RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

PADROENSE NÃO ENCONTRA O CAMINHO DAS VITÓRIAS

 
AF Porto Divisão de Elite - Pro-nacional 2014/15 Jornada 21 
Estádio do Padroense FC 
Árbitro Nélson Pascual 
Vermelho a Jorge Pereira (90+1) 
PADROENSE 1 SC RIO TINTO 2 
Ao intervalo, 0-1, golos Lato Djaló (22) Maga (81) Paulinho (90+2) 

PADROENSE: Humberto, Simão, Porto, Nélson, Paulinho, Bruno Gomes, Cuco (Quim 83), Jorge (Diogo Sousa 71) Rui Carvalho (China 46) Tiago Carvalho e Paulinho II (Nogueira 71). Treinador Ricardo Silva 

SC RIO TINTO: Ivo, Duarte (Pedro Rodrigues 63), Vitor Hugo, Jorge Pereira, João Pereira, Andrezinho, Maga, Bruno Costa , Paulo (Piscinas 82), Lato Djaló e Rui. Treinador Sérgio Machado. 


Vindo de uma derrota em Aliança da Gandra muito imerecida na jornada anterior, a equipa orientada por Ricardo Silva, encarou esta partida com muita seriedade e vontade de vencer. Entrando com acorda toda a equipa do Padroense em vinte minutos criou três excelentes oportunidades, inclusive desperdiçou uma grande penalidade por Tiago Carvalho, quem não marca sofre, lá diz o ditado…pumba! O SC Rio tinto chega à vantagem através de portentoso golo de Lato Djaló 

 

O segundo tempo, Foi tirado a papel químico do primeiro. A turma da casa desperdiça muitas oportunidades…e no segundo remate à baliza à guarda de Humberto, Maga faz o segundo para a sua equipa, dando colorido de uma forma muito feliz à turma gondomarense. Em cima do apito final dado pelo Sr Nélson Pascual, que realizou uma excelente arbitragem, Paulinho reduz para o Padroense. Em suma valeu a eficácia dos forasteiros que puseram a nu bastantes deficiências da turma da casa. 
No final do Jogo, Ricardo Silva, visto não ter condições para continuar ao leme da turma padroensista, rescinde amigavelmente e por mutuo acordo o contrato que o ligava ao clube.

MAU COMEÇO DESPERTOU BALIENSES PARA A VITÓRIA!


AF Porto 1ª Divisão Série 1 2014/15 Jornada 17 
Complexo Desportivo de Leça Do Balio. 
Arbitro: Rui Ferreira. 
Vermelho: Jorge (37). 
LEÇA DO BALIO 2 CRESTUMA 1 
Ao intervalo: 1 – 1. Golos: Eduardo (2), Cardigos (6) e Grade (53). 

LEÇA DO BALIO: Miguel Mota; João Pinto, Miguel Cunha, Cardigos e Cardoso (Carlitos, 60); Carlos Diogo, Quaresma e Edu (Brás, 85); Hugo, Pedro Gomes (Shev, 60) e Grade (Sousa, 85). Treinador: Mário Heitor. 

CRESTUMA: Paulo; Correia, João, Bruninho (Diogo, 87) e Jorge; Lazaro, Sérgio (Campos, 80) e Lola; Pedro, Barros e Eduardo(Macedo, 87). Treinador: Vítor Moreira. 

A equipa Baliense recebeu o Crestuma no seu complexo desportivo, na jornada 17 da 1º divisão da associação de futebol do Porto e venceu convicentemente por dois um, com golos de Pedro Cardigos e Grade. Entrou apática no jogo a equipa de Mário Heitor e logo aos dois minutos numa perda de bola infantil da equipa Baliense, Eduardo livre de marcação, após uma assistência do lado esquerdo do ataque do Crestuma finaliza com êxito não dando hipotese de defesa a Miguel Mota. Este golpe que a equipa de Matosinhos sofreu logo no início da partida, foi o clique para uma reacção rápida à desvantagem e o ponto de partida para uma boa exibição. Aos seis minutos num cruzamento de Gomes, Miguel Cunha antecipa-se ao guarda redes e desvia a bola para Pedro Cardigos fazer o empate. Destaque para o central Pedro Cardigos, que mesmo não sendo utilizado todos os jogos pelo técnico Mário Heitor é o melhor marcador dos Balienses o que demonstra a sua importância na equipa. Os da casa após o empate, continuaram a carregar no acelerador, com uma boa posse de bola e foram anulando a equipa Gaiense que está a fazer um bom campeonato. No lance mais perigoso do Crestuma no primeiro tempo, na marcação de um livre direto saiu uma autêntica bomba com selo de golo que Miguel Mota com um desvio fantástico para a barra evitou novo balde de água fria para os Balienses. Numa transição rápida Baliense perto do intervalo, quando o Crestuma já estava reduzido a dez jogadores, o avançado Hugo, sempre muito esforçado, isola-se e é claramente derrubado na área do Crestuma ficando um penalti por assinalar. 

 No segundo tempo os comandados de Mário Heitor entraram fortes, continuaram a dominar a partida, jogando contra um Crestuma que colocava os dez homens atrás da linha da bola e ia tentando o contra ataque. Mérito para o Leça do Balio que teve a paciência necessária, sem níveis de ansiedade altos como no passado na procura do golo, para entrar na muralha do Crestuma e criar espaços para finalizar. Aos 53 minutos Miguel Grade que tinha estado apagado no primeiro tempo, mas entrou em grande na etapa complementar, com um remate soberbo fora da área fez o segundo golo Baliense que valeu os três pontos na partida. O Crestuma reagiu ao golo, mas encontrou pela frente uma equipa que mostrou maturidade e soube baixar as linhas quando foi necessário e acabou por anular as intenções do adversário. Nos instantes finais o técnico Mário Heitor sempre com os olhos colocados nas camadas jovens do clube deu oportunidade ao ainda júnior Sousa para jogar na primeira equipa que se mostrou em bom nível mostrando pormenores interessantes para serem trabalhados. Vitória justa da equipa de Matosinhos que está a fazer um campeonato brilhante, tendo à 17ª jornada 30 pontos, ocupando o quarto lugar da tabela classificativa estando a um ponto do segundo classificado.

NO PADROENSE SAI RICARDO SILVA, ENTRA AUGUSTO MATA


RICARDO SILVA DEIXA O COMANDO TÉCNICO DO PADROENSE 

Comunicado da Direcção 
Informamos os sócios, adeptos e simpatizantes, para além do público em geral, que, por mútuo acordo, foi interrompida a relação entre o técnico Sr. Ricardo Silva e o nosso Clube. Queremos aproveitar a oportunidade para agradecer o empenho, a postura e a dignidade que Ricardo Silva colocou sempre, enquanto esteve em funções de Treinador Principal da nossa equipa sénior. Ainda hoje, apresentaremos o novo treinador que irá, com certeza, levar a equipa a bom porto. 
A Direção 

A ESCOLHA RECAIU EM AUGUSTO MATA 

Na sequencia de uma reunião realiza à momentos, em que outro nome esteve em cima da mesa a escolha recaiu em Augusto Mata técnico que conhece bem os cantos à casa, inclusive num passado muito recente levou o Padroense a campeão da II Divisão B Zona Centro, facto que não lhe deu direito a subir à segunda liga profissional, disputando apenas os play of de acesso. Refira-se que Augusto Mata, que assistiu no domingo passado ao jogo que opôs o Padroense ao SC Rio Tinto, já se encontra a trabalhar, não perdendo tempo que o mesmo urge em arrepiar caminho para tirar a equipa de Matosinhos do fundo da tabela

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC