segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

SUIÇO DESIQUILIBROU EM JOGO DE MUITOS GOLOS


1ª Divisão Serie 1 jornada 15
Complexo Desportivo Fernando Pedrosa – Rio Tinto
Árbitro Luís Rocha
AT RIO TINTO 4 OS LUSITANOS 3
Ao intervalo, 1-2, golos Sá Pereira (7 gp) Ricardo (35) Paulo (38), Marco (57), Paulo almeida (70) Ricky (75) Suiço (81)

ATLÉTICO RIO TINTO: Semanas, Crespo (Daniel 81), Fábio, Paulo Almeida, Teixeira (Pinho 80), Cigano (Miguel 81)Marco (Júlio 60),  Tiago (Suiço 60) Edu, Rosinhas e Ricardo. Treinador Canetas

OS LUSITANOS FCSC: Luis, Sérgio Teixeira, João Pereira (Alex 79), Sá Pereira, Paulo, Meneses (Valente 79), Berna (Oliveira 58),  Fabinho(Diogo Duarte 79), Pedro Oliveira (Piasca 58) Saldnah e Ricky. Treinador Jorge Teixeira
   
Entrada fulgurante da equipa de Matosinhos, com mais posse de bola e mais acutilância no ataque resultando por isso o primeiro golo logo aos 7 minutos por intermédio de Sá Pereira na marcação de uma grande penalidade. Os anfitriões só responderam com o golo do empate aos 35 minutos, mas Paulo avançado aurinegro, três minutos depois restabeleceu a vantagem dos visitantes.
Apos o reinício do jogo o Rio Tinto equilibrou mais o jogo fruto também das substituições efetuadas por Canetas técnico visitado e Marco e Paulo Almeida traduziram em golos a insistência da turma da casa (aqui claramente beneficiados por um trio de arbitragem que deixou passar alguns foras de jogo em beneficio dos visitados). Rick ainda estabeleceu a igualdade mas a 9 minutos do final do jogo, Suiço, outrora dos Lusitanos “traiu” os seus antigos companheiros com o golo que selou o resultado final.

Arbitragem não muito bem conseguida do senhor Luís Rocha com erros de apreciação que prejudicaram os Lusitanos 

FUTEBOL DE MATOSINHOS RESULTADOS E PRÓXIMA JORNADA


Resultados Futebol sénior de Matosinhos
JORNADA NEGRA PARA MATOSINHOS
Só mesmo Leixões e FC Perafita levaram a melhor sobre os seus adversários

RESULTADOS COMPLETOS

Ledman Liga Pro J 24
FC Porto B 1 Leixões SC 2
Divisão Elite J 21
Pedrouços AC 3 UD Lavrense 1
SC Rio Tinto 3 Leça FC 0
Padroense 0 Gondim Maia 2
Divisão de Honra J 16
Aparecida 4 Leça do Balio 1
Infesta 1 D. Sandinenses 1
Vila FC 0 Perafita 1
1ª Divisão serie 1 J 15
Arcozelo 3 Custóias FC 0
AT Rio Tinto 4 Os Lusitanos 3
2ª Divisão serie 1 J 15
GD Aldeia Nova 1 I Milheirós 2
Candal 3 Senhora Da Hora 2

PRÓXIMA JORNADA

Ledman Liga Pro J 25
Leixões SC X V. Guimarães B
Divisão Elite J 22
UD Lavrense X SC Rio Tinto
Leça FC X CD Candal
Ol. Douro X Padroense FC
Divisão de Honra J 17
DL Balio X Ermesinde 1936
FC Perafita X Leverense
Nun`Álvares X FC Infesta
1ª Divisão serie 1 J 16
AD Balasar X Custóias FC
FC Foz X Os Lusitanos
2ª Divisão serie 1 J 16
AC Milheirós X GD Aldeia Nova

SC Senhora da Hora X Ramaldense

GDAN SURPREENDIDO EM CASA FRENTE AO PENÚLTIMO


Jornada nº 15, do campeonato da 2ª divisão serie 1 da AFPorto. Complexo desportivo do Aldeia Nova.
Surpresa no Aldeia Nova ou não, eis a questão.
Surpresa, seria a palavra mais utilizada para definir diversas situações, como o resultado, o abordar do jogo por parte do GDAN, a inexistência do coletivo da equipa do GDAN, mas Surpresa é e foi para quem não esteve presente a ver o jogo.
O jogo praticamente resume-se ao resultado, 1 para o GDAN e 2 para o Inter de Milheirós, 
GDAN que se apresentou em campo com a moral muito elevada, talvez demasiada elevada, afinal iria jogar um dos primeiros classificados contra o penúltimo da série, erro enorme cometido, simplesmente porque o Inter de Milheirós, que nada tinha a perder se apresentou a jogar o seu futebol normal, simples e aguerrido. Fator que com o decorrer dos minutos e em vantagem, começou a dar mais animo e força á equipa maiata, que conseguiu alcançar o seu objetivo.
 GDAN uma equipa irreconhecível, sem coletivismo, as ligações entre sectores não existiram e o futebol geralmente praticado pela equipa era uma miragem, longe da habitual realidade e capacidade da equipa, a derrota caseira e consequência descida na classificação é um castigo aplicável pela postura e desorientação demonstrada pela equipa.

Treinador GDAN: João Rosas
GDAN; Guilherme – Alex – Quintas – Sérgio – Xincas – Joca – J. Rosas -  D: Rosas – Zé Paulo – Simeão – Ema
Supl;  Vítor – Berna – J. Paulo – Gonçalo – Dani – Chico - Simão


Manuel Sá 

PREDROUÇOS INTERROMPE CICLO VITORIOSO LAVRENSE.


21ª Jornada da Divisão d´Elite
Estádio Municipal de Pedrouços – Maia
Árbitro, Nuno Lopes
Cartão vermelho, Brian (56) Kaká (56) e Miguelito (67)
PEDROUÇOS AC 3 UD LAVRENSE 1
Ao intervalo 2-1, golos Miguelito (18 e 53) Tiago Carvalho (29) e Andrade (39).

PEDROUÇOS AC: Moreira, Folha, Bessa, Turé e Diogo Batista, Brian, Flávio e Moedas (Kuka 85) Miguelito, João Luís (Bruninho 76), Andrade (Dani 85). Treinador Joca

LAVRENSE: Zé Pedro, João Magalhães, Palheira, Ramos (Kaká 46) e Abílio; Amílcar (JP 74), Couto (Carlitos 35), Wendel, Zé Campos, Tiago Carvalho e Cheta (Ferreira 60). Treinador Gaiteiro.

Um jogo intenso disputado entre duas excelentes equipas.
O jogo começou de forma natural e com as duas equipas a estudarem-se mutuamente. Os ataques foram-se sucedendo numa e noutra baliza com maior acutilância dos lavrenses, até que num lance de contra ataque, Miguelito entrou na área e mesmo com a oposição de Ramos defesa contrário, rematou de pé esquerdo, fazendo a bola entrar junto ao poste da baliza de Zé Pedro, inaugurando assim o marcador iam decorridos 18 minutos de jogo. A equipa Lavrense responde com o golo da igualdade dez minutos depois, na sequência de um livre Tiago Carvalho aproveita a desconcentração maiata e faz o golo do empate.
A equipa matosinhense, jogando em 4x4x2, logo a seguir ao golo sofrido, passa a jogar em 4x3x3 encaixando na turma de Joca que joga habitualmente em 4x3x3. Andrade antes de fechar o primeiro tempo dá vantagem à turma da casa após um livre marcado para a pequena área que Zé Pedro não conseguiu afastar da melhor forma, sobrando a mesma para o ponta de lança que em arco a colocou dentro da baliza. Neste lance regista-se os protestos da equipa Lavrense reclamando uma falta sobre o guarda-redes.
Do regresso do intervalo as equipas vêm com a mesma predisposição ofensiva e o Pedrouços aos 53 minutos faz o terceiro por Miguelito a concluir uma jogada de contra ataque conduzida por João Luís (Ex Lavrense)
Ao minuto 56 e depois de um lance confuso junto ao banco Lavrense Nuno Lopes árbitro da partida mostra cartão vermelho a Brian e Kaká que se envolveram no lance. 10 para cada lado e com o 3-1 no placard, o Lavrense teve de ir atrás do prejuízo jamais se dando como vencido. Jogo de parada e reposta, os lances de perigo foram-se sucedendo numa e outra baliza. Até que ao minuto 67 o Pedrouços volta a sair em contra ataque e Miguelito sofre falta de derrube por trás, mas responde tentando a agressão e Nuno Lopes prontamente marca a falta a favor dos da casa e expulsa o jogador maiato. A jogar em superioridade numérica os matosinhenses vão em busca do golo que lhe permitisse voltar à discussão do resultado, mas este nunca apareceu, apos várias tentativas inclusive guardião Moreira (Melhor guarda redes Futebol de Matosinhos em 2013/14) faz uma defesa portentosa negando autenticamente o golo à turma de Gaiteiro.
Parabéns às duas equipas que protagonizaram um excelente espectáculo de futebol arbitrado por Nuno Lopes 
Próximo jogo Lavrense X SC Rio Tinto

LEÇA TRAÍDO POR FALTA DE EFICÁCIA


21ª Jornada da Divisão d´Elite
Estádio cidade de Rio Tinto.
Árbitro Fábio Melo
S C RIO TINTO 3 LEÇA FC 0
Ao intervalo, 1-0 golos, Ricardinho (20), Bruno Teixeira (53 e 81)

SC RIO TINTO: Ivo, Rui, Jorge Pereira, Boni, Macieira; Andrezinho, Careca e Carlos Sousa, Maga (Paulo 73), Ricardinho (Carminé 73) Bruno Teixeira (Simão 83). Treinador Manuel Pinheiro

LEÇA FC: Diogo, Rocha, Noura (Álvaro 54), Bruno Freitas, Paulo Lopes, Jair, Marcos Silva, Miguel (Areias 54) Joel (Jota 83), David (Borges 83) e Pedras.

A equipa do Leça deslocou-se ao reduto do 2º classificado, perdeu é certo mas foi traída pela falta de eficácia dos seus jogadores na hora de alvejar a baliza contrária.
De facto o resultado final em nada traduz o que se passou em Rio Tinto. Jogo muito equilibrado com jogadas de bom recorte técnico de envolvimento ofensivo, pertenceu ao Leça vários lances de perigo, sem contudo desfeitear Ivo, tendo mesmo desperdiçado uma grande penalidade pelo capitão Pedras (falta sofrida por si) quando o resultado estava em 1-0 e praticamente na resposta sofre o 2-0 um forte abalo na pretensões leceiras. A turma da casa, mais eficaz traduziu em números as oportunidades que criou.

Próximo confronto leceiro, Leça X Candal.

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEIXÕES SC EQUIPAS DE SONHO

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

LEÇA FC EQUIPAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

FC INFESTA GRANDES EQUIPAS

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

PADROENSE FC EQUIPA QUE SUBIU Á II NACIONAL

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

SC SENHORA DA HORA EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

CUSTÓIAS FC AS SUAS EQUIPAS

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

UD LAVRENSE A MELHOR EQUIPA

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

FC PERAFITA AS SUAS EQUIPAS

D LEÇA DO BALIO

D LEÇA DO BALIO

OS LUSITANOS SCFC

OS LUSITANOS SCFC