RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

quarta-feira, 25 de março de 2020

PRÉMIOS: DETERMINAÇÃO DE PEDRO PINTO DÁ NOMEAÇÃO A MELHOR JOGADOR EM MATOSINHOS

A determinação que Pedro Pinto central do Leixões coloca em campo tem sido determinante nesta temporada e é um dos 26 nomeados a melhor jogador em Matosinhos.

As virtudes do central passam pelo cabeceamento para o fundo das redes, a marcação cerrada aos avançados, a impulsão no momento do salto, a velocidade para recuperar bolas e devolver-as aos seus companheiros, a antecipação às jogadas, a compostura em campo e a determinação em não der uma bola por perdida.

Mas estas virtudes vão além do que está descrito, pois atualmente ao serviço do Leixões esta está a ser a melhor temporada das últimas quarto. 

Aliado aos 17 jogos que tem pelo emblema leixonense, já apontou dois golos com a camisola dos 'bebés do mar', tem 1484 minutos nas pernas e é um dos jogadores mais consistentes em campo.

O espírito de combatividade aliado à qualidade, fazem dele um dos líderes do plantel e em campo.

Pedro Pinto fez a sua formação no Oliveira do Douro e depois no Leixões, onde esteve durante três temporadas, a última ao lado de Diogo Nunes com quem fez parceria na equipa matosinhense.

Nas duas épocas seguintes esteve na Primeira Liga, a segunda foi mais bem conseguida com 31 jogos realizados e um golo apontado. Depois não ter sido opção para os sadinos na primeira metade da época 2018/19 foi emprestado ao Arouca onde manteve a qualidade que o fez como um excelente central.

Pedro Pinto sente-se em casa no Leixões, demonstrando a enorme qualidade que tem em campo. 

Entre 23 a 31 de março, o Mitchfoot vai descrever cada um dos nomeados das quarto categorias que vão a eleição no mês de abril com a sua biografia e características.


Fonte da Foto: DR

Diogo Bernardino 

PRÉMIOS: PÉROLA FRANCO NOMEADO PARA MELHOR REVELAÇÃO EM MATOSINHOS

A nova pérola do Mar Gonçalo Franco de apenas 19 anos no Leixões apresenta ser um valor seguro nos próximos anos para a formação dos 'bebés do mar' o que o faz estar entre os cinco nomeados para melhor revelação em Matosinhos.

Atualmente depois da chegada de Manuel Cajuda aos comandos do Leixões, Gonçalo Franco surpreendeu apenas aqueles que não seguiam a carreira do jovem desde as camadas jovens, deixando água na boca aos adeptos do futebol.

As virtudes de Gonçalo Franco passam pelo físico que tem carburando as pilhas para muitos minutos, nunca demonstrando em campo o cansanço, a resistência, o primeiro toque e a excelente visão de jogo que fazem dele um dos jogadores mais apetecíveis dos produtos mais jovens do nosso país.

Já nos sub-23 dava a entender que era um jogador acima da média sendo que em 17 jogos apontou três golos, todos eles de arregalar os olhos. E no Leixões já é considerado como uma peça chave com seis jogos realizados e todos eles muito bem conseguidos.

Depois de ter feito a formação no Boavista, no FC Porto, no Rio Ave foi no Leixões que conseguiu se estabilizar e encontrar o perfume que tem dentro de campo. Como se diz na gíria tal pai tal filho. É verdade que Franco é o filho de Pedro Franco que brilhou nos campos portugueses que fez toda a sua formação no Sporting e ainda passou pelo Maia, Nacional, Leça, Rio Ave, Naval, Vitória Guimarães e Penafiel.

Além disso a sua predisposição física associada à sua técnica e ao índice de trabalho dá para entender que há ali um diamante para lapidar.

O excelente desempenho que tem tido como médio box-to-box levou muito recentemente à Seleção Sub-20, e como o próprio diz isto é ainda o início de uma longa carreira no futebol, pois de um dia para o outro tudo pode mudar.

Entre 23 a 31 de março, o Mitchfoot vai descrever cada um dos nomeados das quarto categorias que vão a eleição no mês de abril com a sua biografia e características.


Fonte da Foto: DR

Diogo Bernardino 



PRÉMIOS: GUERREIRO HUMBERTO NOMEADO PARA MELHOR MATOSINHENSE FORA DO CONCELHO

O guerreiro Humberto Silva que mesmo aos 38 anos continua a demonstrar muita qualidade está entre os 10 nomeados para melhor matosinhense fora do concelho.

Humberto representou a selecção de Matosinhos por várias ocasiões. 

As virtudes do atleta que é uma pedra basilar das equipas onde passou passa pela potência do remate, o balanceamento no frente-a-frente com os adversários, o contacto físico, a impulsão, os reflexos.

Atualmente ao serviço do Perosinho, realizou 20 partidas com uma média de 0,65 golos sofridos por jogo, o que equivale às melhores médias dum guardião de 20 anos.

Depois de ter feito formação no Leixões, Senhora da Hora, começou a carreira como sénior no Aldeia Nova, depois no Perafita, passando para o Pedras Rubras onde teve cinco épocas e meia de grande qualidade.

Humberto faz parte da história do clube pois esteve presente nas duas subidas de divisão mais recentes do clube maiato, uma delas no Campeonato Nacional de Séniores onde participou em três encontros na época 2014/15.

Humberto é muito parecido com o seu irmão José António, como referiu em entrevista ao Mitchfoot "mais que não fosse pela raça, caráter e profissionalismo que deixava em cada treino e cada jogo".

Depois de ter dado experiência no Padroense, passou pelo Avintes e teve uma passagem curta pelo Leça, antes de regressar ao Avintes e atualmente no Perosinho, a melhor das últimas três épocas, o que é extraordinário pois para além da experiência que o jogador tem, ele é a personificação de que a idade no cartão de cidadão não determina aquela que têm em campo.

Entre 23 a 31 de março, o Mitchfoot vai descrever cada um dos nomeados das quarto categorias que vão a eleição no mês de abril com a sua biografia e características.


Fonte da Foto: DR

Diogo Bernardino 

PRÉMIOS: BRAVURA DE MOREIRA DÁ NOMEAÇÃO A MELHOR GUARDA-REDES EM MATOSINHOS

O guarda-redes Manuel Moreira que coma sua bravura representa o Padroense nas últimas três épocas como uma das pedras-basilares da equipa está entre os cinco nomeados a melhor guarda-redes em Matosinhos.

Manuel Moreira venceu o prémio de melhor guarda-redes na época 2013/14.

As virtudes de Moreira passam pelo alcance aéreo, o jogo de mãos, a agilidade para chegar ás bolas e também a bravura.

Moreira actualmente é uma das peças chave do clube tendo até ao momento 73 jogos realizados nas últimas três épocas como um dos melhores guarda-redes da Divisão de Elite da AF Porto.

Moreira realizou a sua formação no Leixões, Salgueiros, Senhora da Hora e Rio Ave, antes de chegar ao Padroense onde na primeira época como sénior faz parte da equipa que compete no Campeonato de Portugal.

A sua qualidade começou a ser demonstrada no Senhora da Hora depois de não ter sido opção no Joane. Na formação matosinhense revelou ser um guarda-redes com muita qualidade, eficiência concedendo apenas cinco golos em 10 jogos ao serviço do clube, com muitas possibilidades de não sofrer golos.

Depois na época 2015/16 representaria o Pedrouços com muito sucesso na época seguinte realizando 23 jogos, com a média de 1,17 golos sofridos por jogo.

Em 2017/18 chega ao Campeonato de Portugal ao serviço do Águeda mas sem sucesso e o regresso ao Padroense seria muito importante para a sua carreira aos 25 anos.

Atualmente o guardião das redes de Padrão da Légua de época para época desce sempre a sua média de golos sofridos por jogo, o que faz deste um jogador importante para os Bravos de Matosinhos.

Entre 23 a 31 de março, o Mitchfoot vai descrever cada um dos nomeados das quarto categorias que vão a eleição no mês de abril com a sua biografia e características.



Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino 


PRÉMIOS: TÉCNICA DE DIOGO NUNES DÁ NOMEAÇÃO A MELHOR MATOSINHENSE FORA DO CONCELHO

A técnica apurada de Diogo Nunes que representa o Arouca ajuda-lhe a nomeação a melhor matosinhense fora do concelho desta época.

As virtudes de Diogo Nunes passam pela qualidade no desarme, no trabalho de equipa, a determinação que coloca em campo, a resistência para aguentar tudo o que vier à sua frente, além de ser um jogador que decide muito bem, a impulsão e a agilidade.

Diogo Nunes foi considerado na época 2017/18 o melhor matosinhense fora do concelho para o Mitchfoot.

Atualmente ao serviço do líder da Série B do Campeonato de Portugal o filho de Sérgio Nunes que passou pelo Benfica já fez jus por sua própria iniciativa à enorme qualidade que tem, desde que começou logo a sua carreira como sénior.

Quando chegou á equipa sénior do Leixões, deixou água na boca sendo que aos 19 anos já tinha tudo o que era preciso uma estrela em ascensão e sem surpresa, o FC Porto, o Benfica e o Sporting já tinham indícios que apontavam para a sua contratação.

Passou pelo Sporting B durante época e meia, onde não foi utilizado as vezes que tanto queria, mas o seu talento não ia se desvanecer quando em 2017/18 chegou à equipa B do Boavista, participando em nove jogos e apontando um golo.

O Boavista emprestava ao Benfica de Castelo Branco demonstrando que a qualidade do defesa não descia, subia e isso também aconteceu quando chegou ao Arouca.

A história de Diogo Nunes ainda vai no início mas a sua qualidade em campo é inquestionável.

Entre 23 a 31 de março, o Mitchfoot vai descrever cada um dos nomeados das quarto categorias que vão a eleição no mês de abril com a sua biografia e características.



Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino 

FPF EMPRESTA ATÉ CINCO MIL EUROS A CLUBES COM UM ANO PARA LIQUIDAR O VALOR QUE RECEBEREM

A Federação Portuguesa de Futebol esclarece que os clubes entre eles o Leça e o Freixieiro terão até cinco mil euros de apoio financeiro devido à pandemia do COVID-19, anunciou o organismo em comunicado.

"Desde que não tenha dívidas à FPF, pode candidatar-se o clube que: i) Não tenha equipa(s) a participar em competições profissionais; ii) Tenha equipa(s) inscritas em provas de formato de campeonato organizadas pela Federação Portuguesa de Futebol; e iii) Justifique a falta de liquidez imediata", salienta a Federação.

A verba é cedida a título de empréstimo sem juros e tem de ser liquidada junto da Federação até 31 de março de 2021.

Os clubes podem fazer a sua candidatura até 31 de março deste ano, preenchendo o formulário e apresentando os documentos necessários.


Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino

PRÉMIOS: LEIXONENSE DE ALMA DERICK NOMEADO PARA MELHOR JOGADOR EM MATOSINHOS

O lateral esquerdo brasileiro do Leixões Derick Poloni é um jogador que sente a causa do clube há três anos e considerado um dos jogadores queridos do clube e está entre os 26 nomeados para melhor jogador em Matosinhos.

As virtudes do lateral brasileiro que chegou em 2017/18 ao Leixões e se tornou numa das peças basilares da formação do Mar passa pelos cruzamentos, aceleração, velocidade, resistência e bravura que demonstra em campo.

A primeira pergunta que faz e com razão como pode um jogador que nem nasceu em Matosinhos, menos em Portugal, chegar ao Leixões há três épocas, receber as sondagens de clubes da primeira divisão portuguesa, francesa, inglesa e amar tanto o clube como se fosse um jogador formado no Leixões pelo grande João Faneco.

E tem toda a razão, normalmente daríamos esse cognome ao Luís Silva, Gonçalo Franco, Zé Carlos, mas há algo, uma chama dentro do coração do Derick e dos adeptos e sócios do Leixões que conectam-se mutuamente, sem questionar o porque, é natural.

Uma das pedras basilares do clube, Derick sente-se em casa o que faz demonstrar pela maneira como celebra os seus golos como com o Benfica B, como chora compulsivamente quando as coisas não correm como foi durante a semana como foi frente ao Mafra.

Antes de chegar ao Leixões, Derick fez a sua formação no Brasil, terminando no São Paulo, antes de chegar á Académica B onde em 22 jogos apontou 10 golos como um avançado, depois despontou no Sourense onde em 12 jogos apontou 12 golos e depois no Anadia onde despontou e chamou a atenção de vários clubes da I e II Liga.

O Leixões venceu a corrida pois foi o primeiro a apresentar uma proposta concreta, mas mesmo assim os 'bebés do mar' iam mudar a vida do brasileiro para sempre e mesmo todos os rumores que pairam no ar, o foco tem sido o Leixões e nunca se notou em campo que ele estava em pensar algo além do que vinha e ouvia à sua frente naquele momento.

Entre 23 a 31 de março, o Mitchfoot vai descrever cada um dos nomeados das quarto categorias que vão a eleição no mês de abril com a sua biografia e características.



Fonte da Foto: DR


Diogo Bernardino 

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC