quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

PRENDA PARA GAITEIRO CHEGOU ANTES DO FIM DO ANO

Carlos Rocha Pereira, conhecido por CARLITOS no futebol, o luso cabo-verdiano de 26 anos é reforço da UD Lavrense.
Carlitos, formado no FC Pedras Rubras, já vestiu as camisolas do Canidelo, S. Martinho (2 épocas) Padroense, SC Rio Tinto e por último o Vila Meã.

Recorde-se que o avançado já foi orientado pelo mister António Gaiterio quando da passagem de ambos pelo S. Martinho, jogador versátil que ocupa ambas as faixas laterais, que por certo será mais um a acrescentar à já existente qualidade do plantel sénior Lavrense.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

JOVEM MÉDIO AMBIDESTRO QUER JOGAR EM MATOSINHOS

Maxence Parente, jogador de 20 anos, ambidestro joga preferencialmente a médio centro ou ofensivo.
Luso Francês, jogador com dupla nacionalidade, o seu último clube foi o Lusitânia Lourosa (AF Futebol de Aveiro).
O jovem jogador fez a sua formação em clubes como: Grenoble (França) Sporting CP, Oeiras, Leixões e Lourosa, este ano e depois de pegar de estaca na equipa de Lourosa, uma arreliador lesão fez com que perde-se espaço na equipa e por esse motivo o jovem esta à procura de mudar de ares de preferência no concelho de Matosinhos
Maxence Parente, despediu-se assim da formação do Lusitânia de Lourosa na sua pagina do facebook
“ O meu muito obrigado a todos aqueles que acreditaram em mim, que me acarinharam e que fizeram com que eu me sentisse em casa durante estes 2 anos no Lusitânia de Lourosa FC. Felizmente foram muitos e nunca esquecerei.
Agradeço a antiga direção pela forma como me tratou nunca me faltando com nada mas sobretudo por ter apostado e acreditado em mim saindo da formação, sei que poucos têm essa coragem.
Aos meus companheiros de equipa, desejo-vos as maiores felicidades, pouco ou nada vos posso apontar, obrigado por tudo.”

Contacto: 910425836 para um possível e emediato interesse

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

MENSAGEM DE NATAL e ANO NOVO


Para todos os meus amigos para todos os adeptos de futebol em Geral e particularmente os de Matosinhos, venho desejar-vos um Santo e Feliz Natal, que espirito familiar nos conduza nesta quadra natalícia, e que a bênção de Deus recaia em todos vós, que a saúde e a paz recheada com muito amor seja a ementa principal das vossas vidas.

Um Ano Novo próspero, abundante e que todos os vossos projectos, sonhos se concretizem…sejam pacientes e solidários com todos aqueles que vos rodeiam, com todos os vossos amigos com todos os vossos familiares.
2017 à semelhança de tantos outros, é um inicio de uma vida que se perspectiva diferente, é o renascer da esperança de uma vida melhor, acredite sempre nos seus sonhos e acima de tudo focalize-se na felicidade.  

Eu voltarei em 2017 com a forte convicção de que continuamos amigos e com a certeza de que caminhamos juntos.

Mário Mitch 

GDAN FECHA O ANO COM UMA VITÓRIA NO REI RAMIRO


GDAN vence no Rei Ramiro

Jornada nº 11 do campeonato da 2ª divisão serie 1 da AFPorto.
GD Aldeia Nova apresentasse no Rei Ramiro-Gaia com o orgulho ferido derivado a derrota caseira sofrida na jornada anterior, contudo era visível que o conjunto de Perafita apresentava-se com uma enorme vontade de eliminar o fantasma da derrota e retomar o caminho das vitórias, o senão chamava-se, CD Candal B, uma equipa jovem e motivada e que seguramente também iria lutar pela conquista dos 3 pontos.
O jogo começou bem para o CD Candal B que aos 5 minutos beneficiou de uma grande penalidade e consequentemente inaugurou o marcador, a reação do GDAN não se fez esperar e Zé Paulo aos minutos 20 restabelece a igualdade. Com o jogo a ser bem disputado em que ambas as equipas procuravam colocar-se em vantagem, coube ao Candal B aos 28 minutos desfazer o empate e passar o marcador para 2 x 1, e como o futebol é fértil em reviravoltas, ainda os festejos estavam no ar por parte do Candal quando Zé Paulo bisa e restabelece novamente a igualdade, ainda o Candal B não se tinha recomposto do golo quando Diogo Rosas oportuno a aproveitar uma boa jogada da linha avançada coloca pela 1ª vez o GDAN na condição de vencedor.
Após o intervalo, seria a vez do Candal B reagir o que o fez e bem, minuto 51 Candal B restabelece novamente o empate e coloca o placar do marcador em 3 x 3. Não era difícil de adivinhar que o marcador não iria ficar por aí, simplesmente pelo jogo aberto, rápido e procura constante de golo por parte de ambas as equipas com um sinal + para a equipa de Perafita. Novamente Zé Paulo ao minuto 60 a fazer o seu Hat-trick e a estabelecer o resultado final 3 x 4. Um bom jogo de futebol com um resultado justo. Um fim de ano 2016, em termos de competição oficial para o GDAN excelente, os atletas fecharam o ano com uma demonstração de ORGULHO, HONRA E DIGNIDADE para com o emblema que representam.

Árbitro; Luís Moreira – Auxiliares; Marco Cruz e Celso Neto.

GD Aldeia Nova. Vitor – Alex - Sérgio – João Paulo – Xincas – P. Rosas – Ema – D. Rosas – Joca - Zé Paulo (CP) – Simão; Supl; Gui – Gonçalo – Correia – Dani – Berna – P. Vieira - Simeão. Treinador: João Rosas


MAIS UM PONTINHO PARA AS CONTAS DO BALIO


Divisão de Honra AF Porto 12ª jornada
Estádio dos Dragões Sandinenses.
Árbitro: Nuno Lopes
DRAGÕES SANDINENSES 0  D LEÇA DO BALIO 0

D SANDINENSES : Xavi, Tiago (Martins 55), Rui Sousa, Rogério, Gomes, Hélder, Jorginho, João, Pedrito (Carlitos 79), Rato, Henrique. Treinador João Ferreira.

D LEÇA DO BALIO: Pedro, Guedes, Pedro Cardigos, Miguel Cunha e Brandão, Platini, Carlos Diogo, Pedro Gomes, David, Grade e Ricardo Alves (Hugo Ferreira 67). Treinador Manuel Gonçalves.

Numa partida em que o equilíbrio foi a nota dominante, sendo o encontro disputado com superioridade dos balienses no primeiro tempo, cabendo aos da casa a supremacia na segunda metade do jogo.
Apesar das oportunidades criadas por ambos os conjuntos o jogo fechou-se com um nulo que penaliza a falta de eficácia na hora de rematar. Boa arbitragem de Nuno Lopes com um resultado justo.  
A equipa comandada pelo Prof. Manuel Gonçalves, estreante nesta divisão tem dado muito boa conta de si e ocupa a 6ª posição com 19 pontos.
Próxima jornada só para o ano 2017, 8 Janeiro  altura em que o Nun`Álvares visita Leça do Balio.

Resultados Futebol Sénior de Matosinhos

Resultados Futebol Sénior de Matosinhos
Ledman liga pro
Jornada 19
COVILHÃ 1 LEIXÕES 0
Divisão Elite - jornada 17
LAVRENSE 2 OLIVEIRA DO DOURO 0
LEÇA 2 VARZIM B 1
VALADARES 3 PADROENSE 2
Divisão de Honra - jornada 12
ATAENSE 2 INFESTA 2
PERAFITA 2 APARECIDA 0
D.SANDINENSES 0 LEÇA DO BALIO 0
1ª Divisão – jornada 11
OS LUSITANOS 1 CRESTUMA 1
AT RIO TINTO 0 CUSTÓIAS 1
2ª Divisão – jornada 11
SENHORA DA HORA 3 M G COSTA 0

CANDAL B 3 GD ALDEIA NOVA 4

EMOÇÕES FORTES GUARDADAS PARA O FIM

Divisão Elite - jornada 17
Estádio do Leça FC.
Árbitro, João Teixeira
LEÇA 2 VARZIM B 1
Ao intervalo, 0-0, Marcadores Digues (81) Joel (85) Tiago Borges (88)

LEÇA FC: Diogo, Crista (João Castro 80), JP Noura, André Rocha, Paulo Lopes, Marcos, Jair, Pedras, Joel, Jota (Álvaro 60) e David (Tiago Borges 80), Treinador Domingos Barros.

VARZIM B: Marinho, Kim, Letras, Ballester, Rafa (Leo 46), Fábio, Nico (Joca 80), Paulinho Santos (Digues 80), Armando (Valentim 80), Teixeira e Fidélis (Ricardo 46). Treinador Tiago Pinheiro.

A equipa do Leça despede-se do ano civil de 2016 com uma excelente quanto saborosa vitoria frente ao Varzim B.
A turma do Leça, que foi sempre superior ao seu antagonista, vê-se a perder a dez minutos do final do jogo. Nunca desistindo do golo os leceiros foram muito justamente premiados em três minutos, Joel e o saltado do banco Tiago Borges colocaram a verdade no encontro.
A equipa leceira fecha o ano num honroso 5ª lugar da tabela com 25 pontos, revelando uma boa frescura física e mental, perspectivando um bom ano novo que se aproxima.
Os leceiros só voltam à competição em 2017, dia 8 de Janeiro recebendo o Valadares Gaia.

GAITEIRO LEVA AO LAVRENSE O DOCE HABITO DE VENCER….



Divisão Elite - jornada 17
Complexo Desportivo de Lavra.
Árbitro: Tiago Sá.
LAVRENSE 2 OLIVEIRA DO DOURO 0
Ao intervalo, 0-0, golos Zé Campos (63) e Pedro Gomes (69)

LAVRENSE: Zé Pedro, João Magalhães, João Palheira, Pedro Gomes e Abilio, Amilcar, Zé Campos (Couto 85), Wendel (Hugo 64) Kaká (Paulinho 85), Tiago Carvalho e Cheta. Treinador António Gaiteiro.

OLIVEIRA DO DOURO: Artur Micha, Pessanha, Espincho, Pereira, Rui, Lutchindo, China (Eiras 67), Paulinho, Canedo (Márcio 70), Fabinho, Bruno Sousa (Cristiano 82). Treinador Marco Vieira.

A equipa Lavrense desde que António Gaiteiro, assumiu o comando técnico é 100% vitoriosa na condição de visitado (4 jogos 3 vitorias 10 golos marcados e 2 sofridos, sendo 1 de grande penalidade) e leva também 4 jogos consecutivos a vencer.
A vítima deste excepcional trajecto foi ontem a boa equipa do Oliveira do Douro que não consegui apesar da mudança de comando técnico, contrariar o doce hábito de vencer dos Lavrenses.
Com um nulo verificado ao intervalo, a turma de Gaiteiro que tem como seu expoente máximo o médio criativo Zé Campos, um jovem da cantera Lavrense, cegou aos golos do triunfo aos 63  e 69 minutos, por intermédio de Zé Campos, o maestro desta equipa, (mister Gaiteiro tem aproveitado e bem as características do jovem jogador) e Pedro Gomes, um central que de quando em vez se integra no ataque particularmente nos lance de bola parada.
Vitória justa no último jogo do ano, fruto de um boa organização, e um excelente sentido colectivo que coloca a equipa Lavrense numa posição bastante confortável e tranquila na tabela, ocupando o 8º posto com 22 pontos.

Próximo confronto, dia 8 de Janeiro altura em que os Lavrenses visitam o Varzim B.

RECUPERAR UMA DESVANTAGEM DE DOIS GOLOS

Divisão de Honra AF Porto 12ª jornada
Parque Desportivo de Valbom – Gondomar
Árbitro: Edgar Batista
Cartões vermelhos a Fábio (70) Vitinha e Lúcio (90+3)
ATAENSE 2 FC INFESTA 2
Ao intervalo, 1-0 Golos, Fábio David (8), Zazá (55), Braga (57), Vitinha (70).

ATAENSE: Rafa, Márcio, Fábio David, Dani, Gonçalo, Jardel, Brandão e Marco (Filipe 70), Fábio Botelho, David (Luisinho 61), Zazá (Tiago 70). Treinador Sérgio Espirito Santo.


FC INFESTA: Miguel, Sousa, André Ribeiro, Teixeira (Daniel soares 75), Estrela (João Rodrigues 21), Lúcio, Vitinha, Márcio, Paiva, Braga e Varela. Treinador Jorginho.

Ataense e Infesta protagonizaram um espectáculo emocionante do primeiro ao último minuto, espectáculo esse que a equipa de Jorginho tinha todas as condições para vencer mas que a falta de eficácia e o trio de arbitragem, não deixaram conquistar os três pontos.
O Infesta só se pode queixar de si mesmo pois na primeira parte teve inúmeras ocasiões para estar a vencer por larga vantagem, ao invés, o seu adversário, foi uma vez à baliza de Miguel e concretizou logo aos 10 minutos, na sequência de um canto, Miguel socou a bola para a entrada da área, a bola é novamente colocada na zona de concretização onde está Fábio David que partindo de uma posição irregular, inaugurou o marcador. O Infesta aos 25 minutos esteve perto do empate, Braga em boa posição, rematou contra o corpo do guarda-redes Rafa, pouco depois, Braga e Paiva viram o guarda-redes sacudir os seus remates e em dois cantos, os centrais Teixeira e André, remataram para fora.
Na segunda parte, e já com o regresso após lesão do avançado João Rodrigues em campo, a equipa da casa aumentou a vantagem por Zázá que aproveitou uma desatenção da defesa do Infesta e fez um “chapéu” ao guarda-redes Miguel. O Infesta reagiu e Braga reduziu no minuto seguinte, cruzamento de Mário, João Rodrigues simulou ao primeiro poste e o numero 33 encostou para o fundo da baliza e fez o seu primeiro golo com a camisola do Infesta neste campeonato. O domínio da equipa de Jorginho era avassalador e aos 68 minutos, Braga é derrubado na grande área por Fábio David, o atleta da equipa da casa é expulso, na conversão da grande penalidade, Vitinha empata a partida. O Infesta dominava a partida, perto do fim, João Rodrigues rematou, o guarda-redes defendeu para a frente e Mário, com a baliza à sua mercê, atirou para fora. Aos 89 minutos, João Rodrigues isolou-se pela direita, passou pelo guarda-redes que saiu ao seu encontro e com a baliza deserta, rematou junto ao segundo poste, mas para fora. Já em período de descontos, há uma mão na bola de um defesa da equipa da casa dentro da grande área que o árbitro sancionou mas que por indicações do arbitro auxiliar, acabou por marcar falta contra o Infesta, o capitão Vitinha protesta com o auxiliar e acaba expulso, na confusão, Lúcio também foi admoestado com a cartolina vermelha.
O Infesta foi melhor, foi prejudicado, mas também falhou na finalização. A equipa mantém-se na 7ª posição do campeonato, agora com 18 pontos e a dez dos lideres, Avintes e Ermesinde. O campeonato agora regressa a 8 de Janeiro com o Infesta a receber o Alfenense.

Sitio do FC Infesta

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

ARORA TEM ATÉ FINAL DE DEZEMBRO PARA CONVECER KENEDY

A Leixões Sport Club – Futebol, SAD contratou o avançado/extremo Uday Arora, grande promessa do futebol canadiano.

Uday Arora é internacional sub20 pelo Canadá (mas nasceu na Índia, a 15 de novembro de 96, e tem dupla nacionalidade) que estava no Europa Point FC da 1.ª Divisão de Gibraltar, depois de ter jogado no Las Vegas City FC, da Liga Norte-Americana – a formação foi efetuada na Academia de Futebol de Toronto, no Canadá.
Arora é um rápido extremo,  também pode jogar como médio ofensivo, que vai começar a treinar hoje no Mar às ordens do treinador Daniel Kenedy.


Até final de dezembro, a equipa técnica do Leixões vai observar atentamente Uday Arora para avaliar se o jogador integra de imediato o plantel ou se será emprestado de modo a ganhar experiência e conhecer melhor o futebol português

leixoessc.pt

RESULTADOS E PRÓXIMA JORNADA

Resultados do futebol sénior

LEIXÕES 0 PORTIMONENSE 0
PADROENSE 2 GRIJÓ 2
OLIVEIRA DO DOURO 0 LEÇA FC 3
GONDIM MAIA 3 LAVRENSE 5
INFESTA 1 CANIDELO 0
LEÇA DO BALIO 0 PERAFITA 0
CUATPOIAS 1 TORRÃO 1
BALASR 3 OS LUSITANOS 0
ALDEIA NOVA 2 S FELIX DA MAINHA 4
CRUZ 0 SENHORA DA HORA 0

Próxima jornada

Ledman liga pro
Jornada 19
COVILHÃ X LEIXÕES

Divisão Elite - jornada 16
LAVRENSE X OLIVEIRA DO DOURO
LEÇA X VARZIM B
VALADARES X PADROENSE

Divisão de Honra - jornada 12
ATAENSE X INFESTA
PERAFITA X APARECIDA
D.SANDINENSES X LEÇA DO BALIO

1ª Divisão – jornada 11
OS LUSITANOS X CRESTUMA
AT RIO TINTO X CUSTÓIAS

2ª Divisão – jornada 11
SENHORA DA HORA X M G COSTA

CANDAL B X GD ALDEIA NOVA

LUSITANOS PERDE E SEGURA A LANTERNA VERMELHA

1ª DIVISÃO SERIE 1 A F PORTO JORNADA 10
Campo do Balasar - Póvoa de Varzim
Árbitro: Pedro Barbosa
BALASAR 3 OS LUSITANOS 0
Ao intervalo, 2-0, Golos Rui Moreira (3`), Paulino (25`) e Abel (50`)

BALASAR: Zé, Luciano, Paulino, Tita, Miguel, Rui Moreira, Tiago Novais (Petejo 76), Jota, Gavina (Vitinha 65), Barreto e Abel (Gia 76). Treinador Tiago Velho.

OS LUSITANOS: Luís, Fabinho, Saldanha, Berna (Filipe Teixeira 60), Tarrelo (João Pereira 60), Valente (Oliveira 40), Meneses, Paulo, Suiço (Diogo 81), Ricky (Carlos Miguel 81) e Zé Bina. Treinador Jorge Teixeira.  


A equipa dos Lusitanos, entrou praticamente em desvantagem neste jogo, pois logo aos 3 minutos viu-se na condição de derrotado. O Balasar com o golo madrugador, embalou para uma vitória que não sofre contestação e que lhe permite manter o segundo lugar da tabela. A turma de Jorge Teixeira, mesmo assim vendeu cara a derrota, nunca deixando de acreditar num resultado positivo, mas não conseguiu apresentar argumentos para contrariar o poderio ofensivo dos visitados que avolumaram o score com naturalidade. 

A VITÓRIA MERECIDA CHEGOU NO FIM…

Divisão de Honra 11ª jornada
Parque de Jogos Manuel Ramos (Arroteia) São Mamede
Árbitro: Roberto Moura
FC INFESTA 1 SC CANIDELO 0
Ao intervalo 0-0, golo Azevedo (90+4 pb)

FC INFESTA: Miguel, Sousa, Teixeira, André, Estrela, Lúcio, Vitinha, Mário, Paiva, Braga, Rui Ferreira (Varela 77). Treinador Jorginho.

SC CANIDELO: Lima, Hugo Reis (Kiko 52), Teixeira, Hélder, André Santos, Nuno, Ivan, Dani, Azevedo, David, Campota (Camarinha 69). Treinador Tozé.

O Infesta foi avassalador, principalmente na segunda parte, tendo sido bafejado pela sorte mesmo ao cair do pano. 
A primeira parte foi pouco produtiva em termos de oportunidades de golo mas mesmo assim, Vitinha logo aos 4 minutos, Rui Ferreira aos 10 e 21 e Paiva aos 39, estiveram perto de inaugurar o marcador em jogadas de ataque. A equipa visitante, só por uma vez rematou com perigo por Tiago Basto que o guarda-redes Miguel, defendeu com segurança.
Na segunda parte, Sousa brilhou pelo lado direito, criando vários cruzamentos e jogadas rápidas de ataque tendo mesmo assistido Braga para um golo aos 66 minutos, mas que o árbitro não validou, talvez por falta atacante do avançado do Infesta. 
No entanto, a equipa de Jorginho não esmoreceu e continuou à procura do golo, Estrela aparece isolado mas viu o guarda-redes Lima a oferecer o corpo à bola e defendeu, pouco depois entrou em jogo Varela que deu ainda maior acutilância ao caudal ofensivo do Infesta. Perto do minuto 90, Varela e Lúcio não converteram duas situações de extremo perigo e mesmo a terminar o período de compensação, Sousa cruzou para a área e numa tentativa de antecipação a Braga, Azevedo introduziu a bola na própria baliza, permitindo que o Infesta soma-se três preciosos pontos.
Uma vitória extremamente importante para o Infesta que passa a somar 17 pontos, subindo ao 7º lugar do campeonato, mantendo os 8 pontos de distância para os lideres Avintes e Ermesinde. 
Na próxima jornada, o Infesta desloca-se ao reduto do Ataense.


Foto: Carla Ferreira

HATTRICK DE PEDRAS FEZ A DIFERENÇA

Divisão D´Elite 16ª jornada
Estádio do Oliveira do Douro em Gaia
Árbitro: Fernando Montenegro.
OLIVEIRA DO DOURO 0 LEÇA FC 3
Ao intervalo, 0-2, golos Pedras (31, 45, e 65)

OLIVEIRA DO DOURO: Artur Micha, Pessanha, Pereira, Rui Carvalho, Lutchindo, China (Eiras 70), Paulinho, Fábio Gabriel (Espincho 31), Canedo (Nuno Pinto 46), Fabinho, Bruno Sousa (Cristiano 70). Rómulo Silva.

LEÇA FC:  Diogo, Joel, Crista, André Rocha, Alex (Paulo Lopes 46), Noura, Marcos, Jair (João Castro 79), Pedras (Miguel 79), David (Gonçalo 79) e Jota (Bruno Freitas 70). Treinador Domingo Barros.

Vitória surpreendente quanto justa da turma orientada por Domingos Barros, Pedras foi o herói da partida ao consumar um hattric. Num jogo bem disputado com oportunidades para ambos os lados mas a tarde inspirada do capitão Pedras fez a diferença.

Próximo confronto, a equipa Leceira recebe no seu reduto o Varzim B

LAVRENSE GOLEADOR COM ZÉ CAMPOS À CABEÇA

Divisão D´Elite 16ª jornada
Parque de jogos Municipal de Gondim
Árbitro: Luís Rocha
GONDIM MAIA 3 LAVRENSE 5
Ao intervalo, 0-3. Golos: Zé Campos (20, 23 e 65), Wendel (35), Cheta (60) Nuno (70 gp) Tiago Ribeiro (80 gp) Jordan (86).

GONDIM-MAIA: João, Lucas, Zé, Hugo (Jordan 40), Veiga (Bruno Duarte 63), Bruno Furtado, Rúben, Batista (Tiago Ribeiro 57), Nuno, Pinho e André Oliveira (André Marques 40) Treinador Mário Heitor.

UD LAVRENSE: Tiago Oliveira, João Magalhães, Palheira, Pedro Gomes e Abílio; Amílcar, Wendel (Zé Pedro 76), Zé Campos, Kaká (Paulinho 63), Cheta (Couto 76) Tiago Carvalho. Treinador António Gaiteiro.

Jogo com muitos golos que veio a revelar-se muito competitivo. Confirmando o bom momento que atravessa a turma de Gaiteiro.
Zé Campos com o hattric revelou-se a figura do encontro, que foi dominado pelos matosinhenses. O Gondim de Mário Heitor, a 20 minutos do final perdia por 0-5. Mas a expulsão de Tiago Oliveira fez renascer das cinzas a turma da casa que ainda reduziu para 3-5. Vitória importantíssima do conjunto Lavrense que cavou o fosso sobre os lugares de descida que distam agora a 11 pontos.

Próxima jornada a equipa da UDL, recebe no seu reduto o Oliveira do Douro. 

domingo, 11 de dezembro de 2016

FALTOU UM PONTINHA DE SORTE PARA VENCER OS ALGARVIOS


18ª JORNADA DA LEDMAN LIGAPRO
Estádio do Mar, em Matosinhos
Árbitro: João Pinheiro (AF Braga).
Leixões 0 Portimonense 0
Leixões: Ricardo Moura, André Teixeira, Silvério, Wellington, Lucas, Bruno China, Rui Cardoso, Bruno Lamas (Chiquinho, 67), Miguel Ângelo, Fatai e Shiao Wei (Malele, 76).Treinador: Daniel Kenedy.

Portimonense: Ricardo Ferreira, Ricardo Pessoa, Jadson, Lucas, Lumor, Fidelis (Ewerton, 46), Pedro Sá, Amilton (Buba, 76), Bruno Tabata (Manafá, 46), Paulinho e Pires. Treinador: Vítor Oliveira.
Frente a uma equipa que tem o líder dos marcadores na prova (Pires, com 13 golos), o atacante chinês dispôs, até ao intervalo, de quatro ocasiões para marcar, acertando no poste na última delas, aos 41 minutos, na melhor situação até ao intervalo.
Optando por jogar no contra-ataque, a equipa algarvia também criou perigo, a melhor delas quando Lumor (32) 'ganhou a linha' de fundo, de onde assistiu Amilton para um desvio que fez a bola sair junto ao poste direito.
 A segunda parte recomeçou com o Portimonense a desperdiçar três oportunidades para se adiantar no marcador, numa fase em que fez um uso quase 'cirúrgico' das saídas rápidas para o contra-ataque.
 Com o avançar do jogo, o Leixões acentuou o seu domínio e foi à procura do golo da vitória, mas Chiquinho, na área, aos 86 minutos, atirou sem oposição sobre a barra.
 Na baliza do clube de Matosinhos foi então tempo de Ricardo Moura ser decisivo, repetindo a boa defesa ao remate de Pires (62), com nova intervenção no solo a tentativa de Lumor (87).

Lusa.

GDAN CEDE EM CASA FRENTE AO S. FÉLIX DA MARINHA


GDAN perde liderança

Jornada nº 10 do campeonato da 2ª divisão serie 1 da AFPorto. Complexo desportivo do GD Aldeia Nova, estavam reunidas todas as condições para uma grande tarde desportiva, bom tempo e a expectativa de um bom jogo entre o 1º e 2º classificado “GD Aldeia Nova e o CF S.F. da Marinha.
Começo do jogo com equilíbrio, ambas as equipas a pôr em prática o seu futebol e a procurar o golo, o mesmo iria surgir por intermédio de Pedrinho (SF Marinha), praticamente os festejos ainda não tinham terminado e Simão restabelece a igualdade.
Aos 30 minutos o caso do jogo, livre á entrada da área do S. Felix, “Diogo Rosas” bate o livre direto e faz golo, contudo o mesmo é anulado, motivo seria que o árbitro tinha marcado livre indirecto. Após pequeno protesto por parte dos jogadores da casa o bom futebol regressou com o perigo a rondar as duas balizas e num erro defensivo e bem aproveitado pelos avançados do SF Marinha, a equipa forasteiro coloca-se em vantagem, a partir desse momento jogo começou a ter novo rumo, o GD Aldeia Nova acusou psicologicamente o golo, começou a cometer erros em demasia e consequência desse estado de espírito é que o SF Marinha, inteligentemente aproveitou, controlou e aumentou o resultado para 4 a 1. Diogo Rosas ainda reduziu para 4 a 2 na recta final estabelecendo o resultado final.

Vitória justa a premiar a equipa mais inteligente, que soube jogar com os erros do seu adversário.
Árbitro; Bruno Linhares – Auxiliares; Ivo Pinto e Rui Santos.

GDAN 2 S FÉLIZ DA MARINHA 4

GD Aldeia Nova
Treinador: João Rosas
Gui – Alex - Sérgio – João Paulo – Xincas – P. Rosas – Quintas – D. Rosas – Joca - Zé Paulo (CP) – Simão;    Supl;   Vítor – Gonçalo – Correia – Dani – Berna – Ema - Simeão

Manuel Sá

DÉRBI TERMINA EMPATADO A ZERO


11ª JORNADA DA DIVISÃO DE HONRA
Complexo Desportivo de Leça do Balio
Árbitro: Manuel Silva
D LEÇA DO BALIO 0 FC PERAFITA 0

D L BALIO: Pedro, Miguel Cunha, Miguel Grade, David, Platiny, Pedro Cardigos, Pedro Reis (Hugo Ferreira 45), Rafa Brandão, Guedes, Pedro Gomes, Ricardo Alves (Souza 70). Treinador Manuel Gonçalves.

FC PERAFITA: Bruno Monteiro, Pelé, Fradinho, Zé Augusto, Wiliam, Queimado, Barbosa, Postiga, Chico (Zuca 71), Fábio Loureiro e João Paulo (Nogueira 82). Treinador Paulo Gentil

Dérbi bem disputado com um resultado justo, mas que não traduz o que se passou em Leça do Balio, pois as equipas pelo que fizeram mereciam em termos ofensivos provar o gosto do golo.
Jogo bastante equilibrado, jogado “olhos nos olhos” pois ambas as equipas tudo fizeram para conquistar os três pontos.
Postiga jogador perafitense, foi dando água pela barba à defensiva baliense, mas o lance de real perigo pertenceu ao conjunto da casa , quando aos 31 minutos Bruno Monteiro derruba Migue Grade dentro da área e penalti assinalado. Migue Cunha na marca de 11 metros remata, mas Bruno Monteiro redimiu-se da falta cometida defendendo com mestria.
No segundo tempo mais do mesmo, as equipas bem orientadas em busca do golo. Fradinho aos 79 minutos em corte arrojado envia a bola ao poste mesmo assim evitando golo certo. Aos 43 minutos Fábio loureiro remata com selo de golo, mas Pedro defende coma a ajuda da trave. Já em cima do minuto 90, Pedro Cardigos remata e Fradinho em cima linha evita o golo.

Resultado justo mas com golos seria mais acertivo, com boa arbitragem 

sábado, 10 de dezembro de 2016

CHICO (SUB19) DO LEÇA TEM VEIA GOLEADORA

Francisco Teixeira, natural de Paranhos Porto, de 18 anos, avançado que emerge nos sub 19 leceiro.
Chico formado na escola de futebol Prof. Hernâni Gonçalves, está no Leça FC desde o início desta época, orientado por Filipe Mesquita e André Silva, Chico é um dos indiscutíveis e já leva 9 remates certeiros na sua conta pessoal em 8 jogos realizados.
Na quinta-feira passada (8/12) Chico pela mão do treinador Domingos Barros, fez o seu batismo ao nível sénior, e que estreia…15 minutos em campo o suficiente para o jovem avançado fazer o gosto ao pé.

Ponta de lança, de grandes recursos técnicos e com veia goleadora, espera-se um futuro bastante promissor… o futuro o dirá…mas decorem este nome, fiquem atentos! 

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

LAVRENSE VENCE LEÇA A SEGUE EM FRENTE NA TAÇA


Taça A F Porto Grupo II Div. Elite 3ª jornada
Complexo Desportivo de Lavra
Árbitro Pedro Maia
LAVRENSE 2 LEÇA FC 1
Ao intervalo, 0-0, golos Cheta (67), Chico (86) e Zé Campos (90+3)

LAVRENSE: Zé Pedro, João Magalhães (Tuta 84), Pedro Gomes, Palheira e Abílio; Amílcar (Zé Campos 46), Wendel e Couto (Mesquita 84); Tiago Carvalho, Cheta e Sousa (Paulinho 46). Treinador António Gaiteiro.

LEÇA FC: Padrão (Fernando 46), Joel, Bruno Freitas, Miguel Ângelo (Chico 76), Alex (André Rocha 46); Rafa, Miguel (Paulinho 65) e Gonçalo (Marcos 65); Tiago Borges, João Castro e Paulo Lopes. Treinador Domingos Barros.

A equipa Lavrense apurou-se esta tarde para a fase seguinte da Taça AF Porto ao bater a jovem equipa do Leça por 2-1 com golos de Cheta (a marcar à sua antiga equipa) Chico (júnior do LFC) e do médio Zé Campos (no final do jogo)
A equipa do Leça apresentou-se para este jogo com muitas alterações no seu onze habitual, com dois juniores Miguel Ângelo e Rafa (Paulinho e Chico entram depois) não foi capaz de incomodar o último reduto defensivo da turma Lavrense no primeiro tempo. Ao invés a turma orientada por Mister Gaiteiro levou o perigo por duas vezes à baliza à guarda de Padrão, primeiro Tiago Carvalho (24`) atira à trave e depois Sousa ao minuto 38 quase faz golo.

A etapa complementar já foi mais emocionante, jogada com mais velocidade, pertenceu ao Leça o primeiro lance de perigo, Jota ganha a linha de fundo e coloca na pequena área com João Castro a chegar atrasado, na resposta Paulinho (UDL) dispara sem preparação mas abola sai por cima. Muito irrequieto lá frente João Castro põe a nu algumas fragilidades defensivas da turma de Lavra. Aos 61 minutos Wendel atira forte com a bola a passar pertinho do poste da baliza, agora à guarda de Fernando. 64 minutos, Cheta  com um passe magistral  isola Tiago Carvalho, que perde algum tempo em deambulações e dispara para Fernando responder com segurança gorando-se excelente oportunidade de marcar. Golo que surge logo a seguir, por Cheta que assistido por Tiago Carvalho atira a contar. Aos 74 minutos, Paulinho ganha nas costas de Bruno Freitas e já dentro da área prefere ajeitar para Cheta rematar…em carrinho André Rocha evita golo certo. No minuto seguinte é a vez de Tiago Borges bem posicionado rematar contra o corpo de um defensor Lavrense, gorando-se boa ocasião para empatar o jogo. Empate que surge em cima do minuto 86 pelo júnior Chico que fez os adeptos leceiros exultarem de alegria.
Nos três minutos de descontos dados por Pedro Maia, a equipa Lavrense criou duas boas oportunidades para marcar, primeiro Paulinho de cabaça ao primeiro poste não acerta como pretendia na bola e depois em cima do apito final, Mesquita com um passe a rasgar a defensiva Leceira, isola Zé Campos pelo lado esquerdo e este depois de driblar o guarda redes atira para a baliza deserta.

Resultado justo com boa arbitragem de Pedro Maia 

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

ROCHINHA MÉDIO/DEFESA PROCURA CLUBE

Bruno Rocha jogador natural de Ermesinde, com 23 anos é médio centro ou defesa central.  “ Rochinha “ como é tratado no futebol fez formação no Pasteleira, Boavista, Salgueiros e Infesta. Nos três anos de sénior, três clubes diferentes, Nun`Álvares, São Romão e CD Torrão, onde iniciou a época corrente, mas por motivos de mudança de comando técnico teve de sair acompanhando o treinador Jorge Rezende. Rochinha está disponível e livre para ingressar num clube que precise de alguém com as suas características. 

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

INFESTA, PONTO AMARGO NA CASA DO ÚLTIMO


10 JORNADA DA DIVISÃO DE HONRA
Estádio do Leverense em Gaia
Árbitro Luís Rocha
Cartão Vermelho a Telmo (79)
LEVERENSE 1 FC INFESTA 1
Ao intervalo, 1-0, golos: Ricardinho (8) Rui Ferreira (82)

LEVERENSE: Rúben, Zezinho, Tiago Filipe, Roberto, João Pereira, Diego, Bruno Lopes (Telmo 57), Miguel Ferreira ( Rafa 57), Jota, Ricardinho (Rui Pinho 64), Barbosa( Pedro Abel 40). Treinador Eduardo Paixão.

INFESTA: Miguel, Sousa, André Ribeiro, Teixeira e Estrela (André Fernandes 21/ Varela 81); Vitinha (Soares 63), Mário e Lúcio; Paiva, Braga (Neto 63) e Rui Ferreira. Treinador Jorginho

O Infesta visitou o último classificado Leverense, equipa que ainda não tinha pontuado nesta competição e saiu do encontro com um empate com sabor amargo. Ambas as equipas praticaram um futebol com pouco ritmo e a primeira parte foi completamente apática. O golo da equipa da casa, que surgiu logo aos 8 minutos por Ricardinho que aproveitou uma falha defensiva do Infesta para fuzilar o guarda-redes Miguel e inaugurar o marcador, foi a única oportunidade da equipa de Lever durante toda a partida, pois a partir daí, passou a jogar à defesa, usando anti-jogo como arma para as investidas da equipa de Jorginho. Só mesmo a terminar a primeira parte é que o Infesta conseguiu chegar perto do golo, Vitinha de livre, obrigou o guarda-redes de Leverense a uma defesa incompleta e na recarga, Teixeira atirou ao poste.
Na segunda parte o Infesta entrou a todo o gás, à procura da vitória e dominou por completo, Rui Ferreira aos 50 minutos tentou um chapéu ao guarda-redes Rúben, falhando por poucos centímetros e pouco depois Vitinha e Paiva desperdiçaram com remates desenquadrados com a baliza. O treinador do Infesta, Jorginho, foi mudando a equipa e tornou-a mais ofensiva e fruto disso mesmo, aos 82 minutos, Rui Ferreira, o mais inconformado em campo, em jogada individual, libertou-se dos centrais e rematou fora do alcance de Rúben para o empate. Até ao final e com a equipa da casa a jogar com menos uma unidade, o Infesta ainda teve duas oportunidades para chegar à vantagem por Paiva mas o guardião da casa, negou-lhe o golo.
A jornada foi pródiga em empates e o Infesta manteve o 8º lugar com 14 pontos mas agora a oito pontos do novo líder, o Avintes. Na próxima quinta-feira, joga-se a 3ª e última jornada da fase de grupos, o Infesta se vencer o Vila FC em casa, apura-se para a fase a eliminar.

IN FC Infesta, Foto Carla Ferreira


DESPORTIVO LEÇA DO BALIO É 6º NA TABELA DA DIVISÃO DE HONRA


Desportivo Leça do Balio, que empatou no reduto do Vila Caiz a uma bola, conquistando um ponto ao minuto 95 através de Pedro Gomes, num jogo em que estreou o regressado Hugo Ferreira, que estava no Padroense sem ser muito utilizado, viu somar-lhe mais 3 pontos na tabela ganhos na secretaria no jogo em que perdeu por uma bola a zero em casa frente ao Vila FC, referente à 5ª jornada.
Com este 4 pontos conquistados a turma baliense ocupa agora a 6ª posição com 17 pontos na tabela dando um salto bastante significativo.

Na próxima jornada os Balienses recebem no seu reduto a equipa do FC Perafita em mais dérbi de Matosinhos

domingo, 4 de dezembro de 2016

GDAN VENCE E CONTINUA LÍDER


ESCOLA FUTEBOL 115 0 GD ALDEIA NOVA 4
Golos  – D. Rosas – Correia - Zé Paulo (2)
Árbitro; Emanuel Neto

ADEF 115 Treinador; Fernando Freitas
João Lopes – Firmino – Casanova – David – Miguel Afonso – Tó – Pedro – Rui – Runinha – Robento – Nuno   Supl: Hugo – F. Teixeira – Fábio – Golant – J Alberto 

GD Aldeia Nova Treinador: João Rosas
Gui – Berna - Sérgio – João Paulo – Xincas – P. Rosas – Quintas – D. Rosas – Joca -  Zé Paulo (CP) – Simão;    Supl;   Vítor – Gonçalo – Correia – Dani – Ruben – André – P. Vieira

GDAN vence folgado o ADEF 115
Jornada nº 9 do campeonato do 2ª divisão serie 1 da AFPorto, campo do S. Pedro Fins-Maia.
AD EF 115, ultimo classificado da série 1, recebe um dos primeiros classificados da serie 1, o GD Aldeia Nova, pela lógica e sobretudo pelos resultados negativos que a ADEF 115 estava a realizar, o favoritismo caí-a naturalmente sobre a equipa do GDAN. Bastou 6 minutos de jogo para Diogo Rosas inaugurar o marcador, com o cariz do jogo e o controle do mesmo a ser favorável ao GDAN era previsível que o marcador iria sofrer nova alteração, aos 38 minutos Zé Paulo faz os 2 a 0 e acaba com qualquer réstia de esperança por parte da equipa do 115. Correia e Zé Paulo a bisar restabelecem o resultado final.
Seria injusto não mencionar o comportamento e a atitude da ADEF 115, uma equipa, uma escola de fitebol, que durante os 90 minutos simplesmente procurou sempre jogar futebol, nunca virou a cara a luta e deu vivas provas de como o fair-play pode e deve existir no futebol. Para quem desconhece o grande responsável por essa conduta digna de estar no futebol, chama-se Sr. Fernando Freitas e a sua família, um bem-haja.
GD Aldeia Nova, fez o que lhe competia, conquistar os 3 pontos, jogou bem, controlou o jogo e regressou a Perafita sabendo que como forasteiro da serie conquistou não só os 3 pontos mas acima de tudo o RESPEITO das restantes equipas.
Fica para registo a estreia na equipa sénior do GD Aldeia Nova do Ruben e André, dois jovens juniores que hoje demonstraram ao mister Rosas que podem contar com eles para futuros compromissos.

Manuel Sá




LEIXÕES PERDE EM CASA DO ÚLTIMO A FUNDA-SE NA TABELA

                                          Claque sempre presente

17.ª jornada – Ledman LigaPro
Estádio José Arcanjo em Olhão
Árbitro: Luís Máximo (Castelo Branco)
OLHANENSE 3 LEIXÕES 1
Ao intervalo 1-1 Golos - Rui Cardoso (11') Tiago Barros (35'), Doudou (46') e Jorman (56')
OLHANENSE: Evtimov, Coubronne, Gerevini, Tiago Duque, Kiki, Sori Mané, Tiago Barros, Galassi (Virga, 74), Doudou Mangni (Aldair, 64), Jorman Aguilar (Edgar Abreu, 74) e Salim Cissé. Treinador Bruno Baltazar
LEIXÕES:  Ricardo Moura, André Teixeira, João Freitas, Wellington, Vumbi, Bruno China, André Salvador (Bruno Lamas, 56), Rui Cardoso, Fatai (Chiquinho, 60), Malele (Gonçalo Gregório, 68) e Shihao Wei. Treinador Daniel Kenedy

Rui Cardoso abriu o ativo para os Matosinhenses, aos 11 minutos, mas a equipa de Olhão empatou ainda antes do intervalo, por Tiago Barros (36), e virou o jogo com golos de Doudou Mangni (47) e Jorman Aguilar (56), já no segundo tempo.
Com um relvado empapado devido à forte chuva que caiu no Algarve a impedir o bom futebol das duas equipas, foi o Leixões a sair por cima, aos 11 minutos, quando Rui Cardoso abriu a contagem, de pé esquerdo, após cruzamento de Vumbi. André Salvador desperdiçou duas boas oportunidades para aumentar a diferença (14 e 25) e, à passagem da meia hora, já o Olhanense pressionava mais em cima do meio-campo adversário: Jorman Aguilar falhou o empate aos 28 minutos, mas Tiago Barros não desperdiçou aos 36.

Motivado pela igualdade, a reentrada do Olhanense após o intervalo acabou por ser decisiva: primeiro, Jorman Aguilar ofereceu o 2-1 a Doudou Mangni, que só teve de encostar para a baliza aberta (47), e depois Aguilar concluiu de cabeça, ao segundo poste, após centro de Coubronne (56). O técnico do Leixões, Daniel Kenedy, rapidamente esgotou as substituições em busca de soluções, mas, até final, apesar de algumas jogadas de perigo da sua equipa, seria o Olhanense a desperdiçar as melhores ocasiões, por Galassi (65 e 66) e Aldair (79).

SENHORA DA HORA IMPEDIDO DE GANHAR OS TRÊS PONTOS


2ª Divisão serie 1 A F Porto 9ª Jornada
Complexo Desportivo do SC Senhora da Hora
Árbitro Pedro Pereira
SC S HORA 2 S PEDRO FINS 2
Ao intervalo, 1-1 Golos – Cesário (1`) Duarte (6`) João Branco (73`) e Ricardinho (90+4`gp)
Cartão vermelho a Cesário (95`)

SENHORA DA HORA: Correia, Marco, Tiago Rocha, Kenedy e Patrick; Ricardo, Estrela e Artur (Serrão 56); João Branco (Rui Filipe 76) , Cesário e Ruben (Reis 76). Treinador Pedro Vinhas.

S PEDRO DE FINS: Hugo Costa, André (Ricardinho 67), Guimarães (João 82), Maio, Ramalho, Gonçalo, Duarte, Bernardo, Neto, Robert (Paulo 82) e Afonso. Treinador Albino Guedes.

Jogo em que se cumpriu um minuto de silencio em memória da equipa Brasileira Chapecoense.
Inicio fervoroso com dois golos, um para cada lado, primeiro para os senhorenses logo no minuto inicial por intermédio de Cesário e pelo lado visitante Duarte a fazer um chapéu a Correia. Até ao fim do primeiro tempo, nem foi carne nem foi peixe, jogo fraquinho para ambos os lados.

Na segunda parte tudo foi diferente, a equipa comandada por Pedro Vinhas, a jogar no seu reduto fez o que lhe competia, assumindo o jogo e partindo em busca do golo, que podia ter surgido por várias vezes, umas por inoperância dos avançados senhorenses outras pelo exibição segura de Hugo Costa, e o poste também evitou golo certo de Estrela. Ao minuto 73 João Branco aparece isolado pelo corredor central e contorna o guarda redes antes de atirar para a baliza deserta. Esta feito o 2-1, a partir de aqui a equipa do Senhora da Hora colocou-se a jeito, e foi recuando no terreno, jogando em transições pelas faixas. A equipa de arbitragem, quanto nós não esteve bem na partida, demostrando alguma falta de classe e autoridade sobre os jogadores, fazendo cumprir as leis de jogo de uma forma muito benevolente, quase que empurrando os senhorenses para o seu último reduto…em cima do minuto 94, dos 5 minutos exagerados dados de desconto, marca uma grande penalidade que não existiu (avançado visitante ao sentir Ricardo nas costas deixa-se cair no vértice da grande área) e o S Pedro de fins fecha o resultado 2-2 com Ricardinho a bater o penalty. Não se jogou mais e Cesário foi expulso com cartão vermelho direto.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

O VERNIZ ESTALOU E KADINHA DEIXA O SC RIO TINTO

Na sua página (facebook) Kadinha deixou no ar que o que motivou esta saída precoce prende-se pelo facto de não se identificar com o treinador Manuel Pinheiro


KADINHA

"Venho informar todos os meus amigos que a minha passagem pelo Rio tinto terminou hoje...Acima de tudo quero agradecer ao presidente Jorge Pina aos meus colegas de equipa,ao chico,ao mesquita e ao Leo..Gostava muito de ter continuado mas tive um treinador muito evoluído ao qual não consegui adaptar-me mas reconheço que tem métodos de treino que está ao nível dos melhores,uma pessoa muito conhecedora do futebol tanto técnica e taticamente uma coisa impressionante,merece outros palcos sem dúvida aliás quem vê o Rio tinto a jogar nota-se que é uma equipa trabalhada e que dá gosto ver jogar...e sei do que falo porque eu fui treinado pelo um senhor chamado Vitor Oliveira(subiu só 9 vezes) e pelo Carlos Carvalhal(currículo fraquinho)...Boa sorte Sport clube de Rio tinto.."

CHEIA DE FERIDAS CAMINHA A DIVISÃO D´ ELITE A F PORTO


BALANÇO DA I VOLTA 
Com uma primeira volta concluída, e já com a segunda em andamento, o comportamento das equipas de Matosinhos, na divisão d´elite de uma forma geral tem sido pautado pela mediania…os representantes matosinhenses, com a primeira jornada da        segunda volta concluída,  estão posicionados no meio da tabela (9º,10º e 11º), separados por apenas 2 pontos, o Lavrense comandado por António Gaiterio desde a 9ªjornada, já amealhou 9 pontos (Leandro Cunha 5 pontos) e 2 pontos conquistados na secretaria. O Leça, sob o leme de Domingos Barros (antigo jogador e capitão) tem os mesmos 16 pontos. O Padroense, com melhor inicio que as suas congéneres, amealhou 14 pontos, tendo vindo a denotar alguma fragilidade que não se antevia.
SC Rio Tinto e Maia Lidador afiguram-se com os principais candidatos à subida ao Campeonato de Portugal, seguidos de perto pelo Oliveira do Douro e Valadares Gaia…no fundo da tabela Serzedo, Candal e Gondim, travam a luta pela permanência. 

"CASO CANELAS"

Este campeonato (principal prova da maior Associação do País) está assombrado pelo “Caso Canelas”, recordo que 12 equipas recusam-se a defrontar os Gaienses (só o Candal vai a jogo com a equipa de Macaco) temendo pela segurança e alegando coacção desportiva. Dos 40 pontos já albergados, 21 foram amealhados por falta de comparência dos adversários, preferindo estes pagar uma multa de 750 euros e penalizados com derrota por 3-0.
Com tudo isto… com a AF Porto “a assobiar para o lado” sem nada conseguir fazer para estancar esta situação, tendo inclusivamente diligenciado algumas reuniões com os clubes que revelaram um vazio total no sentido de se travar este caso.

Num distrito que detém a maior Associação de Futebol de País com larguíssimas tradições no futebol, que detém o título de Campeão Europeu, tem o melhor Jogador do Mundo, não tem e pelos factos ocorridos, dirigentes (FPF incluída) à altura destes pergaminhos.

PRÓXIMA JORNADA FUTEBOL SÉNIOR DE MATOSINHOS


Dia 4 Dezembro
Ledman Liga Pró 17ª jornada
Olhanense vs Leixões SC

Divisão D´Elite Pro Nacional AF Porto 15ª Jornada
CD Candal vs Padroense FC
UD Lavrense vs Canelas 2010
Leça FC vs Gondim Maia

Divisão de Honra A F Porto 10ª Jornada
Leverense vs FC Infesta
Perafita vs Folgosa da Maia
Vila Caiz vs Leça do Balio

1ª Divisão Serie 1 A F Porto 9ª Jornada
Os Lusitanos vs Águas Santas
Crestuma vs Custóias

2ª Divisão Serie 1 A F Porto 9ª Jornada
Senhora da Hora vs S. Pedro de Fins

 Escola de Futebol 115vs GD Aldeia Nova.

PRIMEIRO TRIUNFO ALCANÇADO FORA PELOS LAVRENSES


Complexo Desportivo de Serzedo 
14ª Jornada da Divisão D´Elite
Árbitro: Fernando Montenegro
SERZEDO 1 UD LAVRENSE 2
Ao intervalo, 0-2, golos Kaká (35) Tiago Carvalho (45) e Arantes (51)

SERZEDO: Clemente, Filipe, Diogo,  Luís Nunes, Juliano, Arantes e Gustavo (André Silva), Maia (Dani 85), João Pedro (Pedrinho 65) e Nando (André Guedes 85). Treinador Edgar Ramos
UD LAVRENSE: Tiago Oliveira, João Magalhães, Pedro Gomes, Palheira, Abílio, Amílcar, Huguinho, Zé Campos (JP 70), Tiago Carvalho, Kaká (Sousa 70) e Cheta (Paulinho 53). Treinador António Gaiteiro.

A equipa do Serzedo, fruto de algumas entradas no plantel, revelou-se um osso muito duro de roer. Entrando melhor no jogo de que a equipa Lavrense, os gaienses encontraram pela frente um inspirado guarda-redes (Tiago Oliveira) que nos minutos iniciais protagonizou três excelentes defesas, segurando o nulo verificado. A parir dos 15 minutos, a equipa Lavrense acertou marcações e aos poucos foi assumindo as despesas do jogo, e ao minuto 35, Tiago Carvalho coloca a bola com classe no espaço de Kaká e este não perdoou abrindo o marcador. Em cima do apito do final do primeiro tempo, Tiago Carvalho, à entrada da área aproveita uma bola rechaçada e dispara para o segundo golo.

No segundo tempo a equipa da casa entra forte e agressiva na disputa dos lances, abusando até em algumas entradas, beneficiando de alguma apatia da equipa de Arbitragem, consegue encurtar o resultado à passagem do minuto 51. A equipa Lavrense bastante fustigada com os cartões amarelos, Cheta, Zé Campos, Palheira, Abilio, Kaká…amarelados, soube segurar a vantagem, encurtando os espaços, sendo bastante solidária entre os sectores, conseguiram mesmo a melhor chance de golo no segundo tempo, quando o defensor local salva o golo em cima da linha de baliza, apesar de  Tiago Oliveira que esteve em grande plano fazer também uma saída bastante arrojada, salvando também o perigo que pairava para a sua baliza.   

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC