RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 2 de março de 2014

LEÇA DO BALIO BRINDA A SUA GENTE COM UMA GOLEADA FRENTE AO MGC

 
2ª DIVISÃO SÉRIE1 A F PORTO JORNADA 21 
Estádio do Leça Do Balio, em Matosinhos. 
Arbitro: Jorge Couto. 
LEÇA DO BALIO 5 MARCHAL GOMES DA COSTA 1
Ao intervalo: 3-1, Marcadores balienses: Ivo (9´gp.), Pedro (21´e 65´), João Machado (35´) e Quaresma(53´) 

LEÇA DO BALIO: Miguel Mota, Seixas, Cardigos, Hélder e Carlitos, Futy, Quaresma, João Machado e Ivo, Grade e Pedro. Jogaram ainda: Shev, Serginho. Cardoso, Ricardo e Tiago. Treinador: Mário Heitor. 

A formação Baliense recebeu a equipa do Marechal Gomes Da Costa e com a melhor exibição da época venceu com grande mérito continuando na liderança do campeonato da segunda divisão da associação de futebol do Porto, série 1, com 51 pontos. Entrou muito forte a equipa comandada pelo técnico Mário Heitor na partida com total domínio do jogo, com uma circulação de bola perfeita e uma grande ligação entre todos os sectores da equipa, chegando ao ultimo reduto do Marechal Gomes Da Costa com facilidade. Aos nove minutos Ivo de grande penalidade abriu o ativo no marcador e embalou a equipa aurinegra para um bom resultado. A equipa Baliense não tirou o pé do acelerador e com naturalidade chegou ao segundo golo, com uma grande finalização do avançado Pedro que esta jornada se estreou a titular e exibiu se a grande nível mostrando ser uma opção a ter em conta para o técnico Mário Heitor. A equipa aurinegra a vencer controlava bem o jogo com um Marechal Gomes Da Costa que apenas conseguia chegar espontaneamente ao ultimo reduto Baliense através de passes longos para os seus homens mais adiantados entrarem nas costas da defesa da equipa da casa. Aos trinta e cinco minutos o momento do jogo com um livre a 30 metros da baliza cobrado espectacularmente pelo veterano João Machado, não dando qualquer hipótese de defesa ao guarda redes visitante. João Machado que além do golo rubricou uma excelente exibição vindo a ser um elemento muito importante dentro da quatro linhas para o técnico Mário Heitor. Aos quarenta minutos a equipa visitante marcou o seu golo de honra num livre bem marcado em cima da linha de grande área não dando hipótese de defesa ao guardião Miguel Mota. 

 

A vencer por 3-1 ao intervalo, não havia grandes dúvidas de que os três pontos já não iam fugir ao Leça do Balio, situação mais evidente com o bom futebol apresentado. Ao minuto 53 Quaresma que tem estado em grande nível apresentando claramente bom futebol para outros patamares, marcou um golo de belo efeito num remate a 30 metros da baliza para grande contentamento dos adeptos balienses. À passagem do minuto 64, Pedro marcou o quinto golo baliense, numa boa finalização após um cruzamento de Miguel Grade, sendo claramente a figura desta partida com dois golos apontados. A entrega dos três pontos estava resolvida com uma excelente exibição coroada com uma goleada, com o técnico Baliense aproveitando para rodar jogadores com destaque para a estreia do guarda redes Tiago, produto dos escalões de formação Baliense, substituindo Miguel Mota, actual guarda redes menos batido dos distritais da associação de futebol do Porto. 

 Na próxima jornada a equipa do Leça do Balio desloca-se à cidade do Porto para defrontar o Ramaldense.

FC PERAFITA - MATIAS COMEÇA COM EMPATE EM CASA DO LIDER

 
Camp. Nacional Seniores, Manut. Série C| Jornada 3 
Estádio de São Miguel - Gondomar 
GONDOMAR 2 PERAFITA 2
Ao intervalo, 0-1, Rui Miguel (17) e Paulinho (75 gp) marcaram os golos perafitenses

FC PERAFITA : Artur, Fernando, Pacheco, Madalena e Diogo, Viana, Paulinho , Toninho e Hélder Silva. Lutchindo e Rui Miguel. T Manuel Matias 

Frente ao líder desta serie, o Perafita último classificado, estreava o novo técnico, Manuel Matias, que começou da melhor maneira possível, pois viu Rui Miguel abrir o marcador para os azuis e brancos de Perafita, com um golo à meia volta na sequência de um pontapé de canto. Até ao final da primeira metade os perafitenses controlaram sem grandes sobressaltos e foram para o intervalo a vencer em casa do líder. 

Na segunda metade e dez minutos volvidos os gomdomarenses chegam à igualdade também na sequencia de um pontapé de canto. Com o golo do empate, os anfitrião partiram em busca da remontada, que viria a concretizar-se através de uma grande penalidade muito contestada que resultou também na expulsão de Toninho. Os matosinhenses, a perder e com menos uma unidade, parecia consumar-se mais uma derrota, mas os perafitenses acreditaram sempre e ao minuto 75 são bafejados pela sorte que procuraram diga-se! Fernando é agarrado dentro da área de rigor e penalti para o Perafita, Paulinho na conversão não a enjeita e faz o empate de novo. 

2-2 foi o resultado final, que abre boas perspectivas para os próximos compromissos, com o que vem a seguir frente ao SC Coimbrões em Perafita, encontro de capital importância para as contas finais da equipa agora comandada por Manuel Matias Manuel 

Matias treinador do FC Perafita
 "Foi um bom jogo, poderíamos ter feito mais. Mas fomos inteligentes e soubemos dominar quando foi preciso. Acredito nesta equipa. Temos um campeonato dificilíssimo, mas tudo está em aberto..."

LEIXÕES SOMA 4ª DERROTA CONSECUTIVA! ( 13 derrotas nos últimos 16 encontros oficiais)

 
32.ª jornada da Liga Cabovisão 
Jogo no Estádio Municipal de Portimão. 
Árbitro: Manuel Mota (Braga). 
Portimonense - Leixões, 3-0. 
Ao intervalo: 1-0. Marcadores: 1-0, Fernandinho, 34 minutos. 2-0, Mazola, 69'. 3-0, Dyego Sousa, 74' (g. p.). 

Portimonense: Ricardo Ferreira, Ricardo Pessoa, Ivo Nicolau, Rui Correia, Moreno, Wacaso, Semedo (Diogo Melo, 76'), Fernandinho, Zambujo (Mazola, 67'), Juninho (Fabrício, 61') e Dyego Sousa.Treinador: Lázaro Oliveira. 

Leixões: Chastre, Oto'o, Nuno Silva, Materazzi, Huguinho, Moedas, Anderson, Moreira (Van Zeller, 57'), Tiago Lenho, Xavier e Pedras (Mailo, 61', Pedro Pinto, 78').Treinador: Pedro Correia 

Ditou o calendário que à 31.ª jornada da Liga2 Cabovisão o Leixões SC se deslocasse ao Algarve para, em Portimão, defrontar o Portimonense SC. Depois do jogo polémico da primeira volta (terminou empatado a 3-3) com o árbitro a ser o protagonista do encontro, a equipa leixonense começou melhor o jogo da tarde deste domingo. Xavier, aos 5’, rematou ao lado da baliza de Ricardo Ferreira e o Portimonense respondeu pouco tempo depois por intermédio de Juninho. Aos 34’ o Portimonense adiantar-se-ia no marcador através de Fernandinho. Jogada de ataque do Portimonense a surgir quando o jogo estava dividido a meio campo. Aos 37’ e 41’ Chastre viria a negar por duas vezes que a formação da casa ampliasse o marcador: primeiro defende cabeceamento de Ivo Nicolau e depois parou remate de Dyego Sousa. Aos 42’ Chastre, novamente em grande, evitou o golo de Wakaso ao desviar um remate de uma bola que viria a sair por cima da baliza. 

Após o intervalo o Portimonense regressou com a ambição de dilatar o resultado. Já o Leixões viria a lavar perigo junto da baliza do Portimonense à passagem dos 51’ mas o lance terminou em pontapé de baliza para a equipa algarvia. O Portimonense respondeu e, aos 52’, numa jogada combinada entre Zambujo e Juninho quase que dava o segundo para os a casa. Valeu, uma vez mais, Chastre, a evitar que a equipa da casa ampliasse a vantagem. Aos 57’ Pedro Correia lançou Van Zeller que fez a sua estreia pela equipa matosinhense e um minuto depois, aos 58’, Anderson foi expulso por acumulação de amarelos após ter travado Juninho passando a partir daí a jogar com menos um homem em campo. A tarefa dificultava-se e, apesar de haver um Leixões mais subido no terreno, o Portimonense dilatou a vantagem aos 69’. Jogada pela direita com Dyego a enviar para Mazola e este a colocar a bola no fundo da baliza de Chastre. Num minuto Nuno Silva viu dois cartões amarelos e no segundo (mão na bola no entender o árbitro) o capitão leixonense provocou uma grande penalidade que Dyego Sousa, chamado a converter, coloca a equipa da casa a vencer por 3-0. Até ao apito final, apesar do muito trabalho da equipa leixonense, o Portimonense acaba por vencer o encontro que fica marcado pelos cartões vermelhos mostrados a Anderson e Nuno Silva. 

Na próxima jornada o Leixões volta a Matosinhos para jogar contra o Atlético num encontro em que as mulheres não pagam para assistir ao jogo marcado para o próximo domingo pelas 15h00. 

 BLOG LEIXÕES

SENHORA DA HORA DISPLICENTE CEDE EM CASA FRENTE AO ÚLTIMO



AF Porto - 1ª Divisão Série 1 | Campeonato | Jornada 22
 Complexo Desportivo do SCS Senhora da Hora
Árbitro Sílvia Pereira 
SENHORA DA HORA 2 SPORT PROGRESSO 2 
Ao intervalo, 2-0, golos senhorenses marcados por Cesário e Bruno Pereira. 

SENHORA DA HORA: Cândido, Fabinho, Ramalho, Virgílio e André (João zinho), Dias (Gandarela), Isaias, Bruno Pereira, Piasca (Lucas), Serrão e Cesário. T Nuno Gonçalves.

   

Jogo medíocre por parte dos senhorenses, que encararam este adversário (último classificado) com muita sobranceria. A primeira parte, o SC Senhora da Hora, sem deslumbrar…criou oportunidades de sobra, para acabar com o jogo em termos de vencedor, atirando a uma bola à barra por Cesário, inclusive o mesmo jogador desperdiçou uma grande penalidade. No segundo tempo, os senhorenses demonstraram uma grande falta de atitude, muito por culpa do resultado ao intervalo, e das oportunidades criadas. Em doze minutos sofreram dois golos que resultou na igualdade final, em lances de pura desconcentração, erros que se pagam muito caros com se veio a verificar. De nada adiantou o forcing final senhorenses que de facto criaram oportunidades, inclusive mais uma bola na barra, para conseguirem os três pontos. 
Arbitragem sem problemas em termos técnicos, em termos disciplinares , o vermelho a Cesário é bem mostrado, ficando alguns amarelos por mostrar a jogadores visitantes por entradas faltosas 

Próxima jornada em Olival para defrontar o Crestuma.

LUSITANOS VENCE E BEM TRANSPIRANDO SAÚDE


AF Porto - 1ª Divisão Série 1 | Campeonato | Jornada 22 
Parque de jogos Domingos Soares Lopes em Santa Cruz do Bispo 
Árbitro Tiago Costa 
LUSITANOS 2 PEROSINHO 1 
Ao intervalo, 0-0, golos: Pedro Carvalho (56), Hélder (85) Pipo (90) 

 LUISTANOS: Ze filipe, Gouveia, Hugo , Ricardo Silva (Miguel 60), Pipo, Suico, Pedro Carvalho (Carveli 78), Meneses, Rui dias, Filipe Teixeira, Sérgio Teixeira. T Albino Guerra 

PEROSINHO: Costa, Ruben, Helder, Jorge, Mário (Tavares 80), Mendes (João 22), Pedro I (Andrade 46), Neves , Pedro II (Ivo 75), Joel, Kuka (Marquinho 64). 

A equipa de Santa Cruz do Bispo, está bem e recomenda-se, o seu balneário respira saúde, não fosse a retirada de 10 pontos na secretaria os Lusitanos ocupavam a terceira posição da tabela com 40 pontos, ao contrário dos 30 pontos oficiais. 

Esta tarde recebeu e venceu por duas bolas a uma a aguerrida equipa do Perosinho, num encontro difícil, em que na primeira parte o resultado saldou-se em zero golos para cada lado, tendo os Lusitanos estando por cima do jogo em relação ao seu adversário. No segundo tempo, os aurinegros continuaram com sinal mais e Pedro Carvalho abriu o marcador, o jogo entra numa toada de parada e resposta e os forasteiros igualam a partida a cinco minutos do fim. Insiste os Lusitanos no ataque aumentado o seu volume ofensivo e acaba por premiado em cima do apito final, por Pipo, herói do jogo. 

Com este resultado os Lusitanos, ficam a apenas três pontos do objectivo inicial, ou seja garantir a manutenção, que poderá muito bem acontecer no próximo domingo, altura em que os aurinegros visitam o Folgosa da Maia.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC