segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

LAVRENSE 2 SC COIMBRÕES 2 (SUB 19) E RESULTADOS DA JORNADA INAUGURAL


Jornada inaugural da 1ª Div da AFPorto “juniores A” 

Jornada inaugural com sorte diferente para as equipas de Matosinhos. 
Padroense FC deslocou-se até Vila do Conde e sofre pesada derrota 4 x 0 com o Rio Ave FC assim como o FC Infesta que foi goleado pelo FC Avintes por 6 x 1, quanto ao dérbi de Matosinhos, Leça FC leva a melhor sob o Leixões SC e vence o dérbi por 1 x 0, UD Lavrense e SC Coimbrões empatam a 2 bolas num jogo emotivo e bem disputado. 

UD Lavrense x SC Coimbrões 

Com uma entrada audaz e determinante e a praticar um futebol directo, os jovens de Lavra surpreenderam o seu adversário que durante a primeira parte não conseguiram por em prática o seu futebol. Ao minuto 28 o jovem avançado “Barreira” numa arrancada do seu meio campo inaugurou o marcador para a equipa da casa, que vai para o intervalo a vencer por uma bola a zero. 

2ª parte deu logo para perceber que o Coimbrões vinha com uma atitude totalmente diferente e começou logo por tomar a iniciativa do jogo e obrigar o Lavrense a recuar e a ter que jogar em contra ataque, a persistência dos jovens de gaia deu frutos com “Rafa” a empatar o jogo ao minuto 65 através de uma grande penalidade. Com a proximidade do termino do jogo, assistiu-se a um bom jogo de futebol, com o Coimbrões a ter mais posse de bola e o Lavrense a lançar rápidos e perigosos contra ataques. Na marcação de um livre indirecto “ Paulo Basto” antecipa-se á defesa do Coimbrões e faz o 2 x 1 para a sua equipa, festejos tiveram pouca duração, com “Branquinho” após jogada de insistência a restabelecer o resultado final 2 x 2 . 

Pela boa 1ª parte por parte do Lavrense e pelo que fez na 2ª parte o Coimbrões, o resultado é justo e acaba por premiar as duas equipas pelo bom e emotivo jogo de futebol. 
Com boa arbitragem por parte do trio: Carlos Campos, Jorge Silva e Gustavo Correia. 

UD Lavrense:Nuno Santos, Renato Rocha, Renato Cruz, Paulo Basto, Ricardo Valente, Pedro Teixeira. João Azevedo, Ruben Nogueira, José Barreira, Jorge e Rui Soares (Cap) Suplentes: Vitor Silva, Nuno Guedes, Daniel Paquete, Paulo Baptista, Tiago Nogueira, Luis Teixeira e Nuno Pereira 

SC Coimbrões: Diogo, Moreira, Alex, Sousa, Bruno, Zé João, Marco Mendes, Angelo, Vitor Hugo, Branquinho e Renato Suplentes: Carlos, Canedo, Rocha, Ribes, Pedro Reis, Rafa e Baltar 

Manuel Sá

DIVISÃO DE HONRA - INFESTA, LAVRENSE E CUSTÓIAS JUNTOS E MISTURADOS (MAS OS LOUROS VÃO PARA O MISTER JOCA)

Divisão de honra da AF Porto 2014/2015 
Maia Lidador 1 Lavrense 0 - Custóias FC 0 Vila FC 2 - Infesta 0 Baião 2, estes os últimos resultados obtidos pelos clubes de Matosinhos inseridos nesta divisão. 

Curiosamente os três clubes matosinhenses ocupam as três últimas posições da tabela classificativa, isto quando já estão três jornadas realizadas. De facto, Infesta, Lavrense e Custóias saíram derrotados nos três jogos realizados. 

António Formoso, José Pacheco e Mário Rui, técnicos das respectivas equipas, têm em comum os mesmos objectivos, e com certeza servem-se de uma máxima do futebol e de muitas coisas da vida comum (Só conta como acaba e não como começa). 

Curiosamente também, os lideres (Pedrouços AC) incontestados desta divisão, são orientados tecnicamente por um matosinhenses de gema (Jorge Marinho JOCA) coadjuvado por Pedro Silva, outro filho da terra que um dia viu dar à costa uma escultura de Cristo sem braço. Ao contrário das suas congéneres, o Pedrouços AC, conta como vitórias os três jogos já disputados. Mas sem tirar o mérito aos maiatos…isto só conta mesmo com acaba e não como começa, mas candeia que vai à frente ilumina duas vezes…

SÃO MARTINHO NÃO FACILITA E DERROTA LECEIROS NO SEU REDUTO

 
Divisão D´Elite Pro Nacional AF Porto 4ª Jornada 
Estádio do Leça FC – Leça da Palmeira 
Árbitro, Sérgio Ferreira. 
Leça F.C. 0 São Martinho 2 
 Ao intervalo, 0-0, marcadores Matos(67) e Cheta(79 gp) 

Leça F.C: Sergio, Hugo Fernandes, Meneses, Turé(Marcelo 81),Bruno Vaz, Marco Fafiães (Guilherme 68),Mário Ferreira, Caldas(Hugo,,68), Pedras, Miguel Nogueira e Fabrice(Lico 46).Treinador Pedro Soares. 

AR São Martinho: Mata, Rufino, Bruno Santos, Costa e Macieira; Ratinho, Cascavel (Cheta 71) e Mica (Dani 59), Ricardinho, Carlitos, Matos (Paulo Gomes 71). Treinador António Gaiteiro 

Os campenses liderados pelo matosinhense António Gaiteiro, fizeram jus à condição de lideres isolados e passaram com distinção este difícil teste. A equipa do São Martinho, encarou este jogo com forte determinação e entraram em campo dispostos a resolver o encontro rapidamente. À passagem da meia hora de jogo, já os visitantes tinham enviado duas bolas aos ferros da baliza de Sérgio, tendo inclusive criado uma situação de golo eminente, quando a bola foi salva sobre o linha de baliza por um defensor leceiro. Antes do intervalo, os leceiros que de alguma forma equilibraram o jogo, dispuseram de uma boa chance para marcar, quando Miguel Nogueira, rematou muito por cima da baliza de Mata. 

 No segundo tempo o jogo foi mais equilibrado, até a altura que mister Gaiteiro, resolve mexer na sua equipa, fazendo entrar Paulo Gomes, passando Carlitos para zona mais interior, o próprio abriu o livro e oferece o primeiro a Matos, o segundo golo, o mesmo que ditou o resultado final, foi obtido por outro matosinhense (Daniel Cheta) de grande penalidade que o mesmo conquistou (falta de derrube de Meneses). Até ao final, a turma leceira bem tentou reduzir, mas sem o sucesso pretendido.

António Gaiteiro treinador do São Martinho “ Sabia-mos e estávamos precavidos para este desafio, conscientes do valor do adversário, entramos de uma forma consistentes na procura do golo (…) Somos lideres é certo, mas isto não termina como começa mas sim quando acaba, o nosso pensamento, passa por lutar pelos três pontos em cada jogo e no final fazemos as contas.”

LEIXÕES VENCE COM DOIS ESTREANTES A MARCAR

 
Estádio do Mar, em Matosinhos 
Árbitro: João Malheiro Pinto. 
Leixões -Trofense, 2-1. Ao intervalo: 1-1. Marcadores:1-0, Tiago Lenho, 20 minutos.1-1, Nanissio, 35'.2-1, Preciado, 47'.

Leixões: Chastre, Gonçalo Graça, Orlando, Pedro Pinto, João Viana, Tiago Lenho, Moedas, Chiquinho (Cadinha, 62'), Mendes, Ricardo Valente (Alemão, 67') e Preciado (Yuanyi Li, 76').Treinador: Horácio Gonçalves. 

Trofense: Diogo Freire, Miguel Ângelo (João Pedro, 67'), Eduardo Enrique, Jairo, Tiago (Jorge Inocêncio, 80'), Portuga (Njengo, 86'), Tiago, Nanissio, Rateira, Hélder Sousa, Dário, Bryan Riascos.Treinador: Porfírio Amorim. 

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Jairo (22' e 59'), Moedas (45'), Mendes (57'), Nanissio (90'+4). Cartão vermelho por acumulação de cartões amarelos para Jairo (59'). 

O Leixões venceu o Trofense, em jogo da oitava jornada da 2.ª Liga, graças um golo apontado por Tiago Lenho, no primeiro tempo, e a outro de Preciado, no início da segunda parte. Sempre mais dominador e a utilizar bastante o contra ataque, a turma de Horácio Gonçalves foi mais eficaz e criou varias situações de perigo muito por causa do inconformado Valente apesar de ter ficado em branco. Por seu lado Tiago Lenho e Preciado fizeram os golos do Leixões que viria a dar os três pontos, eles que se estrearam a marcar pelo clube. Naníssio, de longe e com um potente remate, fez o único golo dos homens de Porfirio Amorim. No próximo fim de semana defrontamos, em Vizela, o Santa Eulália em jogo a contar para a Taça de Portugal.

Horácio Gonçalves, treinador do Leixões “ fomos muito perdulários e convidamos o adversário a acreditar no empate (…) mas o fundamental foi conseguido, a conquista dos três pontos”

terça-feira, 16 de Setembro de 2014

ACADEMIA DE FUTEBOL DO PADROENSE EM GRANDE


Com a pré época a caminhar a passos largos para o término, o Padroense FC não dá tréguas na preparação dos seus jovens craques. Em visita á sua academia, fiquei maravilhado com a quantidade e qualidade de jovens a praticar o seu desporto favorito, “futebol”, do mais pequenino ao mais graúdo, todos a aplicarem-se na mostra dos seus dotes futebolísticos, com imensa garra, postura e empenho, não deixando ficar para traz a alegria e boa disposição. 
A boa organização, empenho, dedicação e competência dos seus treinadores e adjuntos, é notório nos diversos jogos treinos que têm vindo a realizar, com bons resultados e bom desempenho por parte dos jovens atletas do Padroense FC. Esta semana o realce vai para a equipa dos sub 11 que foram até terras Maiatas, concretamente a Gondim da Maia, realizar um jogo treino contra equipa local o . 
Um jogo que já saiu do contexto pré época, pela forma como fui jogado, boas movimentações, um empenho de entrega total, com a procura do golo sempre constante por parte das duas equipas, um fair play gratificante, pelo que os jovens craques fizeram e demonstraram em campo o empate premeia as duas equipas. 
Pela entrega, empenho e desportivismo, deixo aqui o meu apreço e parabéns ás duas equipas que deram um espectáculo de como se joga futebol sem descoroar a alegria e o fair play. 

Manuel Sá

2ª VITÓRIA CONSECUTIVA NA ELITE PARA TURMA LECEIRA (PEDRAS OUTRA VEZ DE SERVIÇO)

3ªJornada Divisão Pro-Elite 
Complexo Desportivo de Serzedo- Gaia 
Arbitro João Santos
Serzedo 0-1 Leça FC Ao intervalo, 0-1 golo Pedras (44) 

Serezedo: César, Pacheco, Cruz, Joel, Joanzinho (Pedro Henrique (80), Moreira (Óscar 60), Viana, Barbosa (Faria 45), João Alves, Bruninho (Tiago Santos 60) e Braga (Filipe 84). Treinador Filipe Ribeiro 

Leça FC : Sergio, T Moura (Vitor 68), Menezes ,Turé, Bruno Vaz, Marco Fafiães , Hugo, Mario(Wendell 46),Pablo(Dário 82), Fabrice(Miguel Nogueira 68) e Pedras (Lico 68).Treinador Pedro Soares 

 O Leça deslocou-se ao reduto do Serzedo e averbou uma preciosa vitória fora de portas. O jogo iniciou-se com uma toada de equilibrio, com o Serzedo a tentar impor o seu jogo ,procurando controlar a posse de bola, o Leça nunca se deixou dominar colocando sempre a defensiva contrária de sobre aviso. O jogo mantinha-se bem disputado contudo sem grandes ocasiões de golo, o Leça ia criando os lances de maior "frisson" em transiçoes rápidas aproveitando da melhor forma o momento de perda de bola do seu adversário. Numa dessas transiçoes Pablo aparece na cara do Guardião Cesar, sendo derrubado, o arbitro assinalou a respectiva grande penalidade e o guardião viu o 2º cartão amarelo,s endo dessa forma expulso. Na sequência do lance Pedras fez o golo. Na jogada seguinte Pedras podia ter feito o 2º golo Leceiro, mas não foi feliz e desperdiçou a oportunidade de deixar o Leça com 2 golos de vantagem. 

N 2ª parte a turma leceira não conseguiu impor o seu jogo sendo mesmo dominada em grande parte desta 2ª parte pelos homens do Serzedo, que mesmo em inferioridade numérica tudo fizeram para chegar ao empate. Nesta fase o Leça não conseguia sair em transições com o mesmo critério que havia conseguido na etapa inicial, e mesmo quando chegava com perigo junto da defensiva local, o ultimo passe e a decisão final não eram as mais acertadas. O jogo terminou com o resultado da primeira metade da partida.

domingo, 14 de Setembro de 2014

VALENTE BIS NA RECEPÇÃO AO AVES

6.ª jornada da 2.ª Liga, 
Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos 
Árbitro: Carlos Xistra. 
Leixões-Aves, 2-1. 
Ao intervalo: 1-0.Marcadores:1-0, Ricardo Valente, 11 minutos. 2-0, Ricardo Valente, 83. 2-1, Mauro Caballero, 90+3 (grande penalidade). 

Leixões: Chastre, Gonçalo Graça, Orlando, Zé Pedro, João Viana, Tiago Lenho (Rui André, 79'), Moedas, Cadinha (João Novais, 63'), Mendes, Leandro (Yuanyi Li, 70') e Ricardo Valente. Treinador: Horácio Gonçalves. 

Aves: Quim, Marco André (Zé Valente, 65'), Romaric, Miguel Vieira, André Dias, Luís Manuel (Caballero, int), Tito, Grosso, Pedro Pereira (Perdigão, 76'), Andrew e Renato Reis. Treinador: Fernando Valente. 

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Tiago Lenho (20'), Grosso (35'), Pedro Pereira (51'), Mauro Caballero (59'), Ricardo Valente (71'), Moedas (81'), Andrew (85'), Tito (89'), Zé Pedro (90'+2 e 90'+5). Cartão vermelho por acumulação de cartões amarelos para Zé Pedro (90'+5). 

 O Leixões venceu, em pleno Estádio do Mar, o CD Aves voltando assim a somar os três pontos em casa. Valente abriu o marcador à passagem do minuto 13 para turma de Matosinhos perante um Aves que se mostrou apático perante os bebés do Mar que sempre mostraram mais qualidade muito motivada pela entrada de Tiago Lenho que veio dar dinâmica ao encontro. Até ao intervalo o Leixões esteve mais perto de ampliar a vantagem do que os visitantes de fazerem o primeiro! Após o descanso, a equipa de Horácio Gonçalves (que estreou três jogadores: Tiago Lenho, Leandro e Li) manteve-se por cima do adversário e a vantagem viria a ser ampliada já perto do apito final (87') pelo mesmo homem tornando-o um caso sério no ataque leixonense. Já depois dos 90' o Aves ainda viria a reduzir o marcador mas já não foi suficiente para inverter o rumo dos acontecimentos. Quarta-feira, a partir das 17:00, há novo jogo mas desta vez em Freamunde para mais uma jornada desta longa maratona que é a Segunda LIGA.

CASTIGO DEMASIADO PESADO PARA OS SENHORENSES (SCSHORA 0 DL BALIO 5)


Taça Brali A F Porto 
Estádio do Sport Clube Senhora da Hora 
Árbitro: Sandra Santos 
SENHORA DA HORA 0 LEÇA DO BALIO 5 
Ao intervalo, 0-2 Golos Shev (4) Hugo (43 e 70), Ramalho (68 pb) Ivo (73) 

SENHORA DA HORA: Pinto, Fabinho (Pedro Branco 75), Manu, Ramalho e André; Joãozinho, Rochinha e Joel; Serginho (Piasca 60), Cesário e Joca (Serrão 60) Treinado Flávio Silva, por impedimento de Nuno Gonçalves. 

LEÇA DO BALIO: Miguel Mota, Carlitos, Cardigos, Hugo Soares, Cardoso (Pedro 75), Carlos Diogo (Brás 75), João Machado, Edu, Hugo (João Pinto 75), Shev (Soberano 61)e Ivo. Treinador Mário Heitor

 
Num jogo com pouca história tal foi a superioridade dos visitantes que fizeram da eficácia a sua arma que desequilibrou a contenda a seu favor. No entanto pode mesmo dizer-se que este resultado é demasiado penalizador para a jovem equipa senhorenses, que desfalcada de alguns elementos importantes, não teve a sorte do jogo, tendo inclusive desperdiçado algumas oportunidades. A arbitragem de Sandra Santos, teve alguns equívocos, apresentado mesmo uma dualidade de critérios, quase gritante. Em suma um vitória justa dos balienses, por números exagerados, os senhorenses pelo que apresentaram hoje, deram notas interessantes, mas com tudo, com muito trabalho pela frente para ser realizado. Os balienses embora com muito por fazer no futuro, já demonstraram serviço bastante positivo.

terça-feira, 9 de Setembro de 2014

FUTEBOL FEMININO DO D LEÇA BALIO


Ao falar do futebol de formação, geralmente nem sempre nos lembramos do futebol feminino, das jovens que optaram por marcar a diferença do eu quotidiano ao trocarem os saltos altos, por umas chuteiras e mesmo não tendo o devido reconhecimento, encaram o seu objectivo desportivo com paixão e alma e fazem o que mais gostam, jogar futebol. 
Para dar conhecimento do panorama de uma equipa, pedimos um pequeno comentário aos técnico da equipa feminina do Desportivo de Leça do Balío, o seu treinador Fernando Pinto e á treinadora adjunta Cátia Silva: FP: Começo por agradecer à direcção do Desportivo do Leça do Balío pela oportunidade que nos tem proporcionado em podermos estar envolvidos com este grupo fantástico. Quero também agradecer ao Senhor Manuel Sá pelo excelente trabalho que tem realizado em prol do futebol de formação e em especial com o futebol feminino. Tomamos conta da equipe em Setembro de 2012, desde então tem sido um caminho longo e difícil. 
A primeira época 2012/13 penso ter sido a mais complicada para nós, com atletas novas na equipe, também jovens em idade e na modalidade de futebol. 
Durante essa época tivemos algumas atletas a abandonar o clube, tendo terminado a época apenas com 7 jogadoras necessárias para o jogo. Na época passada 2013/14 recebemos novas atletas, sendo para a maioria delas a primeira experiência no futebol. 
Não podemos dizer que foi uma época fantástica em termos desportivos porque não foi, mas tivemos os nossos bons momentos amealhando alguns pontos ao longo da época. O maior desafio lançado pela direção para o escalão Feminino era formar uma equipe com quem pudéssemos contar para esta nova época que estamos a começar e esse objetivo foi conseguido, formamos uma equipa com um balneário excelente com bom ambiente e estamos felizes por isso. 
Da nossa chegada ao clube a primeira condição foi criar uma equipe onde as atletas gostassem de praticar desporto neste caso futebol, se sentissem bem no clube e acima de tudo Fair-Play, não só para com as colegas mas para com as adversárias e tudo o resto que estivesse envolvido no jogo. 

Para a nova época que agora estamos a começar o primeiro objetivo será sempre o mesmo, formação das atletas para o futebol feminino e bem-estar no desporto. Já para nós equipe técnica os objetivos são mais exigentes, não descuidando o principal objetivo que já foi frisado pela direção mas queremos uma época desportiva com mais sucessos, fazer o máximo de pontos possíveis mas também apresentar um bom futebol para podermos pensar ir mais longe no futuro. Quero desde já desejar também as outras equipes de futebol feminino uma boa época e muito fair play. CS: Ambição ? Coragem ? Perseverança? Talvez estes três objetivos explicam bem aquilo que é a trajectória do DLB Feminino nestes últimos anos. Pegar em algumas “miúdas” e recriar uma equipa praticamente desfeita não se avistava como um objetivo fácil de ser cumprido.
E não o foi e nem o é, com altos e baixos, mas sempre com muita dedicação embarquei num pequeno barco que me proporcionou uma segunda família. Sim família, porque é assim que descrevo este “tal grupo de miúdas” que conheci em 2012. 
Com pouca experiência como treinadora mas sempre com muito espirito de aprendizagem fui aprendendo a lidar com um grupo de adolescentes que gostavam de jogar à bola mas pouco ou nada sabiam o que era jogar futebol.
 Pois, mas foi assim que nasceu esta oportunidade de pertencer a um clube pequeno mas grandioso nas pessoas que o constituem e que lhe dão vida. Deixando para trás aquilo que foi o primeiro ano com imensas dificuldades e com um último lugar na classificação, digo sempre e repito, foi com este ultimo lugar que crescemos e que aprendemos, sem vergonhas e com cabeça bem levantada. 
Posso a partir daqui descrever aquilo que nos propomos para esta nova temporada de 2014-2015. 

Nada mais nada menos que mais um ano de aprendizagem e crescimento e a procura por uma boa classificação na primeira metade da tabela. Temos vindo a crescer aos poucos, sempre a um ritmo moderado, mas o nosso objetivo é sempre tentar fazer melhor que a época transata, é assim que temos encarado o desafio que é este campeonato de sub-19 Feminino da A.F.Porto. 
Este ano apresentamos um grupo com poucas alterações em relação à época anterior, com mais experiência e sempre com muita vontade. Não garantimos aqui a conquista de um titulo, porque sabemos e percebemos as nossas limitações, contudo, não deixamos de trabalhar e de nos esforçar para tentar sempre o melhor. Afirmando mais uma vez, aquilo que pretendemos é superar o sétimo lugar que conseguimos o ano passado e demonstrar bom futebol, com posse e circulação de bola. Fazer crescer estas “miúdas” seja para o futebol como para as suas vidas pessoais, é aquilo que mais prazer me dá em pertencer a este grupo e a este clube que é o Desportivo Leça do Balio. Finalizo este texto desejando a todas os clubes do Campeonato de Sub-19 Feminino da A.F.Porto uma excelente época e que possamos todos juntos oferecer mais qualidade e futuro ao futebol feminino nacional. 

Manuel Sá

PERAFITA COM 10 UNIDADES RESISTIU ATÉ PERTO DO FIM


2ª JORNADA DA DIVISÃO D´ELITE A F PORTO
Cidade Desportiva de Paredes
Árbitro: Vítor Ribeiro
ALIANÇA DA GANDRA 1 PERAFITA 0
Ao intervalo 1-0, golo André (85)

A GANDRA: Rica, Marcelo, Rui, Celso, Carlos, Cerqueira, Brito, (Ricardo Barros 83), Poeira, André, Manuel Luís, Joca (Zé Alberto 66), Treinador Mário Rocha 

 PERAFITA: Artur, João Pedro, Ricardo, Castro, Bruninho, Toninho, Gonçalves (Magalhães 84), Paulinho (Eduardo 65), Tinaia, Lutchindo, Andrade. Treinador Manuel Matias 

 Com menos uma unidade praticamente todo o segundo tempo (João Pedro foi expulso ao minuto 55) a equipa comandada por Manuel Matias conseguiu resistir até ao minuto 85, ao forte pressing dos visitados que selaram a vitória e conquistaram os três pontos através de uma bonita jogada concretizada por André

CHUVA DE PEDRAS (o avançado leceiro bisou na partida)

2ª JORNADA DA DIVISÃO D`ELITE A F PORTO. 
Estádio do Leça FC – Leça da Palmeira 
Árbitro Gustavo Correia 
LEÇA 3 S. PEDRO DA COVA 2 
Ao intervalo, 2-1, golos Pedras (9 e 76) Paulo Oliveira (30) Reuss (89) 

LEÇA: Sérgio, Moura, Meneses (Mário 74), Touré, Bruno Vaz, Marco Fafiães (Miguel 74), Hugo, Pedras (Wendel 84), Pablo (Vítor 74), Lico (Guylherme 46) Fabrice. Treinador Pedro Soares 

S. PEDRO DA COVA: Maia, Marcos (Diogo 74) Carlos, Artur e César (Carlão 93) Tiago Veiga, Tozé (Pedrinho 46), Coentrão, Reuss, Paulo Oliveira, David Sousa. Treinador César Pinho 

 Com uma entrada forte e motivada para a assumir o comando do jogo, os leceiros cedo chegaram a vantagem através de PEDRAS, os mineiros lá foram aguentando o pressing dos da casa e em cima do minuto 30 chegam à igualde que diga-se lisonjeira para a equipa gaiense. Em cima do intervalo FRABRICE dá vantagem de novo aos verde e brancos vantagem essa mais que merecida No segundo tempo e depois dos visitantes estarem perto de igualar a partida de novo, Pedro Soares de uma assentada faz três substituições, na sua equipa e o resultado surtiu efeito, o Leça começa a comandar de novo as operações e PEDRAS bisa no encontro fazendo o terceiro para a sua equipa. Em cima do minuto 90, os mineiros reduziram para a diferença mínima através de Reuss.

EMPATE A TRES NO CONQUISTADOR


Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães. 
Árbitro: Bruno Esteves (Setúbal). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Gonçalo Graça (10), João Novais (53), Alemão (54), João Viana (69), Ricardo Valente (70), Zé Pedro (71), Cadinha (73), João Vigário (85), Orlando (90+1) e Telmo Castanheira (90+2). Cartão vermelho direto para Arrondel (31). 
V. Guimarães B-Leixões, 3-3 
Ao intervalo: 0-2. Marcadores: 0-1, Moedas, 33 minutos (grande penalidade). 0-2, Ricardo Valente, 38. 1-2, Crivellaro, 51. 2-2, Areias, 67. 2-3, Ricardo Valente, 69. 3-3, Crivellaro, 72 (grande penalidade). 

Vitória de Guimarães B: Miguel Oliveira, Alvin Arrondel, Gilberto, Lima Pereira, Luís Rocha, Bruno Alves, João Pedro (Telmo Castanheira, 54), Crivellaro (Isaac, 74), Ricardo, Knezevic (João Vigário, 77) e Areias. Treinador: Armando Evangelista. 

Leixões: Chastre, Gonçalo Graça, Orlando, Zé Pedro, João Viana, Rui André, Moedas (Rui Cardoso, 88), João Novais (Chiquinho, 67), João Mendes, Ricardo Valente e Alemão (Cadinha, 58). Treinador: Horácio Gonçalves. 

O Leixões acertou, o calendário da Segunda LIGA. No estádio D. Afonso Henriques, o conjunto leixonense esteve por duas vezes à frente do marcador e, de Guimarães, saiu com um ponto na bagagem num jogo de loucos, principalmente na segunda metade. Apesar de o Vitória ter dominado grande parte do encontro (mesmo quando reduzido a 10 elementos), a eficácia esteve do lado dos homens de Horácio Gonçalves. Com uma aposta no contra-ataque o conjunto leixonense viu-se na frente do marcador à passagem da meia hora de jogo através de uma grande penalidade a penalizar falta cometida sobre Alemão após cruzamento de Mendes. Hugo Guedes, chamado a marcar, apontou o seu 3.º golo da época e o primeiro do jogo. Oito minutos depois, Valente apontou o segundo para os de Matosinhos após uma jogada incrível em que deixa vários jogadores para trás e, na frente de Miguel Oliveira, só teve que encostar para o fundo das redes. Mendes, ainda antes do intervalo, poderia ter ampliado o marcador ainda mais mas a bola acabou por embater no poste. Ao intervalo o resultado ajustava-se principalmente pela eficácia demonstrada pelos jovens vindos de Matosinhos. No início da segunda metade, aos 51', o Vitória SC reduziu a desvantagem com Crivellaro a fazer o 1-2 numa jogada iniciada com um pontapé de canto. O empate dos vitorianos viria a surgir aos 70' por Areias numa jogada de insistência por parte da equipa da casa. No entanto a resposta leixonense viria a ser dada novamente por Valente que, assim, viria a bisar no encontro voltando a colocar o Leixões em vantagem no marcador. Uma vantagem que viria a ser diminuida minutos depois com novo golo do Vitória a surgir de grande penalidade a dar a oportunidade de Crivellaro também poder bisar. 
No próximo fim-de-semana o Leixões volta a jogar perante os seus adeptos com receção ao Desportivo das Aves.

quinta-feira, 4 de Setembro de 2014

CAPITÃO SENHORENSE VIRGÍLIO " O ESPANHOL " COMO É TRATADO CARINHOSAMENTE PELOS SEUS COLEGAS, FAZ UMA PAUSA NA CARREIRA

O atleta é natural de Trás-os-montes ( CHAVES ), mas há muito radicado em Matosinhos (Custóias, Leça do Balio e Senhora da Hora), por motivos profissionais vê-se na necessidade de interromper a sua carreira de futebolista.

VIRGILIO preparava-se para realizar a sua 2ª época consecutiva ao serviço do SC Senhora, quando inesperadamente foi confrontado por um “problema” profissional, o atleta é funcionário do IKEA e não consegue conciliar ambas as situações. 

É óbvio de que inesperadamente o conjunto senhorenses, vê-se assim sem o contributo de um magnifico atleta em todos os sentidos, com uma qualidade humana que o destaca dos demais, e que já deixa saudade entre o plantel que o estima e respeita. 

VIRGILIO MOREIRAS “Muito obrigado a todos…quero agradecer a todos desde roupeiro, massagista, diretores, presidente, treinadores, adeptos, jogadores com quem tive o privilégio de partilhar o balneário. Vou ficar agora a torcer por vocês todos de fora e acredito que juntos vamos conseguir coisas muito boas, sois enormes e quem sabe não é apenas um até já. Abraço para todos amigos.” 

 Até já! VIRGILIO

terça-feira, 2 de Setembro de 2014

PERAFITA E OL. DOURO DIVIDEM OS PONTOS NA ABERTURA DO CAMPEONATO


1ª Jornada Divisão Elite A F Porto 
Estádio do FC Perafita 
Árbitro, Fábio Melo
PERAFITA 0 OLIVEIRA DO DOURO 0

PERAFITA: Artur, João Pedro, Armando, Henrique, Bruninho, Toninho, Tinaia, Sérgio (Luís Castro 71), Lutchindo, Paulinho (Edu 65), Andrade (Ricardinho 71). Treinado Manuel Matias

OLIV. DOURO: Filipe, David, Rómulo, Guilherme, Fábio Rola (André 82), Carvalho, Tiago, Bruninho (Luís Pereira 82), Carlos Pinto, Rui João (Pereira 59), Daniel Pinto. Treinador Alexandre Ribeiro. 

Jogo muito bem disputado por ambas as equipas, como que se assumindo a fortes candidatos à subida ao CNS. Perafita e Oliveira do Douro protagonizaram uma excelente tarde de futebol, em que o equilíbrio foi a nota dominante. A equipa da casa, entrou melhor na partida e esteve muito perto de abrir as hostilidades, mas Andrade teve pontaria a mais e acertou com estrondo na barra. Os forasteiros, equilibraram a partida e numa toada de parada e resposta, conseguiram também criar perigo junto à baliza à guarda de Artur que esteve à altura das exigências. Minuto 55 o Perafita esteve mais uma vez perto do golo, quase certo. No entanto o nulo não viria a ser desfeito, dando justiça à divisão de pontos.

CUSTÓIAS VS INFESTA NÃO CHEGOU AO FIM


TAÇA BRALI A F PORTO 2014/15
 Estádio do Custóias Futebol Clube. 
Árbitro: Diogo Oliveira 
CUSTÓIAS 3 INFESTA 1 (interrompido aos 88 minutos). Golos, João Rodrigues (43), Alan (66), Rik (71 e 83). Cartão vermelho (Zé augusto e Vitinha aos 88 minutos)

 CUSTÓIAS: Tiago, Renato, Igo, Batista (Alan 59), Flávio, Zé Augusto, Estrela (Serrão 73), Medeiros, Ivo (Ricardo 73) Cerejo e Rik. Treinador Mário Rui 

INFESTA: Miguel Angelo, Pina, Teixeira, André, Rui Pedro, Mauricio, Vitinha e João Rodrigues, Maia, Mário (Suazo 80), Vasco (Rui Ferreira 62). António Formoso. 

O Custóias, fruto de um maior entrosamento e experiência entre os jogadores, entrou melhor na partida mas pouco a pouco, com o passar do tempo, o Infesta conseguiu equilibrar e terminou a primeira parte em cima do adversário, tendo chegado à vantagem aos 43 minutos por João Rodrigues que na sequência de um pontapé de canto e de uma excelente jogada colectiva, rematou cruzado não dando hipóteses de defesa ao guarda-redes da casa.

 Na segunda metade, a equipa visitada entrou mais determinada e agressiva, em busca do golo da igualdade. Após vários lances de relativo perigo, o Custóias chegou ao empate aos 71 minutos por Alan e já com o Infesta reduzido a 10 unidades por acomulação de amarelos a Nuno Pina, a equipa da casa acabou por chegar à vantagem aos 75 minutos pelo recém-entrado Ricky, que bisou e estabeleceu o resultado final em 3-1 aos 83 minutos. 

A dois minutos dos 90 minutos, Vitinha e José Augusto travaram-se de razões em campo e foram ambos expulsos, José Augusto por vermelho directo e Vitinha por acomulação de amarelos. O pior aconteceu no tunel de acesso aos balneários com o jogador do Custóias a esperar pelo capitão do Infesta e onde voltou a provocar Vitinha que acabaram por se envolver fisicamente tendo os jogadores de ambas as equipas tentado acalmar os animos, gerando um enorme sururu entre todos. Por não haver condições de segurança, o árbitro da partida, que esteve mal ao não assinalar duas grandes penalidades a favor do Infesta, validando um dos golos do Custóias quando foi precedido de falta, resolveu dar por terminado o jogo. 

Fonte Sitio do FC Infesta

segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

LAVRENSE ERGUE TROFÉU EM CASA DO BALIO (TORNEIO FUTEBOL SUB 19)

Torneio 50º Aniversário D. Leça do Balio (juniores A) 

UD Lavrense / EF Paulo Faria vence o torneio Leça do Balio, dando continuidade ás festividades do seu 50º aniversário o D. Leça do Balio, este fim de semana realizou os jogos na categoria de juniores A com a participação do FC Pedras Rubras , Padroense FC, UD Lavrense / EF Paulo Faria e a equipa da casa. Para quem, este domingo de manha quem se deslocou ao complexo desportivo do Leça da Balio, não deu por perdido o seu tempo, com dois bons jogos de futebol e emoção ao rubro. 

No primeiro jogo o Padroense FC, bateu o FC Pedras Rubras e conquistou o troféu do 3º lugar, num jogo em que ambas as equipas procuraram jogar a bola e mostrar os seus dotes futebolísticos. 
A final, entre o D. Leça do Balio e a UD Lavrense / EF Paulo Faria era aguardada com expectativa, tendo em conta o bom desempenho por parte das duas equipas nos jogos das meias finais, tal se veio a comprovar com uma boa 1ª parte em que se viu bom futebol, muita luta e aplicação, com a bola sempre a rodar as duas balizas, pelo que o resultado de 0 x 0 o intervalo era aceitável. 
No reatamento da partido as duas equipas entraram com o mesmo espirito de competitividade e sempre á procura do golo, contudo o minuto 60 foi fatal e marcante para o D. Leça do Balio que ao sofrer o primeiro golo por intermédio do avançado do Lavrense, Barreira, quebrou e deixou-se afetar psicologicamente e conseqüentemente passou a jogar mais com o coração do que com a cabeça, resultado 2 expulsões e derrota por 3 bolas a 0. 

Nota para os golos do UD Lavrense, Barreira (2) e JP e para a organização que ao longo deste torneio se tem evidenciado pelo bom trabalho, empenho desportivo e Fair Play. 

Manuel Sá.

LEIXÕES SAI DE TRÁS OS MONTES SEM NADA NA ALGIBEIRA

5ª jornada da Segunda Liga profissional futebol 
Estádio Municipal Eng.º Branco Teixeira, em Chaves. 
Árbitro: Bruno Paixão (Lisboa). Ação disciplinar: cartão amarelo para Tarcísio (87 e 88), Zé Pedro (44), João Viana (45) e Chiquinho (46). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Tarcísio (88). Chaves-Leixões, 1-0. 
Ao intervalo: 0-0.Marcador: 1-0, Paulo Monteiro, 87 minutos 

Chaves: Paulo Ribeiro, João Góis, Ícaro, Paulo Monteiro, João Vicente, Luciano (Hugo Santos, 66), Tarcísio, Patrão, Luís Pinto (João Vieira, 74), Barry (Arnold, 80) e João Reis.Treinador: Norton de Matos. 

Leixões: Chastre, Gonçalo Graça, Orlando, Zé Pedro, João Viana, Rui André (Pedras, 88), Moedas, Cadinha (Rui Cardoso, 76), Mendes, Valente e Alemão (Chiquinho, 46).Treinador: Horácio Gonçalves. 

 O Leixões SC perdeu em Trás os Montes depois de defrontar o GD Chaves em mais uma jornada da Segunda LIGA. A turma leixonense não conseguiu, assim, pontuar nesta jornada depois de se ver em desvantagem nos últimos minutos da partida. O esforço dos homens de Horácio Gonçalves sai assim inglório depois de um jogo disputado debaixo de altas temperaturas que impediram que o bom futebol se desenrolasse. Após o golo flaviense de Paulo Monteiro, a turma da casa viu-se reduzida a 10 elementos por expulsão. Do encontro ainda de destacar uma possível grande penalidade a favor dos homens do Mar quando Valente é derrubado na área do GD Chaves. Na próxima semana apesar do campeonato parar o Leixões vai disputar a jornada em atraso - 3.ª jornada - com deslocação a Guimarães para defrontar o Vitória SC.
   
Conferência de Imprensa: 
HORÁCIO GONÇALVES "Foi inglório. A minha equipa não merecia isto. Uma primeira parte muito boa com contra-ataque perigoso e com uma bola ao poste. Na segunda parte não fomos tão imponentes. Fomos obrigados a fazer uma substituição mas é o futebol e num pontapé de canto desnecessário acabamos por levar daqui uma derrota. O Leixões está aqui para lutar pelos pontos, pelos jogos. Não vai ser fácil derrotar o Leixões. A grande penalidade que ficou por marcar... é o futebol. Não posso levar estes rapazes ao queixarmo-nos dos árbitros. A equipa está a evoluir e vamos tentando colmatar".

segunda-feira, 25 de Agosto de 2014

DESPORTIVO LEÇA DO BALIO PLANTEL SÉNIOR 2014/15


O Desportivo Leça Do Balio para celebrar o seu 50º aniversário, organizou um torneio quadrangular de futebol sénior no fim de semana passado, dias 23 e 24 de Agosto, onde além da equipa do Leça Do Balio estiveram também presentes as equipas Matosinhenses do Lusitanos Santa Cruz, Senhora da Hora e Padroense (juniores). No primeiro jogo a equipa Baliense ganhou aos Lusitanos de Santa Cruz nas grandes penalidades, após um empate a zero nos noventa minutos. Na final do torneio a equipa do Leça do Balio defrontou o Senhora da Hora, que venceu o Padroense no dia anterior, levando a melhor a equipa da Senhora da Hora com uma vitória por duas bolas a uma, numa partida muito disputada. 

 Entretanto o plantel sénior Baliense já tem o seu plantel completamente definido para a temporada 2014/2015 para disputar o campeonato da 1º divisão da associação de futebol do Porto. O plantel está constituído pelos seguintes elementos: 
 Guarda Redes: Miguel Mota, João Silva e Pedro Sousa (Ex. Pedrouços);
 Defesas: Carlitos, Berto, Hélder Silva, Cardigos, Hugo Soares, Miguel Cunha, João Pinto (Ex. Canelas) Emanuel Passeira (Ex. júnior); 
 Médios: João Machado, Edu, Filipe Barata, Carlos Diogo, Brás (Ex. júnior), Sérgio Soberano (Ex. Perafita), João Cardoso (Ex. Castelo da Maia) 
 Avançados: Nandinho (Ex. S. Martinho), Álvaro (Ex. Nogueirense), Ivo, Rafael Jesus (Ex. Padroense), Shev, Hugo Ferreira (Ex. Pedrouços), Pedro e Grade. 

 O técnico Mário Heitor após uma época em que fez um trabalho notável vai continuar à frente da equipa Baliense, mantendo como adjunto o Professor Nuno Ferreira e o treinador de guarda redes José Sá. Para a equipa técnica entre André Mourão (Ex. Oliveira do Douro) que além de ser adjunto na formação principal vai também ser o treinador principal nos juniores do clube.

UD LAVRENSE VENCE TORNEIO DO BALIO EM JUVENIS

Torneio do 50º aniversário do Leça do Balio (juvenis) 

UD Lavrense vence Torneio do Leça do Balio. 

Realizou-se este fim de semana o Torneio do 50º aniversário do Leça do Balio no escalão se juvenis, um torneio que serviu de ensaio ás equipas participantes, tendo em vista á época que se avizinha. 
O primeiro jogo do referido torneio pos frente a frente as equipas do Padroense FC e do UD Lavrense, um jogo equilibrado com o resultado a ser descutido até o apito final, o golo do avançado do UD Lavrense, Peixe ditou o resultado final. 
O segundo jogo ditou um dérbi, D. Leça do Balio versos SC Srª da hora, um jogo em que houve equilibrio e muto querer mas mandou mais o coração do que as pernas, com golos de João Sousa e Rui Nascimento o Srª da Hora levou a melhor sobre a equipa da casa, o golo de Diogo Santos, não deixou de colocar o Srª da Hora na final do referido torneio. 

Domingo, dia das finais, no primeiro jogo entre Padroense FC e D. Leça do Balio, o objetivo era conquistar o ultimo lugar do pódio, jogo tipico de pré época com os jovens do Padroense FC a levar a melhor ao derrotar o D. Leça do Balio por 2 bolas a 0, com golos de Freitas e Moura. 
A espera da final do torneio, resultou num jogo bem disputado, em que o UD Lavrense / Paulo Faria demostrou ser uma equipa finalizadora e mortifera no contra ataque, com golos de Luis, Peixe (2) e Vitor, o UD Lavrense levou a melhor sobre o seu adversário e levantou a taça com merecida justiça. Marco marcou o golo de honra do SC Srª da Hora.

 Manuel Sá

DERBI MATOSINHENSE COM GOLOS

2ª Jornada da Taça Brali A F porto 2014/2015 Estádio do Padroense 
Árbitro Gustavo Correia 
PADROENSE 2 PERAFITA 2 
Ao intervalo, 1-0, golos Jean (33), Porto (51) Lutchindo (82) Castro (94) 

PADROENSE: Bruno Monteiro, Gonçalo Porto, Fábio Loureiro (Pedro Gomes 72), Jorge (Paulinho 72), Chico, (Rui Carvalho 85), Miranda, Jean (Joel 72), Bruno Gomes, Tiago Carvalho (Diogo Sousa 85) Quim e Emidio. Treinado José Manuel Ferreira 

PERAFITA: Artur, João Pedro, Armando, Bruno Magalhães, Toninho (Ricardinho 57), Lutchindo, Paulinho, Henrique, Bobó (Castro 82), Sérgio Tinaia (Edu 57). Treinador Manuel Matias 

A vencer por duas bolas a zero o Padroense deixou-se surpreender e permitiu a igualdade já nos descontos à turma do Perafita. 
Num jogo muito disputado, mas nem sempre bem jogado, as equipas apresentaram as suas armas com que vão contar para a época de 2014/15. Pelo lado azul e branco de Perafita, o destaque vai inteirinho para os ex padroensistas Armando e João Pedro, no lado do Padroense, ainda não foi desta que os Bravos de Matosinhos apresentaram o seu nome mais sonante, Ricardo Silva, internacional português que vestiu as cores do FC Porto e Boavista, entre outros

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC

PUBLICIDADE DE MATOSINHOS

PUBLICIDADE DE MATOSINHOS