RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 8 de dezembro de 2013

E VÃO OITO (8) NINGUÉM PÁRA O BALIO


 2ª DIVISÃO SÉRIE1 A F PORTO JORNADA 10 
Campo do Águas Santas, na Maia. 
Arbitro: João Pinho 
ÁGUSA SANTAS 0 - 1 LEÇA DO BALIO.
 Ao intervalo: 0-0, Marcadores: Sérginho (60´gp) 

 LEÇA DO BALIO: Miguel Mota, Carlitos, Berto, Pedro Cardigos e Hélder, Miguel Cunha, Carlos Diogo, João Machado, Joãozinho, Ivo, e Grade. Jogaram ainda: Edú, Serginho e Chev.Treinador: Mário Heitor 

 A formação do Leça Do Balio, deslocou-se até Águas Santas e alcançou a sua oitava vitória consecutiva, para contentamento dos seus adeptos. Foi sem dúvida alguma a vitória mais complicada desta temporada, devido ao excelente desempenho da turma da Maia, uma candidata à subida de divisão, que fez todos os esforços para evitar a derrota e reduzir a diferença pontual para o líder do campeonato. Na primeira parte a equipa do Águas Santas entrou forte no jogo, conseguindo chegar ao ultimo reduto da formação de Matosinhos incomodando algumas vezes Miguel Mota. O Leça do Balio teve algumas dificuldades na construção de jogo o que não tem sido habitual, devido às condições do terreno de jogo e à forte atitude e pressão da equipa do Águas Santas que não dava grandes espaços. Assim os homens comandados por Mário Heitor não conseguindo ter a posse de bola habitual, foram obrigados a fazer jogo direto, aproveitando a grande velocidade dos homens mais adiantados, Ivo e Grade, para criar desequilíbrios, conseguindo criar algumas situações de golo mas sempre sem sucesso. 

 Na segunda parte, após o regresso do balneário e com as instruções dadas pelo técnico Mário Heitor, a equipa do Leça do Balio, surgiu mais rápida e agressiva, conseguiu circular a bola no meio campo, desencaixando-se do esquema tático do Águas Santas e conseguiu chegar com mais perigo à sua baliza. Exemplo disso foi o remate de João Machado, que esteve em grande plano, a finalizar uma excelente jogada coletiva mas falhou o alvo por muito pouco. Aos 58 minutos uma grande arrancada de Miguel Grade pelo lado direito do ataque aurinegro, driblando vários adversários só foi parado em falta pela defesa da formação Maiata. Na marcação desse livre por João Machado, a bola bate na mão do elemento que formava a barreira do Águas Santas e o arbitro da partida não teve dúvidas em assinalar grande penalidade. Sérginho que tinha sido lançado no jogo minutos antes pelo técnico Baliense, foi o homem escolhido para marcar o penalti e com grande frieza e qualidade fez o golo que inaugurou o marcador. A partir desta altura a equipa do Águas Santas intranquilizou-se, falhando muitos passes, discutindo muito com o arbitro da partida, mas mesmo assim de falta de vontade os adeptos da equipa Maiata não se podem queixar, pois esta lutou até ao fim em busca de outro resultado. A formação aurinegra geriu com grande precisão a vantagem alcançada no resto do tempo de jogo, controlando bem a reacção do adversário, conquistando mais três pontos muito importantes, mantendo-se assim na liderança da prova. 

Na próxima jornada a equipa do Leça do Balio recebe o Sporting Da Cruz no seu estádio.

INFESTA NÃO CONSEGUE VENCER EM CASA

 
JORNADA 13 DA DIVISÃO ELITE PRÓ NACIONAL AF PORTO 
Parque de jogos Manuel Ramos (Arroteia) 
Árbitro – Carlos Reis 
INFESTA 1 REBORDOSA 2
Ao intervalo, golos Cafu (18) Maia (65) Ricardo Fernandes (80 gp) 

 INFESTA: Miguel Ângelo, Pedro Martins, Guido Simões, Jorginho e Pedro Oliveira (Galego 65), Amaral (André Ribeiro 84), Nuno Barbos e Vitinha, Sérgio Leite (Maia 45', Káka (Rivaldo 65)e Diogo Mendes (Sousa 45). T. António Formoso. 

 A equipa forasteira entrou pressionante, com incidência em jogar pelos dois alas que eram bastante rápidos. O Infesta aos poucos foi conseguindo suster essa pressão mas o primeiro lance de perigo pertenceu mesmo ao Rebordosa por Sérgio Reis que em zona frontal, rematou para boa defesa de Miguel Ângelo. Era um primeiro sinal de perigo para o golo que surgiu aos 18 minutos por Cafú que na recarga após defesa do guarda-redes do Infesta, não perdoou e inaugurou o marcador. Após o golo, o Infesta pegou no jogo mas só de livre criou perigo por Vitinha que atirou em zona frontal para boa defesa de Sérgio. À passagem da meia hora de jogo, uma fífia da defesa do Infesta, deixou Cedric isolado perante Miguel Ângelo, mas a pontaria do avançado forasteiro estava desafinada ao atirar por cima da baliza. 

 Na segunda parte, o Infesta foi a única equipa a criar perigo, enquanto a equipa do Rebordosa fazia muito anti-jogo e jogava demasiado tempo com o relógio. No entanto, aos 55 minutos, após uma boa jogada de ataque do Infesta, Maia atirou colocado mas ao lado. O Infesta conseguiu chegar mesmo ao empate passados cinco minutos, numa jogada de insistência e persistência em que após vários remates que o guarda-redes ou os defesas do Rebordosa iam cortando, Maia foi mais esclarecido e empatou a partida. O Infesta tentou de várias maneiras chegar ao segundo golo mas a equipa do Rebordosa, ia resolvendo conforme podia. Aos 80 minutos, Pedro Martins comete falta dentro da área sobre Figas e é expulso por acumulação de amarelos. Na transformação da grande penalidade, Ricardo Fernandes fez o golo que deu vantagem ao Rebordosa. O Infesta a jogar com 10 elementos, fazia o que podia e Formoso lançou André Ribeiro para o ataque, passando a jogar apenas com três defesas. Com alguma superioridade atacante, aos 87 minutos uma bola foi bombeada da defesa para o ataque, André deixou de cabeça em Rivaldo que vendo o guardião Sérgio a sair dos postes, tentou o chapéu mas a bola saiu um pouco ao lado. 

 O Infesta perdeu o sétimo jogo pela margem mínima e mantém a última posição da tabela classificativa, agora a quatro pontos das três equipa imediatamente a seguir, Nogueirense, Lousada e São Pedro da Cova. Na próxima jornada, o Infesta desloca-se ao terreno do São Martinho. 

 FC INFESTA

ALAN BISA, MAS QUEM DECIDE É JOCA

 
11ª JORNADA DA 1ª DIVISÃO SERIE 1 AF PORTO 
Parque Municipal de Jogos de Folgosa - Maia 
Árbitro - Pedro Barbosa 
 FOLGOZA 2 CUSTÓIAS 3
Ao intervalo 1-0, golos custoienses, Alan (70 e 75) Joca (92) 

 

CUSTÓIAS FC: Tiago Moniz, Dani (Renato 55), Manu, Flávio e Rochinha; Tozé (Medeiros 46), Ricardo (Ferrer 55) e Mazola, Alan, Oliveira (Joca 89) e Santa Cruz. T. Mário Rui. 

 Primeiro tempo pertenceu por inteiro á equipa maiata e, foi para o intervalo a vencer merecidamente por uma bola a zero. 
 No segundo tempo, e com a entrada de Medeiros no lugar de Tóze, o Custóias tomou conta do jogo que mais se acentuou, com as entradas de Ferrer e Renato, que ajudaram a concretizar a remontada (1-2). Mas o Folgosa ainda voltou a empatar, para bem perto do fim, chegar momento chave do jogo, minuto 89, é a entrada de Joca, primeiro com uma ameaça de golo e logo a seguir a marcar o golo da vitória. 
 Joca produto da formação do Leça, Nogueirense e Custóias, no seu 2º jogo como sénior, foi decisivo.

SENHORA DA HORA SAI DE AVINTES DERROTADO DE UMA FORMA INJUSTA

11ª JORNADA DA 1ª DIVISÃO SERIE 1 AF PORTO
Complexo Desportivo da Mesquita em Avintes 
Árbitro Luís Rocha 
AVINTES 1 SENHORA DA HORA 0 
Ao intervalo, 1-0, golo Serginho (6)

   

SC SENHORA DA HORA: Moreira, Fabinho (Tiago 56) (Lucas 72), Virgílio, Walmor e Bruno Pereira; Dias, Isaías, Joãozinho (Bruno 46); Gandarela (Diogo 72), Serrão e Piasca (Renan 23). T. Nuno Gonçalves. 

 Em Avintes o Senhora da Hora perdeu com um golo madrugador, pois a verdade, é que os senhorenses entraram praticamente a perder com um golo (6`) em que defensiva não esteve à altura, pois não abordou o lance da forma que se imperava. Golo que abalou as hotes senhorenses que demoraram e muito a responder ao golpe sofrido, aproveitando o Avintes, que poderia mesmo aumentar a vantagem. Em cima do intervalo, o caso do jogo, Telmo Pedrosa derruba Renan, quando este se preparava para se isolar pela esquerda, falta que o árbitro apontou, fora da área, dentro ou fora eis a questão…mas ficou no bolso a sanção disciplinar, que no mínimo seria o amarelo, que a verificar-se seria a segundo e a consequente expulsão. 

 

Na segundo tempo, assistiu-se a uma boa reacção da equipa do Senhora da Hora, que procurou sempre o golo, e que mereceu concretizar, facto não é alheio a aposta do mister Nuno Gonçalves em jogar com apenas três defesas, dispondo a equipa em 3-4-3. Resultado final, 1-0, imerecido para os senhorenses.

   

O árbitro da partida, fez uma actuação, muito sofrível, marcando o que não era muitas das vezes, impedindo até que o Senhora da Hora, saísse em transições, e pactuando com o jogo duro imposto pelo adversário.

JORGE BATISTA SEGUROU A VANTAGEM QUE MOREIRA OFERECEU

19ª JORNADA DA LIGA 2 CABOVISÃO
Jogo no Estádio João Cardoso, em Tondela. 
Árbitro: Hugo Pacheco (Porto). 
Tondela - Leixões, 0-1. 
Ao intervalo: 0-1. Marcador, Hugo Moreira (43)

   

Tondela: Cláudio Ramos, Edson, Pica (Jô, 83), Palmeira, João Vicente, Fábio Pacheco, Boubacar, Márcio Sousa (Dally, 59), Evandro Brandão, Piojo (Calé, 65) e Tozé Marreco.Treinador: Álvaro Magalhães. 

Leixões: Jorge Batista, Oto'o, Materazzi, Nuno Silva, João Pedro, Tiago Lenho, Cadinha (Rui Cardoso, 73), Ruben Saldanha, Moreira (Pedro Pinto, 88), Rui Coentrão (Novais, 80) e Mailo. Treinador: Pedro Correia. 

 Vitória suada a desta tarde do Leixões no Estádio João Cardoso. O Leixões venceu, em Tondela, a equipa da casa em mais uma jornada da Liga 2 Cabovisão que fica marcada por uma vitória na casa de um candidato assumido à subida de divisão. 

Um golo de Moreira, apontado aos 43' de jogo, bastou para a equipa de Pedro Correia quebrar a série de jogos sem perder do conjunto tondelense que contou com Calé em campo (a partir do minuto 65. Tudo começa com um excelente trabalho de Ruben Saldanha que culmina na cabeça de Hugo Moreira que apesar de fazer com que Cláudio Ramos se esticasse a bola acaba mesmo por transpor a linha de golo de nada valendo a tentativa de João Vicente que tira a bola já depois desta ter transposto a linha de golo. 

 Na segunda metade o Tondela foi em busca da igualdade e de uma possível reviravolta. Valeu um Jorge Baptista inspirado a defender tudo aquilo que lhe aparecia à frente evitando por diversas vezes o golo. Prova disso são os remates de Piojo (50'), Tozé Marreco (62') ou de Calé, de livre, aos 76'. Um jogo que fica, ainda, marcado pela estreia de Tiago Lenho na Liga 2 Cabovisão, ele que até agora havia apenas jogado na Taça da Liga e Taça de Portugal. Quarta-feira, dia 11 de dezembro, pelas 15h00, o Leixões volta a jogar naquele que será o seu 28.º jogo oficial na temporada. Frente a frente Leixões SC e Covilhã que esta temporada já se defrontaram para a Taça de Portugal na última semana. 

BLOG LEIXÕES

   

 CONFERÊNCIA DE IMPRENSA 

 Pedro Correia "Acho que foi uma vitória muito merecida devido ao empenho e ao trabalho dos jogadores do princípio ao fim do jogo. Sabíamos que só com muito trabalho conseguiríamos vencer um assumido candidato à subida de divisão. Vamos continuar a trabalhar para construir esta equipa que só tem um titular da época passada, porque a grande densidade de jogos faz com que por vezes haja oscilações. Temos 29 pontos mas queremos mais e vamos tentar conquistá-los já na quarta-feira com o Covilhã. Estou muito contente com o trabalho que temos feito, com muitos jovens da formação e com outros jogadores de grande qualidade. Um agradecimento especial aos adeptos, que hoje estiveram connosco, mais uma vez. Tiveram a prenda que merecem." 

Álvaro Magalhães "Podíamos estar aqui a jogar até amanhã que não marcaríamos golos. Demos tudo e fizemos uma boa exibição. Tenho de dar os parabéns ao guarda-redes do Leixões, porque fez uma grande exibição. O resultado é injusto, mas o futebol é isto."

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC