RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

MENSAGEM DE NATAL E ANO NOVO

Para todos os meus amigos para todos os adeptos de futebol em Geral e particularmente os de Matosinhos, venho desejar-vos um Santo e Feliz Natal, que espírito familiar nos conduza nesta quadra natalícia, e que a bênção de Deus recaia em todos vós, que a saúde e a paz recheada com muito amor seja a ementa principal das vossas vidas.

Um Ano Novo próspero, abundante e que todos os vossos projectos, sonhos se concretizem…sejam pacientes e solidários com todos aqueles que vos rodeiam, com todos os vossos amigos com todos os vossos familiares.
2018 à semelhança de tantos outros, é um início de uma vida que se perspectiva diferente, é o renascer da esperança de uma vida melhor, acredite sempre nos seus sonhos e acima de tudo focalize-se na felicidade. 

Eu voltarei em 2018 com a forte convicção de que continuamos amigos e com a certeza de que caminhamos juntos.


Mário Mitch

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

LEÇA PERDE EM AVINTES MAS MANTÉM LIDERANÇA

13 Jornada Divisão D´Elite série 1 - AFP
Complexo Desportivo de Avintes – Gaia
Árbitro Rui Oliveira
FC AVINTES 1 LEÇA FC 0
Ao intervalo 0-0, golo Luís (89)

AVINTES: Humberto, Dani, Fábio, Renato, Ricardo, Pedro Sá, Tiago e Freixo, André (Ruben Pedrosa 75), Djalo (Rui Silva 75), Luís (Bruno Duarte 90+3). Treinador João Ferreira.

LEÇA: Taha, Joel, Ramalho, Vítor Fonseca, Paulo Lopes, Noura, Jair, Pedro Pinto (Cheta 80) Sérgio Pedras, Areias (Miguel 80), Diogo Pedras. Treinador Domingos Barros. 

Na condição de líder da prova, o Leça foi travado em Avintes já no final do encontro,
 Numa tarde com muita chuva, foi a tempestade que assola o país quem assumiu maior protagonismo. O equilíbrio foi a nota dominante mas o Leça entrou no jogo sem medo e até podia ter marcado bem cedo, não fossem as boas intervenções do guarda-redes Humberto. Aos 45 minutos o avançado da casa Djalo, desperdiça soberana oportunidade para levar a sua equipa para as cabines na condição de vencedor.
No segundo tempo manteve-se a toada de jogo, mas com o desenrolar do mesmo as condições do relvado foram se deteriorando, e o futebol de bola no pé, com passes e fintas, tornou-se uma miragem. O golo que valeria três pontos aos gaienses surgiu da única forma que seria possível, de bola parada, já perto do apito final Luís atirou a contar.

Apesar da derrota a equipa Leceira mantém a liderança, tirando partido da derrota do Valadares na cidade da Maia e do adiamento das partidas Boavista B vs Grijó e Oliveira do Douro vs Padroense a realizar dia 23 de Dezembro. 

QUEBRADO O CICLO DE 7 PARTIDAS SEM PERDER

Estádio Municipal de Arouca.
Árbitro: Vítor Ferreira (AF Braga).
Ao intervalo: 1-0.
Deyvison, (10)  Adílio,( 75).Matheus Costa, (89).

AROUCA: Rafael Bracalli, João Amorim, Nuno Coelho, Deyvison, Vítor Costa, Ericson, Nuno Valente (Adilio, 72), Bruno Alves, Barnes (Benny, 68), Roberto e Bukia (Jefre Vargas, 61).Treinador: Miguel Leal.

LEIXÕES: André Ferreira, Jorge Silva, Jaime, Ricardo Alves, Belly (Belima, 78), Stephen, Amine (Okitokandjo, 62), Luis Silva, Bruno Lamas, Kukula e Evandro Brandão (Matheus Costa, 82).Treinador: João Henriques.

Leixões, que já não perdia para a 2.º Liga há sete partidas, perdeu na 16.ª jornada do campeonato por 2-1 em Arouca.
Numa partida marcada pela chuva e vento forte, os visitantes entraram na partida com o objetivo de se aproximarem da liderança do campeonato, mas, logo aos 10 minutos, o central Deyvison abriu o marcador para o Arouca. No segundo tempo, o recém-entrado Adílio aumentou a contagem, aos 75 minutos, apenas três minutos depois de ter entrado, e Matheus Costa (89), defesa central que entrou para avançado já perto do fim, reduziu perto do fim.
Nos minutos iniciais, o Arouca andou sempre perto da área do Leixões, o que acabou por culminar no golo de Deyvison, aos 10 minutos, num cabeceamento certeiro, depois de um canto bem executado por Vítor Costa. No lance seguinte foi a vez dos leixonenses ficarem perto de igualar, num lance muito confuso dentro de área, no qual os visitantes não conseguiram finalizar. Já perto do intervalo, uma atrapalhação entre Belly e Ricardo Alves deixou a bola à mercê de Roberto, que, dentro da área, atirou forte para golo, mas a bola embateu com um estrondo na trave.

No segundo tempo, e a favor do vento, o Leixões foi aproximando-se cada vez mais da área do Arouca, mas o terreno ainda mais pesado, dificultava a tarefa dos homens que viajaram de Matosinhos. Aos 72 minutos, o Arouca viu-se obrigado a esgotar as substituições devido à lesão Nuno Valente, lugar para o qual entrou Adílio, numa troca que se revelou acertada, porque apenas três minutos mais tarde, o brasileiro aumentou a contagem. Roberto foi na luta por uma bola perdida dentro da área, e nova atrapalhação da defesa leixonense, desta feita entre Jaime e o 'guardião' André, deixou o esférico aos pés do recém-entrado Adílio, que só teve de empurrar para o fundo das redes. Aos 81 minutos surgiu o lance de maior perigo para o Leixões, livre a 30 metros cobrado por Bruno Lamas à baliza, sofreu ainda um desvio num defesa, e Bracalli protagoniza a defesa da tarde, evitando o golo. Ao cair do pano, Matheus Costa, também recém-entrado, reduziu para os leixonenses, num pontapé de canto, no qual Bracalli ainda faz uma boa primeira defesa, mas a recarga foi ter aos pés do defesa brasileiro que só teve de encostar.


Nota: O Leixões perde ao fim de 7 jornadas num encontro que merecia no mínimo sair de Arouca com um ponto na algibeira. Destaque também para os adeptos da equipa de Matosinhos, que mesmo debaixo de um temporal não regatearam esforços no apoio à sua equipa 

Foto Leixões SAD 

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

INFESTA GOLEIA PADROENSE SOB O COMANDO DE VITINHA

13ª Jornada Da Divisão d´Elite AF Porto
Estádio do Padroense FC – Padrão da Légua – Matosinhos
Árbitro: Edgar Batista  
PADROENSE 0 INFESTA 4
Ao intervalo, 0-2, golos Vitinha  (3, 33, 53, ) Varela (87) 

PADROENSE: Matos, Renato, Fábio (Renato 69), Freitas, Rúben, Lutchindo (Tiago 63) Medeiros (André 69), Mansilha, Brany, Leitão (Bruno 63), Pedro Oliveira e Xoura. Treinador João Costa

INFESTA: Miguel, Lico, Vitinha, (Ricardo 63), Lúcio, Braga (Varela 83), Ruca (Rafa 83), Couto, Rui Filipe (Mário 74), Jonas, André Ribeiro e Amaral. Treinador Jorginho 

Jogo entre vizinhos, terminou com um resultado bem longe do espectável à partida…mas o futebol é isto mesmo, por isso é que move adeptos e paixões…este jogo também teve “cereja no topo do bolo”  40 anos de um jovem que também é capaz destas coisas, um Hattrick, Vitinha marcou os 3 primeiros golos do Infesta, o curioso é o 3 esteve sempre ligado a este feito, minuto 3, 33 e 53. Será que o capitão do Infesta vai apostar neste número nos jogos da Santa Casa?.

Sobre o jogo, que por incrível que pareça, esse até foi equilibrado, mas a diferença esteve na hora de rematar à baliza com êxito e nisso a equipa comandada por Jorginho esteve irrepreensível, ao contrário a turma de João Costa foi incapaz de concretizar as oportunidades que dispôs
Um dérbi para recordar mais tarde, principalmente para Vitinha pois ter 3 remates certeiros num dérbi não é para todos

Fotos Carla Ferreira 

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

DIOGO PEDRAS RESOLVE DUELO DE TITANS

13ª Jornada Divisão D´Elite
Estádio do Leça FC em Leça da Palmeira
Árbitro David Silva
LEÇA 1 BOAVISTA (B)  0
Ao intervalo, 1-0 Golo Diogo Pedras (41)

LEÇA: Taha, Joel , Ramalho, Vítor Fonseca, Alex, Noura, Jair (Castro 90) e Pedro Pinto( Paulo Lopes 71) , Sérgio Pedras (Coutinho 90) , Diogo Pedras (Miguel 71) e Areias (Marcos Silva 90) Treinador Domingos Barros

BOAVISTA (B) Fábio, Ibra (Rio 68) Diogo Nunes, Velasques, , Rui Camelo, Miguel Cid, Roberto e Henrique, Douglas (Santana 84),  Ricardo e Paulo Roberto. Treinador  Jorge Couto.

Iniciando o encontro na posição de líderes, Leça e Boavista B, não deixaram os créditos por mãos alheias e protagonizaram uma autêntico “DUELO DE TITANS”
Um excelente espetáculo de futebol jamais inferior ao futebol praticado e emotivo no profissional 1ª e 2ª liga.

Jogo intenso quanto baste e muito equilibrado, sendo os homens da casa os primeiros a ameaçar o golo por intermédio de Sérgio Pedras, golo que viria à passagem do minuto 41, quando o outro Pedras, o Diogo dispara de fora da área e bate Fábio sem apelo nem agravo.

No segundo tempo o Boavista B, bem que tentou chegar à igualdade, mas a equipa de Domingos Barros, bem organizada defensivamente não permitiu que a turma axadrezada conseguisse os seus intentos. Paulo roberto até surgiu isolado na frente de Taha mas o guardião leceiro segurou a vantagem garantindo os três pontos à sua equipa e a consequente liderança isolada da prova

Fotos Leça FC Geração 2018

PENALTI DUVIDOSO IMPEDE LEIXÕES DE SOMAR TRÊS PONTOS

15.ª jornada da 2ª Liga
Estádio 25 de Abril, em Penafiel.
Árbitro: Rui Costa (Porto).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Luís Silva (15), Romeu Ribeiro (36), Luís Pedro (38), Bruno China (45+1), Rafa Sousa (52) e Derick (73).
PENAFIEL 1 LEIXÕES 1
Ao intervalo: Golos : Jaime (31) Gustavo (71 gp)

PENAFIEL: Ivo Gonçalves, Kalindi, João Paulo, Luís Pedro, José Gomes (Daniel Martins, 58), Rafa Sousa, Ludovic (Caetano, 66), Romeu Ribeiro, Gustavo (Fábio Fortes, 85), Gleison e Fábio Abreu.Treinador: Armando Evangelista.

LEIXÕES: André Ferreira, Jorge Silva, Jaime Simões, Ricardo Alves, João Lucas (Derick, 64), Bruno China (Amine, 72), Stephen, Luís Silva, Breitner (Evandro Brandão, 77), Kukula e Bruno Lamas.Treinador: João Henriques.

O Leixões adiantou-se no marcador aos 31 minutos, pelo central Jaime Simões, de cabeça, na sequência de um pontapé de canto, mas o Penafiel restabeleceu a merecida igualdade aos 71, numa grande penalidade convertida por Gustavo, a castigar uma alegada falta de Derick sobre Gleison na área da formação de Matosinhos, que nos pareceu não existir.
A qualidade do espetáculo foi secundarizada pela entrega dos jogadores das duas equipas, com as defesas muito atentas às movimentações dos avançados, mas a permitirem uma ou outra entrada dos médios. Foi desta forma que o Penafiel criou a primeira situação de perigo, aos sete minutos, mas Ludovic, ex-Leixões, optou por assistir um colega quando podia ter rematado à baliza, após um passe longo de Fábio Abreu da esquerda. A toada de parada e resposta mantinha os adeptos presos ao jogo e, aos 23 minutos, foi Stephen, com um remate de fora da área, a fazer brilhar o guarda-redes do Penafiel, que nada pôde fazer pouco depois, aos 31, quando Jaime Simões, sem marcação, inaugurou o marcador, de cabeça, após um canto. O golo tranquilizou a experiente equipa do Leixões, mas o Penafiel demorou pouco a responder e ainda antes do intervalo, aos 44 minutos, novamente por Ludovic, ficou perto do empate, valendo a intervenção de André Ferreira.
O Penafiel manteve a iniciativa no arranque da segunda parte, porfiou na busca do empate, com Kalindi e Ludovic, especialmente este último, a ameaçarem o golo, que apenas surgiria aos 71, por Gustavo, na transformação de um penálti. As duas equipas revelaram inconformismo com o resultado, mantiveram como objetivo a baliza adversária e Evandro Brandão, aos 85 minutos, na única oportunidade do Leixões em toda a segunda parte, falhou escandalosamente a baliza do Penafiel, no último lance de perigo do encontro. Com este empate, o Leixões passou a somar 26 pontos, ocupando o quarto lugar, mantendo dois de vantagem sobre o Penafiel, que é sétimo, ambos na discussão pelos lugares de subida.

Nota Final : Embora o empate verificado seja um resultado justo, convém dizer-se que uma grande penalidade muito duvidosa (erro crasso de Rui Costa) retira a possibilidade de a equipa de Matosinhos ascender ao primeiro lugar da tabela .

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC