto à baliza do Perafita. E seria o FC Perafita a marcar o segundo golo que lhe valeu uma vitoria preciosa, Postiga que entrara um minuto antes assiste Fábio Loureiro que mais não fez de encostar para o fundo das redes. Kaká ainda mostrou o inconformismo da equipa da casa, mas foi a turma azul e branca que esteve perto de ampliar a vantagem por Marco Fafiães que tabela com Postiga e atira a malha lateral. Até ao fim o resultado não sofreu alteração terminando com uma vitoria justa para o conjunto perafitense. 
2ª mão é já no próximo domingo dia 28 em Perafita.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC