RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

quinta-feira, 22 de março de 2012

PERAFITA 3 MAIA LIDADOR 1 - MAIS UM PASSO RUMO À DIVISÃO DE HONRA

O jogo realizado no estádio do FC Perafita, no passado Domingo, opôs o líder, FC Perafita e uma das equipas que iniciou este campeonato com claras intenções de subir de divisão, o Maia Lidador.

O jogo realizado na primeira volta foi muito equilibrado, tendo acontecido um empate que justifica isso mesmo, no entanto com o decorrer do campeonato a progressão das duas equipas foi completamente diferente, enquanto o FC Perafita continuou o seu percurso iniciado, desde a primeira jornada em primeiro lugar, o Maia Lidador, foi tropeçando aqui e ali, deixando o comboio da frente e nunca mais conseguindo recupera-lo. Por isso este jogo antevia-se como um promissor espetáculo, pois o Maia Lidador tem nas suas fileiras atletas de grande valor que praticam bom futebol.

Com o inicio do jogo, logo se percebeu que este encontro, como muitos outros, iria ser difícil, mas nada, que a equipa da casa não conseguisse resolver. No entanto, nem o mais otimista, adivinharia, que logo ao primeiro minuto o resultado fosse, já, de 1 – 0 para os locais, fruto de um lançamento de linha lateral, efetuado na direita, a bola chega a Paulinho que cruza para a área, a defensiva do Maia Lidador não é lesta a desfazer o lance, sobrando o esférico para Tinaia, que à entrada da área, com o pé esquerdo, sem deixar cair a bola desfere um remate fortíssimo, não dando hipótese ao guarda-redes dos visitantes. Estava feito o mais difícil, entrar a ganhar num jogo contra uma bela equipa que poderia começar a complicar, mas felizmente isso não aconteceu, o Maia Lidador acusou o golo sofrido e o FC Perafita continuou a praticar o seu futebol característico, muita posse de bola, conjugada com transições muito rápidas, que deixavam a defensiva dos visitantes sempre em percalço.
A única situação de relevo, protagonizada pela equipa do Maia Lidador durante a primeira parte, aconteceu à passagem do minuto 17, quando na marcação de livre direto, o jogador do Maia levou a bola circunscrever a barreira defensiva do FC Perafita, e quando já alguns do Maia gritavam golo, Mata numa defesa de grande qualidade, consegue, em voo, dar uma palmada no esférico cedendo canto a favor dos visitantes, grande defesa a evitar o golo do empate. Aos, 30 minutos, num canto marcado por Paulinho, na direita, ao primeiro poste onde aparece Trajano a cabecear sem hipóteses de defesa possível. Conseguia assim, o FC Perafita o golo do descanso e aliava uma boa exibição ao resultado positivo, sempre com o controlo efetivo da partida, até ao intervalo.

Com o início do segundo tempo assistiu-se a uma reação positiva por parte da equipa visitante, que agora a jogar contra o vento parecia controlar melhor as situações de jogo, nesta fase do encontro o jogo desenrolava-se mais no meio campo defensivo dos visitados, mas sempre com os acontecimentos bem controlados. Aos 59 minutos, após uma reposição rápida de bola por Mata, a bola cai nos pés de Paulinho que tabela com Tinaia, com este a fugir para a linha de fundo, onde arranca um cruzamento com peso conta e medida para o segundo poste onde surge Álvaro a cabecear, completamente só, para o terceiro golo. Aproveitou muito bem o FC Perafita o embale e a subidas das linhas do Maia Lidador para responder em transição rápida, sentenciando aqui o encontro. Foi notória a forma como o FC Perafita pensou que estava tudo resolvido, resolvendo por isso afrouxar o ritmo até ai imposto, mas sem que não fossem constantemente chamados para o contrário, pela equipa técnica, como facto marcante, aos 64 minutos num livre frontal, à entrada da área, descaído sobre a direita, o Maia Lidador aproveitou, marcado para o poste mais distante, fazendo com que a bola fosse entrar depois de ter embatido no mesmo, estava feito o tento de honra da equipa visitante. Este golo sofrido foi como um alerta efetivo, o FC Perafita voltou ao registo anterior ao golo sofrido e começou, novamente a criar oportunidades de golo feito, que infelizmente na fase de finalização não viriam a acontecer, neste capítulo, destaque-se Cheta, que lançado há pouco tempo no jogo, não conseguiu finalizar, como é seu timbre, as oportunidades criadas. Até ao final, não mais o Maia Lidador criou problema de monta ao Líder, acabando o encontro com um resultado justo, poderia dizer-se que justificava mais um golo ou outro mas o Maia teve na primeira parte uma bola de golo feito negado por Mata.

Quando à equipa de arbitragem, também obteve uma boa exibição, fruto disso é que foi pouco notada durante o encontro.

FC PERAFITA: MATA; TIAGO SILVA; TRAJANO; HELDER MAIA e ALEX; CARINHAS; SERGIO SOBERANO(IVO) e TINAIA; LUTCHINDO(JOEL); PAULINHO e ALVARO(ALVARO).

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC