RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

PADROENSE VENCE EM JOGO BASTANTE INTENSO

12ª Jornada Da Divisão d´Elite AF Porto 
Estádio do Padroense FC – Padrão da Légua – Matosinhos 
Árbitro: David Silva 
PADROENSE 2 SC RITO TINTO 1 
Ao intervalo, 0-0, golos Lutchindo (68) Pedro Freitas (87) e Maga (91 gp) 

PADROENSE: Moreira, Renato, Fábio, Barny, Taipa, André (Paulinho 70) Leitão (Bruno 70), Lutchindo (Tiago 70), Medeiros, Pedro Oliveira (Pedro Freitas 53), Xoura. Treinador João Costa SC 

RIO TINTO: Matos, Simão, Jorge Pereira, Maga, Ricardinho (Diogo 60) Carlos Sousa (Vitinha 46), Paulo, Joel, Macieira Bony e Bruno Teixeira. Treinador Pedro Ferreira. 

 Primeira parte com equilíbrio, mas com mais pendor ofensivo por parte da turma de João Costa, que só no segundo tempo, se materializaria com a obtenção dos golos dos “Bravos de Matosinhos”, primeiro Lutchindo a desatar o nó gondomarense aos 68 minutos, depois e ao cair do pano o jovem da cântera do padruca, faz o segundo dando tranquilidade à sua equipa, já em período de descontos, Maga reduziu colocando verdade no jogo que foi intenso e muito emotivo. Com esta vitória os comandados de João Costa, aproximam-se da dupla comandante (Boavista e Leça) a apenas 1 ponto, confirmando a excelente época produzida pelo conjunto matosinhenses. Próximo confronto Padroense volta a jogar no Padrão desta feita recebendo o vizinho Infesta

Foto Jorge Peixoto 

LÍDER LEÇA VENCE E CONVENCE

12ª jornada da Divisão d´Elite AF Porto
 Estádio Municipal da Maia
 Árbitro Marco Cruz
MAIA LIDADOR 0 LEÇA FC 3
Ao intervalo, 0-2, Golos Areias (26) Joel (29) e Sérgio Pedras (68) 

MAIA LIDADOR: Fredy, João (Vasco 46), Ricardo, Zé Pedro (Hugo Teixeira 69) Sérgio, Ricardinho, (Alberto 46), Henrique, Diogo, Cafú, Miguel Leite (Lucas 46) e Hulk. Treinador Nuno Teixeira. 

LEÇA FC: Tahar, Joel. Ramalho (Francisco 83), Fonseca e Alex; Noura, Jair (Castro 65), Pedro Pinto, Paulo Lopes (Miguel 65), Sérgio Pedras (Coutinho 83), Areias (Rúben 83). Treinador Domingos Barros. 

 A liderar o campeonato principal da A F Porto, o Leça confirmou o seu bom momento e cedo se impos nos estádio Maiato, sendo manifestamente superior em todos os capítulos de jogo, traduziu em números a sua mais qualidade técnica colectiva e individual. O jogo até ao golo inaugural teve toada de equilíbrio e muito disputado a meio campo, sendo mesmo a turma maiata a disfrutar da primeira oportunidade. Mas os leceiros praticamente sentenciaram o jogo em 3 minutos, (26 e 29) Primeiro Areias em remate cruzado sem hipóteses para Fredy, depois Joel jovem lateral direito foi veloz e ampliou a vantagem. 

No segundo tempo a turma local arrisca no ataque em busca do golo, mas esbarra na excelente organização defensiva da turma do Leça, que com o trio de betão (Ramalho, Fonseca e Noura) não permitiram veleidades à turma Maiata. Aos 68 minutos em joga de transição rápida os leceiros voltam a surpreender os maiatos com um golo de Sérgio Pedras acabando de uma vez por todas com jogo. Vitória justa da equipa comandada por Domingos Barros, que reparte o comando com o Boavista B

LEIXÕES CEDE PRIMEIROS PONTOS EM CASA

14ª JORNADA II LIGA (Ledman Liga Pro) Estádio do Mar, em Matosinhos. 
Árbitro: Daniel Cardoso (Aveiro). 
LEIXÕES O BENFICA B 0 

LEIXÕES: Yeerjeti, Jorge Silva (Youssouf, 86), Ricardo Alves, Jaime, João Lucas, Stephen, Luís Silva, Breitner (Bruno Lamas, 74), Belima (Derick, 68), Evandro Brandão e Kukula. Treinador: João Henriques. 

BENFICA B: Zlobin, Alex Pinto, Lystcov, Ferro, Pedro Amaral, Florentino Luís, Thabo Cele (Pedro Álvaro, 90+2), Gedson, João Félix (Nuno Santos, 80), Heri (Vukotic, 88) e José Gomes. Treinador: Hélder Cristóvão. 

O Benfica B tornou-se na primeira equipa a ganhar pontos esta época ao Leixões no Estádio no Mar, em empatar 0-0, em jogo da 14.ª jornada da 2.ª Liga. 

A primeira parte foi de domínio repartido, com as duas equipas a pouco conseguirem fazer em matéria de ocasiões de golo, sendo que quando aconteceram a defesa levou sempre a melhor. E com os dois ataques a apostarem em remates de longa distância, foi preciso esperar até ao minuto 41 para Belima, na área, ver negado o golo ao Leixões pelo defesa Ferro, respondendo o Benfica com Heri, mas Yeerjeti, fora da área, evitou o golo. 

A jogar a favor do vento na segunda parte, o Leixões cedo fez valer essa contingência, com Breitner, na cobrança de um pontapé de canto (46), a obrigar o guarda-redes Zoblin a desviar a bola para a barra, antes de sair pela linha de fundo. Um quarto de hora depois, novamente por Breitner, agora de livre direto, o Leixões ficou perto do golo, mas o guardião do Benfica B desviou para canto em dificuldade. Na sequência, Zoblin negou o golo a Kukula, com novo desvio pela linha de fundo, numa sucessão de lances que culminou com Stephen, na área, a tentar o golo, mas a bola a sair por alto. Os encarnados, até então com dificuldades para conter os locais, dispuseram aos 76 minutos de um contra-ataque, em que João Félix serviu na área Heri, acabando o desvio do avançado nas mãos de Yeerjeti. Com o Leixões a intensificar o domínio nos instantes finais, nem assim evitou perder pontos pela primeira em casa na corrente época.

Foto Duarte Rodrigues 

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC