RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 28 de agosto de 2016

TRÊS PRIMEIROS PONTOS VALEM FUGA À ZONA DE DESPROMOÇÃO

 
5ª jornada da II Liga 
Estádio do Mar, em Matosinhos. 
Leixões - Varzim, 3-0. 
Árbitro: Fábio Veríssimo (Leiria). 
Ao intervalo: 1-0. Marcadores:Miguel Ângelo, (44) Jeferson, (51 pb) Bruno China, (54). 

Leixões: Assis, André Teixeira, Wellington, Silvério (Freitas, 68), Belly, Bruno China, Chiquinho (Kikas, 61), Bruno Lamas, Miguel Ângelo (Shiao Wei, 76), Fatai, Bruno Henrique Treinador: Filipe Coelho. 

 Varzim: Paulo Vitor, Nélson Agra, Sandro, Jeferson, Delmiro, Leonel Olímpio, Tiago Alves, Nelsinho (Diego Barcelos, 59), Organista Villagrán, 46), Rui Coentrão e Romário (Rui Costa, 69).Treinador: Armando Evangelista. 

Em busca da primeira vitória na prova, a equipa da casa enfrentou um adversário que usou o seu poder físico para tentar condicionar as ações dos locais, que só no minuto 11, num remate ao lado de Chiquinho, esteve perto de marcar. 
 Os poveiros apostaram em lances de bola parada e, num deles, aos 27 minutos, na sequência de um livre indireto, Romário antecipou-se à defesa do Leixões e desviou de cabeça, mas a bola acabou por falhar o alvo. 
 Do lado direito do ataque dos locais, Fatai começava a mostrar serviço e, depois de servir Bruno Henrique (37), que saiu para as mãos do guarda-redes, esteve no lance decisivo da primeira parte. Aos 44 minutos, o extremo surgiu na área a rematar para defesa para a frente de Paulo Vitor, a que Bruno Henrique não chegou, surgindo na sobra Miguel Ângelo a 'encher o pé' e a abrir o marcador. 
 E se o Leixões foi para o intervalo contente, a satisfação redobrou quando entre os 51 e 54 minutos, quando apontou mais dois golos e prenunciou a primeira vitória da época na II Liga. 
 O primeiro surgiu de um autogolo de Jeferson, aos 51 minutos, após livre de Bruno Lamas, e o segundo quando Bruno China se viu sem marcação à entrada da área a atirou forte para o fundo das redes, aos 54. 
 O Varzim procurou meter velocidade no seu jogo e Rui Costa (72), na área, obrigou Assis a defesa apertada para canto, resolvendo com facilidade, até final, as outras investidas poveiras.

IN LUSA

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC