RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 29 de abril de 2019

VITÓRIA INGLÓRIA MAS COM A HONRA DOS BRAVOS DE MATOSINHOS


Estádio do Padroense FC – Padrão da Légua - Senhora da Hora
33ª Jornada da Divisão d´Elite série 1
Árbitro Miguel Ribeiro
PADREOSNE 1 CANELAS GAIA 0
Ao intervalo 0-0, golo Ricardo (90+2)

PADROENSE FC : Rui, Renato, Balito, Fábio, Carneiro (Hélder 83), Ricardo, Leitão, Jardel (Mesquita 69) Lindolfo, Pedro Oliveira (Gorito 83) Ivan (Guilherme 83) Treinado João Costa

CANELAS GAIA: João Matos, David, Samu (Bruno Costa 53) Miguel Gomes, Nando, Emerson, Penantes, Vitor Lopes, Pedrinho (Rafa 53) João Pereira (Macaco 73) e Vítor Fonseca. Treinador Tiago Margarido

A equipa do Padroense subiu ao relvado com a esperança ainda que ténue de poder se qualificar e disputar o play off de subida aos nacionais.
Não dependo apenas só de si a jovem equipa dos Bravos de Matosinhos encarou este jogo como uma autêntica final, pois como diz o ditado “ até ao lavar dos cestos é vindima”
Jogo muito equilibrado jogado de forma intensa as equipas defrontaram olhos nos olhos querendo chamar a si a conquista dos três pontos
Com os ouvidos no Valadares x SC Rio Tinto (encontro que ficou marcado por erros ou casos de arbitragem que levou o SC Rio tinto a terminar o jogo com 8 elementos tendo sido o seu guarda redes expulso e uma jogador de campo a substituir o colega) o Padroense chega ao golo da vitória frente ao líder Canelas já em período de descontos por Ricardo aos 92 minutos.
Vitória justa mas inglória pois a equipa do Padroense merecia pela excelente época que produziu uma vaga no play off de subida.

Foto Jorge Peixoto
  


ISAAC HERÓI MANTÉM ACESA A LUZ DA MANUTENÇÃO


Estádio do Leça em Leça da Palmeira
31ª. Jornada do CP Serie B
Árbitro Bruno Costa (Braga)
LEÇA FC 1 CINFÃES 0
AO INTERVALO, 0-0 Marcador Isaac Sissé (939
LEÇA: Cristiano, Joel, Materazzi, Max, João Pedro; Teles, Bruno Simões (Isaac Sisse´70), Jair; Zé Carlos, Miguel Ângelo (Pedro Prazeres 90+3) , Miguel Lopes  (Pedro Pinto 90+3). Treinador Domingos Barros

CINFÃES: Ivan, Laércio, Baldaia, Rui Cardoso, Everton, Fred, Erick (Pisco 85), Miguel Batista (César 75) Miguel Ângelo (Cacheira 70) Moreia e Sampaio. Treinador Luciano Ferreira

Num jogo nem sempre bem jogado o equilíbrio foi a nota dominante durante os primeiros 45 minutos e o resultado espelha bem o que se passou até ao intervalo
No segundo tempo o Leça apresenta-se com estranha acalmia quase que adormecendo os adeptos que se encontravam no estádio. O Cinfães como lhe convinha também não deu muito para que se invertesse a situação.
E foi já em período de descontos que Isaac  Sissé que vindo banco de suplentes de cabeça desfez o nulo quanto todos os presentes se preparavam para constatar mais um empate consumado em Leça da Palmeira
Vitória importantíssima que fez de Isaac Sissé o herói do jogo pois pode estar aqui a chave da manutenção, para os últimos dois encontro que faltam disputar, estando o Leça a 2 pontos acima da linha d`água  
Foto Leça FC

COM DERICK À BOMBA POSTES E RICARDO MOURA EVITARAM VITÓRIA DO LEIXÕES

31.ª Jornada da 2.ª Liga. 
 Estádio do Mar, em Matosinhos. 
Árbitro: João Malheiro Pinto (AF Lisboa). Leixões - Académica, 1-1. 
Ao intervalo: 1-0.Marcadores: Derick, 35 minutos. Fernando Alexandre, 49. 

 Leixões: Tony, Jorge Silva, Pedro Monteiro, Matheus Costa, Derick (Filipe Ribeiro, 82), Ceitil (Amine, 56), Zé Paulo, Luís Silva, Erivaldo (Camara, 72), Evandro Brandão e André Clóvis. Treinador: Jorge Casquilha. 

Académica: Ricardo Moura, Traquina, Zé Castro, Yuri Matias, Nélson Pedroso, Dias (Reko, 46), Fernando Alexandre, Romário Baldé, Ki (Brendon, 46), Jonathan e Hugo Almeida (Diogo Ribeiro, 69). Treinador: João Alves. 

 O Leixões permanece na luta pela manutenção, contabilizando 40 pontos, que o mantêm provisoriamente no nono lugar. O Leixões quem mais procurou o golo na primeira parte, que alcançou por Derick, aos 35 minutos, enquanto a Académica respondia com contra-ataques, quase sempre conduzidos por Romário Baldé, tendo só conseguido a igualdade na segunda metade, por Fernando Alexandre, aos 49. O onze de Matosinhos ficou perto de marcar aos 10 minutos, num lance confuso culminado num remate de Zé Paulo ao lado do poste direito da baliza da formação de Coimbra, respondendo a Briosa, 10 minutos mais tarde, com uma combinação entre Ki e Romário Baldé, que o sul-coreano concluiu com um remate 'enrolado'. Confinado ao meio-campo, o jogo ameaçava com um 'nulo' ao intervalo, quando Jorge Silva galgou terreno pela direita, cruzou tenso para um alívio que ficou curto, surgindo à entrada da área Derick, de pé esquerdo, a fazer um golo candidato aos melhores do ano, fazendo a bola entrar no ângulo superior direito da baliza adversária. 

O recomeço trouxe outro golo bonito, desta feita apontado por Fernando Alexandre, aos 49, com um 'tiro' à entrada da área, a passe de Hugo Almeida, que reequilibrou o resultado. O empate trouxe mais animação ao jogo e depois de Jonathan (53), num remate cruzado, ameaçar com a reviravolta, Zé Paulo (57 e 67) acertou em postes das duas balizas. Aos 76, Evandro Brandão, na pequena área, viu o golo ser-lhe negado por duas vezes pela valentia de Ricardo Moura, seguindo-se no capítulo do desperdício mais um remate de Zé Paulo, aos 82, ao lado. 

 Próxima jornada pode ser decisiva no que diz respeito à garantia da manutenção por parte da equipa de Matosinhos com a deslocação à Covilhã

Foto Duarte Rodrigues 

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC