RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

DOIS LANCES DE BOLA PARADA DÃO TRIUNFO E LIDERANÇA AOS FLAVIENSES

 
28ª JORNADA DA SEGUNDA LIGA 
Estádio do Mar, em Matosinhos. 
Árbitro: Bruno Esteves (Setúbal). 
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Siaka Bamba (24 e 64), Gustavo Souza (32), Arnold (56), Tarcísio (70) e Roberto Sousa (84). Cartão vermelho, por acumulação de amarelos, para Siaka Bamba (64). 
Leixões-Chaves, 1-2. 
Ao intervalo: 0-0.Marcadores: 0-1, Zé Pedro, 59 minutos (própria baliza). 1-1, Tiago Leonço, 77. 1-2, Sagna, 80. 

Leixões: Chastre, Gonçalo Graça, Pedro Pinto, Zé Pedro, João Pedro, Novais (Cadinha, 43), Rui Cardoso (Enoh, 67), Roberto Sousa, Mendes, Tiago de Leonço e Alemão (Hugo Monteiro, 79). Treinador: Horácio Gonçalves. 

Chaves: Stefanovic, Sagna, Stéphane Madeira, Miguel Ângelo, João Góis, Gustavo Souza (Tarcísio, 30), Siaka Bamba, Patrão, Arnold (Ericson, 67), Barry e Luís Pinto (Miguelito, 72). Treinador: Carlos Pinto. 

 O Leixões interrompeu esta tarde a fase positiva que estava a viver ao perder na receção ao agora líder GD Chaves. 
 Apesar da inferioridade numérica em campo dos transmontanos, a equipa leixonense não conseguiu aproveitar esse fator a seu favor num jogo que fica marcado também pela substituição forçada de Novais que saiu de maca direto para o balneário da equipa leixonense ainda no decorrer da primeira metade. 


 

Numa primeira parte equilibrada, em que escassearam as ocasiões de golo, o Chaves só por uma vez assustou Chastre, quando, aos nove, Barry atirou a rasar a barra. Com ambas as equipas a denotarem uma evidente falta de inspiração, o lance de maior perigo do primeiro período saiu da cabeça de Tiago Leonço, que, aos 25, obrigou Stefanovic a fazer uma boa intervenção para evitar o primeiro da equipa da casa. 
 No reatamento, o jogo manteve-se algo amorfo, com as ocasiões de golo a rarearem, e só de canto a equipa de Carlos Pinto chegou à vantagem, graças a um desvio de Arnold. Com os flavienses reduzidos a dez a partir do minuto 64, os leixonenses procuraram lançar-se no ataque e chegaram à igualdade aos 77, num lance em que Mendes serviu Leonço e o avançado brasileiro atirou para o fundo das redes. 
 No entanto, num livre, os forasteiros chegaram a nova vantagem no marcador, na sequência de um livre batido por Sagna, em que Barry ainda se fez a bola, acabando por enganar Chastre. Até ao final, não voltaria a haver alterações no marcador, com o Chaves a garantir o quarto triunfo consecutivo na 2.ª Liga e o Leixões a averbar o segundo desaire seguido em casa.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC