RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

PEDRAS BISA NA VITÓRIA SOBRE O LOUSADA


DIVISÃO DE ELITE PRÓ-NACINAL AF PORTO 13 JORNADA 

Estádio do Leça FC 
Árbitro – Nuno Lopes 
LEÇA 3 LOUSADA 1 
Ao intervalo, 1-0, Golos, Wendel (10), Pedras (56 e 80) Miguel (88) 

 LEÇAFC: Diogo, César, Meneses, Cuca e Cláudio; João Miguel Santos, Pinto (Pedras 46), Hélder Borges, Wendel (Domingos 46), Huguinho (Kazeem 46) Rafael (Mimba 46). T Nuno Costa 

 LOUSADA: Lopes, Rafel (Zé Miguel 85), Digas, Barriga e João Ribeiro (Jorge 46), Yuri, Pedro Dias, Oliveira, Lima (Káká 80), Nélson Campos e Diogo (Nélson 46) T Pedro Moreira. 

Depois de uma entrada nada auspiciosa do técnico leceiro (estreia desastrosa em Oliveira do Douro), a equipa redimiu-se perante os seus adeptos
De uma assentada, o técnico Nuno Costa, fez quatro alterações ao intervalo que foram importantes no desfecho do jogo, Pedras saltou do banco para resolver, o avançado matosinhense, sobrinho de Pedras Leixões FC, imitou o tio nos seus tempos áureos.

DIOGO BATISTA ESTÁ DE REGRESSO AO FC PERAFITA

Diogo Batista, 24 anos, defesa lateral esquerdo, ex Nogueirense, é reforço de inverno para a equipa de Óscar Nogueira 

 Diogo Batista, jogador formado nos escalões de Formação do Leixões SC, e do Rio Ave, representou em Matosinhos, FC Infesta, Perafita, Leça do Balio, Senhora da Hora. Depois de na época passada ter representado o São João de Ver, o lateral encontrava-se na União Nogueirense FC. 

Sendo assim, Diogo Batista está de regresso a uma casa (FC Perafita) que bem conhece

EXPULSÃO DE STÉPHANE FOI DECISIVA.

 
AF Porto Divisão de Elite - Pro-nacional Jornada 13 
Estádio do Padroense 
FC Árbitro – Fábio Silva
Cartão vermelho Stéphane (1) 
PADROENSE 1 SOBRADO 2 
Ao intervalo, 0-1, golos Brito (3 e 48) Pedrinho (69 gp) 

 PADROENSE: Stéphane, Tiago Sousa (Chico 80), Rui Jorge, Pedro Rodrigues, Paulinho (C), Diogo Preto, Joel (Ibrahima 80), Miguel Galeão (Marco Branco 1), Ricardo Alves (Postiga 58), Pedrinho e Gazela (Quim 58). T António Remelgado 

SOBRADO: Castro, Bruno Cruz, Carlos Pinto, André, Bruno Almeida, Hugo Pedrosa, Joca (C), Tozé (Cláudio 80), Brito, Fernandes (Edi 89) e Fabú. T. Manuel Pinheiro 

 

A equipa do Padroense, motivada pela excelente vitória na Maia (Nogueirense), na jornada anterior, começou este jogo, praticamente em desvantagem no marcador e no numero de jogadores em campo, o guardião Stéphane foi expulso logo no minuto inicial, na sequencia e, de livre superiormente marcado por Brito, fica aberto o marcador, Brito, que viria a ser decisivo no desfecho final ao apontar o segundo golo da equipa. A perder e com menos uma unidade, a equipa do Padroense chamou a si o comando do jogo, nunca se dando como derrotado. A equipa visitante explorando o contra-ataque, aparecia com bastante perigo no sector defensivo do Padroense.

   

O segundo tempo começa com o segundo golo visitante. A equipa do Padroense vê-se em desvantagem de duas bolas. Ricardo Alves disparar à trave da baliza de Castro, e em cima do minuto 69 Pedrinho reduz a diferença de grande penalidade, facto que manteve o jogo bem vivo e com um desfecho imprevisível 
 A vitória da equipa de Manuel Pinheiro, permite ao Sobrado, chegar à liderança contra todas as expectativas.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC