RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

sábado, 4 de janeiro de 2020

GATÕES SOMA TERCEIRA VITÓRIA CONSECUTIVA

Campo do Lírio, em Paços de Ferreira
AF Porto 2.ª Divisão Série 1 (Jornada 15)
Árbitro: Cristiano Ferreira
Campo do Lírio 0-1 Gatões

Ao intervalo: 0-0
Marcador: Pedro Botelho (85)

Gatões: Marcos, Magalhães, Miguel, Lages, Nando, Márcio, Salazar, João Nuno, Ricardo, Marinho e Pedro Botelho.

Suplentes: Vieira, Sena, Ademar, Amaral, Ricardo Monteiro, Vítor

Treinador: Edgar Ribeiro


Campo do Lírio: Ricardo, Moleiro, Pescada, Mendes, Dani, Dier, Sandro, João, Ramadas, Meireles, Pedrinho

Suplentes: Jardel, Marquinhos, Ferreira e Riky


Treinador: Jorge Carneiro


O Gatões soma e segue na 2.ª Divisão Série 1, com a terceira vitória consecutiva, num dos terreno mais complicados da prova.

Num jogo em que a formação do Gatões teve de vestir o fato-macaco para levar os três pontos para Matosinhos foi na raça num campo muito difícil, mas sempre por cima do jogo que o Gatões conseguiu triunfar vencendo por 1-0

Ainda na primeira parte, o Gatões falhou um penalty no primeiro tempo aos 30 minutos.

Aos 85 minutos Pedro Botelho colocou em euforia os adeptos do Gatões em Paços de Ferreira com um excelente remate para o fundo das redes de Ricardo.

Com este triunfo, o Gatões é 12.º classificado com 16 pontos, à condição e na próxima jornada recebe o Escola Futebol 115.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino 

SUB-18 DO PADROENSE TRIUNFA SOBRE O LEIXÕES EM DÉRBI EMOTIVO

Estádio Sintético do Padroense FC, em Matosinhos
AF Porto 1.ª Divisão Série 1 (Jornada 14)
Árbitro: Filipe Fernandes
Padroense 2-1 Leixões

Intervalo: 1-0
Marcadores: Santos aos 35 minutos, Caio Mota aos 78 de grande penalidade e Vasco aos 87.

Padroense: 1- João, 2 - Rúben, 3 - Pimentel, 4 - Pedro, 5 - Miguel, 6 - Ricardo, 7 - Gonçalo (Tomás,  75), 8 - Henrique (Eduardo, 62), 9 - Daniel, 10 - Bernardo (Nobre, 62) e 11 - Santos (Vasco, 75)

Treinador: Miguel Faria

Leixões: Mateus, Mário Ufongué, João Costa, Pedro Lourenço, Guga, Gonçalo, Lourenço (Hugo Ribeiro, 75), João Cunha (Arafat, 46), Tomás Lucas, André Freitas, Pedro Allen e Caio Mota.

Treinador: Vítor Barros


Num jogo muito bem disputado por parte de duas das formações mais fortes da Série 1, o dérbi matosinhense trouxe mais sorrisos para os lados de Padrão da Légua que se isolam na liderança do campeonato.

As oportunidades de perigo repartiram-se ao longo do encontro, com André Freitas aos dois minutos para o Leixões e Bernardo por duas vezes aos cinco minutos a terem uma excelente oportunidade para inaugurar o marcador.

Mais iniciativa para a formação do Padroense que teve em Bernardo e Dani as armas mais fortes. Já o Leixões tentou através da meia distancia de Tomás Lucas. 

Depois de um jogo muito amarrado na batalha a meio-campo, o Padroense inaugurou o marcador aos 35 minutos por Santos após uma excelente jogada de contra-ataque com a bola a passar por debaixo das pernas de Mateus.

Na segunda parte, com a entrada do médio gabonês Arafat, Pedro Allen e Caio aos 47 tiveram nos seus pés grandes oportunidades para apontar à baliza de João.

O Leixões começava a mostrar as suas garras com um melhor controlo de bola, sendo que André Freitas e Caio Mota tiveram nos seus pés claras chances para chegar ao golo.

Mas os lances de maior perigo pertenceram ao Padroense, sendo que aos 64 Dani ao segundo poste cabeceia com intenção para Mateus fazer uma das intervenções mais bonitas até ao momento da temporada.

Aos 77 minutos e com a entrada de Hugo Ribeiro que trouxe uma maior frescura para dentro de campo, o Leixões beneficiou de uma grande penalidade cometida sobre Pedro Allen ao qual Caio Mota correspondeu com o tento do empate.

Logo a seguir o Padroense respondeu por Dani aos 79 minutos e aos 82 num lance caricato Caio Mota com uma receção extraordinária quase batia o guardião da casa. 

Aos 87 minutos o Padroense chegou ao golo da vitória após um cruzamento com conta, peso e medida ao qual Mateus corresponde com uma intervenção defeituosa e Vasco não treme e numa segunda bola conquistada coloca a no fundo das redes.

Mário Ufongué teve aos 90+2 a última oportunidade do encontro, mas seria o Padroense a garantir os três pontos no final do encontro.

Com este resultado, o Padroense é primeiro, com 34 pontos e o Leixões, terceiro com 28.

Na próxima jornada, o Leixões recebe o Canidelo e o Padroense vai ao terreno do Pedras Rubras.


Fonte das Fotos: Duarte Rodrigues


Diogo Bernardino

SALGUEIROS IMPÕE PRIMEIRA DERROTA DA ÉPOCA AOS SUB-18 DO LEÇA

Complexo Desportivo da Campanhã, no Porto
AF Porto 2.ª Divisão Série 3 Sub 19 (Jornada 12)
Árbitro: Jorge Costa
Salgueiros 4-1 Leça

Ao intervalo: 1-1
Marcadores: 1’- Leandro Slimani, 42’- Salgueiros, 75’- Salgueiros, 83’- Salgueiros, 89’- Salgueiros

Cartões: Amarelos para 48’- José Falcão e 64’- Nuno Vinha e Vermelho para 80’- Luan Moreno 

Onze: GR- Bruno Guimarães, DC- Pedro Lima, DC- Rui Válega, DD- Miguel Pereira (Guilherme Tavares, 85), DE- Diogo Carvalho (Tomás Rocha, 70), M- José Falcão, M- Nuno Vinha (Miguel Macedo, 70), MO- Luan Moreno, EX- Carlos Monteiro (Diogo Fonseca, 85), EX- Rodrigo Gonçalves´(Gonçalo Azevedo, 46) e PL- Leandro Slimani 

Suplentes: GR- Jorge Santos, DC- João Santos, M- Diogo Fonseca, M- Miguel Macedo, MO- Tomás Rocha, EX- Gonçalo Azevedo e PL- Guilherme Tavares 

Treinador: José Pedro Silva


Os Sub18 do Leça FC entraram em 2020 com o pé errado, sofrendo hoje contra o Salgueiros a sua primeira derrota da época por 4-1! 

O grande jogo da jornada e do campeonato, teve hoje lugar no  Complexo Desportivo de Campanhã opondo o 1.º contra o 2.º classificado, tendo sido um jogo equilibrado até aos minutos finais, com um Salgueiros dominante e um Leça cauteloso! 

O Leça foi o primeiro adiantar-se no marcador, desde cedo, chegou à vantagem conseguindo na primeira parte fazer frente a um Salgueiros muito ofensivo, que perto do final da mesma consegue chegar a igualdade. 

Na segunda parte, o Salgueiros entrou mais forte, encostando em grande parte do tempo o Leça as cordas, conseguindo chegar ao 2-1. No entanto, a viragem no marcador despertou o Leça, que começou a dar sinais de vida e recuperação, mas que perde novamente forças, com a expulsão do seu médio ofensivo, que apenas esbracejou, após a falta cometida, vermelho excessivo!

Reduzido a 10 jogadores, o Leça ainda tentou combater o forte Salgueiros, mas de forma inglória ainda sofre 2 golos, em contra pé, um deles na recarga de um pênalti! 

Salgueiros ascende assim ao 1.º lugar enquanto o Leça desce para 2.º lugar, estando agora a 2 pontos do 1.º!

O Leça FC joga contra o CD Candal na próxima jornada, mais um jogo importante entre segundo e terceiro!


Fonte das Fotos: DR


Diogo Bernardino

JOEL VALE É O ÁRBITRO DO COIMBRÕES-LEÇA

O árbitro Joel Vale foi o escolhido pela Federação Portuguesa de Futebol para apitar o encontro entre o Coimbrões e o Leça da 16.ª jornada da Série B do Campeonato de Portugal.

Este já apitou por uma vez o Leça, de onde resultou um empate. Vai ser a primeira vez que apita um jogo com o Coimbrões.

O Leça, quatro classificado com 29 pontos defronta o 11.º com 20 pontos.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

"ESCOLHEMOS O MELHOR TREINADOR PARA ATINGIR OS NOSSOS OBJETIVOS"

O presidente da SAD leixonense Paulo Lopo salientou hoje em comunicado que escolheu "o melhor treinador para atingir os objetivos" e "há 6 meses Carlos Pinto não era melhor mister do mundo como hoje não somos os piores". 

"Há 6 meses atrás eu não era o melhor presidente do mundo, o Carlos Pinto não era o melhor mister do mundo e a nossa equipa não era a melhor equipa do mundo, tal como hoje não somos os piores do mundo", começou por explicar.

"Preparamos bem a nossa época, escolhemos o melhor treinador para atingir os nossos objetivos e em conjunto os jogadores que nos davam mais garantias. Se me perguntam se está a correr como planeávamos? Não não está, por isso estamos a fazer os ajustes necessários para que as coisas corram melhor", mencionou.

Paulo Lopo refere que o clube "não tem tido" sorte e que a saída de cinco jogadores do plantel principal tem como motivo o facto de "não contávamos com eles".

"Se me perguntam se temos tido sorte? Não, definitivamente não temos tido e ainda hoje isso ficou patente, só existiu uma equipa a querer ganhar o jogo, e acabamos por perder na única vez que o Penafiel foi à nossa baliza, isto é futebol e não uma ciência exata", descreveu. 

"Se saíram jogadores era porque não contávamos com eles e se não contávamos é porque acreditamos que não iriam fazer a diferença, ou já a teriam feito no passado. A saída de uns permite a entrada de outros, parabéns ao nosso Franco, grande jogo do nosso menino", afirmou.

O máximo dirigente da SAD assume que não vai "atirar a toalha ao chão" e caso se consiga a subida de divisão ou não menciona que vai "lutar até ao fim".

"Que podemos fazer, atirar a toalha, desistir, insultar os jogadores, o treinador, o staff e o presidente? Sim podemos, mas não é isso que vai mudar o rumo dos acontecimentos, o que pode mudar é continuar a trabalhar com profissionalismo como temos feito", disse.

"Confiar nas pessoas que escolhemos para o nosso projeto, encarar as dificuldades e tentar vencê-las dia após dia e principalmente não atirar a toalha ao chão! Eu acredito, e consiga ou não, vou lutar até ao fim", concluiu.

O Leixões perdeu hoje em casa frente ao Penafiel por 1-0, em jogo da 15.ª jornada da II Liga.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

LEIXÕES COLOCA CINCO JOGADORES NO MERCADO

O treinador do Leixões Carlos Pinto confirmou hoje as notícias difundidas pelos jornais no último dia de 2019, sendo que Kikuchi, Enoh, João Rodrigues, Junior Sena e Alan Junior estão no mercado.

O médio japonês Yoshiaki Kikuchi e os avançados camaronês Lewis Enoh, o caboverdiano Junior Sena, o brasileiro Alan Junior e João Rodrigues não fazem parte dos planos de Carlos Pinto para atacar o campeonato em 2020.

A estrutura leixonense está á procura de quatro a cinco reforços neste mercado de Inverno, sendo que esses podem ser integrados nos sub-23, podendo ser emprestados ou transaccionados neste mês.


Fonte da Foto: Duarte Rodrigues


Diogo Bernardino

VITÓRIA SPORT CLUBE ATENTO A ONANA

De acordo com indicações difundidas hoje pelo Jornal A Bola, a formação do Vitória Sport Clube está muito atento ao trabalho do médio camaronês dos sub-23 do Leixões Jean Onana.

A mesma fonte divulga que caso avança-se para a contratação, está será pelo mesmo formato como Tapsoba, que passa pela partilha do passe com o Leixões.

Ao serviço dos sub 23 do Leixões, o médio de 19 participou em 18 jogos e apontou um golo.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino 

PEDRO HENRIQUE E GUEDES APONTADOS COMO REFORÇOS DO LEIXÕES

Os avançados Guedes (V.Setúbal) e o brasileiro Pedro Henrique (Benfica B) estão a ser apontados como possíveis reforços para o Leixões neste mercado de inverno, referiu hoje o Jornal de Notícias na edição impressa.

O avançado brasileiro de 23 anos Pedro Henrique esta temporada jogou em dez encontros e apontou três golos ao serviço do Benfica B e se vier é um regresso uma época depois.

Em relação a Guedes, do Setúbal, o avançado de 32 anos pode vir a ser também opção, este participou em sete encontros esta época e muito recentemente apontou dois golos na Taça da Liga frente ao Benfica de Bruno Lage.

Conforme divulgou Carlos Pinto na conferência de imprensa após o encontro com o Penafiel, o Leixões vai ao mercado contratar quatro a cinco reforços, sendo que dois deles já tem contrato firmado com o clube matosinhense.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC