RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

O MÉDIO MARCO FAFIÃES É REFORÇO DO PADROENSE

Marco Fafiães, 20 anos natural de Leça da Palmeira, jogador que fez toda sua formação no Leça Futebol Clube, esta época foi transferido para o CD Candal.
 É o novo reforço do Padroense FC. Jogador versátil de elevada estatura, faz todo o meio campo (centro/defensivo e ala). A titulo de curiosidade, Marco Fafiães, tem algumas semelhanças físicas com a médio internacional brasileiro Dante Bonfim Santos, jogador do Bayern Munique. 

 Ao invés, Miguel Galeão, médio de 23 anos, chegou esta época ao Padroense oriundo do Nogueirense, foi dispensado e já não representa a equipa do Padrão da Légua.

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

PERAFITA BEM QUE PODIA TRAZER OS TRÊS PONTOS DE GAIA

 
Campeonato Nacional de Seniores 18.ª jornada e última da 1.ª fase 
Estádio do SC Coimbrões- Gaia 
Árbitro – Duarte Oliveira (Braga) 
COIMBRÕES 2 PERAFITA 2 
Ao intervalo, 0-0, golos, Paulinho (52), Lutchindo (77) Tó Coentrão (80) e Bruno Silva (86) 

 SC Coimbrões: Rafa, Brandão, Nando, Joel, Sardinha, Carlos Sousa, Oliveira (Bruno Silva 78), Filipe (Ivandro 46), Miguel, Paulinho e Nuno Pinto. T José Bizarro 

 FC Perafita: Vítor, Paulinho (Paulo Benta 67), Tiago Madalena, Diogo, Hélder, Viana, Tinaia (Sérgio Soberano 90), Rui João (Ruben Pedrosa 84), Tó Coentrão, Fernando e Lutchindo. T. Óscar Nogueira 

 Foi um jogo intenso e muito competitivo! Aquele que se assistiu no reduto do SCS Coimbrões Uma 1ºparte equilibrada em que ambas as equipas se "encaixaram" no jogo e só criaram uma oportunidade para cada lado com os guarda-redes a corresponder com boas defesas!

Na 2ºparte, as equipas entraram mais soltas, primeiro o Coimbrões a marcar de livre logo aos 52 m por intermédio de Paulinho ex Infesta e a ter supremacia durante mais 10m da partida, Apartir deste momento os perafitenses a reagir muito bem, criando 2/3 oportunidades flagrantes de golo e acabando por concretizar dois golos de belíssimo efeito por Lutchindo e Tó Coentrão. Até ao final os perafitenses deram predominância à posse de bola mas num canto contra evitável, sofreu o golo do empate que os penalizou um pouco pelo trabalho realizado durante os 90m. 

 Óscar Nogueira, em declarações ao Mitchfoot 

 “Penso que fomos competitivos e ambiciosos, acabando esta 1ºfase com uma imagem que eu sempre pretendi para a equipa mas nem sempre foi possível...e apesar das limitações que tivemos para este jogo (2 castigados e 3 lesionados), fizemos uma excelente partida num campo difícil com um bom adversário, o que deixa boas indicações para a 2ºfase!”

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

CUSTÓIAS VENCE PROTAGONIZANDO A REMONTADA

 

 1.ª Divisão Serie 1 A F Porto 17.ª Jornada 
Estádio do Custóias Futebol Clube 
Árbitro – Tiago Costa 
CUSTÓIAS 4 ALFENENSE 2 
Ao intervalo, 1-2, Golos, Oliveira (18) Vítor Hugo (25) Francês (29 gp) Alan (67) Santa Cruz (72), Medeiros (74)
 
CUSTÓIAS: Tiago ( Figueiras 46), Rochinha (Flávio 70), Manu, Renato e Batista; Tozé, Medeiros e Ricardo (Ferrer 70), Alan (Mazola 74), Santa Cruz e Oliveira. Treinador Mário Rui.

 

Jogo bastante emotivo foi aquele que se disputou em Custóias, frente a frente duas equipas que lutam pelos lugares cimeiros na prova. Custóias entra a vencer com um golo apontado por Oliveira, mas do outro lado Vítor Hugo, empata volvidos sete minutos depois, para ser consumada a cambalhota ao minuto ainda antes da meia hora de jogo. 
 No segundo tempo os custóienses foram mais equipa, mais insistentes no ataque e fruto disso mesmo marcaram três golos sem resposta confirmando excelente remontada. Emoçã golos e expulsões, duas para cada lado, Manu e Batista para os da casa e Décio e André para os visitantes. 

 fotos Manuel Sá

LEÇA DO BALIO VINGA ÚNICA DERROTA E JÁ É LÍDER

 
2ª DIVISÃO SÉRIE1 A F PORTO JORNADA 16 
 Complexo Desportivo dos Estrelas de Fânzeres, em Gondomar. 
Arbitro: Sílvia Pereira. 
 Estrelas Fânzeres 0 - 1 LEÇA DO BALIO 
Ao intervalo: 0-1, Marcadores: Humberto (40´) 

LEÇA DO BALIO: Miguel Mota, Carlitos (Cap.), Humberto, Pedro Cardigos e Hélder, Carlos Diogo, Ivo, Edú, João Machado, Shev e Serginho. Jogaram ainda: Seixas, Miguel Grade, Filipe Bento, Quaresma e Futy. Treinador: Mário Heitor

 
A formação do Leça do Balio foi vencer a Fânzeres numa vitoria muito suada e alcançou a liderança da segunda divisão da associação do futebol do porto, serie 1, beneficiando da derrota do Ermesinde 1936 no Marechal Gomes da Costa. Os balienses entraram determinados no jogo, para rapidamente resolverem o jogo, mas encontraram pela frente um Estrelas de Fânzeres, com uma dinâmica, pressão e agressividade muito boa, que dificultou muito a tarefa aos comandados de Mário Heitor. Mesmo com dificuldades em ter a posse de bola como é habitual na equipa auri-negra, várias vezes chegou ao ultimo reduto do Fânzeres e criou situações para marcar, mas mostrou deficiências na finalização. Os visitantes reagiram e estiveram perto do golo, mas uma boa intervenção de Miguel Mota negou o que podia ser um balde de água fria para o conjunto de Matosinhos. O técnico Mário Heitor foi obrigado a mexer na equipa ainda antes da meia hora de jogo devido à lesão de Ivo, entrando Quaresma e lançando também Miguel Grade para tentar criar um ataque mais esclarecedor e mais rápido. Ao minuto 40, num pontapé de canto, o Leça de Balio chegou ao golo pelo central Humberto que acabou por ser decisivo no jogo, marcando o tento que valeu os três pontos e consequente liderança.

   

No segundo tempo o Fânzeres não acusou a desvantagem no jogo e acreditou que podia ser possível chegar à igualdade, aproximando-se mais do ultimo reduto baliense beneficiando de alguma instabilidade defensiva dos homens de Matosinhos. Com os visitantes mais determinados no ataque abriram espaços no sector defensivo e a equipa baliense aproveitando a velocidade de Shev, Filipe Bento e Grade criou várias situações de golo, mas sempre desperdiçadas. Como quem não marca, arrisca-se a sofrer, o Fânzeres teve duas grandes oportunidades de golo, mas valeu Miguel Mota com duas defesas fantásticas a negar o golo e a ser decisivo no jogo. Vitória justa da equipa do Leça do Balio, mas muito difícil pela boa oposição do adversário, que mostrou ter argumentos para deixar o lugar de lanterna vermelha da prova e também por uma prestação menos conseguida dos jogadores comandados pelo técnico Mário Heitor.

É OBRA! MÁRIO HEITOR INVENCÍVEL DESDE 6 OUTUBRO DE 2013


O técnico Mário Heitor está em grande destaque na equipa do Desportivo de Leça Do Balio. 

 À décima sexta jornada é líder isolado na segunda divisão da associação de futebol do porto, serie 1, com 38 pontos, mais um ponto que o segundo classificado Ermesinde 1936. 
Sem duvida o grande responsável por esta caminhada da equipa Baliense, que conta com um plantel muito jovem com vários elementos que são seniores de primeiro ano, apresentando um futebol de grande qualidade, com processos de jogo bem definidos, evoluindo dia após dia com resultados visíveis, fruto do grande trabalho realizado pelo técnico Mário Heitor e a sua equipa técnica. 

 A única derrota de Mário Heitor esta temporada foi na primeira jornada diante do Estrelas de Fânzeres, estando portanto sem conhecer o sabor da derrota desde o dia 6 de Outubro de 2013! Este técnico que enquanto jogador, jogou ao mais alto nível no futebol português, representado clubes como Vitória de Setubal, Beira-Mar, entre outros na primeira liga de futebol profissional, e na temporada passada treinou o Oliveira do Douro, recusou convites de clube superiores por acreditar neste projecto da formação do Leça do Balio, que tem como objectivo a subida de divisão.

BALASAR PERDE ONZE PONTOS E CUSTÓIAS SOBE À SEGUNDA POSIÇÃO

Agora sim…já é definitivo e oficial, 
AD Balasar perde onze (11) pontos por incumprimento dos regulamentos nas seis (6) primeiras jornadas. Os poveiros caiem na tabela classificativa, alias como era espectável, da segunda posição com 33 pontos, para a nona posição com 22 pontos. 
Este facto para além de outras equipas, beneficiou o Custóias FC, que passa para a segunda posição com 33 pontos de parceria com o Canelas 2010 
A equipa do SC Senhora da Hora também beneficiou com mais dois pontos na tabela e sobe ao 7º lugar com 26 pontos
Confira a tabela actualizada. 

MITCHFOOT ESTÁ DE VOLTA, CONHEÇA TODOS OS RESULTADOS


Como prometi…MITCHFOOT está de volta às lides do futebol de Matosinhos 
Obrigado a todos pelo carinho e compreensão demonstrada 

Resultados do futebol de Matosinhos 

LEIXÕES 0 NACIONAL 2 
SC COIMBRÕES 2 PERAFITA 2 
PADROENSE 3 CANDAL 3 
EÇA vs S P DA COVA foi adiado devido a ilegível linhas de marcação 
BARROSAS 1 INFESTA 1
SANDINENSES 0 LAVRENSE 0 
CUSTÓIAS 4 ALFENENSE 2 
SENHORA DA HORA 1 BALASAR 0 
ARCOZELO 1 LUSITANOS 1 
STRELAS DE FANZERES 0 LEÇA DO BALIO 1

SENHORENSES VENCEM E DEDICAM VITÓRIA A GANDARELA

 

 Como prometi a mim mesmo…cumpri, e lá fui ver o futebol. 
SENHORA DA HORA 1 BALASAR 0 
 Um excelente jogo, com três boas equipas, excelentemente orientadas. A equipa senhorense, arrancou para uma exibição cheia de raça e com muita qualidade à mistura, porque só assim mesmo poderia levar de vencida este forte opositor. A primeira parte deu para ver a qualidade técnica que os poveiros possuem e confirmar o bom momento que atravessam ocupando a 2 ª posição na tabela classificativa. 

 

Cesário com uma boa finalização, depois de uma grande assistência de Piasca, deu colorido a uma excelente vitória alcançada pelos bravos da Senhora da Hora. 
Num jogo que teve uma singela mas muito bonita homenagem ao jogador GANDARELA, que como é sabido, tem estado fora por motivos de doença da sua mãe. O conjunto do SC Senhora da Hora entrou em campo com a camisola 8, no punho do capitão Serrão que orgulhosamente a exibiu aos seus adeptos senhorense, presentes no estádio. O Golo de Cesário, também teve dedicatória especial, o avançado senhorense depois do golo, correu em direção ao banco dos suplentes para pegar na camisola de Gandarela e exibi-la com carinho aos adeptos. No final da partida, toda a equipa senhorense, comandada pelo técnico Nuno Gonçalves dirigiu-se ao Pai do Gandarela, dedicando-lhe o triunfo. 
Foi bonito de se ver, e muto comovente… Vale a pena andar no futebol desta forma…tanta emoção! OBRIGADO!

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

MITCHFOOT INACTIVO POR TEMPO INDETERMINADO


O MITCHFOOT vai manter-se inactivo até que sinta motivação para voltar… Por certo já notaram que há 24 horas, não posto qualquer noticia referente ao futebol de Matosinhos. Não porque o não quero fazer ou não haverá noticias para postar… O facto deve-se, a que a minha esposa deu entrada no Hospital Pedro Hispano, às 01 horas do dia de hoje e, com bastante gravidade, mantendo-se nos cuidados intensivos. Como é meu dever, tenho acompanhado de muito perto a evolução do sucedido, o momento é de grande preocupação, embora esteja clinicamente estabilizado, continua a necessitar de um ventilador para respirar razoavelmente, mantendo-se em estado sedadtivo forte…Felizmente e segundo a última informação, que obtive pelos médicos que a acompanham, o pior já passou. 

VOU MANTER A FÉ, RENOVADA COM A CERTEZA DE QUE EM BREVE ESTARÁ NA MINHA COMPANHIA. 
A todos devia esta explicação. Fica aqui o compromisso que voltarei, logo que tudo esteja em coformidade Grande abraço, com certeza de que compreenderão 

 Mário Barbosa Mitch

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

CASTRO EX PERAFITA É REFORÇO DO CASTELO DA MAIA

Filipe Castro, 23 anos, lateral direito, ex FC Perafita, vai jogar no SC Castelo da Maia 
Chegou ao FC Perafita, esta época, oriundo do Ermesinde, pela mão do mister Óscar NogueiRa. Mas a concorrência, apertava e CASTRO acabou por não ser inscrito pelos azuis e brancos, mantendo sempre essa expectativa até Outubro último, altura em que decidiu sair. 
Sem descurar a forma física, Castro manteve-se em actividade, encontrando agora clube para jogar e prosseguir a sua carreira desportiva.

MIGUEL MOTA 630 MINUTOS SEM SOFRE GOLOS…É OBRA!


 Miguel Mota continua em grande destaque na baliza do Leça do Balio, atingindo o novo recorde de sete jogos consecutivos sem sofrer golos, contabilizando 630 minutos de sucesso. Com a décima terceira jornada realizada, desta feita frente ao Desportivo de Portugal com uma vitória da equipa de Matosinhos por três zero, continua a não sofrer golos desde a jornada seis do campeonato. 

 O experiente guardião de 31 anos, que já passou por vários clubes, tais como Sport Rio tinto, S. Pedro da Cova, Coimbrões, Canelas, Lavrense entre outros, tem sido uma mais valia para a talentosa equipa Baliense, com boas prestações, evidenciando muita segurança. Sem dúvida uma ajuda preciosa para o técnico Mário Heitor dentro das quatro linhas na comunicação constante aos colegas de equipa, transmitindo indicações e muita confiança à jovem equipa aurinegra. 

O Desportivo Leça do Balio, tem apenas cinco golos sofridos é a equipa menos batida da segunda divisão da associação de futebol do Porto e actual segundo classificado com 32 pontos a quatro do líder Ermesinde 1936.

RICARDO O EX PADROENSE VAI JOGAR NO VALADARES

Ricardo Alves, 27 anos, avançado (ponta de lança), deixa o Padroense e regressa a Gaia, de onde é natural.
Valadares é quarto clube gaiense que o jogador representa, depois de Canidelo, Avintes e Perosinho. 
FC Porto, Padroense e Leixões fazem parte da formação do jogador. 

 É desta forma que o jogador anuncia o seu novo clube na sua página oficial (facebook) 
 Valadares Gaia - Ricardo 99 
“Finalmente o regresso aos treinos...Novo clube o mesmo objetivo…Dar tudo até ao fim... Desafio novo,ambição renovada...Sou mais um para ajudar nos objetivos do clube. Senti-me em casa...”  

A direção do clube gaiense também confirma… 
 “O Valadares Gaia F.C. dá as boas vindas ao seu novo atleta sénior - Ricardo Alves ( ex-Padroense ). Neste seu novo desafio, desejamos ao Ricardo muitos sucessos no nosso Clube.”

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

MOREIRA QUER "JOGAR À LEIXÕES E DESFRUTAR DO MOMENTO"

Moreira quer "dignificar camisola" na Luz 

 Na antevisão ao jogo de amanhã diante do Sport Lisboa e Benfica, Hugo Moreira, avançado do Leixões, falou começando as declarações por fazer uma homenagem a Cristiano Ronaldo pela conquista do Ballon D'Or 2013.
 "Queria aproveitar desde já para dar, em nome do plantel, os parabéns a Cristiano Ronaldo". 

 Sobre o jogo propriamente dito, o avançado considerou ser "extremamente difícil em que vamos desfrutar do momento". "Lutar pelo melhor resultado" será o principal objetivo da equipa que, pela primeira vez, chega à 3.ª fase por mérito próprio através dos jogos realizados. 
 Depois do empate da passada quarta-feira em Barcelos, "tentar fazer um jogo à Leixões, tentar trabalhar os 90 minutos, sermos solidários uns com os outros". "Fazer um golo" está no pensamento de um dos melhores marcadores da equipa da Liga2 Cabovisão mas acima de tudo "quero ajudar o Leixões". Sobre o adversário, o SL Benfica que na última jornada do campeonato principal recebeu e venceu o FC Porto, "fazer frente ao Benfica" é o principal sendo que isso só será possível "lutando com as nossas armas". "Num grupo em que o Leixões é o clube que menos responsabilidade tem", Moreira acredita, no entanto, que a equipa vai fazer de tudo para "tentar dignificar a camisola e o clube". 

 BLOG LEIXÕES

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

SENHORA DA HORA VENCE FORA E SOBE NA TABELA

1ª Divisão Serie 1 AF Porto 
Centro de Treinos do Olival – Gaia 
Árbitro Gustavo Correia 
PEDROSO 0 SENHORA DA HORA 1 
Ao intervalo, 0-0, Golo Tiago (76) 

 SC SENHORA DA HORA: Moreira, Fabinho, Virgílio, Walmor, André (Renan 46), Isaías, Dias Bruno Pereira, Piasca (Cesário 46/Bruno Carvalho 83) Gandarela (Tiago 65) e Serrão (João 65). T Nuno Gonçalves 

 A equipa do SC Senhora da Hora, foi ao Olival, vencer de forma convincente a equipa do Pedroso, equipa que está encostado aos senhorenses, em termos classificativos. 
 Jogo bem disputado, com a equipa do Senhora da Hora a apresentar mais vontade de vencer, e a partir para um boa exibição, cheia de raça e bons recortes técnicos que deixou os fieis adeptos que acompanharam a equipa nesta deslocação, (em dia de clássico nacional, Benfica vs Porto, praticamente à mesma hora ), cheios de orgulho no conjunto senhorense. 

 O Golo foi marcado por Tiago, jovem da cantera que entretanto entrará para o lugar de Gandarela, golo escasso para tanto bom futebol produzido. A equipa de Nuno Gonçalves consegue 2.o triunfo consecutivo, dando indicações que muito em breve teremos os senhorenses a discutir os lugares cimeiros da tabela classificativa na 1.ª Divisão AF Porto.

PADROENSE PONTAPEIA A CRISE!

 
 DIVISÃO ELITE PRÓ NACIONAL AF PORTO 17 JORNADA 
Estádio do Padroense 
Árbitro Bruno Linhares 
PADROENSE 4 S.P. DA COVA 1 
Ao intervalo, 2-1, golos Chico (5 e 13) Magno (29) Joca (68) e Gazela (80) 

 PADROENSE: Stephan, Lobo, Paulinho (Joel 88), Pedrinha (João Pedro 88), Chico (Armando 81), Preto (Galeão 81), Joca, Pedro, Tiago, Gazela, Postiga (Ibrahima 88). T António Remelgado 

 SP DA COVA: Maia, Castro, Nuno (Zé Miguel 80), Diogo, Magno, Paulo César (Paulo Fernandes 23) Zé D`Angola, Carlos, Pedro Santos (Ricardo Santos 81) Amado (Fredy 85) Paulo Silva. T Joaquim Canário. 

Padroense interrompe ciclo negativo de 5 derrotas consecutivas, António Remelgado alcança a sua segunda vitória Vitória e exibição mais contundente, não podia ter a turma do Padrão da Légua frente a aguerrida equipa do São Pedro da Cova. Apresentando um futebol, rectilíneo e de fácil processo, a equipa do Padroense, deu um pontapé na crise…mas muito contribuiu o bis de Chico (5 e 13) ele ainda júnior que no dia anterior fez o mesmo pela equipa junior frente ao Mesão Frio. Magno ainda reduziu para os vistantes. 2-1 era o resultado ao intervalo.

 

No segundo tempo, continua o Padroense a praticar bom futebol e fruto disso mesmo, o reforço oriundo do SC Coimbrões, faz o terceiro e tranquiliza mais ainda a jovem equipa do Padroense, que aumentou a vantagem através de outro jovem da cantera padroensista Gazela, que selou resultado final aos 80 minutos. 

 fotos Domingos Lobo

LEÇA VENCE COM MÉSTRIA

 
DIVISÃO ELITE PRÓ NACIONAL AF PORTO 
Estádio do Leça 
Árbitro, Ivan Vigário 
LEÇA 1 SÃO MARTINHO 0 
Ao intervalo, 0-0, golo João Miguel Santos (48) 

 LEÇA: Marco, César, Cuca, João Miguel Santos, Cláudio, Domingos (Kazeem 72), Rafa (Ruça 72) e Marcos (Meneses 60), Pedras, Huguinho (Hélder Borges 72) e Miguel Pinto. T Nuno Costa 

 SÃO MARTINHO: Mata, Magalhães, Zé Soares (Dani 85) Raimundo, Macieira, André Moreira, Rui Gonçalves (mika 62), Cascavel, Miranda (Fábio Loureiro 62), Cheta e Nandinho (Rui Lima 46). T António Gaiteiro. 

 Jogo bem disputado em que o Leça saiu vencedor com justiça 
No primeiro tempo pertenceu à equipa orientada pelo matosinhense António Gaiteiro, as melhores oportunidades de abrir o marcador, Cheta, outro matosinhenses atira ao poste da baliza á guarda de Marco, capitão Rui Gonçalves protagoniza uma grande defesa ao jovem leceiro e Nandinho, outro matosinhense, falha na cara do redes, quando em boa posição. O Leça respondia sempre e com algum atrevimento as investidas forasteiras, neste particular destaque, Pedras e Huguinho estiveram sempre muito bem. 

 No segundo tempo e sob o comando do “jovem” Domingos, o Leça tomou conta da partida, e logo abrir João Miguel Santos responde afirmativamente bem a um cruzamento do capitão Domingos e de cabeça abre o activo, tirando partido da passividade defensiva da equipa do São Maritnho. Até ao fim foi ver uma jovem equipa do Leça, guardar com unhas e dentes a vantagem conseguida, contando para isso com um desacerto total da equipa de Sto Tirso, que neste jogo, não abordou como devia, o jogo menosprezando talvez o valor da equipa leceira. Em suma: A equipa leceira mereceu a conquista destes três preciosos pontos frente a um adversário mais experiente e com um orçamento bem superior.

ESCANDALO! PERAFITA FOI CLARAMENTE DESRESPEITADO!


 Campeonato Nacional de Seniores, Grupo C 
Estádio 1.º Dezembro, Foz do Sousa, Gondomar 
Árbitro, Manuel Freitas (Madeira) 
SOUSENSE 4 PERAFITA 0 
Ao intervalo, 2-0. 1-O penalty Tiago Silva aos 10m, 2-0 Tiago Silva aos 41m de penalty, 3-0 Telmo aos 81m e 4-0 Chico aos 91m Expulsoes: Toninho 15m; Artur aos 40m; e Pacheco aos 68m 

 SOUSENSE: Isac, Salvador, Daniel (Telmo 66) Vítor Borges, Zé Augusto, Marcos (Sales 60), Chico, Vítor Hugo, Bruno Cunha, Paulinho, Tiago Silva (Ângelo 65). T Filipe Cândido 

PERAFITA: Artur, Pacheco, Fernando, T.Madalena, Diogo (Fonseca 45), Viana, Toninho, Hélder, Tinaia, Tó Coentrão e Paulinho (Vitor 40), T Óscar Nogueira 

 Uma arbitragem simplesmente deplorável decidiu o jogo desde muito cedo.
 Um penalti caricato, deu desde logo vantagem aos homens da Foz do Sousa. A perder desde os dez minutos de jogo, o Perafita, ficou também reduzido a dez ainda não se tinha chegado ao quarto de hora de tempo jogado, expulsão de Toninho sem explicação aparente. O intervalo não chegou sem que o árbitro voltasse a intervir em desfavor dos perafitenses, outro penalti, cometido supostamente pelo guarda-redes Artur, que saiu expulso do lance. 

O segundo tempo e apesar de reduzida a nove elementos, o Perafita bateu-se com galhardia em defesa dos seus interesses, os jogadores foram inexcedíveis e, foi preciso o senhor madeirense voltara intervir para que o marcador voltasse a funcionar a favor dos da casa, Pacheco é também expulso ao minuto 68, abrindo brechas na defensiva perafitense que mais não podia fazer e o marcador funcionou por mais duas vezes bem perto do fim. Jogo marcado claramente pelo trio de arbitragem, que desrespeitou as leis de jogo, em prejuízo claro dos visitantes.

Óscar Nogueira treinador do FC Perafita “ Tenho dificuldade em comentar este jogo, porque em 30 anos de futebol nunca tive uma arbitragem tão premeditada e tendenciosa quanto esta....Fomos desrespeitados, prejudicados e enxovalhados por um trio de arbitragem sem respeito nenhum pelo futebol e que não tem o mínimo de conhecimento dos sacrificios e dificuldades que os clubes e seus atletas tem durante uma semana de trabalho!

domingo, 12 de janeiro de 2014

INFESTA A VENCER POR DUAS VEZES TERMINA DERROTADO



CANDAL 3 INFESTA 2
Nova derrota pela margem mínima e esta é daquelas que podem deixar moça. 

O Infesta entrou muito melhor na partida e esteve a vencer por duas vezes, mas o minuto 81 foi fatal. O Candal não tem já grandes objectivos para a temporada pois encontra-se tranquilamente a meio da tabela. Já o Infesta tem de começar a somar pontos pois está cada vez mais a afundar-se no último lugar da tabela classificativa. No jogo desta tarde em Santa Marinha, Vila Nova de Gaia, o Infesta entrou melhor na partida e chegou à vantagem pelo capitão Vitinha que inaugurou o marcador aos 18 minutos num livre directo. Claramente dominador do jogo, o Infesta ficou ainda em melhor posição de conquistar uma vitoria após Vasco ter sido expulso. Teve três soberanas oportunidades para aumentar a vantagem onde numa delas Maia completamente isolado, atirou ao lado. A vantagem por 0-1 ao intervalo era escassa. 

Na segunda parte, a equipa da casa mesmo a jogar com dez, entrou mais aguerrida e com mais atitude, sempre na procura do golo do empate que surgiu aos 53 minutos numa recarga após um pontapé de canto. O Infesta respondeu bem ao golo sofrido e voltou a dominar a partida e a jogar com mais um elemento em campo, conseguiu chegar à vantagem aos 75 minutos por Maia, que aproveitou um ressalto após um remate de Amaral. Depois, aos 80 minutos, o árbitro considerou que Pedro Martins jogou a bola com a mão dentro da área quando o defesa do Infesta tinha o braço encostado ao corpo. Na conversão do castigo máximo, a equipa da casa chega ao empate novamente. A bola foi ao centro com o Infesta a sair a jogar e a perder logo de seguida a posse de bola para um defesa do Candal que num passe em profundidade coloca-a no ponta de lança e este num remate à entrada da área faz o 3-2 final, sem hipóteses de defesa para Miguel. 

Até ao fim, o Infesta bem tentou chegar pelo menos ao empate, mas sem sucesso. Mais uma derrota pela margem mínima, mas por culpa própria dos atletas do Infesta que tiveram várias oportunidades para chegar ao intervalo com uma vantagem de dois ou mais golos. Assim não aconteceu e o Infesta afunda-se cada vez mais no último lugar da classificação. No próximo fim-de-semana, há derbycom a recepção ao Padroense, na última jornada da primeira volta. 

 FC Infesta

LEÇA DO BALIO VENCE E MORDE OS CALCANHARES AO LÍDER


2ª DIVISÃO SÉRIE1 A F PORTO JORNADA 14 
Complexo Desportivo de Leça do Balio. 
Arbitro: Tiago Barbosa. 
LEÇA DO BALIO 3-0 Desportivo de Portugal Ao intervalo: 1-0, Marcadores: Carlos Diogo (35´) e Ivo (64´e 78´) 

LEÇA DO BALIO: Miguel Mota, Carlitos (Cap.), Berto, Pedro Cardigos e Hélder, Carlos Diogo, Quaresma, Edú, João Machado, Grade e Serginho. Jogaram ainda: Shev, Paulo Fernandes, Ivo, Ricardo e Pedro. Treinador: Mário Heitor 

Numa tarde fria com alguma chuva, a formação do Leça do Balio, voltou à competição, após ter folgado na jornada anterior, recebeu a formação do Desportivo de Portugal e sem surpresas venceu por três golos, mantendo o segundo lugar da tabela classificativa a quatro pontos do líder Ermesinde 1936. Desde o apito inicial a formação de Matosinhos instalou-se no meio campo da formação portuense, com muita posse e circulação de bola nem sempre com a velocidade desejada ia criando perigo, para rapidamente inaugurador o marcador. A jovem formação do Desportivo de Portugal colocava todos os jogadores atrás da linha de bola a defender, o que ia dificultando os processos ofensivos da equipa Baliense. Ao minuto 35, um livre superiormente batido por Carlos Diogo, não deu hipótese de defesa ao guarda redes adversário, abrindo o activo no marcador para contentamento dos adeptos da equipa da casa. Apesar do golo marcado a equipa da casa queria marcar o segundo para assegurar a tranquilidade necessária para o segundo tempo, não baixou o ritmo de jogo, criando oportunidades mas não conseguiu finalizar com êxito. Temos como exemplo as oportunidades falhadas pelo veterano João Machado e o goleador Sérginho que tiveram perto de conseguir o golo mas duas boas intervenções do guarda redes forasteiro evitaram o segundo tento, chegando o intervalo com a vantagem da equipa de Matosinhos pela margem mínima. 

No inicio do segundo tempo a equipa Portuense ainda tentou incomodar Miguel Mota, mas rapidamente a equipa aurinegra tomou conta dos acontecimentos e foi criando algumas oportunidades de golo. O técnico Mário Heitor mais uma vez leu bem o jogo e lançou no campo aos 60 minutos de uma assentada o experiente Paulo Fernandes e Ivo que veio a ser decisivo no jogo. Passados quatro minutos numa boa jogada colectiva Ivo com grande classe fez o segundo golo e deu a justa tranquilidade aos homens de Matosinhos. A equipa do Desportivo De Portugal após o segundo golo sofrido, não baixou os braços, trabalhando sempre muito, embora nem sempre bem organizada no terreno de jogo tudo fez para reduzir a desvantagem. Aos 78 minutos numa transição rápida da equipa de Matosinhos, Ivo fez o terceiro golo, e o segundo na sua conta pessoal, tornando-se na figura do jogo. Chegou o final do encontro com mais uma boa actuação da equipa orientada pelo técnico Mário Heitor, que continua firme no segundo lugar, continuando na perseguição ao líder Ermesinde 1936. 

Apenas a lamentar na partida a lesão de Miguel Grade que teve de ser ainda substituído por Shev no primeiro tempo. O Leça do Balio na próxima jornada desloca-se até à cidade de Gaia para defrontar o Clube Desportivo Torrão.

CUSTÓIAS EMPATA FORA, MANU NO MELHOR E NO PIOR


1ª divisão AF Porto serie 1 
Campo do Atlético Bougadense 
 Árbitro Tiago Loureiro 
BOUGADENSE 2 CUSTÓIAS 2 
Ao intervalo, 0-1 golos custóienses Manu (29) Dany (76) 

 CUSTÓIAS: Tiago, Danny (84"), Manu, Hugo, Rochinha, Ricardo, Mazola (Renato 62"), Medeiros (Batista 84"),Joca (Flávio 84"), Oliveira e Santa Cruz. T Mário Rui 

 A equipa do Custóias, dominou a 1ª parte e foi para o intervalo a vencer justamente por uma bola a zero com Manu a dar vantagem aos coiveiros A 2ª parte foi mais equilibrada, boa reacção da equipa da casa, mas foi Dany, que ampliou a vantagem para os visitantes, minuto 83 foi decisivo e determinante para o desfecho da partida, altura em que Manu vê o segundo amarelo e consequente expulsão, a equipa da casa que nunca desistiu de procurar o golo, acredita ainda mais e com muita insistência consegue alcançar o empate em cima do apito final 
 Boa arbitragem, de realçar a estreia de Joca ex junior custóiense no onze inicial

HERNANI EX LEIXONENSE DESEQUILIBROU A FAVOR DOS ALGARVIOS


 24.ª jornada da Liga Cabovisão
Jogo no Estádio de São Luís, em Faro 
Árbitro: Manuel Mota. 
FARENSE 1 LEIXÕES 0 Ao intervalo: 0-0.Marcadores: 1-0, Hernâni, 48 minutos. 

 FARENSE: Ivo, Hugo Luz, Bilro, Fábio Felício (Neca, 45), Diogo Silva, Hernâni, Adelaja, Clemente (Juan San Martin, 70), Ubay Luzardo, Fausto Lúcio e Livramento (João Reis, 45).Treinador: Jorge Paixão. 

LEIXÕES: Jorge Baptista, Pedro Pinto, Talles, Ruben Saldanha, Mailó, Tiago Lenho (Cadinha, 67), Anderson, Zé Pedro (Hugo Coentrão, 83), Materazzi, Huguinho, Moreira (Pedro Pinto, 17) e Júnior Oto'o.Treinador: Pedro Correia. 

 O Leixões perdeu esta tarde em Faro pela margem mínima de 1-0 não conseguindo, assim, voltar aos resultados positivos. Um jogo que fica marcado por duas expulsões, uma para cada lado (Oto'o para o Leixões) e um golo do ex leixonense Hernâni já no decorrer da segunda metade 

 Durante a primeira parte, o jogo foi bastante disputado a meio-campo, com poucos lances de perigo, embora o Leixões tenha tido uma oportunidade para inaugurar o marcador aos 30 minutos, travada por uma boa defesa do guarda-redes do Farense. Depois de o Farense ter marcado, logo ao início da segunda parte, o Leixões ainda pressionou em busca do empate, protagonizando algumas jogadas perigosas, mas não conseguiu marcar. Aos 63 minutos, o Farense quase conseguia fazer o segundo golo, mas o nigeriano Adelaja falhou o remate, após uma assistência de Hugo Luz. Com esta derrota, o Leixões termina a ronda no 14.º lugar, com 32 pontos,

ZÉ AUGUSTO ex AC VISEU, ESTÁ DE VOLTA A MATOSINHOS

Defesa/médio, natural de Matosinhos, 27 anos, está de regresso ao futebol de Matosinhos
Formação Leixões SC, como sénior, Pedras Rubras, Infesta, Leça (3 épocas), Salgueiros, Leixões, esta época começou no AC Viseu, mas saiu em Outubro para o Luxemburgo. Livre de compromisso, Zé Augusto, está no momento a tratar da forma no Custóias FC, enquanto não surge convite para voltar a jogar.

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

CLÁUDIO VIZELA É ADJUNTO NO SCS HORA



Cláudio Vizela é adjunto de Nuno Gonçalves no SCS Senhora da Hora. 
Depois de ter defendido as redes do Nogueirense, Custóias, Inter de Milheiros entre outros…em quanto guarda-redes de futebol, Cláudio Vizela, começou esta época como director desportivo do Sport Progresso, no momento e depois do convite de Nuno Gonçalves, para fazer parte da equipa técnica do SC Senhora da Hora, Cláudio aceitou de pronto e já exerce funções, como Mitchfoot pode testemunhar no apronto de ontem (treino de conjunto frente ao Pedrouços). 

 Palavras de Cláudio Vizela na sua página do Facebook “Hoje regressei ao mundo do futebol ,aceitando o convite do meu amigo Nuno Gonçalves e integrar a equipa técnica do Senhora da Hora. obrigado ao grupo por terem recebido bem. Siga trabalhar....”

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

TIAGO VALENTE ESTÁ LIVRE E QUER EQUIPA JÁ EM JANEIRO!

 
 Tiago Valente quer ingressar numa equipa já no mercado de inverno. Valente tem 21 anos, extremo esquerdo/direto, natural de Matosinhos (Padrão da Légua) fez a sua formação, no Padroense FC, tendo sido bi-campeão da 1ª Divisão Distrital, na segunda vez conseguiu mesmo a subida aos nacionais pela primeira vez na história do Padroense FC. 
No ano seguinte Valente representou o Boavista B e na época actual mostrou-se em grande forma pela equipa do Mitchfoot. O jovem avançado está disponível para prestar provas e consequentemente assinar compromisso

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

LUÍS SILVA É DO GIL VICENTE NO DIA EM QUE OS GILISTAS RECEBEM O LEIXÕES

Luís Silva vai ser jogador do Gil Vicente até final da temporada, por empréstimo do Sp. Braga. 
Sem muitas oportunidades para se mostrar no emblema arsenalista, o jovem médio, de apenas 21 anos, aceitou mudar-se para Barcelos, na esperança de ser utilizado com maior regularidade por João de Deus. 

Produto das escolas do Leixões, Luís Silva mudou-se para Braga no último defeso. Desde outubro só atuou pela equipa B, após cinco aparições pela formação principal. Com a chegada de Battaglia, oficializado ontem como reforço bracarense, o esquerdino tinha os dias contados no grupo de Jesualdo Ferreira. Esta contratação enquadra-se na necessidade de encontrar uma alternativa válida a César Peixoto e João Vilela no meio-campo gilista. Esse era um desejo de João de Deus, que também conta com Leandro Pimenta e Vítor Gonçalves para esse efeito. A aquisição de mais uma solução permite ao treinador encarar a segunda metade da temporada com maior tranquilidade, permitindo-lhe dar largas à rotatividade. 

 Perfil 
 As boas relações entre ambas as direções permitiram a António Fiúsa convencer António Salvador a dar luz verde à cedência. Tarefa fácil, até porque o Sp. Braga também está interessado em valorizar o jogador, permitindo-lhe que ganhe minutos nos palcos da 1.ª Liga. Presença assídua na Seleção Nacional Sub-21, Luís Silva é um promissor médio que introduz grande profundidade no jogo. Gosta de aparecer em terrenos mais avançados para mostrar o seu faro especial pelo golo. Na época passada, ao serviço do Leixões, apontou sete nos relvados da 2.ª Liga.

 Fonte Record.

PADROENSE NAVEGA EM ÁGUAS MUITO AGITADAS (Rui Jorge e Ricardo abandonam o barco)


 O defesa central Rui Jorge e o avançado ponta de lança Ricardo deixam o Padroense FC 
 Mitchfoot está em condições de adiantar que os jogadores, Rui Jorge e Ricardo, que chegaram esta época ao Padroense, oriundos dos FC Infesta e Perosinho, respectivamente, já não são jogadores do clube do Padrão da Légua. 
Pouco se sabe o que motivou a saída destes jogadores, mas por certo que a campanha desastrosa que o Padroense vem vindo a realizar, por certo não será alheia… Algo vai mal no reino padroensista, depois de Marco Branco, Pedrinho, Leandro, Manuel Cordeiro terem batido com a porta, Rui Jorge e Ricardo fazem o mesmo.

O MELHOR JOGADOR DO FUTEBOL DE MATOSINHOS, ESTÁ DE VOLTA!


 Mitchfoot sabe de fonte segura que o médio ofensivo, brasileiro que tão boa conta deu si ao serviço do SC Senhora da Hora, na época passada, que foi coroada com o titulo de Melhor jogador do futebol de Matosinhos, numa votação que decorreu online no blog Mitchfoot, está de muito em breve de regresso a Portugal 

RAFAEL REZENDE, após resolver alguns assuntos de foro particular, tem já marcado a viagem de regresso a Portugal, mais propriamente a Matosinhos O médio que foi muito pretendido no final da época passada, esteve a um passo do Prainha dos Açores, Turizense também manifestou interesse no jogador, para além dos clubes de Matosinhos: Perafita, Leça FC, Infesta, e Lavrense, o Candal, Valonguense e Gondim-Maia, também o abordaram. A todos declinou o convite, por motivos de força maior que o obrigavam a regressar ao Brasil. 

RAFAEL REZENDE, vai estar muito em breve na cidade de Matosinhos, para depois decidir o seu futuro como jogador.

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

FUTY ( EX FOLGOSA-MAIA) É REFORÇO BALIENSE


 Tiago André, mas conhecido por Futy no mundo do futebol, 23 anos de idade é reforço da equipa do Leça do Balio. A sua contratação bem equilibrar o plantel, devido à lesão de Miguel Cunha, que com uma lesão grave (fratura do pé) não pode ser mais opção do técnico Mário Heitor esta temporada. 

 Futy, médio defensivo que na temporada passada defendeu as cores do Folgosa da Maia, vem assim ajudar a formação Baliense na dura tarefa da conquista do seu objectivo, que passa pela subida de divisão à 1º divisão de associação de futebol do Porto.

DOMINGOS BARROS É O DIRETOR DO FUTEBOL SÉNIOR DO LEÇA

 
 Na sequencia do pedido de demissão, logo após a derrota de domingo em Rebordosa, dos diretores para o futebol sénior do Leça FC, José Nora (Norinha) e (José Pedro (Paixão), a direcção do Leça FC, não esperou muito tempo para resolver a questão. 

Domingos Barros foi a solução (da casa) encontrada, O capitão Domingos, 32 anos, natural de Leça da Palmeira, depois de ter passado pelos escalões de formação do clube verde e branco, 10 épocas (2004/05 a 2013/14) ostentou o emblema leceiro, com interregno de um ano (2011/12), em representou o FC Pedras Rubras como atleta, mas mantendo-se na estrutura do Leça com diretor. 

 Domingos aceitou o convite de pronto e inicia funções no imediato, falta saber se o próprio vão acumular também as de jogador do plantel leceiro. 

 A direção do Leça Futebol Clube, aproveitou a sua página oficial no Facebook, para anunciar aos seus associados a medida tomada, o que passamos a transcrever na integra. 
 “Informamos os n/ estimados associados que a partir de hoje o Departamento de Futebol Sénior será liderado por o n/ Domingos Barros. A ele toda a sorte do mundo VIVA O LEÇA FC” 

 Mitchfoot deseja o maior sucesso desportivo ao Mingos, nesta nova experiencia.

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

PADROENSE EM CRISE DE RESULTADOS (soma já 5 derrotas consecutivas)

 
 14.ª Jornada da Divisão Elite AF Porto 
Campo da Rainha em Serzedo- Gaia 
Árbitro Sérgio Moreira 
SERZEDO 1 PADROENSE 0 
Ao intervalo, 0-0, golo Luís (61)

 

SERZEDO: César, Moreira, Luís, Tiago Dias,Delifim, Dani, Tiago Santos, Joãzinho, Ricardinho (Vitinha 46), João Alves e Bruno Faria (Braga 73) T Filipe Ribiero 

PADROENSE: Stephen, Rui Jorge, Armando, Lobo, Pedrinha, Ricardo (Rafa 76) Paulinho, Postiga (Brahima 76) Gazela (Joel 68) e Pedro. T. António Remelgado 


Num jogo em que o equilíbrio foi a nota dominante, um golo de Luís, foi o suficiente para impor a quinta derrota consecutiva ao Padroense (4 para campeonato e 1 para taça). A equipa de Matosinhos, que neste jogo estreou o médio Daniel Pedrinha, que na semana passada chegou ao Padrão oriundo do Castelo da Maia, até esteve melhor na partida, mas após o golo sofrido aos 61 minutos, a equipa foi-se a baixo e não conseguiu encontrar argumentos para contrariar a defensiva local.

INFESTA VOLTA A PERDER E PELA MARGEM MINIMA

Infesta sofreu mais uma derrota por 1-0. 

Após terminar o ano com uma vitoria frente ao Serzedo, o Infesta iniciou 2014 com uma derrota por 1-0, a nona pela margem mínima das dez já sofridas. 

 Mais um jogo em que o Infesta não foi nada inferior ao adversário. Os jogadores da equipa da casa, fruto de serem os donos do terreno, adaptaram-se melhor às péssimas condições do relvado. Foram também os primeiros a tentar alvejar a baliza por Zé D'Angola mas que o guarda-redes Miguel, mostrou estar atento. O Infesta respondeu bem com um remate de Simões por cima da barra e pouco depois Vitinha e Pedro Oliveira, esbanjaram oportunidades para inaugurar o marcador. Quem não marca sofre e foi o que o São Pedro da Cova fez aos 44 minutos na sequência de um pontapé de canto onde Nuno aproveitou a facilidade da defensiva do Infesta para fazer o primeiro e único golo da partida. 

Na segunda parte, o Infesta foi mais equipa, criando vários lances ofensivos. O "irrequieto" Maia aos 64 minutos libertou-se de um adversário e rematou mas à figura do guarda-redes da casa. Depois, Sérgio Leite esquivou-se pela direita e rematou sobre a barra e perto do fim, foi Káká que esteve perto de empatar, mas o remate saiu à figura. Em tempo de descontos Rivaldo chegou a marcar mas o árbitro já tinha assinalado falta de André Ribeiro sobre o guarda-redes da casa. Com esta derrota, o Infesta perdeu uma boa oportunidade de conseguir ultrapassar o seu adversário na tabela classificativa e mantém assim o último lugar. Na próxima jornada, o Infesta desloca-se ao terreno do Candal.

in FC INFESTA

A LENDA...O MITO...O MELHOR DE SEMPRE PARTIU!

 
EUSÉBIO DA SILVA FERREIRA 
O maior embaixador de Portugal no mundo inteiro, a lenda… o mito… o melhor futebolista português de todos os tempos. 

 5 de Janeiro de 2014 Faleceu este domingo por insuficiência respiratória, na sua residência quando eram 3 horas da manha, O PANTERA NEGRA tinha 71 anos a vinte dias de completar 72 

 PALMARÉS INDIVIDUAL: 

Pelo Benfica: - Entre maio de 1961 e abril de 1975: 596 golos em 557 jogos, com a média de 1,07 golos por desafio, divididos pelas várias competições nacionais (Campeonato, Taça de Portugal, Taça de Honra, Taça Ribeiro dos Reis e Campeonato de Reservas) e internacionais (Taça dos Campeões Europeus, outras competições europeias e torneios internacionais). 

 Por Portugal: - Entre outubro de 1961 e outubro 1973: 41 golos em 64 jogos, com a média de 0,64 golos por desafio, divididos pelas várias competições (apuramento e fase final de Mundiais e Europeus e encontros de preparação). 

 Prémios individuais: 

1962 - “Bola de Prata” da revista France Football para segundo melhor futebolista na Europa. 1963/64 - Melhor marcador do Campeonato Nacional, com 28 golos. 1964/65 - Melhor marcador do Campeonato Nacional, com 28 golos. 1965 - “Bola de Ouro” da revista France Football para melhor futebolista na Europa. 1965/66 - Melhor marcador do Campeonato Nacional, com 25 golos. 1966 - Melhor marcador da fase final do Mundial Inglaterra66, com nove golos; Melhor Jogador do Mundial Inglaterra66; “Bola de Prata” da revista France Football para segundo melhor futebolista na Europa. 1966/67 - Melhor marcador do Campeonato Nacional, com 31 golos (ex-aequo com Figueiredo, do Sporting). 1967/68 - “Bota de Ouro” para melhor marcador europeu, com 42 golos; Melhor marcador do Campeonato Nacional. 1969/70 - Melhor marcador do Campeonato Nacional, com 21 golos. 1972/73 - “Bota de Ouro” para melhor marcador europeu, com 40 golos; Melhor marcador do Campeonato Nacional. 

Distinções: 

1966 - Medalha de Prata da Ordem do Infante D. Henrique. 1981 - Grande Colar do Mérito Desportivo. 1982 – “Águia de Ouro” do Sport Lisboa e Benfica. 1990 - Grande Colar de Honra ao Mérito Desportivo. 1992 - Ordem do Infante, Medalha de Ouro da Cidade de Lisboa, Estátua em bronze à entrada do Estádio da Luz. 1994 - Ordem de Mérito Federação Internacional de Futebol. 1998 - Membro inaugural do “Galeria dos Campeões” (Hall of Champions) da FIFA, em conjunto outras oito glórias do futebol mundial. 2000 - Terceiro melhor futebolista do Século XX para a FIFA, a seguir a Pelé (Brasil) e Maradona (Argentina). 

PALMARÉS COLETIVO: 

 1960/61 - Campeão Nacional. 1961/62 - Vencedor da Taça dos Campeões Europeus; Vencedor da Taça de Portugal. 1962/63 - Finalista da Taça dos Campeões Europeus; Campeão Nacional; Vencedor da Taça de Honra. 1963/64 - Campeão Nacional; Vencedor da Taça de Portugal; Vencedor da Taça Ribeiro dos Reis. 1964/65 - Finalista da Taça dos Campeões Europeus; Campeão Nacional; Vencedor da Taça de Honra. 1965/66 - Terceiro classificado no Mundial Inglaterra66 – Portugal; Vencedor da Taça Ribeiro dos Reis. 1966/67 - Campeão Nacional; Vencedor da Taça de Honra. 1967/68 - Finalista da Taça dos Campeões Europeus; Campeão Nacional; Vencedor da Taça de Honra. 1968/69 - Campeão Nacional; Vencedor da Taça de Portugal; Vencedor da Taça de Honra. 1969/70 - Vencedor da Taça de Portugal. 1970/71 - Campeão Nacional; Vencedor da Taça Ribeiro dos Reis. 1971/72 - Campeão Nacional; Vencedor da Taça de Portugal; Vencedor da Taça de Honra. 1972/73 - Campeão Nacional; Vencedor da Taça de Honra. 1973/74 - Vencedor da Taça de Honra. 1974/75 - Campeão Nacional; Vencedor da Taça de Honra. 1976 - Campeão da Liga Norte-americana de Futebol (NASL) - Toronto Metros-Croatia. 

Mitchfoot junta-se à dor nacional pela perda deste grande senhor, enviando as sentidas condolências à família enlutada

domingo, 5 de janeiro de 2014

GRANIZO DA MADRUGADA DE SÁBADO DESTRUIU A COBERTURA DO PAVILHÃO CUSTÓDIO ANTUNES


Esta cobertura, está longe de ser a mesma!

Na madrugada (sexta para sábado) dia 4 Janeiro, devido à intempérie vivida (granizo como nunca se viu para estes lados) o Pavilhão Gimnodesportivo Custódio Antunes, propriedade do Leça Futebol Clube, sofreu estragos quase irreparáveis na sua cobertura, mais de 150 telhas furadas, o que é o mesmo que dizer, que chove mais lá dentro do que cá fora. O Leça FC, não atravessa um momento, como todos sabem, de boa saúde de ordem financeira, daí vai o apelo, às entidades supremas do nosso concelho, Câmara Municipal de Matosinhos, e Junta de Freguesia de Matosinhos/Leça da Palmeira, que façam uma visita ao local e constatem in loco, os estragos, que de facto são bem reais. 

 O Leça FC, clube centenário, para alem das modalidades de pavilhão, tem com hábito natural de fonte de receita, criar eventos musicais, culturais e recreativos para que consigam adquirir valores para honrar os seus compromissos. É URGENTE todos em conjunto, resolver quanto antes este problema que inesperadamente surgiu às hostes leceiras

VIRGÍLIO BISA NA VITÓRIA SENHORENSE

 
14.ª JORNADA 1.º DIVISÃO SERIE 1 AF PORTO 
Estádio do Senhora da Hora 
Árbitro Hugo Santos 
SENHORA DA HORA 3 BOUGADENSE 0 
Ao intervalo, 1-0, golos Virgílio (42 e 54) Bruno Pereira (60)

   

SENHORA DA HORA: Moreira, Fabinho (Bruno Carvalho 86), Virgílio, Walmor e André; Dias (Tiago 86), Joãozinho (Gandarela 61), Bruno Pereira, Renan (Diogo 86), Serrão (Caen 86) e Piasca. T Nuno Gonçalves. 

 Primeira parte muito equilibrada, com oportunidades para ambos os lados, no entanto pertenceu aos senhorenses a melhor, para além do golo, no primeiro tempo, quando Serrão pela direita, cruza ao segundo poste e Bruno Pereira, atira ao poste, bola lá bola cá, o resultado teimava em não se alterar, até que aos 42 minutos Virgílio de cabeça faz o golo na sequencia de um pontapé de canto. 

 

No segundo tempo, só deu SCS Senhora da Hora, que sem deslumbrar foi aumentando o placard, com o central Virgílio a assumir o protagonismo do encontro, bisando na partida aos 54 minutos, outra vez na sequencia de um pontapé de canto mas desta vez com a contribuição de Serrão, que desvia de cabeça para Virgílio encostar para o golo Aos 60 minutos Bruno Pereira, fechou o resultado com o cruzamento/remate, que só parou nas malhas da baliza forasteira. Até ao fim, os homens da casa controlaram o adversário e o resultado. Uma palavra de apreço para a equipa do Bougadense, pois mostrou qualidade para sair do lugar que ocupa no fundo da tabela.

ASSIM...VENCER O CANELAS É COMO JOGAR NO EUROMILHÕES

14.ª jornada da 1.ª divisão Serie 1 AF Porto 
Estádio do Custóias Futebol Clube 
Árbitro João Guimarães 
CUSTÓIAS 1 CANELAS 2 Ao intervalo 0-2 Golos - Aranha (22) Macaco (38) Santa Cruz (77) 

 

 CUSTÓIAS: Tiago, Danny (Ferrer63) Manu, Hugo, Rochinha, Ricardo, Mazola (Tozé 46) Medeiros, Santa Cruz, Oliveira e Alan. T Mário Rui. 

 Confronto entre candidatos em que os custóienses não usaram das mesmas armas. 

 Um primeira parte bem disputada, a sorte sorriu á equipa visitante, que sem muito fazer por isso, apanha-se a vencer por duas bolas ao intervalo, castigo demasiado pesado para os custóienses. 

 

Na segunda metade, a equipa da casa, fez um jogo estrondoso, na busca de melhor resultado, apenas conseguiu reduzir aos 77 minutos pelo inevitável Santa Cruz, e diz-se apenas porque o trio de arbitragem, não permitiu que os custóienses pusessem pé em ramo verde, permitindo aos visitantes um jogo muito faltoso duro e intimidatório roçando a violência. O técnico custóiense também se equivocou nas mexidas efectuadas no seu xadrez, entre outras situações, destacamos o deixar Joca (ala, herói de Folgosa) no banco de suplentes preferindo jogar com Ferrer (Ponta de lança) numa ala
 Arbitragem deplorável, simplesmente vergonhosa.

sábado, 4 de janeiro de 2014

BAIXA NO LEÇA DO BALIO – MIGUEL CUNHA PÁRA ATÉ AO FINAL DA ÉPOCA

Lesão afasta Miguel Cunha até ao fim da época! 

Miguel Cunha, 19 anos, futebolista do Leça do Balio, vai falhar o resto da temporada 2013/14, depois te ter partido o pé no ultimo treino da equipa no ano de 2013. Os exames médicos confirmaram o pior cenário para este defesa central, devendo ser operado durante a próxima semana. Formado no Padroense, chegou ao Leça do Balio já com a época em andamento para dar mais consistência ao plantel, actual segundo classificado da segunda divisão da Associação de Futebol do Porto. Miguel vinha a ser uma opção válida do técnico Mário Heitor e perante tal cenário deverá entrar um reforço no plantel baliense para colmatar esta ausência forçada.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC