RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

terça-feira, 14 de abril de 2020

EXCLUSIVO: INFESTA COMPROMETE-SE A PAGAR SALÁRIOS ATÉ AO FINAL DA ÉPOCA

O Infesta da Divisão de Elite da AF Porto vai cumprir com as obrigações até ao final das datas estipuladas, sabe o Mitchfoot

Os contratos dos jogadores são válidos até ao final de maio, sendo que a partir de junho os jogadores e equipa técnica estão livres de assumir qualquer compromisso com outro clube.

O Infesta parou a sua atividade desde o dia 12 de março e já sabe que não vai voltar ao campeonato.


Fonte da Foto: FC Infesta


Diogo Bernardino 

AF PORTO DISTRIBUI 850 € A CADA CLUBE NO FUTEBOL SÉNIOR E 600 € AO FUTSAL

A AF Porto vai distribuir 850 euros a cada clube no futebol sénior, 600 euros a cada clube no futsal, além de um valor mais baixo para a formação, revelou uma fonte da Associação ao JN.

O Padroense, Infesta, Leça do Balio, Lavrense, Custóias, Aldeia Nova, Perafita, Lusitanos, Senhora da Hora, Gatões e Ventura vão receber 850 euros de apoio para as equipas séniores.

O Leça, Leixões, AA Leça, Barranha, Junqueira, Santa Cruz, Alfa, Cohaemato, Matosinhos Futsal, Cruzeiro Santana, São Sebastião e Juventude Matosinhos vão receber 600 euros. 

Todos os clubes matosinhenses quer de futebol ou de futsal vão receber um valor abaixo dos 600 euros para a formação.

Alguns dos clubes em questão já receberam o dinheiro ou vai ser saldado no final da temporada.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino  

"TEMOS AS CONTAS SALDADAS AO LONGO DA ÉPOCA"

O vice-presidente do Leça do Balio Jorge Monteiro salientou que o clube "tem as contas saldadas ao longo da época" e que tem "80% de receitas próprias", em declarações à Matosinhos TV.

"No último relatório de contas o nosso clube tinha 80% de receitas próprias, com 20% de subsídio da Câmara. Temos as contas saldadas ao longo da época, só falta fazer o pagamento dos últimos meses à equipa sénior e de forma tranquila terminar o campeonato com as contas em dia", revelou.

"A nossa preocupação da direção é só gastar aquilo que recebemos, ter um equilíbrio orçamental, é de salientar que devido à nossa situação as nossas receitas terminaram. As fontes estão encerradas", esclareceu.   

O vice-presidente dos balienses referiu que o lema do clube desde que a nova direção começou funções passa por "crescer o futebol de formação".

"Nós reduzimos o orçamento de forma drástica nos últimos dois anos e o orçamento do plantel sénior nesta temporada passou pelos 2.000 mil euros. O nosso lema passa por crescer o futebol de formação de forma a sustentar no futuro a equipa sénior. Somos o único clube no concelho em que a câmara nos concedeu a gestão a 100% dos espaços do clube no decorrer destes anos transatos", descreveu.

O presidente do clube Arnaldo Tasca vai recandidatar-se à liderança dos destinos do Leça do Balio até 2022, isto caso não haja candidatos para as eleições além do atual dirigente dos balienses.

"O presidente do Leça do Balio mantém-se com o Arnaldo Tasca que caso não tenha candidatos vai realizar mais um mandato de dois anos desde este ano até 2022. Nós internamente estamos unidos. Mal seja possível a próxima assembleia geral vai revelar o orçamento e as contas do clube para a próxima época e as eleições dentro do clube. O objetivo passa por realizar as eleições até agosto", apontou.

O Leça do Balio vai se manter na divisão de honra da AF Porto, depois da decisão da Associação e vai defrontar na próxima época o Valonguense e o Leverense que ocupam os lugares deixados pelo Candal e Pedrouços.


Fonte da Foto: DLB


Diogo Bernardino

"NÃO PODEMOS FUGIR DA RESPONSABILIDADE QUE A NOSSA COMPETÊNCIA NOS DEIXOU"

O treinador do Leça, Domingos Barros, salienta que os jogadores e equipa técnica não podem "fugir da responsabilidade que a nossa competência nos deixou", em entrevista ao site Complexo Desportivo.

"Na planificação desta época o objetivo estava bem definido, a manutenção. Sofremos muito na época passada, mas com todo o mérito conseguimos a permanência. Juntamos mais experiência ao grupo, tanto a nível de idade, como de atletas jovens, mas já com épocas de CP.  Na verdade, desde a primeira jornada que estivemos quase sempre nos 3 primeiros lugares, caímos para 4 nas últimas 2 jornadas, contudo estamos a 4 pontos dos lugares de playoff e não podemos fugir da responsabilidade que a nossa competência nos deixou. Não sendo objetivo inicial, neste momento, é mais que um sonho concretizável, é legítimo termos aspirações de playoff", descreve o treinador.

O treinador refere que "independentemente, dessas debilidades e dificuldades administrativas" que o clube passa, caso o melhor que os jogadores façam dentro de campo passam por uma "posição de subida, não será por nós que isso não acontecerá".

"Esta época ficará sempre condicionada por este momento. Estamos na 4.ª semana desde o último jogo, nas primeiras 2 semanas, passamos planos de treino aos atletas com o objetivo de trabalhar força, manter níveis musculares e fazer trabalho de resistência. Não nos é possível, fazer que o jogador tenha relação com a bola, para executar diferentes exercícios mais direcionados na técnica do futebol. Desse modo, libertamos os atletas, para efetuarem um treino livre adequado à necessidade individual, responsabilizando cada um pelo seu treino. Esta paragem terá as suas consequências e no futuro, possivelmente vai haver a necessidade de realizar uma mini pré-época", mencionou.

Domingos Barros revela que "não me passa mais nada pela cabeça se não estar a trabalhar aqui" e que tem o objetivo de chegar "ao profissionalismo, mas não a qualquer custo".


Fonte da Foto: Leça FC


Diogo Bernardino

"O LEÇA É UM CLUBE QUE COM POUCO FAZ MUITO"

O avançado Miguel Lopes que fez a pré-época na temporada passada no Leixões e esteve emprestado ao Leça revelou que os leceiros são um clube "que com pouco faz muito", em entrevista ao FUT24H.

"O Leça… é um clube histórico, um clube grande e com uma massa adepta enorme! Clube que com pouco faz muito… Conseguimos uma segunda volta muito boa, garantimos a manutenção. E o foco era fazer golos, jogar bem e estar perto do clube “mãe”, Leixões!", mencionou o extremo de 24 anos que atualmente joga no Lusitano de Vildemoinhos.

Este revelou que assinar contrato com o Leixões deveu-se por "mérito próprio e pelo empresário".

"Quando assinei pelo Leixões, foi algo que ansiava há muito tempo. Para além de ser profissional significava deixar de trabalhar numa empresa de lavagem de automóveis! Queria ser profissional, e só o consegui primeiro por mérito próprio e segundo pelo empresário que tinha (assinado a pouco tempo) e tenho, Nuno Correia NCFOOT! Meu empresário e amigo. Sabe o que trabalho para conseguir os meus objetivos. Senti uma força extra e senti nele alguém que realmente acreditava nas minhas capacidades! Leixões é um clube histórico onde todos gostavam de jogar!", descreveu.

Na época 2016/2017 chegou a pensar que ia desistir do futebol depois de uma má experiência no Elétrico.

Durante a sua formação representou o Casa Pia, Benfica e Belenenses, além de ter estado associado ao Sporting durante a sua formação.


Fonte da Foto: Leça FC


Diogo Bernardino

CRISTIANO SALIENTA QUE MILIC JOVANOVIC "TEM DIAS" QUE É CHATO

O guarda-redes do Leça, Jorge Cristiano, revelou que um dos seus treinadores Milic Jovanovic, "tem dias" que é chato, em entrevista às redes sociais do clube.

Este refere que o central Cláudio Borges tem mais sucesso no campo feminino, que o central ucraniano Max Lapushenko é o mais trapalhão da equipa e quem perde mais vezes no treino é o avançado Rafa Cardoso.

Na primeira parte da entrevista, o guardião leceiro salientou que tem o ritual de antes de cada jogo, vestir primeiro a luva e a bota esquerda em conjunto com uma toalha azul.


Fonte da Foto: Leça FC


Diogo Bernardino

LEÇA TEM DIREITO A 17.625 €, LEÇA DO BALIO A 4.000 € E FREIXIEIRO A 3.150 €

Os clubes matosinhenses que tem direito ao fundo de apoio da Federação Portuguesa de Futebol tem esse mesmo apoio reforçado pelo dinheiro da qualificação da seleção para o Euro'2020, revelou a Federação.

A 15 de maio e a 15 de junho o Leça tem direito a um empréstimo de 17.625 euros por mês, a equipa feminina do Leça do Balio a 4.000 euros e o Freixieiro a 3.150 euros.

As prestações terão a seguinte distribuição: na primeira época corresponderá a 10% do valor concedido, na segunda época a 25% do valor concedido, na terceira época a 32% do valor concedido e na última época a 33% do valor concedido.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

EDU E LEITÃO PROMOVIDOS AO PLANTEL PRINCIPAL PARA A PRÓXIMA ÉPOCA

O defesa esquerdo Eduardo Duarte e o médio Diogo Leitão dos sub-23 do Leixões vão ser promovidos ao plantel principal na próxima época, revelou o Record.

Edu Duarte que tem contrato até junho de 2021 realizou esta temporada 27 jogos e apontou um golo. Edu desde a época 2008/09 que começou a sua carreira futebolística sempre no Leixões. 

Diogo Leitão que já representou o Padroense vai subir à equipa principal, depois de ter realizado 26 encontros e apontando dois golos nesta temporada e tem contrato profissional até junho de 2021.

Este fez a sua formação no Boavista, Póvoa Lanhoso, Alfenense, Leixões e Rio Ave.

A aposta nas camadas jovens vai ser uma realidade, sendo que além destes dois que já estão confirmados, existem mais quatro jogadores que podem subir ao plantel principal.

Os nomes conhecidos até ao momento são o extremo Moisés Conceição e o médio ofensivo equatoriano Ronald Murillo.

O médio equatoriano chegou ao Leixões proveniente do Universidad Católica e fez 17 jogos esta temporada. 

Já o filho de Sérgio Conceição, Moisés Conceição pelos juniores do Leixões em 22 jogos apontou três golos.

Os outros dois jogadores de que ainda não se sabe se podem subir ou não vai depender da constituição da equipa do Leixões para o plantel na época 2020/2021 que vai ser treinado por Manuel Cajuda.


Fonte das Fotos: Joaquim Camelo e Leixões SAD


Diogo Bernardino

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC