RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

"PADRUCA" FRENTE A AXADREZADOS MERECIA MAIS!

Estádio do Padroense FC – Padrão da Légua
18ª Jornada da série 1 Divisão d´Elite AF Porto
Árbitro: Tiago Sá
PADROENSE 1 BOAVISTA B 2
Ao intervalo 0-1 golos Roberto (7), Paulo Roberto (75) Cacheira (81)

PADROENSE: Matos, Taipa, Meneses, Barny, Renato (Tiago 73) Xoura, Medeiros, Leitão (Cacheira 64), Pedro Freitas (Bruno 73), André (Lutchindo 64), Mesquita. Treinador João Santos.

BOAVISTA B: Fábio, Rio, Velasques, Diogo Nunes, Rui Camelo, Henrique, Ricardo, Cid Gabi (Paulo Roberto 62), Zeca (Santana 6/Ibra 83) Roberto. Treinador Jorge Couto

Frente a frente duas das equipas que melhor prestação tem tido ao longo da competição, à partida separadas apenas por 3 pontos as equipas encararam o jogo de uma forma séria e olhos nos olhos disputavam cada lance com toda a garra para conseguirem os três pontos. Pelo lado axadrezado em alguns lances exerceram alguma dureza até excessiva, que motivou a saída por lesão que se julgou mais grave do avançado do Padroense Pedro Freitas que saindo em maca teve de ser socorrido no hospital. O Boavista cedo chegou à vantagem logo aos 7 minutos, depois foi ver a equipa da casa à procura de igualar o marcador, Mesquita por duas vezes esteve perto do empate, mas seria já no 2º tempo que os visitantes ampliaram a vantagem (75`). Na resposta fica uma grande penalidade por marcar a favor da equipa do Padrão que reduziu ao minuto 81 por Cacheira.

Próxima Jornada a equipa “Padruca” tem uma deslocação que se prevê bastante difícil ao reduto do Avintes 

Foto Jorge Peixoto 

DUELO PISCATÓRIO TERMINOU EMPATADO

Estádio do Varzim SC, na Póvoa de Varzim.
Árbitro: Rui Costa (AF Porto)
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rúben Macedo (42), Jorge Silva (45+1), Ricardo Alves (62), Paulo Vítor (77), Bruno Lamas (86), Ruan Teles (87) e Bruno China (89).
VARZIM 1 LEIXÕES 1
Ao intervalo: 0-0. Ricardo Alves,( 57) Stanley, (70).

VARZIM SC : Paulo Vítor, Jean, Tiago Valente, Nélson Agra, Rui Coentrão, Luíz Alberto, Pintassilgo (Diogo Ramos, 60), Nélsinho, Rúben Macedo (Ruan Teles, 64), Malele (Baba Seck, 60) e Stanley.Treinador: Nuno Capucho.

LEIXÕES SC: André, Jorge Silva, Jaime, Ricardo Alves, Derick, Bruno China, Stephen, Belima (Amine, 79), Bruno Lamas, Breitner (Sancidino, 65) e Kukula (Matheus Costa, 89) Treinador: Ricardo Malafaia.

Varzim e Leixões empataram este domingo 1-1, em partida da 2ª Liga, marcada pela muita luta, mas na qual os golos só surgiram na segunda parte.
Neste dérbi do litoral norte, entre dois clubes com fortes raízes piscatórias, e disputado com condizente raça, os matosinhenses inauguraram o marcador aos 57, por Ricardo Alves, tendo o Varzim empatado, aos 70, por intermédio de Stanley.
Com este resultado, o Leixões perdeu algum fôlego na luta pelos lugares de subida, descendo ao quinto lugar da classificação, embora com os mesmos 35 pontos de Académico de Viseu e Nacional, que seguem nos respetivos lugares a cima.
Já os poveiros, apesar de somarem mais um ponto para tentar sair das posições de descida, continuam na zona perigosa da tabela classificativa, seguindo no 18.º posto, com 22 pontos.
Os poveiros até entraram melhor na partida, conseguindo surgir mais vezes na área contrária, com Rúben Macedo em destaque no capítulo do remate.
Os visitantes tentavam responder em contra-ataque, e apesar de não serem tão afoitos a finalização, ainda viram Bruno Lama e Breitner esboçar duas iniciativas com algum perigo.
No entanto, caberia aos da casa a melhor oportunidade da etapa inicial, num remate de Stanley, perto da hora, mas que teve um corte providencial do defesa do Leixões Jorge Silva, que segurou o nulo até ao intervalo.

O tempo de descanso fez bem à turma de Matosinhos, que estreou no banco o técnico Ricardo Malafaia, regressando ao jogo com mais rotação e, sobretudo, ambição.
Um remate de Belima, ao poste da baliza poveira, aos 52 minutos, frisou esse ascendente dos leixonenses, num lance que acabou por servir de prenúncio para o golo dos visitantes, pouco depois.
Após livre de Breitner, o central Ricardo Alves escapou à marcação e conseguiu um desvio providencial para o 1-0, aos 57 minutos.
O tento fez os poveiros despertarem e surgirem mais vezes na área adversária, acabando por ver a sua insistência premiada, com o golo do empate, aos 70, por Stanley, após assistência do reforço Luíz Alberto.
Com a igualdade restabelecida, e ainda com 20 minutos para se jogar, o Leixões pareceu mais conformado ao resultado, perante um Varzim que ainda tentou a reviravolta, mas sem suficiente arte para quebrar o 1-1 final.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC