RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

terça-feira, 28 de maio de 2013

NO LEIXÕES RUBEN SALDANHA É O PRIMEIRO REFORÇO



Ruben Saldanha no Leixões A Leixões Sport Club – Futebol, SAD garantiu a contratação do médio Ruben Saldanha (ex-FC Schaffhausen AG, Suíça) para a próxima temporada.
 
Natural de Vila Nova de Gaia, Ruben Filipe Oliveira Saldanha (25 anos, 1,68 metros, 65 kg) é um médio formado nas escolas do Leixões e do FC Porto, pelo vai protagonizar um regresso ao Mar.
 
O centrocampista, que esteve ligado ao nosso Clube até 2008/09, jogou nas duas últimas temporadas na Liga Promotion da Suíça (equivalente à 2.ª Divisão Nacional): primeiro no Rapperswil-Jona, depois no FC Schaffhausen, clube que, na época que está a terminar, ajudou a subir de divisão. Internacional sub20 (com um golo marcado),
 
Ruben Saldanha é a primeira contratação do Leixões para a época 2013/14.
 
IN leixoessc.pt

FLÁVIO SILVA TREINADOR DO ANO EM ENTREVISTA


Flávio Silva, é um jovem treinador, com qualidade já demonstrada, pelo seu percurso, ainda curto na difícil carreira de treinador. Pessoa humilde, amigo do seu amigo, e personalidade de grande seriedade e carácter. Em apenas ano e meio como treinador de uma equipa sénior, conseguiu guindar o GD Aldeia Nova a um lugar de destaque nos clubes que compõem a 2ª Divisão distrital. Flávio Silva, culminou a brilhante época produzida, sem do eleito pelos leitores do blogue Mitchfoot o TREINADOR DO ANO.
 
MITCHFOOT - Como despontou o futebol na tua vida, como surgiu o Flávio, treinador?
 
FLÁVIO SILVA - Amigo, o futebol sempre foi uma paixão que me despertou desde pequeno, eu ainda sou daqueles miúdos que jogava á bola na rua com duas pedras a fazer de baliza. O Flávio treinador começa, acho que desde sempre, até porque eu adorava treinar, ter treino, entender o que queriam os meus treinadores, qual o objectivo do treino e o que é que isso ia mudar no jogo. Então decidi que jogar futebol ia faze-lo com os amigos, mas quando deixasse de jogar ia dar a minha vontade, a minha ambição e o conhecimento que iria adquirindo todos os dias ao clube que estiver a representar e surgiu a oportunidade de começar num clube que eu sempre gostei (Leça F.C.).
 
M - Tens algum treinador que inspire e que te revejas nos seus métodos de trabalho?
 
FS - Sim claro, pelos métodos de trabalho, José Mourinho, que tem um staff técnico fantástico em que se complementam de uma forma única, mas outro que admiro muito também, é Leonardo Jardim, o qual nunca foi um grande jogador de futebol mas que sempre teve essa paixão e que ascendeu a “pulso”.
 
M - Ano e meio como treinador sénior, tem sido uma experiencia positiva, como avalias o teu desempenho?
 
FS - Bem eu sou suspeito, mas acho que tem corrido bem, quando cheguei ao G.D. Aldeia Nova este estava em último e todas as equipas olhavam para nós e achavam que iam ganhar em qualquer momento. Como sou ambicioso e sabia da qualidade dos jogadores, mesmo estes estando desmotivados em que já só lá iam para dar uns chutos e cumprir o compromisso que tinham com o clube, exigi sempre muito mais deles e conseguimos montar estrutura para a época seguinte. Esta época foi o que se viu, passamos a ser uma equipa respeitada em todos os jogos, tudo por força de vontade de um grupo fantástico que passou a entrar nos jogos todos de “peito aberto”, com o objectivo de ganhar e, com muito poucas condições como é do conhecimento de todos. A verdade é que andamos nos 6 primeiros lugares durante um campeonato inteiro e essa vitória ninguém nos tira.
 
M - Como avalias o desempenho da tua equipa?
 
FS - A minha equipa foi fantástica desde os miúdos que integraram o plantel esta época até aos mais antigos no clube. Fomos um grupo muito unido e isso é só fruto daqueles SENHORES que estavam focados de corpo e alma no nosso objectivo.
 
M - Apesar de obteres um 6º lugar, sentes que podias ir mais longe, quem sabe subir?
 
FS - Amigo o futebol é ingrato, os objectivos propostos foram cumpridos e ultrapassados, mas todos nós ficamos com um “amargo de boca” porque faltou-nos a pontinha de sorte, que mereciamos, pois fomos a equipa deste campeonato que melhor jogou futebol.
 
M - Sei que tens plena confiança na equipa técnica liderada por ti, queres dizer algo sobre quem te acompanha em todos os treinos agendados?
 
FS - Sim claro que tenho, eles são o meu complemento, o Carlos que é o Homem que nunca concorda comigo, mas isso é bom. O Fernando que esteve esta época a treinar os GR´s e o João que teve a parte mais complicada que foi a observação dos adversários.
 
M - Flávio, foste eleito por um conjunto de leitores do blogue Mitchfoot, como o Treinador do Ano, o que representa para ti este troféu?
 
 
FS - Para mim, como já lhe tinha dito ser nomeado já foi um prémio muito bom, depois os votos foram surgindo, os meus amigos também não se esqueceram de mim e por ter a felicidade de eles serem muitos, ganhei. Claro que o meu percurso como treinador Sénior é curto, mas espero que o tempo possa provar que sou merecedor deste prémio, independentemente de tudo. Dos nomeados era o que estava numa dimensão e com condições muito inferiores aos outros, com jogadores a dar tudo dentro do campo sem qualquer incentivo, pois como todos nós sabemos, o G.D.Aldeia Nova é um clube pequeno com muito pouco poderio. Isso, também deve ter sido um dos factores com mais peso na hora da votação, por parte dos leitores do blogue.
 
M - O que achas da iniciativa do blogue Mitchfoot?
 
FS - Iniciativa??? Aquilo a que eu assisti este ano e no ano passado não foi só uma iniciativa, é uma festa de reconhecimento do valor que há no futebol de Matosinhos, principalmente nos jogadores que são eles que movem as multidões e os apaixonados por futebol.
 
M - Flávio, queres deixar uma mensagem aos adeptos do futebol e muito particularmente aos de Matosinhos?
 
FS - Aos adeptos de futebol quero pedir para assistirem aos jogos dos clubes de Matosinhos. Todos eles precisam de sentir que são acarinhados e que têm uma massa grande de pessoas que gosta de futebol, gosta do clube e dos jogadores, só assim podemos voltar a ter os clubes de Matosinhos a lutar sempre por divisões superiores.
UMA VEZ MATOSINHOS, MATOSINHOS SEMPRE!

LEÇA DESPEDE-SE DOS ADÉPTOS COM GRANDE EXIBIÇÃO



III Divisão Serie B – 2ª Fase – 9ª Jornada
Estádio do Leça Futebol Clube, em Leça da Palmeira
LEÇA 4 SERZEDELO 2
Ao intervalo, 2-0, marcadores de verde e branco vestidos: 1-0 (Ruben Pedrosa), 2-0 (Bruno João), 3-0 (Ruca), 3-1, 4-1 (Mário), 4-2
 
 
LEÇA: Marco, Cesar, Serginho, Joao Miguel Santos (cap), Cláudio, Mário, Wendell, Bruno João (Pisco), Ruca, Rafael Brandão (Bruno Freitas) e Ruben Pedrosa (Pedras) Treinador Vítor Leal

Início de jogo algo equilibrado, com um jogo disputado a meio campo e com poucas oportunidades de golo, destaque apenas para um ligeiro ascendente leceiro com dois remates de fora de área de Rafael Brandão, tendo um deles acertado com um estrondo na barra do guarda-redes do Serzedelo. Numa jogada algo confusa Ruben Pedrosa inaugura o marcador, estando no sítio certo, como quase sempre, e voltando a facturar mais uma vez, como vem sendo hábito. Segundo golo leceiro por intermédio de Bruno João mesmo no último lance da primeira parte, na execução de um canto directo, aproveitando o forte vento que se fazia sentir no estádio.
 
 
Na segunda parte o Leça entra a todo gás e faz o terceiro por intermédio de Ruca numa bonita jogada. O Serzedelo reduz, num lance de alguma passividade da equipa do Leça, mercê da vantagem de 3 golos, deixando o jogador da equipa do Serzedelo cruzar à vontade e mais uma vez, com a ajuda do vento, deste vez foi o guarda redes Marco a ser traído. Mas rápida reacção do Leça que por intermédio de Mário, numa bela jogada de Ruca que faz um túnel ao lateral esquerdo do Serzedelo, cruza para trás e o trinco leceiro remata de primeira de pé esquerdo para o fundo das redes. O Serzedelo viria a reduzir numa grande penalidade inexistente, nume pretensa mão de João Miguel Santos, apesar do capitão leceiro mostrar ao árbitro da partida a marca da bola no seu peito, o árbitro manteve a decisão que viria a fechar o marcador em 4-2. Até ao final o jogo foi jogado a um ritmo lento, com uma ligeira tentativa de incomodar a equipa da casa por parte dos forasteiros mas sem êxito.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC