RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

quarta-feira, 23 de maio de 2012

VITINHA SANTOS FC INFESTA SÓ SABE SUBIR ( em seis épocas no futebol de Matosinhos, já subiu por 4 vezes)


Vítor Sérgio Carvalho Santos, de (26 anos)
Natural de Mafamude, Vila Nova de Gaia
Avançado, pé preferencial direito, altura 181 cm , peso 69 kg

Pela segunda vez sobe à II Divisão Nacional, por dois clubes diferentes, Padroense FC onde permaneceu quatro épocas e pelo FC Infesta, onde está há duas épocas
VITINHA SANTOS, ou VITINHA II, como é conhecido no futebol, é um jogador de eleição, de fino recorte técnico e com uma velocidade estonteante, apesar do seu pé preferencial ser o direito VITINHA SANTOS, joga no ataque em qualquer das alas sem quebra de rendimento.

VITINHA SANTOS, é “peça” importante na excelente equipa do FC infesta, orientada pelo não menos excelente José Manuel Ribeiro. Em boa hora foi recrutado ao futebol de Gaia, mais concretamente ao CF Valadares, na época 2006/2007, pelo Padroense FC.
Futebol de Matosinhos ficou engrandecido pelo ingresso deste belíssimo atleta, VITINHA SANTOS, que ainda é um jogador jovem (26 anos), já leva quatro subidas de divisão no seu curriculum.

VITINHA SANTOS
"Esta subida significa muito para nós, porque conseguimos colocar o Infesta na Divisão onde esteve muitos anos e merece estar!Felizmente temos tudo o que é necessário para um clube ter sucesso, um clube organizado, um óptimo ambiente entre os jogadores, uma equipa técnica jovem e promissora e a experiência dos jogadores mais velhos, juntamente com o talento dos mais novos."

"A nível pessoal, foi um grande objectivo realizado, porque consegui subir novamente para a II B Nacional onde à 2 anos tive o prazer de jogar."

PERAFITA CAMPEÃO 1ª DIVISÃO AF PORTO 2011/2012


Apuramento do campeão da 1ª divisão AF Porto 2011/2012
Estádio Municipal do Castelo da Maia
Árbitro Tiago Costa
PERAFITA 0 VALONGUENSE 0
FINAL 4-3 nas grandes penalidades.

PERAFITA: Artur, Marco (Cheta), Tiago silva, Hélder Maia e Raimundo (Ivo); Marco Moreira, Carinhas (Soberano)e Tinaia, Lutchindo, Paulinho e Álvaro. Treinador António Gaiteiro

VALONGUENSE: Dida, Nuno, Barbosa, Baresi e Vital; Gil, Queirós e Nito; Pedro (Palheira) Igor e Custódio (Vitinha). Treinador José Cunha

O JOGO DOS CAMPEÕES

No passado domingo realizou-se no estádio do Castêlo da Maia o jogo que opôs os Campeões das duas series que compõem a 1ª divisão de Futebol da AFP, respectivamente o vencedor da serie 1 o FC PERAFITA e o vencedor da serie 2 o VALONGUENSE.
O encontro iniciou-se com a equipa do Valonguense a assumir algum protagonismo no encontro, fruto da natural habituação ao relvado natural, no entanto o futebol mais directo para a referência no ataque do Valonguense criou dificuldades na defensiva do FC Perafita, originando alguns pontapés de canto e alguns livres directos, mas diga-se que os mesmos não originaram ocasiões de golo, durante os primeiros 20 25 minutos do encontro o ascendente do Valonguense foi notório, sempre com o FC Perafita a tentar incutir o seu estilo de jogo, mas sem o conseguir, tolhidos pelos muitos nervos, mas também pelas faltas muito duras cometidas sobre a generalidades dos jogadores do FC Perafita, faltas essa que prejudicaram em muito o rendimento das peças mais influentes da equipa de Matosinhos. Após este, longo, período de adaptação, o FC Perafita começou a utilizar um futebol mais directo, que mais se adequava ao ritmo do jogo, o encontro deixou de se desenrolar no meio campo defensivo do FC Perafita e passou para a zona intermediária e por vezes junto à área do Valonguense.

Em resumo a primeira parte foi quase sempre muito táctica, com as duas equipa a tentar encontrar situações de golo, mas sem descorarem a sua linha defensiva, acabou por estar melhor o Valonguense.



Com o inicio da segunda parte surgiu um FC Perafita que logo nos minutos iniciais conseguiu colocar em sentido a defesa do Valonguense, com uma desmarcação muito rápida, Lutchindo, consegue surgir em zona de remate e fê-lo com uma potência que o guarda redes do Valonguense só teve tempo para sacudir o esférico.Verificou-se que a tónica do encontro nesta segunda parte era diferente, o FC Perafita consegui com mais facilidade impor o seu futebol e a jogadas de perigo eram agora mais frequentes nas imediações da área do Valonguense. Com o passar do tempo o encontro entro novamente numa fase de maior equilíbrio e com as jogadas a morrerem muitas vezes no meio campo defensivo das equipas contrárias. Já em tempo de descontos, o Valonguense teve a oportunidade do jogo, numa jogada que no seu principio não tinha revelado perigo, no entanto a bola sobra para o atacante do Valonguense que desfere um remate que vai embater na base do posta da baliza defendida por Artur, foi esta a situação de maior perigo durante todo o encontro, logo de seguida o jogo termina e passou-se para a lotaria dos penaltis.

Depois de escolhidos os elementos que iriam marcar as grandes penalidades sorteou-se quem marcaria primeiro, calhou em sorte ser o FC Perafita a defender primeiro.
Com Artur entre os postes, o jogador do Valonguense parte para a bola remata para o lado direito de Artur que com uma bela estirada defende a primeira grande penalidade.
Paulinho pelo FC Perafita, chamado a converter não perdoa e coloca o FC Perafita na frente.
O segundo penalti do Valonguense é convertido.
Carinhas parte para o segundo e converte com classe, 1 – 2 para o FC Perafita.
O Valonguense marca também o terceiro penalti.
Tiago Silva chamado a converter, partiu para a bola e com muita sobriedade converte a grande penalidade, colocando o FC Perafita a ganhar por 2 – 3.
O quarto elemento do Valonguense atira a bola ao lado.
Lutchindo, um dos melhores em campo, tem a responsabilidade de dar o titulo ao FC Perafita, mas também ele, nervoso atira por cima da barra, deixando tudo como antes, 2 – 3 para o FC Perafita.
O quinto elemento do Valonguense consegue converter o castigo máximo, igualando o marcador 3 – 3.
Chamado para marcar o quinto e último penalti desta serie, Tinaia, chegou muito concentrado e com muita classe converteu o quinto penalti, dando assim o titulo de Campeão Distrital da 1ª Divisão da AFP ao FC Perafita.

Foi um momento de muitas alegrias e de muitos pensamentos, um final feliz para as hostes de Perafita e do Concelho de Matosinhos.
A festa prolongou-se por alguns minutos no relvado e nas bancadas, até ao momento que as equipas perfilaram para receber as respectivas medalhas de vice campeão e de campeão e a taça de campeão distrital entregue pelo Exmo. Sr. Vice Presidente da AFP.
Em sumula, este desfecho a um só jogo, fez com que o jogo propriamente dito não fosse um grande espectáculo, pois a parte táctica evidenciou-se e travou muito do engenho das duas equipas, num jogo em que o Valonguense teve algum ascendente, principalmente durante a primeira parte, na segunda parte o FC Perafita equilibrou e até houve momentos em que se evidenciou o seu futebol.
Depois nas grandes penalidades, Artur com a primeira defesa, incutiu nos restantes elementos da equipa, que o mais difícil estava feito, só era preciso fazer o que esta equipa está muito habituada a fazer que é, VENCER.


O FOGUINHO VAI DEIXAR DE JOGAR À BOLA



Marco Moreira termina a carreira de futebolista, tendo conquistado 4 subidas de divisão, 3 delas com campeão distrital. O jogador gaiense de pois de fazer fulgor nos clubes de Gaia, ingressa em boa hora no futebol de Matosinhos. Onze épocas, consecutivas ao serviço do SC Canidelo, de 88/89 a 99/00, seguiu-se quatro épocas no CD Candal, de 00/01 a 04/05. É este o seu percurso enquanto jogador sénior, ao serviço dos clubes de Gaia.


Em 2005, em boa hora ingressa no futebol de Matosinhos para representar o Custóias FC, clube que se mantem até 2010, período em que trabalha com o técnico António Gaiteiro, que por sua vez o convida a representar o D Leça do Balio na época de 2010/2011. Com a passagem do técnico para o FC Perafita, Marco Moreira acompanha o treinador e sagra-se Campeão distrital em 2011/2012 época que coincide com o abandono da carreira de jogador.

Uma carreira de sucesso ao nível do futebol Distrital. O time exato para terminar a carreira, Marco Moreira vai ter a justa homenagem no próximo dia 2 de junho no estádio do FC Perafita, altura em que p FC Perafita vai defrontar uma seleção de Matosinhos.

JOGO DE ESTRELAS DO FUTEBOL DE MATOSINHOS


SÁBADO dia 2 de Junho de 2012, às 15:00h
Estádio do Futebol Clube Perafita
JOGO DE ESTRELAS***
FC PERAFITA vs SELEÇÃO DE MATOSINHOS
Entrega das faixas de Campeão 1ª divisão AF Porto ao FC Perafita
Despedida dos campos de futebol do jogador Marco Moreira
*********
GALA DE ENTREGA DE PRÉMIOS MITCHFOOT
MELHOR JOGADOR DO ANO 2010 Paulinho (Infesta) E 2011 (Armando (Padroense)
FIGURA DO FUTEBOL DE MATOSINHOS 2012 Duarte Miranda (Infesta)
TREINADOR DO ANO 2011/2012 José Manuel Ribeiro (Infesta)
REVELAÇÃO DO ANO 2011/2012 Luís Silva (Leixões)
A Gala tem início às 15:30. O jogo está marcado para as 16:00

ENTRADA LIVRE! Passe um dia de consagração dos nossos futebolistas na nossa companhia assistindo a um jogo de campeões.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC