RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 2 de fevereiro de 2014

O LÍDER CUMPRIU!


2ª  DIVISÃO SÉRIE1 A F PORTO JORNADA 17
 Complexo Desportivo de Leça do Balio. 
 Arbitro: Carlos Silva. 
 LEÇA DO BALIO 2-1 S. Romão 
Ao intervalo: 1-1, Marcadores: Miguel Grade (33´) e Édu (72´). 

 LEÇA DO BALIO: Miguel Mota, Seixas, Berto, Pedro Cardigos e Hélder, Carlos Diogo, Quaresma, Faria, João Machado, Grade e Serginho. Jogaram ainda: Shev, Paulo Fernandes, Edú e Carlitos. Treinador: Mário Heitor. 

 Numa tarde muito fria e com alguma chuva, o Desportivo Leça do Balio venceu e recebeu a formção do S. Romão por duas bolas a uma e mantém assim a liderança da série 1 da segunda divisão da associação de futebol do Porto. A equipa Baliense entrou determinada no jogo querendo rapidamente chegar ao golo, mas encontrou pela frente um S. Romão bem organizado, muito motivado para tentar tirar pontos ao líder da prova. Ao minuto nove o S. Romão ficou mesmo em vantagem, aproveitando uma desatenção do sector defensivo da casa, o avançado da equipa que viajou da Trofa marcou um golo simplesmente fantástico com um remate de fora de área não dando hipótese de defesa a Miguel Mota, que assim voltou a sofrer um golo após dez jornadas imbatível. A equipa comandando por Mário Heitor acusou o golo sofrido, embora tenha reagido tomando conta do jogo, usando os seus processos de jogo bem definidos, mas sempre com alguma ansiedade falhou alguns passes e teve dificuldades em penetrar no ultimo reduto do S. Romão. O golo do empate acabou por chegar, numa boa jogada colectiva dos balienses concluída por Miguel Grade num golo de belo efeito. Mesmo em cima do intervalo o lateral direito Seixas ganha a linha de fundo, cruza para área e Sérginho finaliza para o fundo da baliza do S. Romão, mas o lance foi anulado pela equipa de arbitragem chefiada por Carlos Silva, por alegado fora de jogo de Sérginho, que gerou muitas dúvidas e bastantes 
protestos do publico presente no estádio

.  

No segundo tempo o técnico Mário Heitor mexeu na equipa, entrando o veterano Édu, saindo Pedro Faria que fez a sua estreia a titular esta temporada, para tentar dar mais consistência ao meio campo e acabou por ser decisivo no jogo marcando o golo da vitória. A equipa do Leça do Balio, melhorou no segundo tempo, apresentando um bom futebol com transições rápidas, aproveitando a velocidade dos homens mais adiantado para aproveitar o facto do S. Romão jogar no fora de jogo. As oportunidades de golo para equipa de Matosinhos foram surgindo, mas os avançados mostram-se muito perdulários no capitulo da finalização. Após tanta insistência aos setenta e dois minutos como já seria de esperar a bola acabou mesmo por entrar na baliza do S. Romão com um remate de belo efeito de Édu, tranquilizando os adeptos da casa. A equipa da Trofa lutou muito para levar pontos, mas não conseguiu evitar e derrota que só peca por escassa, devido ao grande caudal ofensivo dos Balienses e sucessivas oportunidades de golo falhadas. Chegou o fim do encontro com o Leça Do Balio na liderança com 41 pontos, perseguido pelo Ermesinde 1936 com 40 pontos. Na próxima jornada o Desportivo Leça do Balio desloca-se ao complexo desportivo de Campanhã para defrontar o S: C. S. Vítor.

JUSTA DIVISÃO DE PONTOS NO DERBI

 
1ª DIVISÃO SERIE 1 A F PORTO 
Parque de jogos Domingos Soares Lopes em Sta Crus do Bispo
 Árbitro Nuno Soares 
LUSITANOS 1 SENHORA DA HORA 1
Ao intervalo, 0-1, golos Piasca (17) Nélson (59) 

 

LUSITANOS: Zé Filipe, Miguel, Gouveia, Carveli, Edu (Nélson 58), Ricardo Silva (Pedro Carvalho 58), Pippo, Suíço, Ricardinho (Rui Dias 82), Menese e Filipe Teixeira. T Albino Guerra 

 SCS HORA: Moreira, Fábio, Virgílio, Bruno e André; Isais, Dias e Renan (Bruno Pereira 64), Serrão, Cesário (Gandarela 64) e Piasca (Zé 51). T Nuno Gonçalves

   

Jogo muito bem disputado digno de um derbi, em que a correcção entre as equipas foi de salutar. Começou melhor a equipa senhorense que com naturalidade chegou à vantagem ao minuto 17, Piasca em velocidade bate toda a defesa aurinegra e pelo corredor central e na cara de Zé Filipe não perdoou, antes mesmo já a bola beijava as redes dos Lusitanos por intermédio de Cesário, apanhado em fora de jogo, muito bem assinalado pelo árbitro auxiliar. Os senhorenses ainda dispuseram de boas jogadas de finalização que no entanto desperdiçaram, Os Lusitanos no primeiro tempo praticamente não incomodaram o ultimo reduto senhorense, justificando-se a vantagem forasteira ao intervalo. 

 

No segundo tempo o equilibro foi a nota dominante, jogado em ritmo alto coma a bola nas duas áreas frequentemente, mas pertenceu à equipa da casa as melhores chançes de facturar, o que veio a acontecer ao minuto 59 por Nélson, um minuto depois de ter entrado na partida, Gouveia marca um livre do lado direito e a bola sobra para Nélson que sem marcação limitou-se a encostar. Até ao fim jogou-se muito perto das áreas e Pedro Carvalho teve o golo que valeria os três pontos, em cima do minuto 90, mas Moreira negou com um portentosa defesa para canto. Em período de descontos Nuno Gonçalves treinador senhorenses, recebeu ordem de expulsão por protestos. Resultado justo muito bem dirigido pela equipa de arbitragem

SAÚDA-SE A PRIMEIRA VITÓRIA DE 2014

 
 28.ª Jornada da Liga2 Cabovisão 
Jogo no Estádio do Clube Desportivo Trofense, na Trofa. 
Trofense - Leixões, 0-3 
Árbitro: Artur Soares Dias (Porto). 
Ao intervalo: 0-0. Marcadores: 0-1, Moreira, 58 minutos. 0-2, Moreira, 61'. 0-3, Mailo, 80'. 

 Trofense: Conrado, Tiago Mesquita, Dennis Nieblas, Luiz Alberto, Matheus Zouain, Tiago, Hélder Sousa, Mateus Fonseca (Maicon Assis, 77'), Rafinha (Nanissio, 23'), Padilla (Guevara, 39') e Neves.Treinador: Porfírio Amorim. 

 Leixões: Chastre, Oto'o, Zé Pedro, Materazzi, Huguinho, Anderson, Ruben Saldanha, Moreira (Rui Coentrão, 85'), Moedas, Talles (Cadinha, 46') e Pedras (Mailo, 55'). Treinador: Pedro Correia. 

 

Regresso às vitórias e logo com três golos, dois deles marcados pelo mesmo homem: Moreira. Esta tarde, na Trofa, o Leixões SC levou a melhor e voltou a somar os três pontos, algo que já não acontecia desde o último 11 de dezembro. Está, assim, dado o pontapé na crise de resultados e na sorte que andava fugida dos homens de Pedro Correia. E é uma vitória mais do que justa com o Leixões a dominar o encontro do primeiro ao último minuto, com o Trofense a ter poucas ocasiões na frente de ataque e com Conrado, guarda-redes do Trofense, a ser uma das figuras do encontro pois, graças a ele, o Trofense não saiu derrotado com um resultado ainda maior. Conrado defendia lance atrás de lance. Exemplos disso são o remate de Ruben Saldanha, (11'), de Talles (14') e de Huguinho (14'). A partir dos 20' de jogo o Trofense ficou reduzido a Dennis com expulsão, por vermelho direto, após uma entrada sobre Ruben Saldanha. Se até aí o Leixões SC dominava, o domínio foi ainda mais avassaltador e Pedras teve a melhor oportunidade na primeira metade aos 26' depois de ter enviado a bola à barra na sequência de um cruzamento de Oto'o.

 

Ao intervalo o 0-0 pecava por escasso e não demonstrava o que se passava dentro das quatro linhas. Prova disso foi um novo remate, aos 47', por Anderson que conseguiu fazer brilhar, uma vez mais, Conrado. Mas os golos para os matosinhenses viriam a surgir a partir dos 58'. Moreira inaugurou o marcador depois de um livre bem batido por Oto'o. Os festejos dos adeptos do Leixões que estiveram no estádio estalaram logo com o golo. Mas o avançado do Leixões viria novamente a ter a oportunidade de dilatar o marcador. Aos 61', novamente com Oto'o na jogada, Moreira apenas teve que encostar a bola para dentro da baliza dos trofenses. Com o 0-2 a favor dos homens de Matosinhos, o Leixões não desiste e não abrandou o ritmo. Mailo, aos 81', viria a fechar a contagem com um remate cruzado quando só tinha pela frente Conrado num lance de ataque bem produzido pela equipa de Pedro Correia. Um resultado que se ajusta como uma luva sendo que assim a malapata está deitada fora e com os resultados positivos a voltarem a surgir. No final do encontro o carinho dos adeptos foi retribuido com palmas dos jogadores que fizeram questão de ir agradecer o apoio demonstrado pelos adeptos que se fizeram deslocar de Matosinhos. Domingo, frente ao Beira-Mar, o objetivo será o de dar sequência ao resultado desta tarde no regresso dos jogos ao Estádio do Mar. O encontro da 29.ª Jornada da Liga2 Cabovisão está agendado para as 15h00

BLOG LEIXÕES

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC