RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 30 de setembro de 2012

BALIENSES SEM PERDER NESTE CAMPEONATO


Terceira jornada da 1ª divisão serie 1 AF Porto
Complexo Desportivo de Leça do Balio
D LEÇA DO BALIO 1 VALADARES-GAIA 1
 
DL BALIO:Dinis, Carlitos, Virgílio, Stam, Grilo (Tiago),, Cardoso, Barros, Marco Pereira (João), Cris (João Rodrigues), Vítor Carneiro (cap.) (Ismael) e Bessa
 
Quem se deslocou ao Complexo Desportivo de Leça do Balio, não deu por perdido o tempo que dedicou ao assistir a este jogo.
Duas equipas que jogaram para ganhar, onde as oportunidades de golo foram repartidas, acabando por se verificar o nulo ao intervalo.
Na segunda parte e com as alterações produzidas por ambos os conjuntos, o jogo ficou um pouco partido com constantes contra ataques de ambas as equipas. De um livre superiormente marcado pelo entrado no jogo, João Rodrigues (ultimo reforço da equipa da casa), aos 65`minutos, os baliense chegam à vantagem, a premiar a melhor eficácia dos homens da casa. Mas não demorou muito a vantagem baliense, pois cinco minutos depois, apos uma jogada rápida de contra-ataque, o Valadares fazia o empate, resultado que não sofreu alteração até final do jogo.
Resultado justo com a divisão de pontos onde as 2 equipas ainda não perderam neste inicio de campeonato

INJUSTO! SENHORENSES NÃO MERECIAM

Terceira jornada da 1ª divisão serie 1 AF Porto
Complexo Desportivo SC Senhora da Hora
SCS HORA 0 PROGRESSO 1
 
 
SCS HORA: Tiago Oliveira, Fábio, Ramalho, Bruno e Pereira; Ribeiro, Jordan e Marco; Joel, Rafael e Ivo. Treinador Joca

Há dias assim! O SCS Senhora da Hora podia estar ainda a jogar que não conseguia fazer golo, ou melhor, fazia mas o árbitro não dava!
 
 
O SCS Hora entrou mal nesta partida, e sofreu o golo muito cedo, mas depois acertou nas marcações e com mais posse de bola foi se acercando da baliza contrária com bastante perigo. Na condição de vencedor a equipa do Progresso, tentou defender o resultado desde muito cedo e não se livrou de um grande susto, pois viu por várias vezes as suas redes em perigo de serem violadas. A equipa senhorense bem tentou mudar o rumo aos acontecimentos, oportunidades não faltaram, fruto do melhor futebol da equipa da casa, mas a bola teimava em não entrar, ora batia nos poste ora o guarda-redes forasteiro defendia. Bem perto do fim, o caso do jogo, os senhorense gritaram o tão merecido golo, mas o árbitro não deu, num lance que até os próprios jogadores do Progresso, cabisbaixo, saíram do lance pensando que tinha sido golo…em fim há dias assim!
 

PADROENSE COM DEZ EMPATA FRENTE AO BOAVISTA

3ª Jornada II Divisão Zona Norte Estádio do Padroense FC Árbitro Augusto Costa (Aveiro) PADROENSE 0 BOAVISTA 0
 
PADROENSE: Marco , Vitor Lobo, Nuno Paulo (Manel) , Amaral, Mário Costa (Pedro Dias), Fabú (Gazela), Miguel, Chico, Mario Jorge, Vinicios, Ricardo. Treinador Augusto Mata
 
BOAVISTA: Ricardo Campos, Paulo Campos, Carlos Santos, Simão Coutinho, André Pereira, Pedro Navas, Zé Tiago (Fary), Ismael (Joel), Zé Manuel (Pedrinho), Adriano, Welligton. Treinador Amândio Barreiras
 
 
Num jogo bem disputado, em que a equipa do Padroense entrou muito pressionante, ganhando todas as bolas divididas a meio campo, fruto da excelente atitude da sua jovem equipa. Mesmo assim a 1ª oportunidade de perigo, pertenceu ao Boavista, Wellington de cabeça viu a bola passar perto do poste da baliza à guarda de Marco. O Padroense respondeu de imediato, com uma situação de muito perigo, onde Carlos Santos no corte viu a bola embater no poste da baliza axadrezada. O jogo mantem-se com muito equilibriu, o perigo ronda as duas balizas, mas o resultado não se alterou.
 
 
A segunda parte tem início com a mesma toada e os 50`minutos, Wellington que se esgueirava para a baliza de Marco, é derrubado por Ricardo que recebe ordem de expulsão, ficando os Bravos de Matosinhos reduzidos a dez elementos. O Padroense, com uma equipa bastante jovem foram inexcedíveis no empenho e na atitude. Conseguindo anular todas as investidas axadrezadas, repartindo o domínio de jogo . O desfecho foi tal e qual como começou zero para cada lado que diga-se justo, apesar da falta de golos foi um jogo agradável de ser presenciado.
 
fotos "Boavista até morrer..."

LEÇA CONQUISTA PRIMEIRO PONTO NO CAMPEONATO



3ª Jornada III Divisão Serie B
Estádio do Rebordosa Atlético clube- Rebordosa- Paredes
Árbitro
REBORDOSA 2 LEÇA FC 2
Ao intervalo 2-1, marcadores, Luciano (7), Ismael (17) Sérginho (24) e Pedro Kinhass (90+4 gp)

REBORDOSA: Ruben, Mário, Barros, Bruno Santos e Bruninho; Carlão, Luciano, Mota, Alex (Paulo Ferreira), Bessa ( Jony) e Ismael (Setenen).

LEÇA FC: Castro, César, José Soares, Sérginho Neves e Pisco; João Dias, João Santos (Bruno Freitas), Domingos (Pedras); Cerejo (Orriça), Hugo Almeida e Pedro Kinhass. Treinador Slagalo.


Primeiro ponto conquistado pela equipa leceira no campeonato, nesta sua deslocação a Rebordosa.
O Jogo começa com a equipa da casa a instalar-se no meio campo ofensivo, fazendo forte pressão sobre a equipa que viajou de Leça da Palmeira, fruto disso mesmo e de algum adormecimento dos leceiros o Rebordosa marca logo aos 7`minutos, numa jogada de insistência, Bessa remata ao poste direito de Castro e na recarga Luciano bem posicionado na pequena área encostou para o golo, estava aberto o marcador. O Leça não conseguia responder ao futebol mais apoiado dos homens da casa, que com boas triangulações ponham os nervos da defensiva do Leça em franja. Minuto 17`e como corolário lógico do que vinha acontecendo os anfitriões chegam ao aumento da vantagem por Ismael, que sozinho fez o que quis pelo lado direito da defesa do Leça e conclui com êxito. Só a partir dos 20 minutos de jogo a equipa leceira conseguiu equilibrar a contenda, Hugo Almeida da o mote quando aos 22 minutos protagoniza uma excelente jogada individual pelo lado esquerdo e oferece o golo a domingos que de cabeça atira para fora. Os visitantes como que acordaram de tanta passividade e ao minuto 24 reduzem para 2-1, na sequencia de um pontapé de canto marcado por Cerejo e Sérginho a ganhar nas alturas à defensiva da equipa da casa e cabeceando para o golo. Até ao intervalo o jogo manteve-se repartido mas sem grandes oportunidades para ambos os lados.

PEDRAS CONSEGUE INVENTAR O LANCE QUE VALEU UM PONTO PARA O LEÇA


Para a segunda parte, a equipa do Leça, regressa com Orriça no lugar do lesionado Cerejo, mas foi a equipa da casa que por diversas vezes ameaçou a baliza à guarda de castro, que esteve irrepreensível, negando mesmo o golo ao minuto 63, com uma grande parada, na sequencia de um livre direto a bola tabela num defensor leceiro, mas mesmo assim Castro defende com grande mestria. Domínio absoluto dos homens da casa, a equipa leceira remetida ao seu último reduto, não consegue ligar uma jogada de ataque, pelo meio, o capitão Zé Soares, tem dois cortes, preciosos que evitam males maiores para a sua baliza, até que ao minuto 86 Mota recebe ordem de expulsão por duplo amarelo, o Leça, que entretanto tinha feito alterações no onze, com as entradas de Diogo Pedras e Bruno Freitas, acredita que é possível chegar à igualdade, e num lance praticamente inofensivo, Diogo Pedras consegue inventar um espaço dentro da área e é derrubado sem margem para duvidas. Penalti para o Leça que o estreante Pedro Kinhass se encarrega de converter, dando de uma forma muito feliz o primeiro ponto no campeonato à turma leceira.

 

Não é por falta de apoio que os leceiros se podem queixar, os ULTRA LEÇA marcarm presença de uma forma muito decisiva no apoio à jovem equipa.

RESULTADOS DE 30 DE SETEMBRO 2012



RESULTADOS DOS CLUBES DE MATOSINHOS

SL BENFICA B 0 LEIXÕES SC 0

PADROENSE FC 0 BOAVISTA FC 0
AD FAFE 2 FC INFESTA 1

REBORDOSA A C 2 LEÇA FC 2

FC PERAFITA 1 FC LIXA 0

VILA CHÃ 0 UD LAVRENSE 2
DL BALIO 1 VALADARESE 1
SCS HORA 0 PROGRESSO 1
VILA FC 1 CUSTÓIAS FC 0

CD TORRÃO 0 OS LUSITANOS 1
M G C 3 ALDEIA NOVA 3

sábado, 29 de setembro de 2012

SERRÃO SOUSA (ex SCS Hora) E MAIS TRÊS SÃO JOGADORES DO LEÇA



André Filipe Serrão Sousa, Natural de Matosinhos, Nascido em 1992-09-25 (20 anos), Médio Posição 10, Pé preferencial Direito Atleta formado nos escalões de formação do SCS Hora e do Leixões SC, fez o seu último ano de sub 19 ao serviço do Candal, depois de ter representado o Gondomar, a sua primeira experiencia como sénior foi ao serviço do clube senhorense
 
Serrão Sousa é jogador do Leça e vai ser inscrito na próxima terça-feira, assim como o guarda-redes DIOGO, o médio SERQUEIRA, dois ex sub 19 leceiros e o avançado JOÃO PIRES ex Desportivo das Aves.

RUI SACRAMENTO EM GRANDE NO NULO DA LUZ


8.ª Jornada da II Liga. Jogo no Estádio da Luz, em Lisboa
Árbitro: Renato Gonçalves (Guarda).
BENFICA B 0 LEIXÕES 0
 
Benfica B: Mika, João Cancelo, Ascues, Sidnei, Carole, Duarte Duarte (João Mário, 64), Luciano Teixeira, Leandro Pimenta, Miguel Rosa, Elvis (Claudio Correa) e Cafu (Luís Martins, 75). Treinador: Norton de Matos.
 
  Leixões: Rui Sacramento, Gonçalo Graça, Fábio Santos, Zé Pedro, Sequeira, Tiago Borges (Nelson, 85), Patrão, Luís Silva (Moedas, 69), Tsoumagkas, Kizito e Novais (Mailo, 46). Treinador: Horácio Gonçalves. Árbitro: Renato Gonçalves (Guarda).
 
O guarda-redes Rui Sacramento foi determinante, com intervenções decisivas que evitaram a derrota dos leixonenses.
 
A equipa da casa até começou melhor o encontro com várias iniciativas a terminarem sempre nas mãos de Rui Sacramento que esteve em destaque durante todo o encontro. Já perto da meia hora e após falta de Sidnei sobre Patrão, Sequeira teve nos pés a hipótese de inaugurar o marcador. Livre em arco a terminar nas mãos de Mika quando estavam decorridos 28 minutos de jogo. Já em cima do intervalo o Benfica tentou um remate através de Duarte Duarte após canto batido por Miguel Rosa. Rui Sacramento tranquilo segura a bola.
 
Com o intervalo, Horácio Gonçalves fez entrar Mailo e sair João Novais que já não regressou ao relvado do Estádio da Luz.O Benfica começou a segunda metade com um remate de Cláudio Correa após dominar a bola com o peito onde Rui Sacramento, defende mais uma bola. Aos 53 minutos Patrão deu o aviso que o Leixões estava acordado. Remate perigoso de fora da área por parte do médio leixonense a terminar ao lado do poste esquerdo da baliza defendida por Mika. Kizito à passagem do minuto 73 poderia ter feito o seu 4.º golo com a camisola dos leixonenses. O avançado ugandês de cabeça envia a bola ao lado do poste da baliza de Mika após um desvio de Mailo também de cabeça. 4 minutos depois Kizito teve uma nova oportunidade desta vez de fora da área a obrigar Mika a defesa a dois tempos. Já com o tempo de compensação a decorrer o grego Tsoumagkas viu o segundo amarelo no encontro e é baixa para o próximo encontro que se realiza já no domingo.
 
No próximo domingo, dia 7 de Outubro, o Leixões volta a jogar para a Segunda Liga onde recebe, a partir das 16h, a Naval 1.º de Maio.
 
Após o encontro da Segunda Liga entre Benfica B e Leixões, Horácio Gonçalves fez a abordagem do jogo à Benfica TV, canal que transmitiu o encontro.
 
 
 
"Temos uma média de idades de 21 anos. Nós poderíamos ser uma equipa B de qualquer outra equipa e com jogadores oriundos das IIB e III Divisão. É uma equipa em construção, muito jovem e temos que amealhar pontos porque os nossos objectivos passam pela manutenção. Em termos de jogo demos a bola ao Benfica e soubemos esperar para tentar o contra ataque e conseguimos algumas vezes. De qualquer das formas foi um jogo muito táctico em que a minha equipa esteve irrepreensível.
 
FONTE BLOG LEIXÕES

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

OS SUB 19 DO LEIXÕES TEM NOVO TIMONEIRO É FILHO DA TERRA DE SEU NOME MONTEIRO

Manuel Monteiro é o novo técnico dos sub19


O Leixões Sport Club e o treinador da equipa de juniores (sub19) Tiago Conde acordaram esta quarta-feira a cessação de funções de forma amigável, numa decisão que abrange também o treinador-adjunto da Equipa.
O Leixões Sport Club não deixou de agradecer todo o trabalho desenvolvido ao longo das épocas em que Tiago Conde esteve ao serviço do Clube.
No lugar do anterior responsável dos sub19 o Leixões Sport Club decidiu colocar o treinador Manuel Monteiro (na foto, ao lado do director-geral do Futebol Formação Leixonense, Adelino Gomes), que regressa ao Clube depois de ter vestido a camisola dos seniores no início da década de 90.
Na última temporada, Manuel Monteiro orientou a equipa sénior do Vila Meã. Nuno Fernandes, treinador de guarda-redes, mantém-se na estrutura. Em declarações ao departamento de informação do Futebol Formação do Leixões SC, Manuel Monteiro agradeceu o convite e disse estar pronto "para trabalhar". “Temos de nos ajudar uns aos outros”, sublinhou.
O primeiro teste do novo técnico é já no próximo sábado, com uma deslocação ao terreno do Paços de Ferreira, em partida da 8.ª jornada da zona Norte do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão.
 
fonte leixoessc.pt

terça-feira, 25 de setembro de 2012

JOGOS PARA DIA 30 DE SETENBRO



EQUIPAS DE MATOSINHOS
__________________________________________________
II Liga 8ª Jornada
S L BENFICA B vs LEIXÕES SC domingo dia 30 às 17:00 Benfica tv
_________________________________________________
II Divisão Zona Norte 2ª Jornada
PADROENSE FC vs BOAVISTA FC
AD FAFE vs FC INFESTA Jogos às 15:00 de domingo dia 30
_________________________________________________
III Divisão Serie B 3ª Jornada
REBORDOSA AC vs LEÇA FC – às 15:00 de domingo dia 30
_________________________________________________
Divisão de Honra AF Porto 3ª Jornada
FC PERAFITA vs FC LIXA – às 16:00 de domingo
_________________________________________________
1ª Divisão Serie 1 AF Porto 3ª Jornada
VILA FC vs CUSTÓIAS FC
D LEÇA DO BALIO vs VALADARES
S C S HORA va SP PROGRESSO
VILA CHÃ va UD LAVRENSE
Todos os jogos se realizam às 16:00 de domingo
__________________________________________________
2ª Divisão Serie 1 AF Porto 2ª Jornada
M GOMES COSTA vs ALDEIA NOVA –Dia 29 sábado às 16:00
CD TORRÃO vs OS LUSITANOS –às 16:00 de domingo dia 30

TAÇA DE PORTUGAL SORTEIO DITOU SP BRAGA vs LEIXÕES


O sorteio da terceira eliminatória da Taça de Portugal, que assinala a entrada dos clubes da Liga Zon Sagres, realizou-se esta terça-feira, na sede da Federação Portuguesa de Futebol
 
O sorteio ditou que a equipa do Leixões vai fazer uma visita ao estádio AXA para defrontar o Sp. Braga, na 3ª eliminatória da taça de Portuga a 21 de Outubro

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

MATOSINHENSES NOS DISTRITAIS


Resultados dos clubes de Matosinhos que competem nos campeonatos da A F Porto.
 
DIVISÃO DE HONRA, segunda jornada
VALONGUENSE 0 PERAFITA 0
FC Perafita consegue alcançar um ponto, no Estádio do Calvário em Valongo frente ao Valonguense, no empate a zero os perafitenses alinharam da seguinte forma:
Mata, Álvaro, Trajano, Tiago Madalena e Nuno Ribeiro; Carinhas, Viana e Hélder Silva (Joel), Cheta, Paulinho (Rafa)e Lutchindo (Renato). Treinador António Gaiteiro.
 
1ª DIVISÃO SERIE 1, segunda jornada
LEÇA DO BALIO 1 VILA FC 0
No Complexo Desportivo Leça do Balio, o clube local venceu com justiça o categorizado adversário Vila FC, os Balienses foram letais e saíram do encontro a sorrir com três pontos na algibeira com o golo a ser marcado pelo suplente BRUNO TEIXEIRA. Os balienses alinharam com o seguinte onze:
Dinis, Marco Pereira (Bruno Teixiera), Virgílio, Stam e Grilo; Cardoso (João) Carlitos, Vitor Barros, Cris (Ismael), Vítor Carneiro e Bessa. Treinador Paulão FC
 
PEDROSO 1 CUSTÓIAS 1
No Estádio Jorge Sampaio, em Pedroso-Gaia, a equipa custóiense, arrancou a ferros um precioso empate a uma bola, CARAMALHO marcou o golo custóiense em cima do minuto 90 Pedro Fonseca, técnico do Custóias apresentou o seguinte onze:
Luís, Marco, André Campos (Caramalho), Volodymyr, Fábio; Bruno Carvalho (Héldinho), Danny (Bruno Couto), Luís Silva, Ivo e Vasquinho (Santa Cruz).
 
UD LAVRENSE 1 FC FOZ 2
Complexo Desportivo de Lavra-Matosinhos A equipa Lavrense não conseguiu evitar a derrota frente a um adversário aguerrido que contou com a ajuda inesperada do trio de arbitragem. O golo lavrense foi apontado por RUI SEABRA aos 78 minutos, dez minutos depois de ter entrado na partida. O Lavrense alinhou da seguinte maneira:
Telmo, Stephen, Filipe Sousa, Leandro Isac e Tiago Pinto; Ricardo, Gonçalo (Grilo), Amaral (Diego), Cardoso (Seabra), Wilson e Tiago Carvalho. Treinador Eduardo Paixão
 
GULPILHARES 3 SCS HORA 0
Estádio Freguesia de Gulpilhares- Gaia Uma infelicidade do guarda-redes Tiago Oliveira abriu caminho para a vitória dos visitados, que souberam gerir o jogo a preceito dificultando a manobra senhorense que tudo fez para mudar o rumo aos acontecimentos. Joca treinador senhorense fez alinhar o seguinte onze:
Tiago Oliveira, Tiago Costa (Oleg), Ramalho, Bruno Silva, Bruno Pereira, Ribeiro (Jeremias Baiha), Marcos, Jordan, Joel, Juninho (Cruz Ortega) e Ivo.
 
2ª DIVISÃO SERIE 1 primeira jornada
 
OS LUSITANOS 5 ESTRELAS DE FANZERES 0
Parque de Jogos Domingos Soares Lopes- Santa Cruz do Bispo Os candidatos jogaram ao ritmo de um relógio “Suísso” Os Lusitanos abriram a competição com uma goleada, tendo o avançado Suisso, reforço para esta época concretizado um PÓQUER Albino Guerra, apresentou o seguinte onze:
  Rui Sérgio, Coelho, Teixeira, Carneiro e Tarrelo; Edu (Nuno Silva), Meneses e Rui Dias (Lopes); Suísso (Paulo), Ricardo Silva (Guerra) e Nuno Esteves (Ricardinho).
 
  GD ALDEIA NOVA 2 AT. VILAR 1
Complexo Desportivo Municipal de Leça da Palmeira (Bataria) A equipa perafitense abriu o campeonato com uma vitória justa quanto difícil frente a turma de Vila do Conde, os visitados marcaram primeiro por Morais, mas consentiram o empate para depois Filipe fazer o segundo, dando os três pontos à sua equipa. Flávio Silva apresentou a seguinte equipa:
Miguel, Igor, Manu, Ivo e Rochinha, Gouveia, Filipe e Morais (Tó), Ricardo (Pinto), Carlos Letra (Ruizinho), Mazola (Noronha).

POQUER DE SUÍSSO NA GOLEADA DOS LUSITANOS


Lusitanos ao ritmo de um relógio suísso
 
Numa tarde de Domingo muito chuvosa, a equipa do Lusitanos F.C. entrou da melhor maneira possível no campeonato conquistando os três pontos. A juntar à vitória que era o mais importante, a equipa de Santa Cruz do Bispo jogou bastante bem e conseguiu uma goleada por cinco bolas a zero.
 
A equipa da casa fez uma primeira parte fantástica, conseguindo chegar aos golos sem grande dificuldade. A equipa jogou de forma segura, com bola no chão, com passes curtos e sem dar muitas possibilidades à equipa adversária em ter bola e por consequência, não criar oportunidades de golo, aliás, na primeira parte a equipa de Fanzeres nao chegou mesmo à baliza dos santcruzenses. Ao intervalo os Lusitanos já venciam por 4 - 0.
 
Na segunda parte, a equipa do Lusitanos descansou um bocadinho, abrandou o ritmo de jogo e limitou-se a deixar correr o tempo, fruto também das cinco substituições, deixando também a equipa adversária criar duas ou tres oportunidades de golo, no entanto quem marcou foi novamente a equipa da casa, por Rui dias fechando o resultado em 5 - 0. Desta feita a equipa do Lusitanos consegue os 3 pontos e o 1º lugar da tabela classificativa.Assumindo-se como forte candidato à subida de divisão
 
A equipa do Lusitanos foi constituída da seguinte maneira:

fonte BLOG OS LUSITANOS

domingo, 23 de setembro de 2012

PADROENSE GOLEADO FRENTE AO AMARANTE


 
Segunda Jornada da II Divisão Zona Norte
Estádio Dr. Machado Matos em Felgueiras.
AMARANTE 4 PADROENSE 0
Ao intervalo, 3-0, marcadores César (12) Miguel (25) João Barbosa (37) e Landinho (65)
 
PADROENSE: Moreira, Armando, Vítor Lobo, Nuno Paulo (Mário Costa), Amaral, Areias (Gazela), Fabú, Miguel, Chico, Paulinho (Manel), Vinícius. Treinador Augusto Mata
 
Há dias assim!
Tudo saiu bem à equipa do Amarante, numa primeira parte em que ousou das transições rápidas para criar desequilíbrios na defensiva dos matosinhenses, sempre que atacavam com espaços, materializam em golos, que surgiram aos 12, 25 e 37`minutos. Nada corria bem à equipa do Padroense, que se tornou imponente nesta deslocação a Felgueiras frente à equipa do Amarante. Ao intervalo, os Bravos de Matosinhos, já perdiam por três bolas sem resposta. Na segunda parte, o Padroense já deu um ar da sua graça, tarde de mais…e foi o Amarante a ampliar a vantagem, demasiada penalizadora para a equipa de Matosinhos

DL BALIO FOI LETAL E SAIU A SORRIR

Numa jornada em que não foi particularmente positiva para as equipas de Matosinhos que competem na 1ª Divisão Serie 1 da AF Porto, SCS Hora derrotado em Gulpilhares por 3-0, Lavrense anfitrião, a perder frente ao FC Foz, por 1-2 e um empate do Custóias a uma bola frente ao FC Pedrosos no estádio Jorge Sampaio, salvou-se o D. Leça do Balio que venceu esta tarde em casa o Vila FC, por uma bola a zero.
 
 
Complexo Desportivo Leça do Balio
Segunda Jornada da 1ª D. Serie 1 AF Porto
DL BALIO 1 VILA FC 0
Ao intervalo, 0-0, Marcador BRUNO TEIXEIRA (75`)
 
DL BALIO: Dinis, Marco Pereira (Bruno Teixiera), Virgílio, Stam e Grilo; Cardoso (João) Carlitos, Vitor Barros, Cris (Ismael), Vítor Carneiro e Bessa. Treinador Paulão
 
  Numa tarde de inverno, as duas equipas entraram receadas uma da outra, onde o jogo teve uma toada mais lenta com o Vila a baixar as suas linhas jogando na espectativa, à espera que a equipa da casa assumisse o jogo. Denotando alguma ansiedade a equipa da casa não conseguiu durante a primeira parte os seus objetivos, que era o golo e chegou-se ao intervalo com uma igualdade a zero.
 
No segundo tempo assistimos a um Vila mais afoito, com as suas linhas mais subidas à procura do golo, período em que foi surpreendido com um contra-ataque letal, conduzido e finalizado pelo recém entrado, Bruno Teixeira aos 75m. Assistiu-se a partir daí à tentativa dos visitantes em chegar ao golo da igualdade, mas encontrou pela frente um adversário forte e bem organizado defensivamente explorando com bastante perigo o contra-ataque. De referir numa boa arbitragem esta tarde.

LEIXÕES 1 BRAGA B 1 - KIZITO VOLTA A SER DECISIVO



Segunda Liga 2012/13, 7ª Jornada
Estádio do Mar, em Matosinhos
Árbitro: Nuno Almeida (Porto)
LEIXÕES 1 BRAGA B 1
Ao intervalo, 0-1, Marcadores, Guilherme (17) Kizito (88)
 
Leixões: Rui Sacramento, Gonçalo Graça, Fábio Santos (Moedas, 78), Zé Pedro, Sequeira, Patrão, Luis Silva, Tiago Borges, Tsoumagkas (Novais, 46), Kizito e Pedras (Mailo, 65 Treinador: Horácio Gonçalves
 
Sporting de Braga B: Cristiano, Tomás, Gonçalo, Aníbal, Florent, Nikiema, Mauro, Manoel (Tiago, 78), Guilherme (João Vítor, 89), Yazalde (Carlos Eduardo, 59) e José Luís.Treinador: Artur Jorge
 
 
Na primeira parte, os bracarenses, remataram mais, deram muito trabalho à defesa e ao guarda-redes leixonense. Aos 17 minutos depois de uma falta que fica por marcar sobre Pedras no meio campo que dá origem à jogada do golo bracarense. Guilherme foi o autor do golo após um remate forte e colocado não dando hipótese de defesa ao guardião Rui Sacramento. O Braga B valeu-se da qualidade do seu tridente atacante, composto por Guilherme, Yazalde e José Luís, muito ativos e fortes nos duelos individuais, para impor o seu futebol. O Leixões respondeu já depois dos 30`m, com um livre direto apontado por Sequeira com Cristiano a evitar um golo. Sequeira que viria a ter nova oportunidade, um minuto depois mas valeu novamente Cristiano a evitar o golo leixonense.
 
 
 
Apos o intervalo, Horácio Gonçalves deixou ficar nos balneários Tsoumagkas e fez entrar João Novais e foi dele que aos 58 minutos de jogo de livre deu um golo ao Leixões por Fábio Santos. o Leixões e seus adeptos festejaram o golo por breves instantes, mas o árbitro anulou o lance por pretensa carga irregular de Fábio Santos sobre o guardião Cristiano ou fora-de-jogo por intervenção de Zé Pedro no lance, ele que estaria adiantado, a dúvida persiste. Os ânimos dos adeptos leixonenses exaltaram-se ainda mais depois desse lance e, nomeadamente, de um ocorrido aos 60 minutos, em que se pediu, em vão, penálti contra o Braga. Depois de muito porfiar, o Leixões acabou mesmo por marcar, pelo jovem ugandês Kizito, que aproveitou uma sobra na pequena área bracarense para fazer o golo e garantir, assim, o empate para a sua equipa. Já em período de descontos em prática, o SC Braga viria a ver-se reduzido a 10 elementos depois de expulsão por acumulação a Gonçalo.
 
No próximo domingo o Leixões defronta SL Benfica B em Lisboa no Estádio da Luz num encontro que, terá transmissão por parte da Benfica TV.
 
fotos Duarte Rodrigues

CORREIA DEU A VITÓRIA AO INFESTA

Apesar do tempo cinzento e chuvoso que se fez sentir, o futebol praticado dentro das quatro linhas foi bonito de se ver e o Infesta, superior em todos os capítulos do encontro, foi um merecido vencedor.
 

O encontro começou logo com dois lances perigosos para o Infesta quando Ely e Oliveira, remataram com muito perigo junto ao poste da baliza de Pedro Albergaria. O Infesta era quem dominava, com mais posse de bola e lances de ataque, enquanto o Ribeirão, ia respondendo em contra-ataques rápidos, tanto que o Ribeirão só chegou com real perigo à baliza do Infesta aos 26 minutos quando Flávio Igor rematou por cima da baliza de Isac. Ainda na primeira parte, e já com o jogo mais repartido e equilibrado para ambas as equipas, surge um cruzamento a meia altura de Daniel pela direita aos 45 minutos, onde Isac teve de se aplicar, perante a oposição do avançado Ansumane.
 
 
Na segunda metade o Infesta entrou a todo o gás e esteve perto de inaugurar o marcador por duas vezes logo nos primeiros minutos. Primeiro foi Bruninho que ganha posição a um defensor do Ribeirão e remata junto ao poste ao lado e na jogada seguinte, Pedro Nuno descobre Ely que sem oposição remata à entrada da área para grande defesa de Pedro Albergaria. O Infesta mostrava que queria vencer o jogo enquanto que o Ribeirão continuava apático perante tal domínio do Infesta. Aos poucos, o jogo foi-se equilibrando, com jogadas de ataque de parte a parte mas era o Infesta que mantinha o sinal mais no jogo. Aos 78 minutos, Tiago Silva, a passe de Varela, ganha posição a Jorginho e remata já dentro da área para defesa apertada de Isac, no lance, o Infesta sai a jogar e Ely consegue ganhar um pontapé de canto. Canto esse marcado por Vitinha I ao segundo poste onde aparece Correia que cabeceia para o fundo da baliza do Ribeirão, inaugurando o marcador. O Infesta já merecia estar em vantagem. Até ao final, o Ribeirão bem tentou chegar ao empate, mas apenas há a destacar um lance aos 87 minutos por Hugo Cruz que remata de fora da área, onde Isac defende a dois tempos. Vitória justa do Infesta perante um adversário que vinha rotulado de favorito.
 
O árbitro da partida, Carlos Dias da AF Porto, teve um bom trabalho, tendo apenas a assinalar um lance no final da primeira parte quando não marca uma falta por mão de um defesa do Ribeirão na zona da meia lua, apitando para o intervalo.
 
Na próxima jornada, domingo dia 30 de Setembro, o Infesta desloca-se a Fafe a em jogo marcado para as 15h00.
 
fonte SITIO DO FC INFESTA

RESULTADOS DO DIA 23 SETEMBRO


RESULTADOS DESPORTIVOS DAS EQUIPAS DE MATOSINHOS

LEIXÕES 1 BRAGA B 1

AMARANTE 4 PADROENSE 0
INFESTA 1 RIBEIRÃO 0

LEÇA 1 LOUSADA 2

VALONGUENSE 0 PERAFITA 0

GULPILHARES 3 SC S HORA 0
LEÇA DO BALIO 1 VILA FC 0
PEDROSO 1 CUSTÓIAS 1
LAVRENSE 1 FC FOZ 2

ALDEIA NOVA 2 AT VILAR 1
LUSITANOS 5 ESTRELAS FANZERES 0

LEÇA - TERCEIRA DERROTA CONSECUTIVA


III Divisão Serie B Segunda Jornada
Estádio do Leça FC Árbitro,
Carlos Fernandes (Braga)
LEÇA 1 LOUSADA 2
Ao intervalo, 1-1, marcadores, Quim (25) João Miguel (43) Quim (83 gp)
 
LEÇA: Castro, César, Zé Soares, Serginho e Coutinho (Bruno João), João Miguel, Domingos e Renato; Cerejo, Hugo Almeida (Junior) e Pisco (Pedras). Treinador Slagalo
 
LOUSADA: Wadson, Álvaro, Papa Mor, Danny, José Manuel, André Moreira, Gustavo e Lisboa (Digão); Ernesto, Quim ( Tó Miguel) e Jorginho II (Jorginho I). Treinador José Augusto
 
 
Numa tarde muito chuvosa, a equipa do Lousada confirmou o seu favoritismo, frente a uma equipa do Leça, muito a baixo das suas potencialidades. Os leceiros até começaram bem esta partida, pressionantes sobre o adversário e com um futebol objetivo, rapidamente conseguiram excelente oportunidade de marca, quando Hugo Almeida, ganha na velocidade a Papa Mor e consegue arranjar espaço para rematar com perigo à baliza de Wadson guarda-redes ex Leixões. Fruto de jogar a favor do vento os leceiros pressionantes, conseguiram três cantos consecutivos, mas não tiram qualquer partido disso mesmo. Aos vinte minutos de jogo existia uma ligeira supremacia dos homens da casa no terreno de jogo, com um Lousada mais expectante. Aos 25`m os forasteiros chegaram ao golo, tirando partido de uma perda de bola em zona proibida, da qual resulta um ataque rápido pela direita e Ernesto assiste Quim, sem marcação encostar para o golo. Aos 40`m, resultado de outra perda de bola da equipa leceira, Quim falha escandalosamente o segundo golo, quando só tinha o guardião Castro pela frente. No minuto seguinte o Leça quase chega à igualdade através de Hugo Almeida, que remata sem oposição com a bola a embater no braço de um defensor do Lousada (penalti reclamaram os leceiros).Três minutos depois o Leça, chega à igualdade através de João Miguel, canto marcado por Pisco do lado esquerdo do ataque leceiro, Sérginho desvia ao primeiro poste e João Miguel, com o peito confirma o golo ao segundo poste.
 
Na segunda metade, o Leça aparece em campo com Bruno João no lugar de Coutinho que ficou nas cabines, esta alteração não trousse nada de melhoria ao futebol do Leça. O Lousada consciente das suas potencialidades consegue assumir o comando do jogo e dominou praticamente todo o segundo tempo, pertencendo-lhes as melhores chânces de marcar, mas Castro e a desinspiração dos avançados forasteiros, lá iam aguentando o empate. O Leça só criou perigo junto à baliza de Wadson, através de remates fora da área por intermédio de Cerejo. Aos 67`m Castro nega o golo aos forasteiros, na resposta Cerejo põe à prova Wadson, que defende com dificuldade junto ao poste direito. Adivinhava-se o golo forasteiro, este surgiu ao minuto 83` de grande penalidade, falta de Bruno João sobre Quim dentro da área de rigor (fruto da inesperiencia do jovem leceiro), o mesmo Quim, chamado a converter não vacilou e fez o resultado final. Resultado justo da melhor equipa sobre o terreno de jogo.
 
Técnico Slagalo, ouviu os primeiros apupos de contestação, esta equipa precisa de uma vitória urgente para dar a volta a situação (terceira derrota consecutiva) Próxima jornada os leceiros deslocam-se a Rebordosa.

JUNIORES - PADROENSE SAI VENCEDOR DO DÉRBI


O terceiro golo do Padroense, deitou por terra as aspirações infestistas.
 
  Uma derrota que se aceita, mas por números exagerados, é a ilação que se tira do encontro de ontem, entre o Infesta e o Padroense na categoria de juniores que terminou com a vitoria dos forasteiros por 1-5. A equipa do Padroense teve mais posse de bola e mandou mais no jogo, mas foi o Infesta que criou primeiro perigo quando Ricardo Passos aparece isolado na cara do guardião forasteiro e este último leva a melhor. Depois o Padroense criou mais perigo, enviando uma bola à barra antes de chegar ao primeiro golo à passagem do minuto 40, resultado que se manteve até ao intervalo. Na segunda parte, o Infesta entra adormecido e o Padroense aproveita-se para aumentar a vantagem logo nos primeiros minutos. Com o resultado em 0-2, o Infesta acorda e cresce conseguindo reduzir aos 60 minutos por Ricky que marcou na sequência de um livre. O Infesta moralizado pelo golo, pressionou e teve algumas hipóteses de fazer o empate mas foi o Padroense que fez o terceiro golo pouco depois, aproveitando-se de uma atrapalhação da defesa infestista. Com o terceiro golo sofrido, o Infesta foi-se abaixo e já reduzido a dez unidades por expulsão de Miguel Fernandes, sofreu o quarto (de grande penalidade) e quinto golo bem perto do final da partida.
 
Na próxima jornada, o Infesta volta a jogar em casa, recebendo o Canidelo.
 
fonte SITE OFICIAL DO INFESTA

sábado, 22 de setembro de 2012

JUNIORES - SENHORA DA HORA VENCE DÉRBI CONCELHIO

1ª Divisão AF Porto/Juniores /2ª Jornada
Complexo Desportivo SCS Hora
SCS HORA 3 LEÇA FC 1 Ao intervalo, 1-0, Marcadores, Zé, Cachola e Alesandro.


SCS HORA: Diogo, Moisés, Freitas, Miguel, Brandão, Oruno, Ferreira, Zé, Cachola, Danny e Alesandro.


LEÇA FC: Bruno Trindade, Vitinha, Pedro, Moura, Diogo, Hugo, Evandro , Azevedo, David, Miguel e Tiago Maio.

Jogo bem disputado, com alguma intensidade, jogado muito sobre o meio do terreno, em que a equipa da casa conseguiu ser mais perigosa no ataque, sendo um vencedor justo. A equipa leceira acabou jogo reduzida a dez elementos, Bruno, depois de defender uma grande penalidade, recebe ordem de expulsão. Destaque desta partida vai para Cachola, outrora jogador leceiro, dinamizou completamente o ataque senhorense.

DAVI ex América de Belo Horizonte É JOGADOR DO PADROENSE

Novo reforço do Padroense, Davi medio atacante, proveniente do América Belo Horizonte. Davi Alexandre Fabrício, médio de 21 anos, Natural de Fortaleza - Brasil, Altura 176 cm, Peso 68 kg. Augusto Mata técnico do Padroense, acaba de ver reforçado o seu plantel e assim alargar o seu leque de opções.

  Recorde-se que este domingo os Bravos de Matosinhos tem uma deslocação a Amarante, para defrontar o clube local na segunda jornada da II Divisão Zona Norte.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

LEÇA vs LOUSADA - ANTEVISÃO


III Divisão Série B 2012/2013 | Jornada 2

LEÇA FC vs LOUSADA

A equipa do Leça FC joga este domingo, pela primeira vez esta época, em casa frente aos seus adeptos. A equipa leceira, vem de duas derrotas consecutivas, na jornada inaugural, fora de portas perdeu por duas bolas a zero, frente ao Aliados de Lordelo, jogo em que os leceiros em nada foram inferiores ao adversário, e para a Taça de Portugal, frente ao seu rival de sempre (Leixões II Liga), por quatro a um, num dérbi bem disputado, em que os jogadores leceiros dignificaram a camisola que envergam.

No próximo domingo, regressa o campeonato, o adversário e o Lousada, clube que na época passada desceu da II divisão, esta época afirma-se com candidato à subida, embora e apesar de ser bem orientada e ser composta por bons executantes, o Lousada passa por dificuldades financeiras que poderão afetar o rendimento da equipa.
A equipa do Leça, tem o orçamento mais baixo da serie B, com um plantel bastante jovem, em que o recrutamento foi feito em escalões mais baixos (Distritais), é orientada por Slagalo, ex técnico dos juniores coadjuvado por Jovanovic, outro técnico da casa, que construíram um plantel que lhes dá garantias de fazerem um bom campeonato.
Os últimos confrontos entre os dois clubes realizados em Leça da Palmeira, dá claro favoritismo aos homens da casa (Leça 3-1 Lousada II B Norte 03/04 e Leça 2-1 Lousada III Série B 88/89) A não perder no estádio do Leça FC, Domingo 23 Setembro 2012 - 15h00

JOSÉ GUARDA-REDES SENHORENSE, VAI SER OPERADO.

José, brasileiro, guarda-redes ex sub 19 da Associação Naval 1º Maio, guarda-redes do SCS Hora para a época de 2012/2013, vai parar por tempo indeterminado, O jovem guarda-redes, fraturou a tíbia e o perónio, no treino de ontem quinta-feira e já se encontra hospitalizado no H. Pedro Hispano-Matosinhos, à espera de ser submetido a uma intervenção cirúrgica. Uma contrariedade que não estava nas previsões do jovem e excelente guarda-redes senhorense, em que os seus responsáveis técnicos muito acreditam, ficando assim a baliza senhorense à guarda do também jovem Tiago Oliveira, emprestado pelo Leça FC.

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

JOGOS PARA DIA 23 DE SETEMBRO


EQUIPAS DE MATOSINHOS

Segunda Liga 2012/2013 | Jornada 7
LEIXÕES SC vs SP BRAGA B
Jogo às 16:00
________________________________________
II Divisão Zona Norte 2012/13 | Jornada 2
AMARANTE FC vs PADROENSE FC
FC INFESTA vs RIBEIRÃO
Jogos às 15:00
_________________________________________
III Divisão Série B 2012/2013 | Jornada 2
LEÇA FC vs LOUSADA
Jogo às 15:00
_________________________________________
AF Porto Divisão Honra 2012/13 | Jornada 2
UD VALONGUENSE vs FC PERAFITA
Jogo às 16:00
__________________________________________
AF Porto - 1ª Divisão Série 1 2012/13 | Jornada 2
LEÇA DO BALIO vs VILA FC
UD LAVRENSE vs FC FOZ
GULPILHARES vs SCS HORA
FC PEDROSO vs CUSTÓIAS
Jogos às 16:00
___________________________________________
AF Porto - 2ª Divisão Série 1 2012/13 | Jornada 1
OS LUSITANOS vs ESTRELAS DE FANZERES
GD ALDEIA NOVA vs AT VILAR
Jogos às 16:00

TAÇA DA LIGA - LEIXÕES SAI DA PROVA COM DIGNIDADE


TAÇA DA LIGA
Estádio do Bonfim, Setúbal
Árbitro, Paulo Batista
VITÓRIA DE SETÚBAL 1 LEIXÕES SC 1
Ao intervalo, 0-0, marcadores, Meyong (76) Kizito (83)

LEIXÕES: Rui Sacramento, Fábio Santos, Nuno Silva (Junior Pereira), Zé Pedro, Sequeira, Patrão, Tiago Borges (João Novais), Luís Silva, Kizito, Pedras e Tsoumagkas (Mailo).Treinador Horácio Gonçalves

Vitória de Setúbal com ligeiro ascendente no primeiro tempo, o Leixões mais na espectativa, jogando em transições, KIZITO cria real perigo na baliza dos sadinos aos 17 minutos. A primeira parte disputada com muita correção, vai daí a ausência de cartões, termina com uma contrariedade para o Leixões, Nuno Silva lesionado dá o seu lugar a Junior Pereira.
Na segunda parte o Vitória entra com o intuito de gerir a vantagem conseguida com o resultado da primeira mão e vê Junior Pereira de cabeça quase a fazer golo, guarda-redes do Vitória defende. Horácio Gonçalves, aposta tudo com a entrada de Mailo e depois João Novais. Depois de uma jogada de bastante perigo junto à baliza sadina, no lance seguinte, Paulo Batista assinala a marca de grande penalidade (duvidosa) por falta de Junior Pereira que é expulso por acumulação. Mesmo assim, com dez elementos em campo, os matosinhenses chegam à igualdade KIZITO foi o seu autor. Nos últimos minutos a turma do mar, tentou tudo, com alma e coração para chegar à vitoria, mas não foi possível, Leixões sai da prova com muita dignidade.

KISITO O JOGADOR DO MOMENTO (Vive drama familiar, e quer chegar ao Barcelona)

Natural de Uganda, avançado de 18 anos, proveniente do BUN`MWAYA, clube do primeiro escalão do futebol ugandês, Kisito tem o Leixões como a sua nova paixão.

O internacional ugandês (2 int frente ao Egito e Sudão), que veio para o Leixões por intermédio de Tiago Calisto, vê no clube do Mar o início de uma carreira fulgurante, no futebol europeu (Barcelona, é o sonho), “ O mister Horácio, tem sido um pai para mim, tem-me ajudado muito, mas a minha ambição não para aqui, quero chegar ao Barcelona”

Kisito vive um drama familiar, é o mais novo de sete irmãos, ficou sem pai quando tinha 3 anos “imagine o que a minha mãe passou para nos criar” e prosseguiu “ não quero que a minha mãe sofra mais, peço a DEUS que me ajude a fazer a diferença, quero fazer carreira no futebol, para enviar dinheiro para minha mãe”


Estreou-se com a camisola do Leixões, no passado domingo frente ao Leça para a 2ª eliminatória da Taça de Portugal, e já mostrou serviço, marcando o segundo golo do encontro, e deixando no ar que estamos na presença de um excelente jogador
Há uma pérola africana no mar, KISITO um jogador a seguir com muita atenção.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

DR. EDUARDO COUTINHO MATOSINHENSE ENTRE LEIXÕES E LEÇA

Dr. Eduardo Jorge Santos Coutinho
Médico Pneumologista, Natural de Matosinhos

O Jogo do Estádio do Mar fez regressar a rivalidade antiga entre Leixões e Leça, com Caixão fúnebre e tudo, exibido por um adepto leixonense, lembrando tempos antigos dos funerais da desgraça do rival da ponte móvel. No entanto tudo correu com o recomendado fair-play, tendo para isso muito contribuindo o Dr. Eduardo Coutinho, médico do futebol profissional da Leixões SAD, outrora líder do departamento médico leceiro. Dr. Eduardo Continho no presente é Presidente da Mesa da Assembleia do Leça FC. O médico do Leixões ocorreu a todas as situações para ajudar a fisioterapeuta do Leça, Maurícia.

Comportamento exemplar, que só vem dignificar a gente e o bom nome de Matosinhos.

MATOSINHOS APLAUDE!

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

SLAGALO " Diogo Pedras vai ser melhor que o tio"

Srdjan Slagalo

"Quero dar os parabéns ao Leixões pois tem uma excelente equipa, mas estou orgulhoso dos meus jogadores. Foram fantásticos, pois não viemos aqui só para defender. Perdemos com um adversário de grande valor mas saímos de cabeça levantada. Tenho um grande respeito pelo Horácio, que foi meu treinador no Varzim. Agora temos de continuar a trabalhar e concentrarmo-nos no nosso campeonato."

Sobre o seu pupilo Diogo Pedras, Slagalo referiu " Sou amigo do Pedras jogador do Leixões, ele que me perdoe, mas o seu sobrinho vai ser melhor do que ele"

PAULO TAVARES ex leixonense QUER VENCER O LEIXÕES


O médio Paulo Tavares trocou este verão o Leixões pelo V. Setúbal, mas garante que não há espaço para sentimentalismos, por isso pretende nova vitória diante do emblema de Matosinhos e seguir em frente na Taça da Liga.

«O Leixões é um clube onde tenho muitos amigos, um clube que me diz muito, mas a minha vida agora passa pelo Vitória e tudo faremos para conquistar a vitória», vincou Paulo Tavares, abordando o encontro marcado para esta quarta-feira, pelas 18 horas.

Apesar da vitória no encontro da primeira mão (1-0), o médio não espera facilidades, não fosse bom conhecedor do adversário: «Espero um Leixões aguerrido, é uma equipa forte, com qualidades, e será um jogo tão complicado como foi na primeira mão.»

«O primeiro jogo serviu para ver as dificuldades que vamos passar e vencer será muito importante», concluiu.

fonte ABOLA

DIOGO PEDRAS EM ENTREVISTA AO site zerozero.pt


«Hoje de tarde fiz a minha estreia pelos seniores a jogar com a camisola 19, agora tenho de rapar o cabelo e ganhar massa para ser parecido com o meu tio Pedras». A frase é datada de 9 de setembro e está escrita no facebook de Diogo Pedras, jogador de 18 anos do Leça que este domingo teve um dia para mais tarde recordar.

O orgulho em Pedras, avançado do Leixões, ficou bem patente nas palavras escritas por Diogo mas o comentário do tio não se fez esperar. «Os meus parabéns primeiro pela entrada na faculdade, parabéns pela estreia pelos seniores do Leça e não quero que sejas igual a mim mas sim muito melhor. Só assim fico contente e orgulhoso», respondeu Pedras.

Pela cumplicidade demonstrada, uma semana depois, o dia 16 de setembro jamais será esquecido pelos dois. Ambos naturais de Matosinhos e com o número 19 nas costas, Pedras e Diogo Pedras foram adversários na Taça de Portugal, num duelo entre dois clubes vizinhos e que não se encontravam oficialmente desde a temporada de 1993/1994.

O Leixões ganhou ao Leça por 4x1 mas foi o clã Pedras que esteve em destaque na partida. Além do encontro entre tio e sobrinho, ambos marcaram. O avançado da equipa do Estádio do Mar faturou por duas ocasiões e Diogo Pedras apontou o tento de honra dos forasteiros.

Suplente utilizado, tendo entrado ao intervalo, Diogo seguiu os conselhos de Pedras, com quem falou antes do jogo. «A única coisa que falámos antes do jogo foi para eu ter calma e não entrar nervoso. Apesar de jogar contra o meu tio, não fiquei nervoso porque sabia que era apenas um adversário dentro do campo e sempre ouvi dizer: amigos amigos, negócios à parte», afirmou Diogo Pedras ao zerozero.pt, recordando o primeiro golo como sénior.

«Eu fiz uma desmarcação e o Bruno passou-me a bola. Corri para ela até à área do Leixões e rematei», comentou, revelando a sensação que viveu na tarde de domingo. «Foi uma sensação muito boa porque ainda sou júnior e sempre sonhei jogar no Estádio do Mar. Entrei para dentro do campo para tentar ajudar a virar o resultado (ao intervalo o Leixões vencia por 1x0) mas infelizmente não consegui».

Apesar do resultado negativo e da eliminação da Taça de Portugal, o dia será para mais tarde recordar. «Foi um dia absolutamente fantástico e que um dia mais tarde vou recordar com a família», afirmou, revelando que não houve troca de camisolas entre tio e sobrinho após os 90 minutos.
«Infelizmente não foi possível porque o Leça e o Leixões não têm mais camisolas de jogo. Caso contrário, claro que trocaríamos».

Fonte site zerozero.pt

fotos Duarte Rodrigues

PADROENSE ELIMINADO DA TAÇA DE PORTUGAL


2ª ELIMINATÓRIA DA TAÇA DE PORTUGAL
Estádio Marcolino de Castro – Santa Maria da Feira
O Padroense foi eliminado na segunda ronda da Taça de Portugal, pelo GD Feirense equipa que compete nas competições profissionais (II Liga)

No jogo do passado sábado, o Feirense, só precisou de 20 minutos para acabar com as pretensões dos BRAVOS DE MATOSINHOS, Pires aos 16`m e Jorge Gonçalves aos 20`minutos, foram os autores dos golos que valeram a eliminação da prova por parte do Padroense.



A jovem equipa matosinhense, apesar da eliminação da prova, deu boas indicações para enfrentar a dura época que tem pela frente, os comandados de Augusto Mata, em nada foram inferiores aos fogaçeiros, e chegaram mesmo a espaços, apresentar o melhor futebol, apoiado e de muita posse contrapondo com o futebol mais direto da equipa do Feirense.

PADROENSE FC alinhou com o seguinte onze: Marco, Paulinho, Armando, Vítor Lobo e Miguel; Nuno Paulo, Chico, João Amaral, Fangueiro Areias e Vinícius. Treinado Augusto Mata

fotos de Domingos Lobo

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC