RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

EQUIPA DO MITCHFOOT JÁ DEU BOA RÉPLICA NO SEGUNDO ENCONTRO


A equipa do Mitchfoot realizou esta noite o seu segundo jogo desde a sua fundação, o resultado foi o menos importante (4-1) a favor dos Lusitanos.

Em abono da verdade a nossa equipa esteve muito bem, tendo inclusive estado a vencer o encontro durante largos minutos, o golo do Mitchfoot foi marcado por Zé Miguel, avançado ex FC Perafita, carregado de talento, um nome a ter em atenção…ao intervalo o empate a uma bola imperava.

No segundo tempo, e como corolário lógico, a equipa mais bem preparada fisicamente foi superior, mas só venceu o encontro nos minutos finais, obtendo três golos de rajada.

Bom teste para os Lusitanos, que esta época vai competir na 1ª divisão AF Porto
Pela nossa parte, foram cumpridos os objectivos.

ZÉ PEDRO AVISA! "O Benfica é o Benfica, mas o Leixões é o Leixões"

Encaramos todos os adversários de frente 

 Zé Pedro encarna na perfeição o espírito Leixões, aquela raça de antes quebrar que torcer, o que o leva a realçar que a equipa do Mar, embora respeite todos os oponentes, não teme ninguém. Em conversa com o www.leixoessc.pt, o central sublinha que no domingo, com o Benfica B, a atitude solidária da equipa tem de ser a mesma dos últimos jogos para que o objectivo de trazer três pontos para Matosinhos seja atingido.

 LSC – Depois da terceira vitória consecutiva e da subida, à condição, aos lugares cimeiros da classificação, como analisa este início de época do Leixões? 

Zé Pedro – A equipa está muito bem, os resultados estão a surgir, mas ainda falta muito campeonato. A época ainda está no início. Neste momento, queremos é manter a concentração e a atitude solidária dos últimos jogos para podermos continuar na senda dos bons resultados. Vem aí uma fase muito complicada, com jogos do campeonato e com a estreia na Taça e não podemos facilitar. Há que continuar a dar o máximo porque com 13 pontos não conquistámos nada. Não é por estarmos na parte superior da classificação que podemos tirar os pés do chão. Há muito caminho pela frente, faltam 36 jornadas, muitos meses de trabalho e o nosso objectivo continua a ser o de assegurar a manutenção o mais rápido que for possível. 

 LSC – Domingo, vamos ao Seixal, defrontar o Benfica B. Como perspectiva este encontro? 

ZP – Vai ser um jogo difícil, como têm sido todos os deste campeonato. O Benfica é o Benfica, mas o Leixões é o Leixões. Embora respeite todos os adversários que enfrenta, o Leixões não receia ninguém e entra em campo sempre com a intenção de vencer os jogos. Encaramos todos os adversários de frente e, no domingo, é isso que vai acontecer. Com a humildade e a solidariedade que têm sido uma imagem de marca desta equipa, vamos lutar pelos três pontos com todo o empenho. 

 LSC – Apesar de jovem (22 anos), é um dos jogadores com mais tempo de Leixões. Como tem sido a temporada no interior do balneário?

 ZP – O grupo é muito unido e a equipa tem registado uma evolução muito grande desde que os trabalhos arrancaram. Mas ainda podemos melhorar muito, porque o tempo ajuda a conhecer-nos melhor, a entrosar melhor os jogadores. É preciso ter noção de que, dos jogadores que têm sido mais utilizados, só eu, o Nuno Silva e o Cadinha é que estávamos cá a época passada. 

 LSC – No jogo com o Trofense, o Estádio do Mar registou uma moldura humana bem agradável (quase 2500 espectadores). É sinal de que a afluência dos adeptos também está a evoluir positivamente. A que se deve isso?

 ZP – Toda a gente sabe que o Leixões tem uma massa associativa muito fiel, que sofre muito com a equipa e que está sempre ao lado da equipa. Reconheço que o facto de a equipa estar num bom momento ajuda sempre a que venha mais gente ao estádio. No domingo, foi muito bom ver tanta gente nas bancadas, a apoiar a equipa até ao fim, acreditando sempre que íamos conseguir o resultado pretendido. Gostava que isso se mantivesse e, se possível, que até aumentasse, de modo a criar-se aquele ambiente de há uns anos em que os adversários se encolhiam em Matosinhos mal pisavam o relvado.

 LSC – Espera ver muitos adeptos Leixonenses no Seixal? 

ZP – Onde quer que o Leixões jogue há sempre adeptos Leixonenses na bancada. No Seixal, sei que não vamos estar sozinhos e que eles vão marcar presença. Apesar de ser preciso fazer 700 quilómetros para assistir ao jogo, espero que haja muitos adeptos nossos na bancada. Com eles ao nosso lado, sentimo-nos mais confortáveis e o caminho para a vitória fica mais fácil de percorrer. Como eles dizem bem a propósito, juntos venceremos.

BOA RÉPLICA DO CUSTÓIAS FRENTE AO LEIXÕES, NO JOGO DE APRESENTAÇÃO



O plantel do Custóias FC versão 2013/2014 está apresentado aos seus associados.

 Para abrilhantar esta apresentação, foi convidado o Leixões SC, que respondeu positivamente, apresentando-se com um misto de seniores e sub 19. 

 CUSTÓIAS FC: Márcio, Rochinha, Hugo, Flávio e Batista; Tozé, João Dias e Estrela; Oliveira, Heldinho e Alan. Jogaram ainda, Tiago Moniz, Mazola, Santa Cruz, Gandarela, Manu, Ricardo, Ruben, Joca, Vinicius Treinador Mário Rui coadjuvado por Manuel Silva. 

 LEIXÕES SC: Chastre, André Teixeira, Pedro Pinto, Filipe Machado, Pedro Tavares; Moedas, João Novais, Tiago Lenho, Zola, Quizito e Onieca. Jogaram ainda, Ricardo Pinto, Chiquinho, Marcelo, Vasco, Rui Cardoso, Danilo. Treinador Pedro Correira, coadjuvado por João Esteves. 

 Tratou-se um jogo bem disputado, presenciado por muito público, em que não passou despercebido a presença de vários atletas do Leixões, entre os quais Zé Pedro, João Pedro, Álvaro, Kadinha…Pedro Seabra ex leixonense também marcou presença. 
 Quanto ao jogo, assistiu-se a uma primeira parte, com algum equilíbrio, sendo que a turma do Custóias teve a melhor ocasião para marcar, fruto de um momento de inspiração do brasileiro Alan, que arrancou um remate espectacular, à entrada do meio campo leixonense, com a bola sobrevoar o guarda redes Chastre, batido, mas esta embateu na trave. Em cima do intervalo, de bola parada, Tiago Lenho respondeu certo de cabeça, batendo o guarda-redes Márcio.

 Na segunda metade e com todas as alterações produzidas por ambos os técnicos, o jogo fiou um bocado partido, o Leixões foi mais controlador, e a dez minutos do final, faz o segundo por intermédio do sub 19, Chiquinho. Resultado final, Custóias 0 Leixões 2, vencedor justo, com muito boa réplica da equipa custóiense

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC