RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

LEÇA DO BALIO TRAVA LIDER NA SUA PRÓPRIA CASA


Jornada 6, 1ª Divisão Associação Futebol do Porto 
Complexo Desportivo Freguesia de Gulpilhares, em Gaia. 
Arbitro: Carlos Silva.
GULPILHARES 0 D LEÇA DO BALIO 0

GULPILHARES: Faria, Fábio Duarte, Valente, Gerson e Maté; Diogo, Batata e Vitinha; Cambiaso, (Cláudio, 62), Pedro Gil e Nuno Velha (Rooney,50). Treinador: António Pereira. 

LEÇA DO BALIO: Miguel Mota; Carlitos, João Pinto, Cardigos, e Miguel Cunha; Quaresma (Soares, 45), Carlos Diogo e Soberano, Alvaro (Machado,80), Rafa (Ivo, 60) e Hugo. Treinador: Mário Heitor. 

 A formação do Leça do Balio esteve em destaque nesta jornada depois de ir a Gulpilhares acabar com a senda 100% vitoriosa da equipa gaiense no campeonato da primeira divisão da associação de futebol do Porto, série 1. Ambas as equipas proporcionam um belo espetáculo, onde ambas queriam os três pontos e naturalmente apostaram num futebol de ataque com muita entrega ao jogo. O Gulpilhares foi a imelhor equipa que a formação de Mário Heitor defrontou até ao momento esta temporada, recheada de bons jogadores com muita experiência nestes campeonatos, entrou no jogo a querer mandar e ter posse de bola, mas teve dificuldades em penetrar no ultimo terço Baliense sempre muito sólido. A melhor oportunidade dos Gaienses no primeiro tempo aconteceu aos 20 minutos com o central a Miguel Cunha a arriscar em zona proibida isolando o avançado Nuno Velha mas valeu Miguel Mota com uma grande intervenção a garantir o nulo na sua baliza. Os Balienses a partir desta altura conseguiram ter mais posse de bola e com um meio campo com muita qualidade, jogando um futebol apoiado, iam lançando Rafa e Hugo no ataque mas sem conseguiram descobrirem o caminho para a baliza do Gulpilhares. 

No arranque da segunda parte, a atitude Baliense foi mais pressionante, tendo mais posse de bola tendo por isso estando por cima do jogo, tendo mostrado uma maior frescura física, construindo jogadas de belo efeito. Com os laterais bastantes subidos a apoiar o ataque na equipa de Mário Heitor e com Rafa e Hugo em bom plano no ataque, cheirou a golo, mas ia faltando sempre o último passe ou o remate certeiro. O Central Pedro Cardigos, que tem realizado excelentes exibições, num pontapé de canto ganhou posição de remate mas não conseguiu dar o melhor seguimento ao cabeceamento numa grande oportunidade para a equipa de Matosinhos. O Gulpilhares teve a melhor oportunidade no segundo tempo pelo entrado no jogo Rooney mas mais uma vez Miguel Mota esteve em excelente plano. Nenhuma das equipas se deu como derrotada até ao final e num jogo equilibrado aceitasse o empate a zero com a equipa Baliense do técnico Mário Heitor a mostrar argumentos válidos de uma excelente equipa com muita qualidade nos diversos sectores do campo. Ao fim desta jornada o Leça do Balio está no quinto lugar da tabela classificativa com onze pontos a cinco pontos do primeiro lugar ocupado pelo Gulpilhares.

PADROENSE EMPATA EM CASA DE CANDIDATO

Divisão d´Elite Pro Nacional A F Porto 10ª jornada 
Estádio das Lavandeiras, Oliveira do Douro – Gaia 
Árbitro Gustavo Correia 
OLIVEIRA DO DOURO 0 PADROENSE FC 0 

OL. DO DOURO: Faria, David Santos, Pereira, Gui (Nicola 75), Fábio Rola, Careca (Seidi 74), Bruninho, Penantes, Carlos Pinto, Rui João (Luís Pereira 74) e Daniel Pinto. Treinador Alexandre Ribeiro. 

PADROENSE FC: Bruno Monteiro, Simão, Porto, Coutinho, Jorge, Bruno Gomes, Paulinho I, rui Carvalho (Nélson 70), Tiago Carvalho (Joel 80) Diogo Sousa e Paulinho II (Chico 40). Treinador Ricardo Silva. 

A equipa do Padroense, surpreendeu de uma forma muito conseguida em casa de um dos candidatos à subida. Num jogo muito equilibrado, com oportunidades repartidas, as equipas deram predominância ao jogo ofensivo, com jogadas bem gizadas, pena foi o desacerto na hora de rematar. 
Depois do intervalo os matosinhenses, bem organizados defensivamente, e explorando o contra ataque, quase surpreendiam a forte formação da casa, quando em cima do minuto 90 fizeram brilhar o guardião Faria com um portentosa defesa que evitou mal maior para a sua equipa.

LEÇA CEDE EM CASA FRENTE AO LIDER


Divisão d´Elite Pro Nacional A F Porto 10ª jornada 
Estádio do Leça Futebol Clube em Leça da Palmeira 
Arbitro Filipe Brito 
LEÇA FC 0 SC RIO TINTO 1 Ao intervalo, 0-1 marcador Magalhães (20) 

LEÇA: Tiago Oliveira, Hugo Fernandes, Meneses, Caldas, Marcelo, Fafiães (Pedras 65), Touré, Marcos Silva (Hugo Pinto 65) Bruno Vaz, Pablo (Miguel Nogueira 65) e Fabrice. Treinador Pedro Soares.
SC RIO TINTO: Ivo, João Pereira, Vítor Hugo, Jorge Pereira, Rodrigues, Andrezinho Lato Djalo, Bruno Costa, Magalhães (Duarte 85) Rui (Batista 75) e Paulo. Treinador Sérgio Machado 

Num jogo muito disputado no meio do terreno, foi necessário um erro defensivo para desequilibrar a contenda a favor dos visitantes, de facto um mau alívio fez com que caprichosamente Magalhães ficasse na cara do guardião Tiago Oliveira, que bem tentou fazer a mancha mas o experiente Magalhães não vacilou e facturou o único golo do encontro 
O encontro foi pautado pelo equilíbrio e sem grandes oportunidades de golo para ambos os lados, a equipa leceira esteve perto do empate no segundo tempo, quando Miguel Nogueira atirou ao poste da baliza de Ivo, na recarga Fabrice em boa posição atirou por cima gorando-se a oportunidade. A vitória acaba por ser aceite, mas o empate traduzia melhor o que se passou durante os 90 minutos de jogo. Arbitragem sem problemas.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC