RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

sábado, 4 de abril de 2020

ANTÓNIO PINHO REVELA QUE PAGOU MEIO MÊS DE MARÇO

O presidente do Leça, José António Pinho, revelou que pagou metade do mês de março aos jogadores e que há uma possibilidade "de rever o orçamento" para a próxima época, em declarações ao Jornal O Jogo.

"Pagamos meio mês de março, que foi o que os jogadores jogaram. Não tem entrado um tostão no clube. Se não houver uma potencial SAD ou outra solução, temos de rever o orçamento", mencionou.

Na Série B o Lourosa, o Arouca, Canelas, Gondomar e Espinho assumiram que tem os salários em dia, alguns revelaram que vão cumprir, outros que vai ser muito difícil pagar este mês.


Fonte da Foto: Leça FC


Diogo Bernardino

LIGA PORTUGAL PROPÕE PLANO DE AÇÃO DE REGRESSO AOS RELVADOS

A Liga Portugal vai propor aos clubes dos campeonatos profissionais, entre eles o Leixões, um plano de ação para o regresso aos relvados que passa por "dois jogadores treinarem em simultâneo durante 45 minutos", refere o Jornal Record.

O plano de ação "regresso progressivo à competição" passa por duas fases, a primeira um treino individualizado no campo. Entre as regras, passa por cada jogador já estar vestido e equipado em casa e cada um utiliza uma bola desinfestada e higienizada, feito de forma isolada, com as diretrizes da DGS a serem cumpridas.

"Num campo podem estar dois jogadores a treinar em simultâneo por 45 minutos, cada um em metade do campo, sendo possível 24 jogadores treinarem em 9 horas. Em clubes com mais de um campo de treino, é possível realizar este trabalho com mais jogadores, ou adicionar mais tempo de treino ou fazê-lo num menor tempo total", salienta o documento.

Na primeira fase em jogos e em treinos os jogadores só podem beber a sua própria garrafa de água, banhos de recuperação e crioterapia individualmente antes e após cada utilização de forma higienizada.

Caso algum jogador demonstra algum sintoma de COVID-19 deve ir para uma sala de isolamento e fazer o teste. A Liga menciona que caso regresse o treino em grupo que tem de haver testes suficientes, entre 30 a 40 por clube, por jogadores e staff. 

A Liga deixa no ar a possibilidade de serem realizados testes antes dos jogos ou antes de cada semana, para encontrar qualquer caso suspeito ou assintomático e caso seja positivo testar novamente o plantel e staff.

Caso o teste seja positivo e não seja necessário ficar no hospital realiza o isolamento profilático de 14 dias, repetindo o teste entre o 10.º ao 14.º dia e tem que ter dois testes negativos em 24 horas antes de se juntar à equipa.

Em regra os jogadores e staff tem de esperar entre dois a três dias para conhecerem os resultados finais dos testes.

Os estágios tem de ser da menor duração possível sendo que o cenário passa apenas pela viagem de autocarro no dia de jogo com as recomendações previstas. A comitiva dos clubes deve ser restringida, o autocarro tem de ser higienizado antes e depois de cada jogo sem ninguém no banco do lado.

"A paragem habitual, se necessária, deve ocorrer num parque de merendas com casas de banho ao invés de uma estação de serviço. É essencial que a Liga Portugal crie uma comissão de acompanhamento regular às sociedades desportivas e que faça uma supervisão do cumprimento das medidas estabelecidas", sugere a Liga.

Este plano só vai ser apresentado aos clubes caso o Governo, dirigentes, médicos e jogadores aceitarem.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

MANUEL CAJUDA CRITICA DECISÕES DA UEFA

O treinador do Leixões, Manuel Cajuda, revelou que sente muita confusão em relação às decisões da UEFA sobre fim da temporada numa altura em que países ainda não conseguiram prever pico da pandemia, em declarações no Facebook.

"Confesso que estou cada vez mais confuso. Não com o continuar ou o dar fim a esta época, perante uma catástrofe do qual ainda é mais o que desconhecemos do que aquilo na realidade já sabemos. A 02 de abril, a maioria dos países, não conseguiu ainda prever o “pico da pandemia”. Dai que não entenda, mas não entendo mesmo, como pode definir uma data para o fim da época, por parte da UEFA", relatou Manuel Cajuda.

O experiente treinador dos 'bebés do mar' foi ainda mais longe expressando que os dirigentes da UEFA são "adiantados mentais" e que realizar jogos à porta fechada é fazer "mais mal ao futebol". 

"Como podem estes “adiantados mentais”, decidir o fim de algo sem saber quando começam (neste caso recomeçar). Santa Paciência!. Sim é preciso recomeçar o quanto antes e acabar a época mas, sempre em condições que não ponham a saúde dos praticantes em causa. A economia somos nós (os que fazemos o trabalho) e não os que ficam em casa a ver os jogos na televisão. Jogos à porta fechada? Por favor não façam mais mal ao futebol. Como se pode jogar bem, sem ter a melhor equipa que é o público?", descreveu.

Cajuda dá ainda várias mudanças excecionais que deveriam ser realizadas caso os jogos regressassem como o aumento do número de substituições e que todos os jogos sejam realizados depois das 18:00. 

"Seria por exemplo, tomar decisões de emergência e pontuais, aumentar o número de substituições de 3 para 5 mais o guarda-redes. Seria muito mais fácil para nós treinadores gerir o desgaste e manter uma intensidade que já de si é deficiente do nosso futebol. Outra medida por exemplo, seria que todos os jogos fossem depois das 18 horas, face ao calor que junho e julho nos oferecem. Permitiria ainda, também fazer as viagens dos jogos no próprio dia evitando deslocações de véspera", pode ler-se.

"Não sou o dono da Razão, posso até estar loucamente errado, mas por favor, pensem lá com a cabeça e não com os pés, sobre o Futebol que poderemos fazer, com a realidade que vivemos agora", concluiu.

A suspensão do campeonato da Segunda Liga por tempo indeterminado começou a 12 de março e de acordo com um plano de ação que a Liga vai propor em assembleia por videoconferência de acordo com o Jornal Record passa por regressar aos treinos individuais em campo durante maio e começar o campeonato a meio de maio, mas isto só vai acontecer caso o estado de emergência prolongue além de abril.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC