RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

quinta-feira, 5 de julho de 2012

STAGE DE VERÃO DO LEÇA FC, FOI UM EXITO TOTAL



Com várias atividades desportivas, decorreu muito recentemente o Stage de Verão do Leça FC.

As atividades de: Futebol, Futsal, playstation e ténis decorreram dentro das instalações do Complexo Municipal de Leça da Palmeira
O programa contou com as saídas para:
2º Feira, ida ao Vitalis Park realizar um torneio de futebol.
3ª Feira, viagem até ao Centro de Estágio do Olival, para confraternizar com o plantel principal do FC Porto.
4ª Feira, nova saída ao Vitalis Park para realizar novo torneio de futebol.
5ª Feira, Visita ao Estádio do Dragão, que terminou com um belo piquenique na Quinta da Conceição em Leça da Palmeira.
6ª Feira, encerramento com torneios de Futsal e Futebol

Uma semana em cheio de pura diversão e ocupação de tempos livres.
A miudagem gostou! E o Leça FC está de parabéns, assim com a equipa liderada por Ricardo Cayolla.

KADINHA E RAMALHO JUNTOS NO D. CHAVES

KADINHA, Médio /Esquerdo, Natural de Santa Cruz do Bispo, Matosinhos. O esquerdino vai rumar a Trás-os-Montes.

Jogador de 27 anos, formado nos escalões de formação do Leixões SC, KADINHA, acaba de ser contratado pelo Grupo Desportivo de Chaves.
KADINHA que representou o Gondomar e o Boavista FC nas últimas três temporadas, depois de vários convites para mudar de rumo, optou pelo clube flaviense.

A KADINHA junta-se também como reforço do GD Chaves.

RAMALHO, defesa central de 29 anos, o matosinhense, natural de Leça da Palmeira, formado no Leixões SC, proveniente do Mirandela, e que já representou, entre outros o Padroense FC.

ENTREVISTA AO NOVO REFORÇO DO SC ESPINHO (Hélder Calvino)


Hélder Fernando Martins Calvino
Médio /Direito, Nascido a 1984-06-22 (28 anos)

Atleta que terminou a sua formação ao serviço do Boavista FC em 2002/03, e devido à sua qualidade técnica permaneceu no plantel principal boavisteiro na época seguinte, tendo saído para rodar nas 3 épocas seguintes (Paços Ferreira, FC Marco e Estoril Praia). Terminada a ligação com o clube axadrezado, Hélder Calvino prosseguiu a sua carreira no Lusitânia de Lourosa, Lousada, Candal, Cinfães (época e meia) e por último Vila Meã (desde Dezembro de 2010).
Hélder Calvino vai vestir as cores do Tigres da Costa Verde (S.C. Espinho) na próxima época desportiva

MITCHFOOT – Conta-nos como tudo começou, Como é que o futebol surgiu na tua vida?

HÉLDER CALVINO - Foi aos 7 anos que o meu pai, também jogador de futebol que me levou ao Boavista FC para treinar, e fiquei logo no 1º treino que na altura era orientado pelo mestre Jaime Garcia.

M – Numa carreira de futebolista a um nível bastante bom, por certo existe momentos que queres recordar, queres partilhar esses momentos?

HC - Tenho que dizer que foi no Boavista que passei os melhores momentos da minha carreira, e apesar de sair como sai, recordo com muito agrado o clube onde permaneci 12 anos da minha vida, o clube onde fui formado e me deu projeção e também onde aprendi tudo o que hoje sei e ponho em prática.

M – Qual o clube que tomou conta do teu coração?

HC – Boavista claro!

M - De todos estes anos de carreira, qual foi a época que mais te marcou? Tens algum encontro que te vá ficar positivamente para sempre marcado na memória?

HC - Tenho várias épocas que me marcaram ao longo da minha carreira, mas aquele primeiro jogo na primeira liga ao serviço do Boavista frente ao FC do Porto de Mourinho, foi único. Recordo também o título de campeão da segunda liga ao serviço do FC Paços de Ferreira, e no Cinfães na 3 divisão nacional foram momentos marcantes.


M - E dos atletas que já defrontas-te, qual foi aquele que te deu mais trabalho ou prazer de defrontar?

H C - Mais prazer foram vários, Costinha (FC Porto), Petit (Boavista/Benfica) etc …os mais complicados de defrontar são os trincos destas divisões que nos criam muitas dificuldades.

M – Em tanos anos de futebol, qual foi o treinador que te mais marcou e porquê?

HC - Erwin Sanchez foi o treinador que me lançou no Boavista e se ele continua-se no clube de certeza que ficaria também por mais tempo, mas tenho outros treinadores, que gostei muito de trabalhar como, o José Mota, no Paços de Ferreira, Carlos Secretario, Vítor Paneira e o Manuel Monteiro Vila Meã.

M - Como surgiu a oportunidade de regressares à II Divisão, representar o Espinho, acresce-te responsabilidade, está preparado para abraçares este novo desafio?

HC - Claro que estou preparado e gosto de desafios, e o Sp Espinho é um bom clube, uma excelente montra e vou representar o clube com o maior profissionalismo possível e não defraudar as espectativas que estão a depositar em mim, vou dar tudo o que estiver ao meu alcance.

M – Com 28 anos, estás no pico das tuas faculdades técnicas e físicas, quais os teus objetivos para a próxima época?

HC - Em primeiro lugar, não quero ter lesões, à imagem das últimas épocas, depois trabalhar para ser opção do técnico no onze espinhense e tentar fazer o maior número de golos possível e ajudar a equipa a cumprir os seus objetivos.

M - Queres deixar uma mensagem para os adeptos?

HC – A mensagem que quero deixar aos adeptos do Sp Espinho, é que vou trabalhar muito em prol dos objetivos do clube e tentar não defraudar quem apostou em mim.

MITCHFOOT - Obrigado Calvino por me concederes esta entrevista. Desejo-te muita sorte nesta tua nova experiencia.

HÉLDR CALVINO - Obrigado mitch por esta oportunidade que me deste. Parabéns pelo teu trabalho em prol dos clubes de Matosinhos.

HERNÂNI QUER CONTINUAR NA TURMA DO MAR (aguarda sereno e confiante no desfecho favorável às hostes leixonenses)

Hernâni José Oliveira Santos Borges
Natural de Cabo Verde – Luso/Cabo Verde
Nascido a 1981-08-27 (30 anos) Avançado, Altura 172 cm, Peso 69 kg

MITCHFOOT foi ao encontro do jogador e saber das suas pretenções em relação à próxima época desportiva

O avançado leixonense espera pela melhor proposta, mas não descarta a continuação no clube mais representativo da cidade Matosinhos “ há interesse de ambas as parte” disse.
Os problemas do clube do Mar (Fisco e Seg. social) estão a atrasar e muito a preparação da época. Mas Hernâni está confiante de que tudo se resolva no sentido de continuar de emblema leixonense ao peito. “ vamos ver o que acontece esta semana” disse.

AMARAL (ex Leça FC) VAI JOGAR NA UD LAVRENSE

Rui André Vila Cova Amaral
Nascido a 1991-03-29 (21 anos) Natural de Matosinhos
Médio /Esquerdo, Altura 178 cm, Peso 70 kg

AMARAL atleta formado nos escalões de formação do Leça FC, depois de representar a turma leceira em duas épocas consecutivas como sénior, onde nem sempre foi muito utilizado, decidiu dar novo rumo à sua carreira. Dar dois passos atrás para depois seguir em frente de uma forma sustentada, está no horizonte de AMARAL.

A U.D. Lavrense, é futuro do jovem atleta, o jogador vai jogar num clube da 1ª divisão Distrital da AF Porto, onde certamente terá mais hipótese de jogar.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC