RÁDIO CIDADE MATOSINHOS

domingo, 11 de dezembro de 2016

FALTOU UM PONTINHA DE SORTE PARA VENCER OS ALGARVIOS


18ª JORNADA DA LEDMAN LIGAPRO
Estádio do Mar, em Matosinhos
Árbitro: João Pinheiro (AF Braga).
Leixões 0 Portimonense 0
Leixões: Ricardo Moura, André Teixeira, Silvério, Wellington, Lucas, Bruno China, Rui Cardoso, Bruno Lamas (Chiquinho, 67), Miguel Ângelo, Fatai e Shiao Wei (Malele, 76).Treinador: Daniel Kenedy.

Portimonense: Ricardo Ferreira, Ricardo Pessoa, Jadson, Lucas, Lumor, Fidelis (Ewerton, 46), Pedro Sá, Amilton (Buba, 76), Bruno Tabata (Manafá, 46), Paulinho e Pires. Treinador: Vítor Oliveira.
Frente a uma equipa que tem o líder dos marcadores na prova (Pires, com 13 golos), o atacante chinês dispôs, até ao intervalo, de quatro ocasiões para marcar, acertando no poste na última delas, aos 41 minutos, na melhor situação até ao intervalo.
Optando por jogar no contra-ataque, a equipa algarvia também criou perigo, a melhor delas quando Lumor (32) 'ganhou a linha' de fundo, de onde assistiu Amilton para um desvio que fez a bola sair junto ao poste direito.
 A segunda parte recomeçou com o Portimonense a desperdiçar três oportunidades para se adiantar no marcador, numa fase em que fez um uso quase 'cirúrgico' das saídas rápidas para o contra-ataque.
 Com o avançar do jogo, o Leixões acentuou o seu domínio e foi à procura do golo da vitória, mas Chiquinho, na área, aos 86 minutos, atirou sem oposição sobre a barra.
 Na baliza do clube de Matosinhos foi então tempo de Ricardo Moura ser decisivo, repetindo a boa defesa ao remate de Pires (62), com nova intervenção no solo a tentativa de Lumor (87).

Lusa.

GDAN CEDE EM CASA FRENTE AO S. FÉLIX DA MARINHA


GDAN perde liderança

Jornada nº 10 do campeonato da 2ª divisão serie 1 da AFPorto. Complexo desportivo do GD Aldeia Nova, estavam reunidas todas as condições para uma grande tarde desportiva, bom tempo e a expectativa de um bom jogo entre o 1º e 2º classificado “GD Aldeia Nova e o CF S.F. da Marinha.
Começo do jogo com equilíbrio, ambas as equipas a pôr em prática o seu futebol e a procurar o golo, o mesmo iria surgir por intermédio de Pedrinho (SF Marinha), praticamente os festejos ainda não tinham terminado e Simão restabelece a igualdade.
Aos 30 minutos o caso do jogo, livre á entrada da área do S. Felix, “Diogo Rosas” bate o livre direto e faz golo, contudo o mesmo é anulado, motivo seria que o árbitro tinha marcado livre indirecto. Após pequeno protesto por parte dos jogadores da casa o bom futebol regressou com o perigo a rondar as duas balizas e num erro defensivo e bem aproveitado pelos avançados do SF Marinha, a equipa forasteiro coloca-se em vantagem, a partir desse momento jogo começou a ter novo rumo, o GD Aldeia Nova acusou psicologicamente o golo, começou a cometer erros em demasia e consequência desse estado de espírito é que o SF Marinha, inteligentemente aproveitou, controlou e aumentou o resultado para 4 a 1. Diogo Rosas ainda reduziu para 4 a 2 na recta final estabelecendo o resultado final.

Vitória justa a premiar a equipa mais inteligente, que soube jogar com os erros do seu adversário.
Árbitro; Bruno Linhares – Auxiliares; Ivo Pinto e Rui Santos.

GDAN 2 S FÉLIZ DA MARINHA 4

GD Aldeia Nova
Treinador: João Rosas
Gui – Alex - Sérgio – João Paulo – Xincas – P. Rosas – Quintas – D. Rosas – Joca - Zé Paulo (CP) – Simão;    Supl;   Vítor – Gonçalo – Correia – Dani – Berna – Ema - Simeão

Manuel Sá

DÉRBI TERMINA EMPATADO A ZERO


11ª JORNADA DA DIVISÃO DE HONRA
Complexo Desportivo de Leça do Balio
Árbitro: Manuel Silva
D LEÇA DO BALIO 0 FC PERAFITA 0

D L BALIO: Pedro, Miguel Cunha, Miguel Grade, David, Platiny, Pedro Cardigos, Pedro Reis (Hugo Ferreira 45), Rafa Brandão, Guedes, Pedro Gomes, Ricardo Alves (Souza 70). Treinador Manuel Gonçalves.

FC PERAFITA: Bruno Monteiro, Pelé, Fradinho, Zé Augusto, Wiliam, Queimado, Barbosa, Postiga, Chico (Zuca 71), Fábio Loureiro e João Paulo (Nogueira 82). Treinador Paulo Gentil

Dérbi bem disputado com um resultado justo, mas que não traduz o que se passou em Leça do Balio, pois as equipas pelo que fizeram mereciam em termos ofensivos provar o gosto do golo.
Jogo bastante equilibrado, jogado “olhos nos olhos” pois ambas as equipas tudo fizeram para conquistar os três pontos.
Postiga jogador perafitense, foi dando água pela barba à defensiva baliense, mas o lance de real perigo pertenceu ao conjunto da casa , quando aos 31 minutos Bruno Monteiro derruba Migue Grade dentro da área e penalti assinalado. Migue Cunha na marca de 11 metros remata, mas Bruno Monteiro redimiu-se da falta cometida defendendo com mestria.
No segundo tempo mais do mesmo, as equipas bem orientadas em busca do golo. Fradinho aos 79 minutos em corte arrojado envia a bola ao poste mesmo assim evitando golo certo. Aos 43 minutos Fábio loureiro remata com selo de golo, mas Pedro defende coma a ajuda da trave. Já em cima do minuto 90, Pedro Cardigos remata e Fradinho em cima linha evita o golo.

Resultado justo mas com golos seria mais acertivo, com boa arbitragem 

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC