RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 11 de setembro de 2011

MERECIA MAIS A EQUIPA DO CUSTÓIAS


DIVISÃO DE HONRA DA AF PORTO
1ª Jornada

Estádio do Custóias Futebol Clube. Custóias

CUSTÓIAS FC: Meneses, Pessoa (Silveira), Luizão, Nuno Ribeiro e Adérito; Eduardo, Magalhães e Joel; Danny (João Dias), Nuno Santos (Caramalho)e Paulo Lopes. Treinador Paulo Silva.

CUSTÓIAS ESTEVE MAIS PERTO DOS TRÊS PONTOS.

A equipa do Custóias apresentou para o inicio da competição com uma equipa renovada, em relação à época passada, só três jogadores marcaram presença; Meneses, Luizão e Magalhães.
Os custóiense com uma equipa jovem, com alguns jogadores recrutados aos sub 19 da formação leixonense, deu muito boa conta de si, com um futebol de posse, suportado na boa organização defensiva e um meio campo consistente, só faltou mais acutilância no ataque. O jogo decorreu a um ritmo lento, próprio para o inicio da temporada, e com muito equilibriu.
Destaque para aos 15 minutos da partida, quando Nuno Santos, quase abre o activo ao responder bem a um cruzamento de Danny (exLeixões), vindo da direita. Ao minuto 30, pesponde a equipa forasteira, com um forte remate de fora da área, em que o guardião, Meneses respondeu com eficácia. Ao intervalo, tal como começou, 0-0.

No segundo tempo, a equipa do Custóias, dominou mais o jogo e o adversário, sem com tudo conseguir os seus intentos. Aos 60 minutos, mais um cruzamento de Danny, excelente jogador, pelo lado direito, depois de uma bonita jogada de desenvolvimento ofensivo, mas Nuno Santos, não marcou por um fio. O técnico custóiense, mexe na sua equipa com o intuito de refrescar o seu meio campo, fazendo entrar, João Dias, outro ex sub 19 leixonense, iam decorridos 73 minutos. A equipa do Custóias, em tentou porfiar a defensiva da equipa do Barrosas, que se apresentou neste encontro, declaradamente, para não perder, mas o resultado não sofreria alteração. Resultado final, 0-0

A equipa do Custóias, vai deslocar-se até Nogueira da Maia, para defrontar o Nogueirense FC, em encontro da 2ª jornada.

LEÇA ESTÁ FORA DA TAÇA!


2ª ELEMINATÓRIA DA TAÇA DE PORTUGAL
Jogo no estádio do Leça FC – Leça da Palmeira

Árbitro: João Manuel Costa

LEÇA FC: Cláudio, Zé d Angola, Madalena, Zé Soares e Ernesto (Nogueira); Rui Ramos, Tiago André (Hélder Pereira), Moura; Paiva (Cerejo), Vitor Hugo e Nuno Martins. Treinador Armindo Machado.

PERO PINHEIRO: Marco, ruja, Luis Freitas, Seroinho; Aguiar, Nuno Almeida, Janota (Micael), Luis Vaz (Geraldino), Ckadu e Tope. Treinador Rui Janota.
Ao intervalo: 0-1 golos, Carolo aos 27 e Ruja aos 87 m.

O Leça está fora da Taça!

A equipa leceira, apresentou-se completamente alterada em relação ao jogo anterior, Armindo Machado, técnico leceiro, fez nada mais nada menos do que quatro alterações no onze leceiro, Tiago André, Paiva, Nuno Martins e Zé Soares, jogaram de inicio, de fora ficaram, Hélder Pereira, André, Cerejo e Nogueira, Gestão do plantel que o técnico preferiu executar.

O Leça entra melhor na partida e logo aos 4 minutos, Nuno Martins, isolado atira ao poste esquerdo da baliza de Marco com este já batido, lance que pareceu adormecer a equipa leceira, que viu o adversário controlar o jogo e atirar por duas vezes a bola à trave da baliza de Cláudio, Nuno Almeida, aos 8 e aos 11 minutos foi o autor dos disparos. O Leça ainda responde, através de Vítor Hugo que de cabeça e em boa posição desperdiça. Aos 27 minutos a equipa forasteira chega á vantagem, que diga-se já merecida, por Carolo, respondendo bem a um cruzamento vindo da esquerda e de cabeça bate Cláudio que nada podia fazer. A perder, o técnico leceiro, apercebe-se que falta velocidade ao jogo ofensivo leceiro e de uma vez, faz duas alterações no xadrez montado desde o inicio, Hélder Pereira e Cerejo entram para os lugares de Tiago André e Paiva, de facto com estas alterações, a equipa leceira é mais rápida na execução dos lances no processo ofensivo, mas sem resultados. Ao intervalo 0-1, que acaba por se aceitar.

Na etapa complementar, mais uma alteração no onze leceiro, nas cabines fica Ernesto e é a vez de Nogueira subir ao relvado. Uma segunda parte em que o equilibriu foi a nota dominante, o Leça bem tentou chegar à igualdade, mas encontrou pela frente um adversário com uma excelente organização defensiva, que sempre teve o controlo do jogo. A partir dos 70 minutos, Cerejo lesiona-se e como o Leça já tinha feito todas as substituições, o Leça passa a jogar com dez. Aos 87 minutos a equipa do Pêro Pinheiro, sentencia o jogo, fazendo o segundo através de Ruja, tempo ainda para a expulsão do jogador forasteiro, Seroinho. Resultado final 0-2.

Próximo jogo a equipa do Leça vai deslocar-se á Foz do Douro para defrontar a equipa do Sousense para a 2ª jornada da III divisão serie B

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC