RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

DERBI, LEÇA DO BALIO vs UD LAVRENSE, VISTO POR, VITOR CARNEIRO E HUGO ALMEIDA

Próximo domingo dia 16 de Janeiro às 15:00 no complexo desportivo do Leça do Balio
Desportivo Leça do Balio vs União desportiva Lavrense
Para a 20ª jornada da 1ª divisão da A.F.Porto
É um derbi matosinhense, que já leva algum historial, as equipas encontram-se numa fase crucial no que diz respeito aos objectivos propostos no inicio da época. A equipa anfitriã joga para se ver livre de uma vez por todas da despromoção, a equipa visitante joga, como todos sabem, para a subida de divisão. Os balienses encontram-se em 14º lugar com 14 pontos, 16 golos marcados e 24 sofridos. A equipa de Lavra, está posicionada no 5º lugar com 34 pontos, 33 golos marcados e 15 golos sofridos. O resultado disputado na 1ª volta do campeonato, terminou com um empate a zero.
«Mitchfoot futebol de Matosinhos» foi à procura de alguns possíveis intervenientes no jogo de Domingo e por razões óbvias falou com os Avançados, Vítor Carneiro Leça do Balio, outrora jogador do Lavrense, e de Hugo Almeida, curiosamente no sentido inverso.
Ambos trocaram de clube em Outubro de 2010, quando da abertura das inscrições na A. F. Porto. Mitchfoot convidou-os a perspectivar o encontro entre ambos.

VITOR CARNEIRO LEÇA DO BALIO

MITCHFOOT - O QUE PERSPECTIVAS NO DERBI ?

VITOR CARNEIRO - Este derbi, vai ser mais um jogo de grande luta, em que nem sempre a equipa que está na mó de cima ganha.

MITCHFOOT - POR SER O LAVRENSE, E DADO AS CIRCUNSTANCIAS, É PARA TI UM JOGO ESPECIAL?

VITOR CARNEIRO - Para mim sempre que reencontro, equipas que já representei, são sempre jogos especiais, mais ainda quando fui muito bem tratado durante o tempo em que representei o lavrense, por isso mesmo deixei lá bons amigos, mas durante 90minutos é um adversário como outro qualquer, ou seja para ganhar.

MITCHFOOT - APESAR DA IMPORTANCIA QUE ESTES JOGOS TÊM, ACHAS QUE O MESMO É DECISIVO?

VITOR CARNEIRO - Eu penso que sim, tanto para o Leça Balio como para o Lavrense, porque o Leça Balio precisa de pontos para sair da situação onde se encontra, o mais rápido possível, e o Lavrense porque já começam a ser muitos pontos de diferença para concretizar o objectivo do início de época, que passa pela subida.

MITCHFOOT - PODES ARRISCAR UM PROGONÓSTICO?

VITOR CARNEIRO - Eu sei que vai ser muito difícil, mas para mim (1 zerinho) chega!

HUGO ALMEIDA UD LAVRENSE

MITCHFOO - QUE PERSPECTIVAS PARA O DERBI?
HUGO ALMEIDA - Uma vez que conheço bem ambas equipas, perspectivo um jogo de muita luta, agressividade pela disputa da bola, perspectivando também o desenrolar de um jogo muito táctico tendo em conta que ambos treinadores são possuidores de conhecimentos alargados quanto às qualidades individuais dos jogadores da equipa adversária.

MITCHFOOT - POR SER O LEÇA DO BALIO, E DADO AS CIRCUNSTANCIAS, É PARA TI UM JOGO ESPECIAL?

HUGO ALMEIDA - Sim, para mim pessoalmente não é só mais um jogo, uma vez que vesti durante 3 anos a camisola do Leça do Balio, local onde sempre fui acarinhado por todos e onde também tive o prazer de ser orientado por pessoas muito sérias da parte da direcção entanto, estava na altura de uma mudança principalmente no que diz respeito aos objectivos a atingir. Decidi, por isso, aceitar o desafio de representar a equipa do Lavrense e estou muito contente por ter tomado essa decisão. Apraz-me também salientar a seriedade de todos aqueles que impulsionam a União Desportivo Lavrense. Por todas estas razões, é de facto, um jogo com sentimentos fortes à mistura.

MITCHFOOT - APESAR DA IMPORTANCIA QUE ESTES JOGOS TÊM, ACHAS QUE O MESMO É DECISIVO?

HUGO ALMEIDA - Não diria decisivo. Ainda falta muito para acabar o campeonato, mas é de facto a altura certa para atacar o objectivo com unhas e dentes, assumir e galvanizar todos os atletas do Lavrense no sentido de deixar para trás os empates, virando a página definitivamente para as vitórias consecutivas.

MITCHFOOT - PODES ARRISCAR UM PROGONÓSTICO?

HUGO ALMEIDA - Prognóstico não arrisco, mas como é lógico, se for solicitado para jogar, não me pouparei a esforços para ganhar.

PAULO GENTIL " GOSTAVA DE FICAR NA HISTÓRIA DO PERAFITA "

A origem no futebol

O mister, desde muito cedo se habituou a respirar futebol todos os dias, pois é filho do antigo jogador do Leça F.C., Gentil, e também é sobrinho de um antigo médio leixonense com o mesmo nome.

O percurso como jogador

A sua formação como jogador , começou no F.C. Porto, para depois ingressar no Leixões S.C. ainda na formação. Como sénior representou clubes como: Paredes, Maia, Oliveira do Douro, Espinho e União de Lamas e antes de terminar a carreira de jogador, aos 34 anos, escolheu novamente o Oliveira do Douro.

Treinador da formação.

Paulo Gentil - “ Na altura em que deixei de jogar não tinha perspectiva de ser treinador, mas entretanto surgiu um convite para treinar os escalões de formação do Leça F.C. e aceitei. Criei uma equipa técnica para os diversos escalões, entre os meus colaboradores na altura, estavam, o Alberto Moura ex jogador do Leça F.C. e Senhora da Hora e o administrador deste blogue Mário Barbosa, durante quatro anos seguidos subimos quatro equipas, razão pela qual transitei para o futebol profissional do clube, naquela que terá sido a época mais difícil de sempre do Leça pelas dificuldades financeiras e directivas que atravessou “.

Treinador profissional.

Seguiu-se depois o Paredes, agora na qualidade de treinador. Paulo Gentil – “ estive cinco épocas muito boas em Paredes, inclusive chegamos aos oitavos de final da Taça de Portugal com o Sporting em Alvalade, sendo eliminados com alguma dificuldade já nos instantes finais do jogo. Depois ingressei no Mondinense, mas tive que sair pois o clube estava com muitas dificuldades e não dava para continuar, apesar de lá ter deixado muitos amigos, tal como em todos os locais por onde passei. Os clube s da 2ª 2 3ª divisão nacionais passam por muitas dificuldades.

O novo projecto.

Aos 45 anos de idade, Paulo Gentil abraçou de corpo e alma a liderança técnica do F. C. Perafita, num campeonato em que o técnico no qual nunca tinha treinado antes 1ª divisão distrital da A.F.Porto. Surgiu o convite do Perafita, que Paulo Gentil aceitou “ porque se trata de um clube que honra os seus compromissos, e a oportunidade de trabalhar com o Cruz “ de quem sou amigo há mais de trinta anos, foi meu colega de equipa, ainda na formação leixonense, e ainda por ter ao meu dispor um grupo de jogadores fantásticos e que estão assimilar bem os processos de jogo. Gostava de ficar na história do Perafita “

COM A COLABORAÇÃO DE NOTICIAS DE MATOSINHOS

VASCO PINHO, É CANDIDATO A VICE-PRESIDENTE DA FPF

Vasco Pinho candidato a Vice-Presidente da Federação Portuguesa de Futebol

O Presidente Adjunto do Padroense F.C. Vasco Pinho foi convidado a fazer parte da única lista concorrente à Federação Portuguesa de Futebol (F.P.F.), tendo aceite o referido convite para ser candidato a Vice-Presidente Financeiro da F.P.F.
A presente lista foi a única a ser entregue até ao final do prazo das candidaturas, que terminou ontem, dia 10 de Janeiro.
Horácio Antunes, actual Presidente da Associação de Futebol de Coimbra é o candidato à presidência da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), num acto eleitoral marcado para 5 de Fevereiro.
O dirigente da estrutura associativa conimbricense reúne o apoio das associações distritais de Viana do Castelo, Bragança, Vila Real, Porto, Coimbra, Leiria, Castelo Branco, Guarda, Évora, Ponta Delgada e Horta e das associações representativas das classes profissionais de médicos (AMEF)e enfermeiros (ANEDMF) e dos dirigentes (ANDIF).
Na lista tornada pública pelo dirigente conimbricense, na sede da FPF, Avelino Ribeiro mantém o lugar de presidente da Assembleia-Geral, Sampaio Nora continua como presidente do Conselho de Justiça, e Hugo Puga permanece como o principal responsável pelo Conselho Fiscal.
Vasco Pinho concorre a vice-presidente financeiro, Casaca Ferreira é o candidato ao lugar de vice-presidente administrativo e Júlio Vieira, presidente da AF Leiria, a vice-presidente desportivo.
De acordo com a lista, para a presidência do Conselho de Disciplina avança Vaz Castro, actual responsável por esse cargo na AF Coimbra, e Jorge Nunes, da AF Castelo Branco, concorre a presidente do Conselho de Arbitragem.
O Padroense F.C. felicita o seu Presidente Adjunto por tão honroso convite, para um cargo de direcção do futebol nacional, e que naturalmente orgulha todos os Padroensistas.
http://www.padroensefc.pt/

ETAMÉ AVANÇADO CAMARONÊS À EXPERIENCIA NO MAR

Para os devidos efeitos, a Leixões Sport Club – Futebol, SAD informa que o futebolista camaronês Alain Etamé vai treinar com o plantel profissional durante alguns dias a fim de ser avaliado pela equipa técnica chefiada por Augusto Inácio.
Etamé, que já foi observado em acção pelo departamento de prospecção leixonense e também pelo treinador Augusto Inácio, é um avançado de 23 anos (1,87 metros, 70 kg) que estava a jogar no Compiègne, de França.
Na última época, quando representava o Vesoul, também de França, Etamé sagrou-se melhor marcador da Taça de França, com 10 golos, e foi o grande obreiro da caminhada do clube na prova (foi eliminado nos oitavos-de-final pelo Paris SG). No campeonato, o dianteiro africano também se destacou com 9 golos apontados.
Natural de Douala, Camarões, Alain Etamé chegou ao futebol francês há três temporadas e agora pode mudar-se para o futebol português para representar o Leixões.
http://www.leixoessc.pt/

SCS HORA VENCE E CONVENCE...VEJA O VIDEO




made in SCSHORA

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC