RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 29 de abril de 2013

COM MUITO CORAÇÃO LAVRENSE DA A VOLTA


Tigo Pinto deu o mote
 
1ª divisão serie 1 AF Porto, 31 jornada
Complexo Desportivo de Lavra
Árbitro Hélder Casanova
LAVRENSE 2 S. FÉLIX DA MARINHA 1
Ao intervalo, 0-1, marcadores Nélson Oliveira (2), Tiago Pinto (90+2) e Couto (94+4 gp)
 
LAVRENSE: Telmo, João Magalhães (KáKá 77), João Jesus, Ricardo e Tiago Pinto; Grilo, Couto, Postiga (Nandinho), Cardoso, Tiago Carvalho e Jota (Joel 60). Treinador José Pacheco
 
S. FÉLIX: Faria, Ruca, Diogo, Leal, Leandro; Júlio, Pimentel, Didi (Luís Almeida 46), Hélder (Mota 75), Nélson Oliveira (Tiago rocha 85), Bruninho (Hugo 85). Treinador Manuel Tavares.
 
Num partida em que a equipa Lavrense, deu 45 minutos de vantagem ao adversário, vai-se lá saber porque, Nandinho e Joel, ficaram sentados no banco. Foi mesmo necessário recorrer a estes atletas para dar a volta ao resultado, mesmo em cima da linha da meta. Grande vitória do conjunto Lavrense, que sempre acreditou e mostrou ter grande coração.
 
  Começou melhor a turma visitante (2º classificado), pois logo aos dois minutos, abre o marcador por intermédio do avançado Nélson Oliveira, outrora jogador Lavrense. apesar da equipa Lavrense, ter reagido ao golo sofrido, o resultado até ao intervalo não se alterou, dando vitória forasteira pela margem mínima.
 
Na segunda metade, tudo foi diferente, a turma de José Pacheco foi à procura do prejuízo, instalando-se no meio campo defensivo da turma gaiense, mas foi necessário recorrer ao banco de suplentes para manter a pressão sobre o S. Félix que com alguma tranquilidade, lá ia segurando a vantagem. Minuto 77 foi decisivo no desfecho final, já com Nandinho e Joel em campo, Pimentel ex Leça do Balio, foi expulso do jogo com vermelho direto, facto que ajudou e muito a turma Lavrense. Numa altura em que já ninguém acreditava que era possível mudar o rumo aos acontecimentos, alguns adeptos da turma matosinhense, já abandonavam o recinto, esis que a remontado surge, já em período de descontos, TIAGO PINTO empata aos 92, e COUTO dá a vantagem à turma da casa em cima do minuto 94.
 
Com este resultado a equipa de Matosinhos, posiciona-se em 5º lugar de parceria com o Vila FC, na próxima jornada o conjunto Lavrense, vai até Avintes, para defrontar o clube local. 

domingo, 28 de abril de 2013

SENHORA DA HORA COM 9, NÃO RESISTIU!


TIAGO OLIVEIRA cotou-se como o homem do jogo, um penalti defendido, e um punhado de grandes defesas.

FOZ 4 SENHORA DA HORA 1
 
  A equipa do SCS Hora deslocou-se esta tarde ao "velhinho" campo de futebol da Ervilha para aí defrontar o FC Foz, 4º classificado da prova e que está afazer uma época notável.
Na bagagem os senhorenses levavam a esperança de conseguir um bom resultado, resultado esse que ainda lhe permitisse sonhar com o 5º lugar que lhe poderia da uma subida de divisão.
Apesar de desfalcado de peças importantes no seu xadrez (Gandarela lesionado, ainda continua de fora, Cruz castigado também não pode ser opção para Joca) a equipa entrou muito concentrada e rapidamente chegou ao golo através do médio e jovem promessa do futebol de Matosinhos, Jordan.
 
Estavam decorridos 15 minutos de jogo, os senhorenses faziam o mais difícil, e a partir de agora era esperar que o adversário respondesse, com veio a responder, pois trata-se de uma excelente equipa, aliás foi uma das melhores que vi jogar nesta divisão.
Mas o FC Foz não precisava de favores extras para levar de vencida a turma senhorense. Em cima do intervalo, o Sr. árbitro resolve aparecer, expulsando do jogo Joel por acumulação, numa falta em que viu por duas vezes a cartolina amarela, sem qualquer protesto da sua parte, onde já se viu? Penalti contra o Senhora da Hora, TIAGO OLIVEIRA foi grande e defendeu, aliás foi na nossa opinião o melhor em campo, este jovem guarda-redes que ainda pertence aos quadros do Leça FC.
 
O intervalo chegou com vitória parcial dos visitantes. Pelo que se tinha observado no primeiro tempo, adivinhava-se uma tarefa muito complicada para os senhorenses, que deixaram-se empatar logo no inicio do segundo tempo, a jogar em inferioridade numérica, a equipa de Joca, praticamente a seguir permite a remontada ao seu adversário, e numa altura que se esperava a reação da turma senhorense, eis que se vê forçada a responder com nove elementos, Ramalho recebe ordem de expulsão, e tudo foi por água a baixo, o resultado avolumou-se e o SCS Hora despede-se de vez do possível 5º lugar.
 
Sr. João Martins, era preciso tanto?

INFESTA DESPEDE-SE COM UM EMPATE EM CASA DO 3º CLASSIFICADO



O Infesta termina o campeonato com um empate a uma bola no terreno do terceiro classificado, o Mirandela, que andou quase todo o campeonato na primeira posição.
 
  INFESTA: Ricardo, Jorginho, Rui Jorge, Correia, Pedro Pereira, João Reis, Rui Pedro (Vitinha II, 55'), Tiago Veiga, Vitinha I, Bruno Pereira (André Maia, 55'), Magalhães (Flávio, 70')
 
A primeira parte teve pouca intensidade, sem grandes oportunidades de parte a parte. Ainda assim, o Mirandela conseguiu inaugurar o marcador, mas antes, aos 15 minutos, Rui Lopes teve uma boa oportunidade quando num remate perigoso, a bola saiu ao lado da baliza de Ricardo. Depois, aos 29 minutos, a equipa da casa chega à vantagem por Nani que num excelente remate, não deu hipóteses de defesa ao guardião do Infesta. Ao intervalo, o Mirandela vencia pela margem mínima.
 
  Na segunda metade, o Infesta entrou bem melhor com a objectividade de chegar ao golo do empate e prova disso, foi o lance logo aos 46 minutos por Magalhães que teve uma excelente oportunidade mas que o guarda-redes Tiago, respondeu com uma excelente defesa. O Mirandela, também teve hipóteses de chegar ao segundo golo por Nani que enviou a bola ao poste da baliza de Ricardo aos 51 minutos. O Infesta com as alterações efectuadas, ficou mais ofensivo e aos 63' teve nova oportunidade, novamente por Magalhães que na cara do golo, permitiu mais uma excelente intervenção ao guarda-redes da equipa da casa. O golo adivinhava-se e no minuto seguinte, o Infesta conseguiu empatar por Vitinha II que em jogada individual, teve um remate indefensável ao ângulo da baliza de Tiago. O Mirandela respondeu bem ao golo do Infesta e aos 67 minutos, Billa enviou nova bola ao poste. Dez minutos depois, Lucas João em jogada individual, atirou ao lado. O Infesta apostado em ganhar o jogo, criava espaços na defesa, espaços esses que o Mirandela quase traduzia em golo. Aos 80 minutos, Junior aparece isolado perante Ricardo, mas o guarda-redes do Infesta acaba por conseguir defender a bola. Junior, era o homem mais perigoso na equipa do Mirandela e aos 87 minutos, obrigou Ricardo a aplicar-se novamente, fazendo a defesa da tarde.
 
O resultado não mais se alterou. Empate a uma bola que acaba por se ajustar, pese embora o Mirandela, como lhe competia, ter tido mais chances de fazer o segundo golo.
 
O árbitro da partida, Sr. José Laranjeira da A.F. Coimbra, esteve bem durante toda a partida. Chega assim ao fim, o Campeonato Nacional da 2ª Divisão - Zona Norte, onde infelizmente, relegou o Infesta para a nova divisão que a A.F.Porto vai criar na próxima temporada. Juntamente com o Infesta, desce o vizinho Padroense.
 
O FC Infesta, felicita a equipa do Desportivo de Chaves, pela subida à 2ª Liga.
 
IN FC INFESTA

LEIXÕES FALHA O ASSALTO AO SEGUNDO LUGAR


Segunda Liga 38ª jornada
Jogo no Estádio do Mar, em Matosinhos.
Árbitro João Ferreira de Setubal
Leixões - Penafiel, 1-1. Ao intervalo: 1-0. Marcadores: 1-0, Nuno Silva, 39 minutos. 1-1, Mbala, 58.
 
LEIXÕES: Rui Sacramento, Gonçalo Graça, Nuno Silva, Sequeira (Steven, 73), Fábio Santos, Cadinha (Mailo, 67), Tiago Borges, Luís Silva, Moedas, Hernâni (Kizito, 84) e Calé. Treinador: Pedro Correia.
 
PENAFIEL: Coelho, Vítor Bruno, Gabriel, Fábio Ervões, Leomar (Pedro Santos, 84), Robson (Organista, 67), Rafa, Ferreira, Diogo Viana (Coronas, 59), Paulo Roberto e Mbala. Treinador: Miguel Leal.
 
 
O Leixões marcou primeiro, aos 38 minutos, pelo capitão Nuno Silva, mas o Penafiel viria a empatar aos 58, por M'bala, numa partida mais emotiva que bem jogada. Foi uma primeira parte com muita luta a meio-campo, o que levou ambas as equipas a apostar nas alas, mas com poucas oportunidades claras de golo, com a formação da casa a dispor das melhores ocasiões. Em período de compensação, ambas as equipas dispuseram de oportunidades de bola parada mas, nem Mailo (92 minutos), para o Leixões, nem Ferreira (95 minutos), para os visitantes, conseguiram alterar o marcador.
 
Conferência de Imprensa
 
Pedro Correia "O resultado acaba por refletir a exibição das duas equipas. Tivemos uma primeira parte muito boa, mas, infelizmente, não estivemos ao nosso nível habitual na segunda parte. Merecíamos ir para o intervalo a vencer por mais, pois estivemos muito bem, mas depois o Penafiel foi melhor. Não gerimos a vantagem da melhor forma em termos emocionais. Sabemos que as equipas que vêm jogar contra nós dão tudo, fazem disso o jogo da época, mas somámos mais um ponto e agora temos menos um do que o Arouca, que só joga à tarde. Continuamos a acreditar. Ainda há doze pontos em disputa e tudo pode acontecer. Temos trabalhado e batalhado muito. Demonstrámos hoje uma vez mais que merecemos o segundo lugar, que continua a ser o nosso objectivo."
 
  Miguel Leal "Foi um grande jogo, muito emocionante. Duas equipas a querer ganhar, num jogo com duas partes distintas. Começámos bem, depois o Leixões dominou, acabou por marcar, mas na segunda parte entrámos melhor, tivemos algumas oportunidades de golo e chegámos ao empate com toda a justiça."

RESULTADOS DE 28 ABRIL DE 2013


RESULTADOS DAS EQUIPAS DE MATOSINHOS

LEIXÕES 1 PENAFIEL 1

PADROENSE 1 TIRSENSE 2
MIRANDELA 1 INFESTA 1

LEÇA 1 ALIADOS DE LORDELO 2

S PEDRO DA COVA 1 PERAFITA 1

LAVRENSE 2 S. FÉLIX MARINHA 1
FOZ 4 SENHORA DA HORA 1
GULPILHARES 2 CUSTÓIAS 2
LEÇA DO BALIO 0 BALASAR 1

M GOMES DA COSTA 1 LUSITANOS 1
ALDEIA NOVA 2 ÁGUAS SANTAS 3

sexta-feira, 26 de abril de 2013

JOGOS PARA DIA 28 DE ABRIL 2013


Num fim-de-semana em que o Leixões continua na perseguição ao Arouca, com a subida no horizonte. Em que se fecha o campeonato da II divisão Zona Norte, Infesta e Padroense vão cumprir calendário, já que ambas, tem a sua classificação definida, descida de divisão. Perafita está também muito perto do êxito, que culmina com a ascensão aos nacionais. As restantes equipas lutam em diversas frentes para conseguirem os seus objectivos.

JOGOS A DISPUTAR

Segunda Liga 2012/2013 | Jornada 38
LEIXÕES vs PENAFIEL
Domingo 28 Abril 2013 - 11h15

II Divisão Zona Norte 2012/13 | Jornada 30
PADROENSE vs TIRSENSE
MIRANDELA vs MIRANDELA
Domingo 28 Abril 2013 - 16h00

III DIVISÃO SERIE B (2ª Fase) 2012/13 | Jornada 5
LEÇA FC vs ALIADOS DE LORDELO
Domingo 28 Abril 2013 - 16h00

AF Porto Divisão Honra 2012/13 | Jornada 31
S.PEDRO DA COVA vs PERAFITA
Domingo 28 Abril 2013 - 16h00

AF Porto - 1ª Divisão Série 1 2012/13 | Jornada 31
GULPILHARES vs CUSTÓIAS
LEÇA DO BALIO vs BALASAR
FC FOZ vs SENHORA DA HORA
LAVRENSE vs S. FÉLIX DA MARINHA
Domingo 28 Abril 2013 - 16h00

AF Porto - 2ª Divisão Série 1 2012/13 | Jornada 31
M. GOMES. DA COSTA vs LUSITANOS
Sábado 27 Abril 2013 – 16h00
ALDEIA NOVA vs ÁGUAS SANTAS
Domingo 28 Abril 2013 - 16h00 BOA SORTE MATOSINHOS

TORNEIO FUTEBOL VETERANOS 25 DE ABRIL TROFÉU FICOU EM CASA


Decorreu tarde de 25 de Abril de 2013, no estádio do FC Perafita, o 7º Torneio Quadrangular de Futebol de Veteranos, organização a cargo da GDR juventude das Ribeiras, clube da freguesia de Perafita, fundado em 1982.
Este evento foi patrocinado pela Junta de Freguesia de Perafita, e contou com a presença do seu presidente, Sr. Miguel Hora, recorde-se que este torneio está inserido no programa de comemorações do 25 de Abril da Junta de Freguesia local
 
O torneio decorreu dentro da normalidade e com o fair-play que se impõe, sob um sol abrasador as equipas encararam os jogos com desportivismo, e claro está com competição à mistura, pois, apesar das barriguinhas expostas, todos os intervenientes quiseram chamar para si a melhor classificação possível.
No 1º jogo, que opôs o FC Perafita, excelentemente orientado pelo “Mitch”...lol, ao Varzim SC, a sorte quanto ao vencedor, sorriu aos perafitenses, através das grandes penalidades, 0-0 (5-4 gp)
No 2º Jogo da tarde, mediram forças o clube anfitrião GARJ Ribeiras e o SC Braga, resultado final, 1-1, nas penalidades passou o juventude das Ribeiras.
Para o 3º e 4º, O SP Braga bateu o Varzim SC por duas bolas a uma.
Na final, o Juventude das Ribeiras, levou a melhor sobre o FC Perafita por 2-1, com o golo que valeu o primeiro lugar a ser marcado por Augusto Machado em cima do apito final.
É digno de registo e realçar que a organização pôs em disputa, quatro Troféus (obelisco da memória) exactamente iguais, sem discrição em relação ao vencedor.
 
 
Fim da jornada futebolista, as equipas dirigiram-se a Leça da Palmeira (Marina local) para aí se seguir a entrega de prémios, acompanhado por magnifico repasto.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

SC SENHORA DA HORA INAUGURA ESPAÇO DE ÂMBITO CULTURAL



Foi ontem dia 24 de Abril de 2013, inaugurado o espaço Âmbito Cultural e Estudos de Desenvolvimento Desportivo, sito no Complexo Desportivo do SCS Hora
Um aproveitamento de um espaço existente nas instalações do SCS Hora
Uma cerimónia presidida pelo presidente da colectividade, Vasco de Carvalho simples e humilde, com é apanágio das gentes senhorenses, que contou com a presença do edil de Matosinhos, Dr. Guilherme Pinto.
 
Também marcaram presença, Joca treinador da equipa sénior do Senhora da Hora, Rafael Rezende melhor jogador do futebol de Matosinhos, o conhecido sócio senhorense, Dr. Jorge Brandão, Abílio, mentor da secção de Boxe, elementos do futebol juvenil, elementos do futebol de veteranos, que tão boa conta de si, tem dado na época em curso, e outros sócios anónimos.
A seguir à inauguração, deu-se inicio a actividade cultural com músicos e cantores da cidade da Senhora da Hora, cantando Coisas da Vida e da Revolução dos Cravos, antes mesmo, Pedro Vinha da Costa (candidato pelo PSD, à autarquia matosinhenses) por breves momentos, fez questão de também marcar presença.

quarta-feira, 24 de abril de 2013

UDLAVRENSE/ESCOLA PAULO FARIA VÃO HOMENAGEAR CARLOS COELHO



A U D Lavrense em parceria conjunta com a Escola de Futebol Paulo Faria, vai levar a efeito um mini torneiro de futebol juvenil, no dia 1 de Maio de 2013, pelas 15h00, no Complexo Desportivo de Lavra, que vis a homenagear o enfermeiro/fisioterapeuta, CARLOS COELHO que muito recentemente nos deixou. As equipas convidadas para o evento desportivo são: LEIXÕES SC, ACADEMIA DO PADROENSE FC e DRAGON FORCE/LEÇA FC, na categoria de Benjamins sub 10 e sub 11. Trata-se de uma excelente iniciativa, que tem como fim, homenagear um jovem que partiu, quando ainda tinha muito para dar ao desporto na área da saúde. Arménio Santos presidente do clube Lavrense e o prof. Paulo Faria, estão de parabéns!

terça-feira, 23 de abril de 2013

VIZINHOS EMPATAM A ZERO

27ª JORNADA DA 2ª D. SERIE 1 AF PORTO
Complexo Municipal de Leça da Palmeira (Bataria)
Árbitro: Fernando Montenegro


G D Aldeia Nova: Tiago, Ivo, Gouveia, Filipe, Mazola (cap), Ricardo Rocha, Manu, Carlos, (Soares, 84’),Ruizinho, Pinto e Rochinha. Treinador: Flávio Silva
 
 
 
Lusitanos FCSC: Rui Sérgio, Filipe, Teixeira, Edu, Tarrelo, Ricardinho, Ricardo Silva (cap), Meneses, Sandro (Rui Dias), Suíço e Paulo (Nuno Silva).Treinador: Albino Guerra
 
O relvado do Complexo Municipal de Leça da Palmeira serviu para se disputar o dérbi Matosinhense. Só a vitória interessava a ambas equipas de forma a não perderem de vista os lugares cimeiros da tabela no entanto a maior preocupação foi em não sofrer golos. Um jogo muito bem conseguido por ambas as equipas, com emoção, com oportunidades de golo e muita luta pela bola, sendo pena o muito vento que se fez sentir durante todo o encontro que dificultou e muito a prática do futebol. Antes do jogo se iniciar, foi cumprido um minuto de silêncio em memória do diretor, outrora também jogador dos Lusitanos, Sr Fernando Resende.
 
 
 
 
Filme do jogo, 20’ Canto do lado esquerdo marcado por Pinto para o interior da área. A bola é rechaçada pela defesa do Lusitanos, sobrando para Ruizinho que bate contra um defesa. Pinto ganha o ressalto e remata cruzado da esquerda, para Queirós com uma palmada desvia para canto. 57’ Ataque rápido do Aldeia Nova com Ruizinho ao entrar na área choca com um adversário, sobrando a bola para Mazola que com um excelente remate, faz a bola bater com estrondo na barra. 80’ Livre, em cima da linha da grande-área contra o Aldeia Nova. Na marcação da falta, Edu remata uma bomba a fazer lembrar o míssil que produziu no jogo anterior e que valeu três pontos para sua equipa, mas o guardião Tiago responde com alguma dificuldade. O resultado final seria um empate a zero, embora o aldeia nova estivesse mais perto da vitória o resultado acaba por se aceitar. De registar a correção em que o jogo foi disputado, visto tratar-se um derbi, as equipas respeitaram-se com bastante desportivismo…parabéns! Próxima ronda, o Aldeia Nova visita o Sp Campo e os Lusitanos recebem no seu reduto o At. Vilar

GOLOS SOFRIDOS EM MOMENTOS CHAVE DERROTAM LEÇEIROS



4ªJORNADA DA III D. SERIE B 2ª FASE
Estádio, Campo das Oliveiras - Serzedelo
Árbitro – Bruno Nunes
SERZEDELO 2 LEÇA 1
Ao intervalo, 1-0, marcadores, Addu (45), Arturinho (54) e Ruben (88)
 
SERZEDELO: Tozé, Carlos Filipe, Gil, Matos, Nuno (Macedo), Juni, Fábio, Dias, Arturinho (Oliveira), Abdu e Fausto. Treinador Marco Alves
 
  LEÇA FC: Marco, Ruca (João Rodrigues), João Miguel Santos, Rafa (Pisco), Mário, Mustafa (Júnior), Ruben, Bruno Freitas, César, domingos e Bruno João. Treinador Vítor Leal.
 
Um golo a fechar o primeiro tempo, e outro a abrir o segundo, foi duro golpe nas pretensões leceiras, nesta sua deslocação a Serzedelo. Num encontro, em que a equipa do Leça, em nada foi inferior ao seu antagonista. O jogo foi-se desenrolando sob a batuta do equilíbrio, mas a eficácia dos homens da casa foi o factor determinante no desfecho final.
A perder por duas bolas de diferença, a turma do Leça, bem tentou mudar o rumo aos acontecimentos, mas só viria a reduzir, já perto do apito final, facto que fez tremer os homens comandados por Marco Alves. Com este resultado, tudo fica mais difícil para o clube de Leça da Palmeira, conseguir fugir à despromoção, a distancia agora é de 6 pontos, mas ainda faltam 6 jogos por disputar, e tudo ainda pode acontecer, esperamos que de positivo para o Leça FC.
 
Próxima jornada o Leça na condição de visitado defronta o Aliados de Lordelo

PERAFITA APRÓXIMA-SE DA LIDERANÇA.


Divisão de Honra A. F. Porto, jornada 30
  Estádio do FC Perafita
Árbitro – Diogo Oliveira
PERAFITA 2 D.SANDINENSES 0
Ao intervalo, 0-0, marcadores, Cheta (52) e Tinaia (56)
 
PERAFITA: Mata, Magalhães, Nuno Ribeiro, Raimundo e Alex; Hélder (João Rodrigues), Carinhas e Viana (Pedrinha), Paulinho, Tinaia (Lutchindo) e Cheta (Soberano). Treinador António Gaiteiro
 
DRAGÕES SANDINENSES: Xavi, Preto, Rui Sousa, Barreiros, Jesus (Zezinho), Miguel, Pedro Abel (Quinzinho), Machado (Hélder), vitinha (Palheira), Bruno Rocha (Nuno Silva). Treinador Tozé Madureira.
 
 
A turma de Gaiteiro obteve uma vitória bastante tranquila na recepção aos D. Sandinenses. Com esta vitória, os perafitenses, quase garantiram a quatro jornadas do fim, o 2º posto, estando a gora a três pontos do líder Lixa Após uma primeira parte, muito morna, sem chama mesmo, pois os ataque quase não incomodaram as balizas contrárias.
 
Os homens comandados por Gaiteiro, no segundo tempo, puxaram dos galões de equipa candidata à subida e de rajada selaram o resultado, primeiro foi cheta que dentro da área aproveita um deslize da defensiva da equipa de Sandim, e abre o placard, depois, quatro minutos depois, foi a vez do médio Tinaia, desviar à boca da baliza, um cruzamento do capitão Paulinho. Com a vantagem conseguida de rajada, os perafitenses controlaram com alguma tranquilidade o adversário, de nada valendo os intentos do técnico forasteiro, isto de apesar ter criado algumas situações de golo, em que o guarda-redes Mata se impôs com mestria, garantindo o nulo na sua baliza. Resultado justo, que faz acreditar os matosinhenses na conquista do título.
 
 

segunda-feira, 22 de abril de 2013

COM FERRER ENDIABRADO, CUSTÓIAS VENCE DERBI


AF Porto - 1ª Divisão Série 1 2012/13 | Jornada 30
Estádio do Custóias FC
Árbitro – Diogo Oliveira
CUSTÓIAS 3 LAVRENSE 1
Ao intervalo, 2-0, Marcadores, Medeiros (5 gp), Ferrer (41 e 56) e Couto (90+3 gp)
 
CUSTÓIAS: Márcio, Renato (Gualter), Santa Cruz (Héldinho), Medeiros, Leo, Leandro, Tozé, Ferrer (Fábio), Danny, Flávio e Alan. Treinador Mário Rui.
 
LAVRENSE: Telmo, João Rodrigues, João Jesus, Tiago Pinto (Postiga), Grilo, Joel (káká), Couto, Ricardo (Jota), Diego (Cardoso), Tiago Carvalho e Nandinho. Treinador José Pacheco
 
 
Um dérbi de capital importância para as equipas envolvidas, a da casa, luta pela fuga à despromoção, os visitantes, ainda sonham com um possível subida. Numa tarde de sol radiante, as equipas entram em campo com a predisposição de conseguir amealhar mais três pontos para os seus objetivos. Custóias entrou forte a querer resolver o jogo rapidamente fazendo uma pressão alta sobre o adversário, não os deixando jogar conforme gostam. Com uma boa circulação de bola, e logo nos primeiros 5 minutos, Ferrer entra na área sendo rasteirado por Ricardo dentro da mesma e ganha penalti e Medeiros converte, no primeiro golo da partida. Continuando na mesma toada, o Custóias chega ao 2º golo numa jogada individual de Ferrer (esteve enorme), aos 38m.
 
No segundo tempo e com uma vantagem de dois golos, o Custóias recua linhas, jogando em contra ataque, convidando o Lavrense a atacar. Na sequência de um contra ataque e numa boa jogada de envolvimento o Custóias faz o 3-0, com Ferrer a bisar. O Lavrense vai à procura de reduzir, e é premiado em cima do apito final, através de uma grande penalidade. Vitória justa da melhor equipa sobre o terreno que teve nas suas fileiras um avançado FERRER endiabrado, que começou a época precisamente na equipa contrária, sendo transferido em Dezembro último para os custóienses.
 
 
Próxima jornada, o Custóias vai visitar o já campeão da serie 1, Gulpilhares e o Lavrense joga no seu reduto, frente ao 2º classificado, S. Félix, numa jornada particularmente difícil para as cores matosinhenses

domingo, 21 de abril de 2013

SENHORA DA HORA EMPATA, NUM JOGO EM QUE FOI SEMPRE SUPERIOR.



AF Porto - 1ª Divisão Série 1 2012/13 | Jornada 30
Estádio do SCS Hora
Árbitro, Tiago Cabral
SENHORA DA HORA 1 VILA FC 1
Ao intervalo, 0-0, marcadores Pedro Gil (75`) Andrade (82`)
 
SCS HORA: Tiago Oliveira, Fabinho (Freire), Ramalho, Tiago Costa e Bruno Pereira; Kennedy, Jordan e Joel, Rafael Rezende (João Pinto), Andrade e Ivo. Treinador Joca
 
Numa tarde de sol brilhante, o jogo foi disputado de uma forma intensa, mas sempre com sinal mais da equipa do Senhora da Hora, que no primeiro tempo criou, através de Rafael Rezende e Jordan, as melhores oportunidades para abrir o marcador. A equipa visitante, trazia a lição bem estudada, que passava por não perder o jogo, para manter os senhorenses a quatro pontos de distancia, no primeiro tempo, quase não importunou o guarda-redes da casa.
 
No segundo tempo o cariz do jogo não se alterou, Senhora da Hora, sempre com sinal mais, desfrutou de duas excelentes e soberanas oportunidades para se adiantar no marcador, aos 48`Andrade consegue isolar-se pela esquerda e só com o guarda-redes forasteiro pela frente, permite que este desvia para canto. 53 minutos, Ivo pedre tempo de remate, quando tinha tudo para o fazer, gorando-se a oportunidade. O Vila, não conseguia jogar em todo o terreno, perdendo-se no meio campo senhorense. Porfiam no ataque os senhorenses, mas sem resultados práticos, até que aos 75`minutos, depois de uma falta, não assinalada contra os gaienses, a defensiva da casa para desconcentra-se e permite o golo forasteiro, depois de uma grande intervenção de Tiago Oliveira, a bola sobra para Pedro Gil, que de forma acrobática faz o golo. Duro golpe nas pretensões senhorenses, que não deixaram de acreditar num resultado positivo, e aos 82`empatam a partida por Andrade, à ponta de lança, mais forte no um para um, desfere um remate forte e colocado, não dando hipóteses ao guarda-redes. Até ao fim mister Joca tentou tudo, acabou o jogo com 4 avançados, mas a sorte nada quis neste jogo com os senhorenses, Resultado injusto, que serve as pretensões dos visitantes.
 
O árbitro do encontro, que até teve nota positiva na primeira parte, o descanso fez-lhe mal, pois no segundo tempo equivocou-se por várias vezes, com prejuizo senhorense

DECIDIDO! PADROENSE FICA COM A LANTERNA VERMELHA


 
Num jogo entre os dois últimos, e já despromovidos, classificados do campeonato, foi o Infesta que levou a melhor, garantindo com a vitoria por 2-1, o 15º lugar, entregando o último posto da tabela ao seu rival e vizinho Padroense.
 
INFESTA: Isac, Carlos Pinto, Rui Jorge, Tiago Jonas, Pedro Pereira, João Reis, Vitinha I, Tiago Veiga (André Maia, 75'), Vitinha II (Digas, 67'), Bruninho (Ricardinho, 81') e Magalhães.
 
O Infesta venceu, mas foi o Padroense que entrou melhor na partida. A equipa de Ferreirinha, teve mais posse de bola e chegou mais vezes ao ataque, porém, poucas foram as oportunidades de inaugurar o marcador. O primeiro remate com algum perigo, aconteceu aos 12 minutos, quando o ex-infestista Gonçalo deixou na direita em João Amaral e este, já dentro da área, rematou cruzado ao lado da baliza de Isac. O Infesta aos poucos encontrou-se e aos 25 minutos teve a primeira oportunidade por Rui Jorge que de cabeça, remata ao lado após canto marcado da direita por Vitinha I. No minuto seguinte, Chico desmarca Miguel que fica isolado perante Isac, mas a saída aos pés por parte do guarda-redes infestista, foi determinante para que Miguel dê-se um toque com muita força para o lado, na tentativa de desviar a bola do lance, acabando a mesma por sair pela linha de fundo. Aos 31 minutos, Paulinho de livre atira directo com a bola a passar ao lado da baliza de Isac. Oito minutos depois, Armando rasteira o avançado Magalhães dentro da área. O árbitro bem colocado, assinala grande penalidade a favor do Infesta que Vitinha I não desperdiçou, inaugurando o marcador. Aos 42 minutos, uma falha do central Armando, quase dá o segundo golo do Infesta, pois Bruninho acreditou que podia ganhar o lance e de costas para a baliza, remata mas a bola saiu ao lado. Ao intervalo, o Infesta vencia por 1-0.
 
Na segunda metade, o Padroense entrou novamente melhor e conseguiu chegar mesmo ao golo do empate aos 50 minutos. Num canto batido da esquerda, Gonçalo de cabeça consegue desfeitear o seu antigo companheiro de equipa e empatou a partida. Isac nada podia fazer. O guarda-redes do Infesta esteve em destaque dois minutos depois quando defende com uma palmada para canto, um remate de Dudu à entrada da área. Aos 65 minutos, contra-ataque rápido do Padroense, Miguel pela esquerda, cruza rasteiro para a entrada da área onde aparece Gonçalo que de primeira, atira para mais uma grande defesa de Isac. O Infesta responde pouco depois, Pedro Pereira cruza da esquerda atrasado para Bruninho que amortece com o peito para o recém-entrado Digas, atirar por cima da baliza de Marco. Aos 73 minutos, canto da direita de Vitinha I e Magalhães a aparecer ao segundo poste mas a cabecear ao lado da baliza. Jogada tirada a papel químico três minutos depois mas na baliza contrária, com Areias a cabecear ao lado. Aos 78 minutos, Bruninho cruza da direita, Magalhães falha a emenda de cabeça ao primeiro poste e Vitinha I sozinho, atira de primeira por cima da baliza. Aos 83 minutos, novo canto para o Infesta, a bola cruzada de Vitinha I vai muito chegada ao primeiro poste, o guarda-redes forasteiro, Marco, defende mas deixa cair a bola e Rui Jorge, na emenda, atira muito por cima. Adivinhava-se o golo para qualquer um dos lados e o Padroense esteve perto de o fazer em cima do minuto 90, quando Miguel ganha uma bola pela esquerda na linha de fundo, cruza para o primeiro poste onde está Gonçalo que remata mas Isac, mais uma vez, em grande plano ao fazer a defesa da tarde. O Infesta num rápido ataque, chega ao golo da vitoria. Pedro Pereira cruza da esquerda para a área onde está Vitinha I, este com todo o tempo do mundo, cruza rasteiro para o segundo poste onde aparece Magalhães à boca da baliza, fazendo o golo que dá a vitoria ao Infesta por 2-1. O Infesta com esta vitoria, soma mais três pontos passando a ter agora, 24, mais 3 que o Padroense.
 
 A equipa de José Manuel Ribeiro, vai agora disputar a última jornada em Mirandela, frente a uma equipa que já não tem hipótese matemáticas de subir de divisão pois empatou a três bolas em Fafe. O árbitro da partida, Pedro Campos da A.F.Porto, não esteve à altura do jogo, cometendo erros que prejudicaram ambas as equipas, embora nenhum deles tenha tido influência no resultado final.
 
in FC INFESTA

RESULTADOS DE 21 DE ABRIL DE 2013



Resultados dos clubes de Matosinhos

LEIXÕES 2 FC PORTO B 1

INFESTA 2 PADROENSE 1

SERZEDELO 2 LEÇA 1

PERAFITA 2 D.SANDINENSES 0

SENHORA DA HORA 1 VILA FC 1
CUSTÓIAS 3 LAVRENSE 1
AVINTES 1 LEÇA DO BALIO 0

ALDEIA NOVA 0 LUSITANOS 0

MAILO COLOCA LEIXÕES PROVISORIAMENTE NO 2º LUGAR


SEGUNDA LIGA 37ª JORNADA
Estádio do Mar em Matosinhos
Árbitro: Bruno Esteves (Setúbal).
Ao intervalo: 0-1.Marcadores: 0-1, Tozé, 38 minutos. 1-1, Malafaia, 52. 2-1, Mailo, 87.
 
LEIXÕES:Rui Sacramento, Gonçalo Graça, Nuno Silva, Zé Pedro (Kizito, 69), Sequeira, Fábio Santos, Hernâni, Malafaia (Cadinha, 57), Luís Silva, Tiago Borges (Moedas, 90) e Mailo. Treinador: Pedro Correia.
 
FC PORTO B:Stefanovic, David Bruno, Abdoulaye, Zé António, Quino, Mikel (Fábio Martins, 90), Kelvin (Sérgio Oliveira, 55), Michael, Tozé, Sebá e Caballero (Dellatorre, 79). Treinador: Rui Gomes
 
 
 
O cabo-verdiano Mailo marcou o golo que deu a vitória do Leixões por 2-1 na receção ao FC Porto B. Numa grande partida intensa e emocionante, os portistas marcaram primeiro por Tozé (38 minutos), mas o Leixões recuperou na segunda parte, empatando através de Malafaia (52) e fazendo o 2-1 final graças uma cabeçada certeira de Mailo (87).
 
Duas grandes equipas, que se bateram com dignidade, na luta pelos três pontos, num encontro mal dirigido pelo setubalense Bruno Esteves, que se equivocou por diversas vezes. Nem com os (reforços Abdoulaye, Quino e Kelvin) atletas que habitualmente trabalham com o plantel principal portista, os dragões conseguiram interromper a serie positiva dos homens do Mar.
 
No primeiro tempo os visitantes foram mais perigosos, mas encontraram pela frente um guarda-redes, em grande forma, que com exibições consistentes, tem-se revelado preponderante na equipa leixonense, mas o intervalo chegou com a vitória dos azuis por uma bola a zero, com o golo a ser apontado por Tóze de livre direto.
 
No segundo tempo, já deu mais Leixões, que tirou partido da expulsão de Michael, por acumulação de amarelos, por pertença falta sobre Hernâni (Michael que já não deveria estar em campo desde o minuto 35 primeira parte, altura em que teve uma entrada violenta que bem podia tira-lo do terreno de jogo, ao invés Pedro Correia recebeu ordem de expulsão). No minuto 52, surge o golo do empate, marcado por Malafaia, que se limitou a empurrar a bola para baliza, depois de um cabeceamento de Mailo que Stefanovic defendeu. Mesmo com os forasteiros reduzidos a dez elementos, o jogo entrou numa toada de equilíbrio e, foi já perto do fim que a equipa leixonense concretizou a remontada (87`) Mailo antecipa-se de cabeça a Abdoulaye, e faz balançar as redes criando uma forte explosão de alegria nas hostes leixonenses que à condição posicionam-se no segundo posto da tabela.
 
 

quarta-feira, 17 de abril de 2013

NO LEIXÕES RUI SACRAMENTO PODE RUMAR A FRANÇA (Tiago Pinto pode ingressar)



A edição desta quarta-feira do jornal Record avança que o Leixões está já a analisar a próxima temporada. O primeiro jogador a ser possível reforço da equipa sénior é Tiago Pinto de 20 anos.  Boavista FC Guarda-redes de formação, Tiago enverga o número 1 dos axadrezados sempre esteve ligado ao Boavista desde a temporada 2002/03. Teve passagens pelo Pasteleira em 2004/05 e em 2008/09.
 
Se uns podem entrar, outros podem estar de saída do clube. Rui Sacramento, habitual titular na equipa sénior do futebol "leixonense" pode estar de saída do clube. O guardião é apontado ao Bouglone da III Divisão francesa segundo avança a edição de hoje do jornal O Jogo. Segundo edição de hoje, o jornal refere que o processo de contratação do guarda-redes já começou. Recorde-se que Rui Sacramento está em final de contrato com a equipa de Matosinhos

IN BLOG LEIXÕES

terça-feira, 16 de abril de 2013

JOGOS PARA DIA 21 ABRIL DE 2013


Fim-de-semana rico em derbies matosinhenses

Infesta e Padroense, vão encontrar-se, numa altura em que tudo está resolvido, os dois clubes descem de divisão, faltando apenas apurar quem segura a lanterna vermelha
 
O Custóias, recebe no seu reduto a equipa do Lavrense, os custóienses lutam desesperadamente para fugir à despromoção, a equipa de Lavra, espreita a 5º posto que lhe poderá dar a subida de divisão
 
Aldeia Nova e Lusitanos, vão medir forças no complexo desportivo de Leça da Palmeira (Bataria), as equipas estão muito bem classificadas espreitando ainda os lugares de acesso à 1ª divisão da AF Porto
 
Mas o prato forte, está marcado para o Estádio do Mar, os Heróis do Mar, irão receber o FC Porto B quando forem 11h15 de domingo, o encontro tem transmissão na Sporttv

JOGOS A DISPUTAR

Segunda Liga 2012/2013 | Jornada 37
LEIXÕES vs FC PORTO B
Domingo 21 Abril 2013 - 11h15

II Divisão Zona Norte 2012/13 | Jornada 29
INFESTA vs PADROENSE
Domingo 21 Abril 2013 - 16h00

III DIVISÃO SERIE B (2ª Fase) 2012/13 | Jornada 4
SERZEDELO vs LEÇA FC
Domingo 21 Abril 2013 - 16h00

AF Porto Divisão Honra 2012/13 | Jornada 30
PERAFITA vs D SANDINENSES
Domingo 21 Abril 2013 - 16h00

AF Porto - 1ª Divisão Série 1 2012/13 | Jornada 30
CUSTÓIAS vs LAVRENSE
AVINTES vs LEÇA DO BALIO
SENHORA DA HORA vs VILA FC
Domingo 21 Abril 2013 - 16h00

AF Porto - 2ª Divisão Série 1 2012/13 | Jornada 29
ALDEIA NOVA vs LUSITANOS
Domingo 21 Abril 2013 - 16h00

BOA SORTE MATOSINHOS

GANDARELA EVITA OPERAÇÃO (está para breve o seu regresso à competição)


Gandarela que se lesionou com alguma gravidade em 17 de Março, frente ao S. Félix, está quase recuperado, a boa nova serve os interesses do jogador e do SCS Hora
 
O resultado da ressonância ao joelho direito, foi bastante satisfatório (Rotura parcial do ligamento colateral interno) e está posto de parte a intervenção cirúrgica, o atleta está ha cerca de um mês parado, tendo feito fisioterapia continuadamente, e tem tido melhorias significativas
 
O tempo de recuperação estimado para que o atleta volte a competir sem limitações é de mais 15 dias, prevendo-se que o jogador regresse à competição frente ao Vila Chã na jornada 32 do campeonato da 1ª divisão serie 1 AF Porto.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

SENHORA DA HORA QUEBROU O ENGUIÇO


1º DIVISÃO SERIE 1 AF PORTO – JORNADA 29
Estádio do SCS Hora
Árbitro – Fernando Ferreira
SCS HORA 3 SP CRUZ 0
Ao intervalo, 2-0, marcadores, Andrade (2`e 6`) e Marcos (57`)



SCS HORA: Tiago Oliveira, Joel, Ramalho, Tiago Costa e Bruno Pereira; Kennedy (Ribeiro 86), Jordan e Rafael Resende (Freire 73), Andrade (Martins 86), Ivo (João Pinto 73) e Cruz (Marcos 35). Treinador Joca.
 
  Finalmente a equipa senhorense teve o privilégio de conquistar os três pontos esta época na condição de anfitrião. Quebrado o enguiço, frente ao último classificado da tabela, a equipa do Senhora da Hora ainda persegue o quinto lugar da tabela, que lhe poderá trazer surpresa positivas no final da época. O jogo foi realizado de baixo de um sol muito agradável, e começou da melhor maneira possível para os senhorenses que à passagem do minuto 6, já venciam por duas bolas a zero. Depois foi assistir a uma mão cheia de oportunidades de golo criadas mas não concretizadas. No segundo tempo, a equipa do Sp. Da Cruz ainda ameaçou marcar, mas Marcos sentencia a partida aos 57, antecipando-se bem a um defensor forasteiro encostando para o terceiro. O Jogo baixou de ritmo, com a equipa da casa a encarar o mesmo com alguma sobranceria. Já vimos os senhorenses fazer melhor na condição de visitado.

 

ALDEIA NOVA - LANCE DUVIDOSO DECIDE A PARTIDA


2.ª Divisão - Série 1 - 28.ª Jornada AF Porto
Estádio de Canelas – Canelas – V. N. Gaia
Árbitro: Pedro Barbosa
CANELAS 2010 3 ALDEIA NOVA 2
Ao Intervalo: 1 – 1 Golos: 1 – 0 por Madureira aos 8’, 1 – 1 por Ruizinho aos 40’, 2 – 1 por Ribeiro aos 48’, 2 – 2 por Carlos aos 58’ e os 3 – 2 por Madureira aos 87’
 
  CANELAS 2010: Pinto, Santos, Alves, João Pereira, Barbosa, Carlos Silva, Pedro Silva, Pereira, Lima, Miguel Silva, (Ribeiro, int) e Madureira (cap), (Dias, 90’) Treinador: Carlos Carvalho
 
G D A N: Miguel, Ivo, Gouveia, Filipe, (Soares, 78’), Mazola (cap), Ricardo Rocha, Manu, Carlos, Ruizinho, Pinto e Rochinha Treinador: Flávio Silva
 
I PARTE 8’ [1-0] Na saída da defesa para o contra-ataque, Manu serve Gouveia, este a tentar a devolução, perde a bola para Madureira, que, sem oposição, remata cruzado fazendo o um a zero. 12’ O Aldeia Nova reage bem ao golo sofrido. Carlos, descaído pela direita, cruza para o interior da área para Ruizinho que, depois de driblar um defesa, remata forte, mas a bola sai um pouco por cima da baliza de Pinto. 32’ Miguel na reposição da bola serve Carlos na esquerda. Este foge para o centro do terreno e, à entrada da área, sofre falta de Alves. Na conversão do livre, Ruizinho remata cruzado com a bola a sair junto ao travessão.40’ [1-1] Contra-ataque do Aldeia Nova, com Filipe a solicitar na esquerda Ruizinho que entra na área e, à saída de Pinto, faz-lhe um chapéu de aba larga e iguala a partida. 42’ Rochinha atrasa mal a bola para Miguel, permitindo a recuperação da bola por Carlos Silva que remata para golo, mas Manu em cima da linha evita de cabeça o golo. 45’ Em cima do apito para o intervalo, nova situação de golo para o Canelas. Ricardo Rocha coloca mão à bola junto ao bico da grande-área no lado direito. Falta convertida por Carlos Silva com a bola a bater na barreira e a subir. Pereira ganha o ressalto e remata para boa defesa de Miguel para canto. Logo de seguida, chega o intervalo, com as equipas empatadas a uma bola.
 
 
II PARTE 48’ [2-1] Madureira ganha na disputa da bola com Manu e serve Ribeiro que entra na área e remata forte com a bola a entrar junto ao poste esquerdo da baliza de Miguel. 58’ [2-2] Aldeia Nova reage de novo ao golo sofrido e chega novamente ao empate, desta vez por Carlos. Ruizinho, a passe de Pinto, ganha a linha de fundo e cruza ao segundo poste, onde aparece Carlos a rematar e a fazer o dois a dois. 71’ Remate de Carlos Silva ao poste. Na recarga, de novo, Carlos Silva a rematar por cima.80’ Bomba de Carlos Silva, com Miguel a fazer excelente defesa com os pés para canto. 83’ Livre a castigar falta sobre Pinto. Gouveia coloca a bola em Mazola com este a rematar para boa defesa do redes para canto. 87’ [3-2] Falta duvidosa à entrada da área do Aldeia Nova por Soares. Na conversão, Madureira, com um remate em jeito, leva a bola a passar por cima da barreira e anichar-se no fundo das redes com Miguel a nada poder fazer. 90’+1’ No primeiro minuto de descontos dos três dados pelo Árbitro, contra-ataque do Aldeia Nova com Mazola a cabecear junto ao poste esquerdo. Pouco depois, chega o fim do jogo com o Canelas a vencer a partida por três bolas a duas. Um resultado injusto, onde o Aldeia Nova pela sua excelente prestação no jogo merecia perfeitamente o empate.
 
 
TEXTO JOSÉ CUNHA
FOTOS CARLOS FERREIRA

TORNEIO QUADRANGULAR DE FUTEBOL VETERANOS (25 ABRIL)


O Juventude das Ribeiras leva a efeito no proximo dia 25 de Abril, o seu já famoso Torneio de Futebol Veterano de Perafita, por onde já passaram algumas das melhores equipas do panorama desportivo de Portugal, Sporting, F.C. Porto, Boavista, Guimarães, Rio Ave, Desportivo Chaves, Etc., este ano contamos como convidados com as equipas do F. C. Perafita, S.C. Braga e Varzim S.C.
 
Convidamos aqui todos os amantes do futebol a passarem uma excelente tarde de feriado vendo alguns dos craques do futebol de alguns anos atras, e os bons momentos de futebol que sempre se proporciona, 
 
Aproveitamos aqui para agradecer á J.F. Perafita e restantes patrocinadores o apoio sem o qual não seria possivel a realização deste evento.
 
 ENTRADA GRATIS.

CUSTÓIAS VOLTA A ESCORREGAR.



1ª DIVISÃO SERIE 1 A F PORTO JORNADA 29
VALADARES 4 CUSTÓIAS 1
Jogo realizado em Gondim - Maia
Em virtude de o clube gaiense ter o seu campo interdito.
Árbitro Carlos Silva
 
O Resultado (4 x 1) a favor do Valadares é exagerado para o que se passou em campo, o Valadares mostrou-se mais maduro, grande eficácia e soube jogar no erro do Custóias, a luta pela manutenção continua bem viva e a permanência está no horizonte custóienses.

Custóias alinhou da seguinte forma: Luís, Danny (Pessoa 86), Flávio, Leandro e Batista, Tozé (Santa Cruz 60) Gualter (Ivo 86), Léo, Héldinho e Alan. Treinador Mário Rui.


FOTOS MANUEL SÁ

LAVRENSE VENCE E CONSOLIDA O 5º POSTO


29ª JORNADA 1ª DIVISÃO SERIE 1 AF PORTO
Complexo Desportivo de Lavra – Matosinhos
Árbitro – Jorge Silva
LAVRENSE 2 PEDROSO 0
Ao intervalo, 1-0, marcador Joel (11) e Tiago Carvalho (69)
 
LAVRENSE: Telmo, João Magalhães, Tiago Pinto (Jota 70), João Jesus, Grilo, Ricardo, Joel (Postiga 90), Couto, Diego (Cardoso 70), Nandinho (Silva 90), Tiago Carvalho. Treinador José Pacheco.
 
PEDROSO: Reis, João (Marco 70), Pedro Simão, Ricardo, Alex (Bruno 46), Paulinho (Paulo 46), André (Artur 46), Manito (Resende 90) Joel e Abel. Treinador Mário Silva.
 
Um dia de sol fantástico, e sobe a batuta de COUTO, médio Lavrense que cada vez mais se assume com o grande patrão desta equipa, os lavrenses realizaram um excelente jogo. Entrada a bom nível e sempre com uma rotação bastante alta, e após algumas jogadas de envolvimento ofensivo, surge o primeiro golo, digno de registo, pois uma bela triangulação, a bola chega a linha de fundo e é cruzada para trás, onde aparece Joel a encher o pé e a fazer um bonito golo.
 
Na segunda parte, os matosinhenses, com um futebol mais pausado, mas sempre em posse e com o comando das operações, o Pedroso chegou a assustar com remate ao poste da baliza à guarda de Telmo. O Lavrense então aí, acelarou um pouco e num contra-ataque, Tiago Carvalho na cara do guarda redes com frieza fez o segundo e sentenciou o resultado. Justo que permite à equipa de Matosinhos consolidar o quinto posto na tabela classificativa.

PERAFITA ESCORREGA NA PERSEGUIÇÃO AO LIDER


Tiago Madalena, enviou uma bola à trave! 
 
29ª JORNADA DA DIVISÃO DE HONRA DA AF PORTO
Estádio do FC Perafita
Árbitro – Mário Valente
PERAFITA 1 BARROSAS 1
Ao intervalo, 0-1, marcadores Paulo (8) e Paulinho (60 gp)
 
PERAFITA: Mata, Magalhães (Rafa 65), Madalen, Raimundo e Nuno Ribeiro (Alex 46), Hélder (Pedrinha 46), Viana, Tinaia, Cheta (Soberano 80), Lutchindo (Carinhas 66), Paulinho. Treinador António Gaiteiro.
 
BARROSAS: Sérgio, Marcelo, Anselmo, Rui (Monteiro 68), Pedro, Paulo, Telmo, Veloso, costa (Pinto 86), Luís, Miguel. Treinador Pedro Vilaça.
 
O Perafita cedeu um empate, nada previsível, em casa diante do Barrosas (1-1), numa partida em que até estiveram a peder durante uma hora de jogo.
Os locais até começaram bem e logo aos 2 minutos viram a bola bater com estrondo na trave da baliza adversária, quando, nas alturas, Tiago Madalena desviou de cabeça um livre apontado no lado direito. Só que, no minuto seguinte, na primeira vez que o Barrosas foi à baliza contrária chegou ao golo: Mica foi servido no coração da área com um passe a rasgar e atirou para o fundo das redes perante o desânimo dos locais. Com um começo de jogo tão intenso, o Perafita poderia ter igualado poucos minutos depois, não fosse o capitão Paulinho ter falhado o chapéu perante a baliza deserta do adversário. Quase sobre a meia hora, o Perafita teve nova ocasião. Desta vez valeu a excelente defesa do guarda-redes Sérgio, que negou o golo a Cheta quando o ponta de lança do Perafita atirou à boca da baliza no seguimento de um cruzamento do lado direito.
Com a equipa de António Gaiteiro a jogar com forte pressão atacante sobre o adversário, que respondia como podia, os matosinhenses só chegariam ao golo em cima da uma hora de jogo, de penalti, claro! Anselmo joga deliberadamente a bola com a mão, acossado pelo avançado Cheta, Paulinho marcador de serviço dos perafitenses, não desperdiçou e iguala a partida. Com meia hora pela frente para o termino do jogo, os perafitenses, bem tentaram chegar ao golo que lhe valeria os três pontos, mas à medida que o tempo foi avançando, a turma de Gaiteiro, foi perdendo discernimento e o resultado não se alterou.
 
 Com este resultado, os matosinhenses atrasam-se na perseguição ao líder, mas mantém a distancia que os separa da concorrência.

RUBEN MANTÉM O LEÇA NA LUTA


3ª JORNADA DA III DIVISÃO SERIE B 2º FASE
Estádio do Leça FC – Leça da Palmeira
Árbitro – Jorge Brito (V. Castelo)
LEÇA 3 VILA REAL 2
Ao intervalo, 2-1, marcadores, André (6), João M. Santos (13), Ruben (15 e 79) Rui (70)
 
LEÇA: Marco, Miguel, Cláudio, Rafael (Ruca 59), Mário, Mustafá (Wendel 68), Ruben, Bruno Freitas, César, (João Rodrigues 75) Domingos e Bruno João. Treinador Vítor Leal.
 
VILA REAL: Marcelo, Beja (Diogo 62), Fred, João Carlos (Bruno 74), Peixoto, Castanho, Rui, Shuster, André, Ivo, Luís Carlos. Treinador Abel Ferreira.
 
A equipa do Leça, recebeu no seu estádio a sua congénere de Vila Real, e venceu o encontro à tangente, mas de uma forma justa, abandonado o último lugar da tabela e mantendo os 4 quatro pontos de distancia para o objetivo.
 
 
Numa parida bem disputa sobe um sol abrasador a equipa do Leça, cedo se viu em desvantagem, mas à passagem do primeiro quarto de hora e em dois minutos concretizou a remontada, fruto do seu melhor futebol e com golos de João M Santos (defesa central goleador) e de Ruben (reforço de Dezembro), o intervalo chegou com a vantagem leceira.
 
 
Na segunda metade, o caris do jogo não se alterou, o equilíbrio manteve-se e à passagem do minuto 70, os forasteiros empatam a contenda a duas bolas. Os últimos 20 minutos foram jogados com forte pressão atacante da turma verde e branca, os leceiros chegam ao golo que lhe valeria 3 pontos preciosos na luta pela permanência, dez minutos depois de consentirem a igualdade, o seu marcador foi, Ruben de seu nome, que bisa no encontro. Até ao fim a turma da casa agarrou com unhas e dentes a vantagem no encontro, não permitindo que os transmontanos pusessem pé em ramo verde. Vitória justa da turma de Leça da Palmeira, que mantém intactas as suas pretensões.
 
Próxima jornada, os leceiros visitam Serzedelo em mais uma das sete finais que têm pela frente.

PADROENSE ( penalti nos descontos) NÃO EVITA DESCIDA DE DIVISÃO


II DIVISÃO ZONA NORTE - JORNADA 28
Estádio do Padroense – Padrão da Légua – Matosinhos
Árbitro – Sílvio Gouveia
PADROENSE 2 FAFE 2
Ao intervalo, 1-1, marcadores, Amaral (20) Filipe (23) Tiago (80) e Dudu (90+3 gp)
 
PADROENSE: Marco, Paulinho, Armando, Vítor Lobo, Miguel, Chico, Amaral, Manuel Cordeiro (Nuno Paulo 59) Areias (Fabu 71), Vinicius (Gonçalo 71) Dudu. Treinador José Ferreirinha.
 
FAFE: Pedro, Zé Manel, Miguel, André, Moreira, Filipe (Castro 73), Valente (Traquina 81), Brochedo, Mickel, Tiago e Carneiro. Treinador Agostinho Bento
 
Acabou, o Padroense, já desceu de divisão! A duas jornadas do fim do campeonato a equipa de Matosinhos, viu consumada a descida de divisão, com este empate alcançado, em cima do apito final e a vitória caseira do Joane, frente ao Amarante por duas bolas a zero, os Bravos de Matosinhos abandonam a segunda divisão
 
.
 
Em relação ao jogo, que diga-se, bem disputado, a equipa do Padroense, ate entrou melhor na partida, tendo mesmo aberto o activo aos 20 minutos por intermédio de João Amaral, mas três minutos depois deixa-se surpreender pelo golo do empate fafense, em lance de contra-ataque.
Na segunda parte os locais baixaram um pouco de ritmo, perdendo também alguma acutilância atacante, e viram os forasteiros virar o resultado a seu favor, aos 80 minutos, para em cima do apito final, Dudu de grande penalidade empatar a partida.
Próxima jornada a equipa do Padroense desloca-se, bem perto, até São Mamede Infesta para disputar mais um derbi matosinhenses, que será decisivo para quem fica com a lanterna vermelha.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC